A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Cap. 15 Mamíferos Professor Samuel Bitu. Características dos mamíferos: Endotérmicos: – Altas taxas metabólicas, provavelmente evoluiram por causa de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Cap. 15 Mamíferos Professor Samuel Bitu. Características dos mamíferos: Endotérmicos: – Altas taxas metabólicas, provavelmente evoluiram por causa de."— Transcrição da apresentação:

1 Cap. 15 Mamíferos Professor Samuel Bitu

2 Características dos mamíferos: Endotérmicos: – Altas taxas metabólicas, provavelmente evoluiram por causa de aumento de atividade Isolamento térmico evoluiu posteriormente (pêlos) Vários tipos de glândulas no tegumento: – Sudoríparas – Sebáceas – Odoríferas – Mamária

3 Respiração Presença de alvéolos pulmonares -Hematose Novidade evolutiva: Diafragma,.

4 Circulação e excrecão Rins – Escretam uréia Fechada, dupla e completa

5 Especializações alimentares Heterodontes: vários tipos de dentes Dentes só são repostos uma vez, ao contrário de outros vertebrados Dentes modificados de acordo com o hábito alimentar

6

7 Aparelho digestivo de mamíferos: morfologias associadas a dietas diferentes

8 Peso corpóreo e consumo de alimentos

9 Sentidos Mamíferos evoluiram como animais noturnos Olfato desenvolvido Sensibilidade visual (formar imagens com pouca luz) mais importante que acuidade visual (formar imagens precisas) Ouvem melhor que outros tetrápodos: ouvido médio mais completo que em outros tetrapodos.

10 Relações de parentesco

11 Reprodução Dióicos Dimorfismo sexual evidente Fecundação interna e desenvolvimento direto

12 Monotremados – mamíferos que nascem de ovos Únicos mamíferos ovíparos Representantes: Equidnas e ornitorrinco. Os filhotes se alimentam do leite que escorre dos pelos da mãe.

13

14 Metatérios ou Marsupiais Possuem uma bolsa de pele no ventre - MARSÚPIO(local onde o embrião completa seu desenvolvimento embrionário) Vivíparos Filhotes se agarram aos mamilos ou às dobras de pele presente no marsúpio até completar seu desenvolvimento.

15

16 Placentários 95% das espécies de mamíferos. Completam seu desenvolvimento embrionário no interior do útero materno. Presença da placenta. -Nutrição, oxigenação e excreção (cordão umbilical)

17

18 Marsupiais X Placentários Comparação dos períodos de gestação e lactação entre pares de espécies ecologicamente similares e mamíferos marsupiais e placentários. Os gráficos mostram que marsupiais têm intervalos mais curtos de gestação e intervalos de lactação muito mais longos do que as espécies de placentários semelhantes

19 Eutétrios – Placentários verdadeiros Entre as principais Ordens dessa Subclasse, destacam-se as listadas abaixo: Xenarthra (edentados) Animais sem dentes ou com reduzido número e tamanho de dentes, porém com garras bem evidentes. Exemplo: Tamanduá, tatu e preguiça. Lagomorpha (lagomorfos) Animais portadores de dois pares de dentes incisivos inseridos na maxila, um com posição anterior (mais proeminente) e o outro situado lateralmente a esses (menos proeminente). Exemplo: Coelho e lebre. Rodentia (roedores) Animais que possuem dois pares de dentes incisivos inseridos um em cada maxila, crescendo continuamente e adaptados ao hábito de roer alimentos. Exemplo: Porco- espinho, capivara, rato, esquilo e cutia. Carnívora (carnívoros) Animais com dentes caninos bem desenvolvidos, típico de animais predadores, adaptados a perfurar e rasgar a carne de suas presas. Exemplo: Leão, hiena, morsa, cão e gato. Insetívora (insetívoros) Animais de pequeno porte, com focinho alongado e pontiagudo. Exemplo: Ouriço-cacheiro. Quiróptera (quirópteros) Animais voadores, com membros anteriores modificados em asas. Algumas espécies são insetívoras, frutíferas e outras hematófagas. Exemplo: morcegos.

20 Eutétrios – Placentários verdadeiros Artiodactyla (artiodactílos) Animais geralmente herbívoros, com número par de dedos (dois ou quatro) protegidos por casco. Exemplo: boi, porco, camelo e carneiro. Cetácea (cetáceos) Animais marinhos com membros anteriores modificados em nadadeiras e os posteriores ausentes. Exemplo: Baleia e golfinho. Perissodactyla (perissodáctilos) Animais geralmente herbívoros, com número impar de dedos (um ou três) e caminham sobre o casco. Exemplo: cavalo, zebra e rinoceronte. Sirenia (sirênios) Animais aquáticos com membros posteriores reduzidos e modificados em nadadeiras e cauda propulsora bem desenvolvida. Exemplo: peixe-boi. Proboscídea (probocídeos) Animais com narina e lábio superior fusionados em forma de tromba e dentes incisivos superiores com maior evidência. Exemplo: elefante. Primates (primatas) Animais com mãos e pés contendo cinco dedos distintos e adaptados para apreensão, postura ereta ou semi-ereta e cabeça formando ângulo reto com o pescoço. Exemplo: chipanzé, gorila, mico e o próprio homem.

21 Adaptações dos mamíferos: morcegos e o vôo

22 "A importância ecológica dos morcegos é incontestável, tanto para as pessoas quanto para a natureza. Entre as espécies que se alimentam de insetos, somente um indivíduo come, por noite, entre 600 e mil insetos, principalmente pernilongos. Os que se alimentam de frutas polinizam as flores e espalham sementes"

23 1- São grandes controladores das populações de insetos. 2- São responsáveis pela formação de florestas 3- Auxiliam na reprodução de mais de quinhentas espécies de plantas 4- Há morcegos que se alimentam de pequenos animais que causam prejuízos à agricultura; 5- São largamente empregados em pesquisas científicas, 6- As fezes dos morcegos constituem excelente adubo natural. 7- A saliva do vampiro tem forte ação anticoagulante 8- São importantes elos na cadeia alimentar; 9- O seu desaparecimento poderá resultar em desequilíbrio ambiental, causando maiores danos do que os causados pela sua proximidade com o homem.


Carregar ppt "Cap. 15 Mamíferos Professor Samuel Bitu. Características dos mamíferos: Endotérmicos: – Altas taxas metabólicas, provavelmente evoluiram por causa de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google