A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

De Freitas João, Laudisio Vitória, Tamburini Matteo.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "De Freitas João, Laudisio Vitória, Tamburini Matteo."— Transcrição da apresentação:

1 De Freitas João, Laudisio Vitória, Tamburini Matteo

2 DEFINIÇÃO É um centro tecnológico que reúne, num mesmo lugar, diversas atividades de pesquisa e desenvolvimento. Produz uma economia de aglomeração ou de concentração espacial do desenvolvimento tecnológico.

3 TECNOLOGIA É um termo que envolve o conhecimento técnico e científico, as ferramentas, processos e materiais criados e/ou utilizados a partir de tal conhecimento ; O uso da tecnologia tem como objetivo a resolução de problemas; Essa é, de uma forma geral, o encontro entre ciência e engenharia.

4 VANTAGEM E DESVANTAGEM Vantagem: Deixa as ferramentas e os produtos mais eficientes para serem usados como produto final ou como intermédio. Desvantagem: Prejudica a sociedade trabalhadora e o meio ambiente. DA TECNOLOGIA

5 Os primeiros tecnopolos foram criados nos Estados Unidos, quando a Intel, juntamente com a universidade de Stanford e a UCLA, criaram um polo de desenvolvimento tecnológico, conhecido como Silicon Valley.

6 APLICAÇÃO NOS ESTADOS UNIDOS: Austin; Boston; Chicago; Los Angeles; Nova York; San Francisco; Seattle; Silicon Valley; Virgínia.

7 Silicon Valley: Localização: Califórnia Criação: cerca de 1950 Objetivo: gerar inovações científicas e tecnológicas Empresas: Apple Inc., Altera, Google, Facebook, NVDIA Corporation, EA, Symantec, eBay, Yahoo!, HP, Intel, Microsoft entre outros.

8 Esse polo tem como função o desenvolvimento tecnológico na área de computação e informática; A área é muito reconhecida pela enorme produção de chips na área eletrônica e informática; Em 2010 essa região atraiu 27% de todo o investimento dos EUA; A construção deste tecnopolo agregou novos elementos à longa tradição da região em pesquisas militares voltadas para o setor aeronáutico e de comunicações dos Estados Unidos

9 NO BRASIL: UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas: tecnologias da informação); UFSCar (Universidade Federal de São Carlos: instrumentação agropecuária, biotecnológica e mecânica); UNICEP; FADISC; Parque Tecnológico do Rio; Parque Tecnológico de São José dos Campos (setor aeroespacial, ao lado da biomedcina e da logística); Vale do Software (em Blumenau, e no Parque Tecnológico do Vale dos Sinos).

10 CAMPINAS: Localização: Interior do estado de São Paulo; Centros agregados: UniCamp (Universidade Estadual de Campinas), CPqD (Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações), o Laboratorio Nacional de Luz Síncrotron, o CenPRA (Instituto de Pesquisas Renato Archer), Embrapa, entre outros; Criação: depois de 1970; Objetivo: gerar inovações científicas e tecnológicas, podendo tornar assim o Brasil independente à importações de certos tipos de produto.

11 Estão presentes 32 unidades das 500 maiores empresas do mundo nesse ramo (ex: Lucent Technologies, IBM, HP); Com a instalação dessas empresas na região, o município de Campinas começou a promover ativamente o crescimento desta nova área, e fundou os parques CIATEC I e II.

12 O centro de pesquisa e desenvolvimento foi o segundo impulso de Campinas na direção de ser um Vale do Silício brasileiro; O governo federal protegeu a tecnologia brasileira contra as importações aprovando uma lei, resultando assim em um maior crescimento; Um serie de desenvolvimentos pioneiros ocorreram nas novas áreas: laser, fibra ótica, telefonia digital, tecnologia de computadores, desenvolvimento de software.

13 RESTO DO MUNDO: Japão: em Tskuba se reúne na mesma cidade a agencia nacional espacial do Japão (NASDA), o instituto nacional de ciência e tecnologia industrial avançada (AIST) e a universidade de Skuba; França: Sophia Antipolis; Edimburgo: University of Endiburgh; Portugal: Tecnopolo da Madeira, e o Sines Tecnopolo.

14 Vídeo retirado do Youtube:

15 CONCLUSÃO Tecnopolos são centros de pesquisa e desenvolvimento científico e tecnológico que se desenvolvem graças à afiliação à universidades ou ao governo; Esses tem como objetivo facilitar criação e a aprimorar o melhoramento de produtos e técnicas, que são absorvidas pela indústria de outra tecnologia que se instalam nas mesmas regiões.

16 CRÉDITOS Alunos: De Freitas João Vicente, Laudisio Vitória e Tamburini Matteo Classe: III Liceo Matéria: Geografia do Brasil Professor: Adrian Theodor


Carregar ppt "De Freitas João, Laudisio Vitória, Tamburini Matteo."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google