A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AGRUPAMENTO POR IDADE: Eduquem-se os meninos e não será preciso castigar os homens. (Pitágoras). Cada grupo tem suas características especiais: as crianças.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AGRUPAMENTO POR IDADE: Eduquem-se os meninos e não será preciso castigar os homens. (Pitágoras). Cada grupo tem suas características especiais: as crianças."— Transcrição da apresentação:

1 AGRUPAMENTO POR IDADE: Eduquem-se os meninos e não será preciso castigar os homens. (Pitágoras). Cada grupo tem suas características especiais: as crianças em sua faixa de idade têm as mesmas limitações, as mesmas ideias, as mesmas atitudes, as mesmas disposições mentais, energia e as mesmas necessidades, isto é uma generalização, porque cada indivíduo é um indivíduo e reage de uma forma.

2 Cada pessoa é uma individualidade e deve ser respeitada como tal desde a sua infância. A vida do individuo passa por três fases bem distintas; A infância; desde o nascimento até mais ou menos doze anos. A juventude; vai da adolescência a juventude propriamente dita. A adulta; o individuo alcança a sua maturidade. Menino ou menina? Olhos azuis ou verdes?

3 De zero a três anos, o indivíduo é muito dependente da mãe e do pai, assim ambos estão comprometidos a atender as necessidades da criança. Nessa faixa etária temos o berçário e o maternal. Nesta fase vamos desenvolver hábitos no indivíduo: Semeia um pensamento, colherás um ato Semeia um ato, colherás um hábito. Semeia um hábito, colherás um caráter. Semeia um caráter, colherás um destino.

4 De zero a três anos, o indivíduo é muito dependente da mãe e do pai, assim ambos estão comprometidos a atender as necessidades da criança. Nessa faixa etária temos o berçário e o maternal. Nesta fase vamos desenvolver hábitos no indivíduo: Semeia um pensamento, colherás um ato Semeia um ato, colherás um hábito. Semeia um hábito, colherás um caráter. Semeia um caráter, colherás um destino.

5 Plasticidade é a palavra chave: isto significa que o individuo nesta idade aprende tudo que lhe ensinam de bom ou de mal. A criança deve ver o seu carinho pela Bíblia, devoção na oração, o santo temor a Deus e como os pais são educados com as pessoas que lhe cercam. Aproveite para vergar a planta enquanto é tenra, ou nova, não na direção do próprio gosto dos pais, mas na direção divina e bíblica. Dt.6:1-8. São ativas; Brincar é uma necessidade.

6 A criança de zero a cinco anos tem um crescimento rápido, ela tem muita agilidade e fazem muitos exercícios, são muito inquietas, não podem ficar paradas, se sua criança estiver quietinha, parada, leve ao médico, ela esta doente. Grita porque precisa reconhecer a própria voz, não fixa a atenção por muito tempo, por isso os professores precisam diversificar suas aulas e também movimentar com as crianças, ajudando no desenvolvimento físico. Pv 23:13,14.

7 Imaginação fértil: são muito fantasiosas, o adulto erra muito ao pressionar a criança. A criança tem o seu mundo próprio, fantasioso, e às vezes inventa umas histórias que nunca existiram e ai o adulto por ser santo demais diz que criança vai para o inferno porque está mentindo. Cria situações; As crianças têm o seu senso próprio de valor; A criança também tem raciocínio relativo; A criança aprende muito pelos sentidos; A criança não sabe abstrair.

8 Meio ambiente: os grupos sociais formam o meio ambiente da pessoa e influencia na formação do indivíduo. Todos os grupos sociais ajudam a formar o caráter do indivíduo. O grupo social que falar e agir com mais convicção será o que vai transmitir a mensagem que vai ficar no coração da criança. São egocêntricas; tudo é dela, o papai, a mamãe, o brinquedinho, etc. Isto é uma fase, vai passar, mas nós não devemos ajudar a desenvolver o egocentrismo a transformar-se em egoísmo. A criança que ganha um irmãozinho regride para ganhar colo e mamadeira, a criança é imitadora, se você grita, ela vai aprender a gritar, se faz gestos indecorosos, ela vai aprender a fazer gestos indecorosos, a criança é 100% imitadora.

