A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O Negócio Salão de Cabeleireiros / Beleza Sergio Diniz Consultor de Administração Geral U O Orientação Empresarial.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O Negócio Salão de Cabeleireiros / Beleza Sergio Diniz Consultor de Administração Geral U O Orientação Empresarial."— Transcrição da apresentação:

1 O Negócio Salão de Cabeleireiros / Beleza Sergio Diniz Consultor de Administração Geral U O Orientação Empresarial

2 Salão de Cabeleireiros

3 Instalações: (Portaria CVC-11/93 do Centro de Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado da Saúde): I-Piso de material liso, resistente e impermeável; II-Paredes e forros pintados de cor clara, com tinta lavável; III-Compartimento separados por divisórias de no mínimo 2 metros de altura, no caso de podólogos; IV-Instalações sanitárias apropriadas; V-Pia de água corrente; VI-Estufa graduada até 200 graus centígrados para esterilização. * Informações: Centro de Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado da Saúde – site:

4 Salão de Cabeleireiros Em SP/Capital = 45 mil salões - fonte: Sindibeleza Brasil é o 4º colocado em relação ao mercado mundial de produtos de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos conforme dados divulgados pela Euromonitor-2005; 2001 a 2005 – crescimento real da indústria = 66,3% (PIB = 11,3% e indústria em geral = 10,8%) fonte: IBGE/Banco Central/ ABIHPEC. Produção industrial em 2005 = toneladas ANVISA = 1415 fabricantes (98% são MPEs) Vendas em 2005 = US$6,4 bilhões - ABIHPEC/SIPATEC Em 2005 o Brasil exportou produtos de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos para 125 países; PNAD / IBGE, mostra que do total de profissionais de higiene pessoal no Brasil = 80% é de mulheres; Brasil ocupa o 7º lugar no ranking dos mais vaidosos = 30% dos indivíduos pensam na aparência o tempo todo.

5 Salão de Cabeleireiros * Composição do faturamento da indústria de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos – fonte: ABIHPEC/SIPATEC.

6 Salão de Cabeleireiros Existem pessoas em 2005 (dados FIESP/ABIHPEC) - chamados de Profissionais da Beleza.

7 Salão de Cabeleireiros Tendências: A atividade continuará crescendo (longevidade, vaidade, aparência); Informalidade;Mega-salões;Confort-salon;Franquias; Influência da mídia e da moda; Necessidade de atualização constante.

8 Salão de Cabeleireiros Perfil dos Empresários: Há 10 anos atuando na atividade; Há 10 anos atuando na atividade; Idade média = 38 anos; Idade média = 38 anos; 84% são mulheres; 84% são mulheres; 12% dos empresários têm curso superior; 12% dos empresários têm curso superior; 28% têm o 2° grau; 28% têm o 2° grau; 65% não sabem calcular lucratividade; 65% não sabem calcular lucratividade; 50% dizem que não precisam de controles ou não precisam melhorar os que já utilizam; 50% dizem que não precisam de controles ou não precisam melhorar os que já utilizam; 35% dos empresários não participaram de nenhum evento do setor nos últimos 3 anos. 35% dos empresários não participaram de nenhum evento do setor nos últimos 3 anos.

9 Salão de Cabeleireiros Empresários: Na sazonalidade (período de baixa): - Oferecem pacotes / promoções / descontos / preços diferenciados = 45% - NÃO FAZEM NADA = 33% - Reduzem os custos e despesas = 33% - Enviam mala direta/ s = 20% Pontos Fortes: Pontos Fortes: * qualidade dos serviços = 84% * boas acomodações / instalações / equipamentos = 70% * bom atendimento = 66% Pontos Fracos: Pontos Fracos: - mão-de-obra = 69% - falta de marketing / divulgação = 57% - localização = 35%

10 Salão de Cabeleireiros Perfil das Empresas: 34% estão em prédios próprios; 67% fazem agendamento de serviços; 33% não conhecem o perfil do seu cliente; 72% das empresas não fazem pesquisa de satisfação junto aos seus clientes; Os serviços de maior freqüência do cliente são: 1º Corte; 2º Tintura; 3º Manicura/Pedicuro. Os serviços de menor freqüência do cliente são: 1º Permanente; 2º Penteado; 3º Alisamento.

11 Salão de Cabeleireiros Perfil das Empresas : Itens AvaliadosBOMREGULAR RUIM - Espaço da Recepção 66%24%10% - Decoração 40%36%24% - Mobiliário 48%32%20% - Área de Circulação 34%56%10% - Limpeza e Higiene 46%32%22% - Conservação/Instalações50%26%24% - Visualização 69%20%11% - Sinalização/Comunicação 56%24%20% - Estacionamento48%24%28% - Funcionários aptos 32%46%22% - Atendimento ao Cliente34%40%26% - Fluxo de Veículos 42%25%33% Fluxo de Pessoas 52%22%26%

12 1 - Despesas Fixas% sobre Receita Bruta/Mês - Pró-Labore 8,3% - Aluguel 4,2% - Energia Elétrica 2,9% - Contador 2,4% - Água 2,1% - Telefone 1,4% - Higiene e Limpeza 1,2% - Manutenção 1,0% - Seguros 1,0% - Outras Despesas 1,0% - Propaganda 0,7% - Material de Escritório 0,3% TOTAL DAS DESPESAS FIXAS = 26,5% 2 - Despesas Variáveis - Comissões38,5% - Material usado nos serviços10,0% - Impostos / Simples 3,7% TOTAL DAS DESPESAS VARIÁVEIS =52,2% Total Geral das despesas (1 + 2) = 78,7% Lucro Bruto22,3% ========================================================= Total:100%

13 Salão de Cabeleireiros Fatores Estratégicos: Mercado em crescimento – foco do negócio: A vaidade Fidelização ao profissional Serviços Básicos ou Especializados – o público-alvo Atualização constante Responsabilidade do profissional / Consultor de Beleza A escolha do ponto Parceiros Estratégicos Higiene e Limpeza Hora marcada Manicuras Dia da Noiva Venda de produtos

14 Salão de Cabeleireiros Fatores Operacionais: A escolha dos profissionais A recepção O comissionamento A informatização As compras O ambiente / o projeto arquitetônico Os controles básicos A produtividade O lucro, a lucratividade, a rentabilidade O reinvestimento

15 As feias que me perdoem, mas beleza é fundamental. Vinícius de Moraes


Carregar ppt "O Negócio Salão de Cabeleireiros / Beleza Sergio Diniz Consultor de Administração Geral U O Orientação Empresarial."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google