A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Segundo Semestre: 2012 Coordenação - Geografia do Núcleo Regional de Educação de Dois vizinhos -PR: Janilce J. D. Topanotti. Trabalhos: Elaborados pelos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Segundo Semestre: 2012 Coordenação - Geografia do Núcleo Regional de Educação de Dois vizinhos -PR: Janilce J. D. Topanotti. Trabalhos: Elaborados pelos."— Transcrição da apresentação:

1 Segundo Semestre: 2012 Coordenação - Geografia do Núcleo Regional de Educação de Dois vizinhos -PR: Janilce J. D. Topanotti. Trabalhos: Elaborados pelos professores de Geografia jurisdicionado ao NRE - DVZ. Período: 13 e 14 de outubro de 2012 Municípios Envolvidos: Dois Vizinhos, Boa Esperança do Iguaçu, Cruzeiro do Iguaçu, Nova Prata do Iguaçu, Salto do Lontra, Nova Esperança do Sudoeste e São Jorge DOeste

2 I. REGIÕES DO BRASIL Inter-Regionais Introdução: O nordestino sofre com o período da estiagem principalmente do sertão - clima semiárido, tendo dificuldades de sobrevivência. Para manter sua família o sertanejo busca alternativas em outras regiões do Brasil. APRESENTAÇÃO: Fundo Musical: Asa Branca. Daí cumpadi, vim aqui mi dispidi de vois me cê to indo mais minha famia pra Su Paulo, diz que lá tem muito emprego. Veja cumpadi a vida aqui tem sua dificurdade mas se vive e lá em Su Paulo tem que te estudo, tudo é muito longe, perigoso.

3 É cumpadi mas eu vou arrisca, quando chove nóis vorta. Olha cumpadi, tem uma tar de desconcentração industrial que vai trazer indústria pra cá. Mas cumpadi isso vai demorá e á fome ta pegando e lá já tem industria. É verdade!! E você vai ficar na casa do cumpadi, que tar heim? Não! Aquele já foi po Su Paulo. É a vida é assim memo não da certo num lugar tem que migra pro outro até mais vê cumpadi, até mais vê. Professores Participantes: Anilda Salete da Silva, Terezinha I. M Manfroi, Eliane T. S. Martins, Arlei F. Bertuol, Marlene Piaia.

4 M ovimento de pessoas que vão e vem com o O bjetivo de buscar uma V ida melhor, visando trabalho, moradia, I nclusive melhor atendimento na saúde e educação. M uitas são as motivações que levam as pessoas a migrarem E ntre regiões, estados e N ações. Porém T odos buscam transformar sua realidade. O s governantes devem adotar algumas medidas para controlar a entrada e a S aída de pessoas de seu espaço de origem

5 M esmo com as medidas governamentais I nternas, sabemos que G rande parte destes movimentos são clandestinos como os R egistrados no Brasil no caso dos Bolivianos e Haitianos, A s autoridades, preocupadas com o T otal de pessoas são Ó brigados a adotar um controle estimulando o R etorno destas pessoas aos seus países, onde estes devem fazer I nvestimentos possibilitando a população O portunidades S atisfatórias para mantê-los no País.

6 Participantes: Selene Rocker Padilha Clair Mezoni Faust Roseli Teixeira da Silva Cacília Margarete Delabetha Zenaide Fachinello Maraffon

7 Meu bisavó já migrou... Na Itália não dava para viver... Dois meses no oceano, Ledo engano – que aqui seria melhor... No verão – em Santos o calor Não suportou, migrou para o sul Onde se fixou. Disseram-me que a vida só fora De lutas, doenças, fome e um Dia ele parou... Constituiu uma grande família... Todos migraram; quase 150 anos depois, Ainda nós migramos, Uns para o norte outros não sei,

8 Mas é sabido que nós mortais Fomos acostumados a andar, Andar para sonhar, para não perder A vontade de ganhar, ganhar a Expectativa para viver e ter em nós O ideal de vencer... Os sonhos também migram... Eles necessitam se renovar. Professores Participantes: Claudete Baú, Evaldo Bonin, Bertino Fritzen, Iliseu Zambonim, Rogério Chiameti, Pablo Camilo.

9 A luta é muito grande Muitos brasileiro há Porém a vida os move Num imenso prá lá e pra cá. A vida nem sempre é fácil No Nordeste a seca impera A viagem se torna indócil O Nordeste se desespera. Em busca de água e emprego A vida segue seu curso O pai em desespero, Por seus filhos, visa um curso. O sudeste é atrativo Lutar – vencer é a hora O brasileiro é criativo Dança, samba e apavora.

10 O destino é um desafio A vida por um fio Ou se tenta vida nova Ou a miséria os devora Acreditar é a meta curta A migração é estrada incerta A vitória é consequência De se evitar a falência. Povo sofrido, condoído! Migra com o coração partido Deixa sua terra, seu chão. Para na mesa por o pão. A viagem é longa Mas todos se sentem bem Pois o sonho de viver melhor É, o que todos tem.

11 Participantes: Celia Bartnik, Luciana Bozza, Nilton Stang, Éder de Carvalho Freitas.

12 A formação do povo brasileiro Foi por processo de imigração. Que os imigrantes sempre procuraram Aulas ligadas com sua vocação. Assim vieram os pretos e os brancos Ricos e pobres, escravos ou não, Juntando isso ao povo nativo Surge o país da miscigenação. Do cruzamento branco, negro e índio Surge o caboclo, o mulato, o cafuzo Tantos contrastes e vários Brasis, Imenso país gigante e confuso

13 A ocupação do espaço brasileiro Segue os roteiros da exportação Ciclos da cana, ouro e café Deixaram marcas por todo este chão. O modelo usado de colonizar Veio atrapalhar o desenvolvimento Os imigrantes foram explorados Muitos voltaram pelo sofrimento O latifúndio e a monocultura Tomaram conta do espaço atraente E o novo país com sobra de terras Fez faltar a terra para tanta gente.

14 Lá na Europa estava dura – Em decorrência da transformação O homem do campo se modernizava – E concentrava a terra em poucas mãos. No meio urbano muito desemprego – Tirou sossego a modernização. Diante da crise, miséria e pobreza – migrar na incerteza foi a opção. Aqui chegando as várias etnias – se agruparam por afinidade. Formando núcleos de ocupação – bairros e vilas e também cidades. O tempo ingrato fez a inversão – a recessão aqui pega e não solta. A vida europeia está tão atraente – que o descendente está tratando a volta.

15 Participantes: Adelar Massaroli Ário Fiorentin Joyce Rickli Loreni S. Perim Terezinha Meurer Valdemar da Silveira Ilvanir S. Fonini Terezinha W. Alberton


Carregar ppt "Segundo Semestre: 2012 Coordenação - Geografia do Núcleo Regional de Educação de Dois vizinhos -PR: Janilce J. D. Topanotti. Trabalhos: Elaborados pelos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google