9 A criança é crédula, tudo que ensina ela aprende, a oração deve ser objetivo, exemplo, Jesus abençoa a comidinha, amém! Devemos falar coisas que ela possa repetir, Deus deve ser conhecido como o papai do céu, porque ela já conhece o papai da terra, e conforme as características do papai da terra serão atribuídas ao papai do céu. A criança não é um homúnculo (homem pequeno), não devemos tratar as crianças como adulto vestir roupas de adultos, querer que elas cheguem a Igreja e fiquem quietinhas, o que é contrário a sua natureza. Os aspectos físicos, mentais e sociais, geralmente são desenvolvidos, mas infelizmente o aspecto espiritual não se tem tido os mesmos cuidados que as outras características.

10 Palavra chave é atividade. Físico: Ativo e inquieto, mas melhor controlado; O crescimento físico é mais lento; O egoísmo esta diminuindo; As avalanches de energia precisam ser despendidas sob orientação; Se seu tempo não for ocupado encontrará muito que fazer. Mental: Nessa idade o filho é observador e curioso, prefere mais fazer a prestar atenção; Tem memória sem igual (não tem preocupações, daí a facilidade do aprendizado); São impacientes: o que querem, querem na hora; Começam a distinguir entre o real e o imaginário, entre o fato e a fantasia, lembre- se disso pais!

11 Social: A imitação continua forte; A criança nesta idade gosta do grupo mais do mesmo sexo, o menino aborrece qualquer associação com meninas, pode haver intimidade quando há perversão dos costumes e má influencia do meio, é preciso vigilância por isso; Nessa idade a criança é muito sensível, qualquer coisa que dissermos em tom áspero a magoará e não esquecerá com facilidade, entretanto não guarda rancor; Perdoa com facilidade; Não chame a atenção na frente de outras pessoas!

12 Espiritual: Confia sem duvidar, a menos que sofra decepções; Uma criança facilmente confia em Deus; Começa a comparar certo e o errado; É ágil, viva em descobrir as falhas nos adultos, cuidados, pois com o exemplo; Jesus deve ser apresentado como grande amigo.

13 Palavra chave é energia. Físico: Saúde e energia em excesso; Espírito de competição e investigação; Não há fadiga; As classes devem ser separadas, porque o que interesse a meninos não interessa a meninas; Gostam do ar livre e excursões; O instinto de coleção aumenta mais; Costuma-se se gabar dos pais que são os homens mais fortes do mundo; Deus deve ser apresentado como Deus forte e amoroso.

14 Mental: Sede pelo saber, e boa memória, motive-os a ler histórias bíblicas; Começo da duvidas; A criança passa a investigar o porquê das coisas, a memória continua ativa; A criança lê muito nessa idade, época de por em suas mãos a literatura ideal; A criança memoriza sem compreender o conteúdo do material, o professor deve estar ciente disso; Época ideal para fixar hábitos e costumes corretos, como leitura da Bíblia; frequência aos cultos, estudo da lição EBD.

15 Social: Interesse no grupo, associações e organizações, o menino quer “pertencer”; Os meninos acham que as meninas não deviam existir, o sentimento de lealdade é muito forte; Necessitam grandemente de tratamento simpático, atitudes severas e irônicas causam sentimento de inferioridade; Sentimento de justiça apuradíssimo, por isso, não prometa se não vai cumprir; Esta é a idade ideal para orientação sexual, porém deve ser ministrada pelos pais, as mães devem orientar as meninas quanto a menstruação, que pode surgir de 09 a 16 anos.

16 Espiritual: Sendo crente nesta idade a criança gosta muito de adorar a Deus; Ama a Jesus como Salvador, Amigo e Herói; Não gostam de religião vazia, querem atividades, têm muita energia e querem gastá-la, ajude-os a gastar suas energias adorando a Deus de forma variadas (orando, cantando, distribuindo folhetos, fazendo as orações antes de cada refeição); Precisam de alguém para conversar, estão cheias de dúvidas que aumentarão ou diminuirão conforme ensinadas.

