A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Construção do Tilecal - Físicos em acção e construção apresentado por José Silva Jornadas do LIP, 2001 LIP (Lisboa, Coimbra), FCUL, IST, UCFF, UMinho,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Construção do Tilecal - Físicos em acção e construção apresentado por José Silva Jornadas do LIP, 2001 LIP (Lisboa, Coimbra), FCUL, IST, UCFF, UMinho,"— Transcrição da apresentação:

1 Construção do Tilecal - Físicos em acção e construção apresentado por José Silva Jornadas do LIP, 2001 LIP (Lisboa, Coimbra), FCUL, IST, UCFF, UMinho, UNL

2 Câmaras de muões Toróide Tilecal Detector de traços Calorímetro electromagnético Tubo do feixe O detector ATLAS módulo do Tilecal (barril central)

3 telha ferro fibras WLS (deslocadoras do comprimento de onda) Ferro, telhas cintilantes, fibras WLS (e perfis) e fotomultiplicadores ferro, cerca de 2500 toneladas um módulo do barril central em Dubna ~20 toneladas ~10000 minúsculos fotomultiplicadores telhas cintilantes ~ ~ km perfis de plástico ~

4 Aprendendo a fazer telhas cintilantes Receita: misturar poliestireno e dopantes selecionados (PTP + POPOP) nas quantidades apropriadas, adicionar vodka q.b. e esperar que saia bem Evolução da quantidade de luz e uniformidade das telhas produzidas no Minho

5 Dispositivo experimental para a caracterização das propriedades ópticas das telhas cintilantes

6 Simulação da colecção de luz nas telhas cintilantes comparação com os resultados experimentais simulação foi utilizada para determinar as dimensões das máscaras para melhorar a uniformidade de colecção da luz nas telhas mapa obtido no laboratório com fonte radioactiva de 90 Sr

7 telhas cintilantes

8 l Padrões de bi-refringência das telhas Procura-se adivinho com bons conhecimentos do livro de S. Cipriano e dos tratados de alquimia para correlacionar estes padrões com a transparência e os parâmetros de produção das telhas

9 os perfis de plástico Telha perfis de plástico (comprimento ~ 1.6 m, largura ~ 4 mm, espessura ~ 0.2 mm) ferro 3 ou 4 fibras por perfis fazendo rasgos nos perfis controlo de qualidade óptica dos perfis

10 Aluminização de fibras ópticas WLS molhos de 1261 fibras face hexagonal polida

11 Máquina para espelhar o topo das fibras painel de controlo

12 aluminização cerca de fibras já aluminizadas coeficientes de reflexão superiores a 75%

13 Robot para inserir fibras nos perfis ~ fibras 28 comprimentos diferentes ~ perfis 4 tipos, 2 comprimentos - necessário ter pontaria e disparar fibras mais rápido que a própria sombra

14 momento de pausa no saloon verificando a pontaria Cerca de fibras já inseridas em perfis

15 Evolução da inserção das fibras nos perfis

16 Conectores e molhos de fibras para o sistema de calibração com laser controlo de qualidade

17 Fotomultiplicadores preparamo-nos para testar 500 PMTs no próximo ano

18 interior da caixa de testes dos PMTscomponentes ainda embalados Dispositivo experimental em fase de montagem

19 Quem poderá aparecer sob as luzes da ribalta? personagem leve, não haverá muita luz para multiplicar ou um personagem de peso electrónica terá que cobrir uma grande gama dinâmica com os parâmetros escolhidos os PMTs possivelmente terão que operar a tensões abaixo das ideais

20 no intervalo entre 2 jogos de ping pong telefonar para a sala de controlo: - Baixa a tensão dos PMTs mais 25 V Nem sempre é possível trabalhar nas condições ideais Testando a degradação da resolução do sinal dos PMTs com a tensão redução da alta tensão Resolução para electrões de 180 GeV

21 alguns dos patos bravos envolvidos em construção


Carregar ppt "Construção do Tilecal - Físicos em acção e construção apresentado por José Silva Jornadas do LIP, 2001 LIP (Lisboa, Coimbra), FCUL, IST, UCFF, UMinho,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google