A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Curso de Preparação de Palestrantes Espíritas -FEDF - - TURMA MAIO/2011 - 7º Encontro Técnicas de Introdução, Desenvolvimento e Finalização de uma apresentação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Curso de Preparação de Palestrantes Espíritas -FEDF - - TURMA MAIO/2011 - 7º Encontro Técnicas de Introdução, Desenvolvimento e Finalização de uma apresentação."— Transcrição da apresentação:

1 Curso de Preparação de Palestrantes Espíritas -FEDF - - TURMA MAIO/ º Encontro Técnicas de Introdução, Desenvolvimento e Finalização de uma apresentação – Desenvolvimento e Utilização de Recursos

2 Preparo de Ambiente - Recomendações sobre o que o palestrante não deve fazer Jogral Fernanda

3

4 – Abertura: Texto, Prece, Exercícios – Revisão do Conteúdo – Como preparar uma apresentação – Pinga fogo – Intervalo – Salas (preparo de uma palestra) – Encerramento no salão: apresentação de 1 representante de cada sala, mensagem de reflexão – avaliação e prece Atividades a Serem Desenvolvidas

5 Exercício de Respiração (2min) Walid

6 Exercício (2min) - Dicção - Pronúncia - Ritmo Walid

7 Exercício de Dicção/Pronúncia/Ritmo BRUXA BLUSA BRUSCA BLOCO BLUSA BRUXA BLOCO BRUSCA BRUSCA BLOCO BRUXA BLUSA BLOCO BRUXA BLUSA BRUXA

8 Geraldo Exercício de Dicção/Pronúncia/Ritmo GLOMO GROSA GOMO GROTA GOMO GROTA GLOMO GOMO GROTA GLOMO GOMO GROSA GROSA GOMO GLOMO GROTA

9 Walid Uma bateria de exercícios de expressividade oral está disponível na página do curso.

10 Geraldo REVISÃO DE CONTEÚDO (10min)

11 Um orador conquistará a atenção de sua platéia... se souber tocar no que lhe interessa Geraldo

12 Roteiro para planejar uma apresentação Planeje a apresentação: Tema e Objetivo Resultados esperados Público-alvo Tópicos a serem abordados Tempo necessário X disponível Local e recursos Geraldo

13 Roteiro para planejar uma apresentação Organize o conteúdo: Introdução Desenvolvimento Conclusão Geraldo

14 ESTRUTURA DE UMA APRESENTAÇÃO INTRODUÇÃO Trata-se da abertura, saudação, explicações sobre a natureza do tema, captar a atenção, romper a resistência e o resumo do que vai dizer Geraldo

15 ESTRUTURA DE UMA APRESENTAÇÃO DESENVOLVIMENTO É o desenvolvimento do tema, com seus pontos principais. Deve ter ordenação lógica e sustentação. Geraldo

16 ESTRUTURA DE UMA APRESENTAÇÃO CONCLUSÃO É o encerramento A ideia central é realçada para ser fixada pelo público A finalização deve ser simples Geraldo

17 ESTRUTURA DE UMA APRESENTAÇÃO Geraldo

18 COMO UTILIZAR RECURSOS - Recursos Audiovisuais; - Recursos de Conteúdos Carlos

19 Deve servir como reforço da mensagem, com o objetivo de: -Fazer comparações numéricas. - Apresentar dados estatísticos. - Destacar informações essenciais.... RECURSO VISUAL – QUANDO USAR?

20 -Expor dados técnicos ou científicos. -Ampliar a retenção de informações dos ouvintes. -Esclarecer conceitos, procedimentos ou idéias. - Orientar o raciocínio. -Possibilitar a visualização de objetos. -Estabelecer relacionamentos. - Mostrar organogramas.

21 -Um título simples, esclarecedor e de poucas palavras. -Legendas concisas e legíveis. -Letras grandes. -Frases curtas e com poucas linhas. -Cores, sem excesso. -Apenas uma idéia e um desenho em cada um. UM BOM VISUAL DEVE TER:

22 -Quadro de giz -Quadro branco - Quadro magnético -Cartaz -Flip chart -Folheto -Modelos e objetos - Retroprojetor -Projetor multimídia RECURSOS VISUAIS MAIS IMPORTANTES

23 -Quadro de giz -Quadro branco - Quadro magnético -Cartaz -Flip chart -Folheto -Modelos e objetos - Retroprojetor -Projetor multimídia RECURSOS VISUAIS MAIS IMPORTANTES

24 Referência bibliográfica:

25 -Música -Dramatização -Poesia -Mensagens -Leitura -Estórias -Citação -Notícias e fatos RECURSOS DE CONTEÚDO

26 - Microfone de mesa (sentado) – postura correta: coluna ereta, colocar apenas as mãos com os punhos sobre a mesa, sem apoiar os braços ou cotovelos. Distanciar o microfone um palmo da boca, quando se virar para os lados não retirar a boca da direção do microfone. O USO DO MICROFONE

27 - Microfone de pedestal (em pé) – manter a coluna ereta, os pés firmes (20cm um do outro); distanciar o microfone (entre 10 cm e 15cm da boca); cuidado ao virar para os lados, mantendo a boca sempre na direção do microfone; atenção para evitar a microfonia. O USO DO MICROFONE

28 Microfone de lapela (em pé ou sentado) – a posição correta segue a mesma da anterior; cuidando para não bater ou esbarrar no microfone de lapela, causando barulho, exaltando-se ou se emocionando ao falar; evitar a respiração ofegante, tossir ou qualquer outro som diferente. O USO DO MICROFONE

29 DISCURSO ESCRITO COM USO DO MICROFONE Conhecimento prévio do texto, estudando-o, verificando o sentido e o significado das palavras; Sincronia entre o comunicador e o que se lê: gestos adequados, movimentos do corpo, inflexão de voz e a emoção que se quer passar; Segurar o papel com elegância, com uma das mãos, gesticulando com a outra - não segurar na frente do rosto, nem muito baixo;

30 DISCURSO ESCRITO COM USO DO MICROFONE Com a mão que segura o texto, deve-se deslizar o dedo polegar, servindo como um ponteiro, acompanhando discretamente a linha onde se encontra para não se perder. Se o orador costuma sentir tremores nas mãos, é bom colar a folha de papel sobre um cartão mais grosso e do mesmo tamanho da folha, ou use uma pasta, disfarçando o nervosismo.

31 ATIVIDADES EM SALA 30 MINUTOS DIRIJAMO-NOS ÀS SALAS DE 1 A 4

32 Curso de Preparação de Palestrantes Espíritas INTERVALO (10min) APÓS O INTERVALO, DIRIJAMO-NOS AO SALÃO

33 Curso de Preparação de Palestrantes Espíritas Pinga Fogo (50min) Carlos, Geraldo, Walid e Waldehir

34 Desafio para uso do Blog Cada participante deve ter pelo menos uma participação no Blog durante a semana... Luciano

35 Reflexão (10min) Vídeo Richard Simonetti Luciano

36 Adauto


Carregar ppt "Curso de Preparação de Palestrantes Espíritas -FEDF - - TURMA MAIO/2011 - 7º Encontro Técnicas de Introdução, Desenvolvimento e Finalização de uma apresentação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google