A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA Prof. Ms. Alexandre Augusto Giorgio Prof.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA Prof. Ms. Alexandre Augusto Giorgio Prof."— Transcrição da apresentação:

1 HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA Prof. Ms. Alexandre Augusto Giorgio Prof. Ms. Alexandre Augusto Giorgio

2 HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA SOBRE A ESTÉTICA

3 HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA Etimologia Etimologicamente, o termo remete para a palavra grega aisthesis, que significa sensação e, também, sentimento, significações que se encontram reunidas no termo sensibilidade.

4 HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA Etimologia POEDMOS PARTIR DE DUAS DEFINIÇÕES DE ESTÉTICA:

5 HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA Etimologia 1. Estudo das questões filosóficas suscitadas pelas artes, tanto do ponto de vista da criação como do da contemplação e gozo. (F. Romero)

6 HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA Etimologia 2. Os filósofos operam sobre o abstrato e o universal, os artistas sobre o concreto e o particular. Os primeiros apoiam-se na inteligência e na razão, os segundos no sentimento e na intuição. (...) Harmonizar uns e outros tem sido o objetivo dos estetas (...).» (Manuel Antunes)

7 HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA REFLEXÃO SOBRE A FILOSOFIA

8 HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA MYTHOS E O LOGOS

9 HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA "Essas duas palavras, mythos e logos, significam ambas, em língua grega, "fala". Mas mythos significa fala que narra, que comunica por analogia entre situações narradas a experiência do narrador. Por outro lado, logos significa, fala que demonstra, que descreve o que ocorre às coisas em vista de suas próprias essências.. [...] [1] José Auri Cunha. Filosofia: Iniciação à investigação filosófica. São Paulo: Atual, p. 56.

10 HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA [...] O logos é, assim, uma linguagem que expressa o pensamento entendedor das coisas: as propriedades destas são pensadas analiticamente como existindo sem nenhuma dependência dos processos emocionais de quem as compreende. O nascimento do logos inaugura uma nova era de compreensão do mundo pelo homem. Esse nascimento está estreitamente ligado ao nascimento da filosofia."[1] [1] José Auri Cunha. Filosofia: Iniciação à investigação filosófica. São Paulo: Atual, p. 56.

11 HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA Zeus e a tartaruga Fábula de Esopo. Imagem retirada do livro Era uma vez ESOPO ESOPO; Séc. VI A.C.

12 HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA Os dois Corcéis de Platão. Na obra Fedro. Biga romana EROS E PSIQUÉ Dionisíaco.e Apolíneo

13 HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA

14 HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA ALGUMAS QUESTÕES SOBRE A ARTE.

15 HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA O estudo dos sentimentos, conceitos e juízos resultantes da nossa apreciação das artes, ou da classe mais geral de objetos considerados tocantes, belos ou sublimes. A estética se preocupa com problemas tais como: O que é uma obra de arte? O que torna uma obra de arte bem-sucedida? Pode a arte ser um veículo da verdade? A arte é expressão ou comunicação dos sentimentos do artista? Ou será que ela funciona por provocação, simbolização ou catarse de sentimentos? Qual a diferença entre compreender uma obra de arte e não o conseguir fazer? Por que tiramos prazer estético do inesperado, como acontece com as tragédias ou com o horror de algumas cenas naturais? Por que coisas de tipos muito diferentes podem parecer igualmente belas?

16 HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA O que é uma obra de arte? O que torna uma obra de arte bem-sucedida? Pode a arte ser um veículo da verdade? A arte é expressão ou comunicação dos sentimentos do artista? Ou será que ela funciona por provocação, simbolização ou catarse de sentimentos? Qual a diferença entre compreender uma obra de arte e não o conseguir fazer? Por que tiramos prazer estético do inesperado, como acontece com as tragédias ou com o horror de algumas cenas naturais? Por que coisas de tipos muito diferentes podem parecer igualmente belas?


Carregar ppt "HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA HISTÓRIA E ESTÉTICA DA ARTE ESTÉTICA Prof. Ms. Alexandre Augusto Giorgio Prof."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google