17 É também chamado, adolescentes, o que de fato são. Físico: Crescimento rápido, mudanças profundas físicas e mentais, há muito vigor e muita atividade; O coração do adolescente cresce e palpita com muito mais rapidez; Bate a porta com força, assobia e grita com força total; Meninos e meninas começam a demorar-se em frente ao espelho e do perfume; A menina cresce mais rápida, mas param mais cedo; Os meninos demoram um pouco mais, mas continuam crescendo; Os adolescentes são desajeitados, esbarram em tudo, e como quebram as coisas em casa. Isto porque mãos e pernas estão em rápido crescimento, e o calculo e firmeza sofre prejuízos.

18 Mental: Expansão, abandono das coisas de criança, surge à razão, a mais alta das faculdades humanas, e o rapaz esta sempre perguntando o por que e o como das coisas; Concentra-se no que faz; Surgem as emoções; Perguntas bíblicas; Impera o reino da fantasia; As emoções oscilam de um extremo ao outro; A oração constante a Deus e a confiança em suas promessas.

19 Social: Desejo de companhias, se a companhia dos pais e dos crentes não forem agradáveis, vão procurar amigos fora do contexto religioso; Aumentam o sentimento de grupo; Os pais enfrentam o problema de companheiros apropriados para os filhos; Impulsos de independência; Detestam rotinas; Querem variedades; Emoções intensas; O sentimento de justiça é muito forte, o que exige dos pais cuidado na aplicação de disciplinas.

20 Espiritual: Época ideal para serem conduzidas a Cristo; Precisam de apoio constante e orientação; Espiritualidade profunda; Necessidade de atividades cristas, e programas próprios para a juventude.

21 Palavra chave é a aspiração. As características físicas, mentais, sociais, e espirituais são praticamente as mesmas da idade anterior, porém mais acentuadas, a vida sentimental continua em desenvolvimento, muitas vezes há romances neste ponto, os quais exigem tato, controle, paciência, ação, confiança, e observação por parte dos pais. Prossegue o espírito de competição.

22 Palavra chave é independência. Físico: Vitalidade ilimitada; O físico atinge o máximo; As energias físicas e mentais devem ser dirigidas de modo a fazer do jovem um cooperador na obra de Deus.

23 Mental: Sentimentos desenvolvidos ao máximo; Patriotismo; Paixão por ideais; O jovem gosta de aparecer; Gloria-se no sacrifício e na prática do bem ao próximo; Tem forte imaginação construtiva.

24 Social: Nesta idade o jovem escolhe o seu modo de vida definido; É a idade de ouro da juventude; Esta idade repele a monotonia; A Escola Dominical pode influir grandemente na solução dos problemas; Os professores precisam ser bons conselheiros nesta fase; A escola deve procurar ter professor a altura para isso. Espiritual: Tem convicções firmes, definidas; Produzem abundantemente; A liderança desenvolvida através dos anos tem agora o seu auge.

25 Vinte e cinco a trinta e quatro anos palavra chave é aplicação. Trinta e cinco para sessenta anos palavra chave é realização. Sessenta anos para cima palavra chave é reflexão. Aqui a pessoa deve ter atividades físicas e mentais, antes, na infância fazia-se para se desenvolver, agora para manter o que já adquiriu. Aqui começa a descida da montanha da vida... É o inverso da subida na infância. Nessa idade o homem e a mulher necessitam de apoio, simpatia, compreensão e paciência, são o inicio da velhice, se não tiver o Espírito de Cristo e uma sólida formação, tenderão: Ao pessimismo, critica, murmuração, ressentimentos, maledicência, maus hábitos.

26 O ensino para se eficiente deve ser graduado, de modo a atender as necessidades destas diferentes idades, segundo suas características, necessidades, e interesses que acabamos de ver. Fica, pois bem claro que o professor para ser eficientes precisa não somente conhecer a matéria que vai ensinar e ser espiritual; mas também conhecer o aluno, não apenas no sentido pessoal, mas sua psicologia. Oremos e busquemos ao Senhor para que Ele levante um poderoso ministério de ensino entre nós.


Carregar ppt "AGRUPAMENTO POR IDADE: Eduquem-se os meninos e não será preciso castigar os homens. (Pitágoras). Cada grupo tem suas características especiais: as crianças."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google