A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS."— Transcrição da apresentação:

1

2 TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS

3 REALIDADE TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS At 17,22-23 COMUNICAR CONTEÚDO PLATEIA

4 TODA APRESENTAÇÃO EXPÕE O MENSAGEIRO/COMUNICADOR DÁ DINAMISMO - INTERATIVIDADE OPORTUNIDADE – VENDER O PEIXE TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS

5 A COMUNICAÇÃO O ESTOU ENTENDENDO. O EVANGELIZADOR DEVE SEGUIR JC COMUNICADOR EVANGELIZANDOS LUGAR CLIMA ACOLHIDA A igreja de JC.... ? ESTOU BOIANDO TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS

6 PREPARANDO 1) PLANO PLANEJAR: O QUE DIZER MANEIRA (início e a conclusão) Dê a conhecer Qual o ASSUNTO Decore Palavras p/ o momento Etapas TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS

7 1) TÉCNICA ESQUEMA MENTAL VISUAIS CARTAZ RETROPROJETOR PROJETOR MULTIMÍDIA QUADRO NEGRO TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS

8 PREPARANDO PASSOS I - DEFINIR OBJETIVO PRINCIPAL FOCO NÊLE 2 - IDENTIFICAR OUVINTES PARA INTERAGIR MAIS 3 - A ESTRUTURA CURSILHO: ESQUEMAS TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS

9 PREPARANDO PASSOS 1- Objetivo – Foco 2- Ouvintes – Interação 3- Estrutura 4- SUPORTE VISUAL DÁ ÊNFASE À APRESENTAÇÃO TODOS ESPERAM TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS

10 4- SUPORTE VISUAL OS ESLAIDES PARA REFORÇAR INFORMAÇÃO ENTRETER, RELAXAR CUIDADO MUITO TEXTO (Ex.) TAMANHO LETRA FALAR VOLTADO P/ PASSOS 1- Objetivo – Foco 2- Ouvintes – Interação 3- Estrutura 4- Visuais TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS

11 OS ESLAIDES: MUITO TEXTO, LETRA MCC NA ARQUIDIOCESE DE FPOLIS. INÍCIO: 1970 FPOLIS. APARECIDA (SP) Em 1970 dois Senhores leigos, vindos da cidade de Aparecida - São Paulo, procuraram a Arquidiocese de Florianópolis para falar do Movimento de Cursilhos de Cristandade (MCC) que já estava sendo inserido nas Igrejas Católicas em diversas cidades brasileiras. Quando aqui chegaram, os Senhores foram indicados a conversarem com o Pe. Francisco de Sales Bianchini, que na época era responsável pelas atividades junto a Catedral Metropolitana de Florianópolis, a fim de expor a proposta do então Movimento. Após extensiva conversa, e conhecendo um pouco do objetivo, finalidade e carisma do MCC, Pe. Bianchini se mostrou interessado na implantação desse Movimento aos Cristãos leigos dessa comunidade. Ao fazer parte da equipe organizadora do primeiro cursilho em Florianópolis, já em 1970, Pe. Bianchini e demais organizadores, descobrem que na cidade de Paranaguá - PR, já havia sido realizado um Cursilho. TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS

12 COMO COMEÇAR 1- CAPTAR A ATENÇÃO DESDE O INÍCIO CADA MINUTO E PRECIOSO NÃO DIMINUIR O COMUNICADOR APRESENTAR-SE MATAR A CURIOSIDADE CERTIFIQUE-SE TODOS OUVINDO OLHAR PARA O PÚBLICO TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS

13 COMO COMEÇAR 1- Captar atenção ESTABELECER O TEMA DEIXAR CLARO QUAL O TEMA OBJETIVO PRINCIPAL ONDE PESQUISOU EXPERIÊNCIAS, LEVANTAR (VER) 3- APRESENTAR A ESTRUTURA EXPLIQUE A SEQUÊNCIA INFORME A DURAÇÃO COMO PERGUNTAR TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS

14 COMO COMEÇAR 1- Captar atenção 2- Tema 3- Estrutura ESTABELECER A COMUNICAÇÃO CAPTOU A ATENÇÃO INÍCIO....FIM FORMA COMO VAI SE PRESENTAR 5- SABER ESTAR O CENTRO É O MENSAGEIRO OLHOS VOZ EXPRESSÃO, CONVICÇÃO APRESENTAÇÃO VISUAL POSTURA TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS

15 ALGUMAS RECOMENDAÇÕES DEIXAR UM LEMBRANÇA POSITIVA TESTEMUNHOS ADEQUADOS REPETIR USAR IMAGENS DESCONTRAÇÃO PREPARAÇÃO: TREINAR RESUMO PARA ACABAR, FRASES IMPORTANTES TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS

16 PARA TERMOS BOA PRODUÇÃO, PRECISAMOS CONHECER O SOLO E TRANSFORMÁ-LO EM FÉRTIL, QUE CONTRIBUI TAMBÉM PARA TERMOS PLANTAS SADIAS E PESSOAS SAUDÁVEIS. Final de uma palestra para agricultores e técnicos

17 QUEM, DURANTE UMA APRESENTAÇÃO NÃO SE COMUNICA, NÃO ATINGE SEU OBJETIVO, PERDENDO A OPORTUNIDADE DE AJUDAR O PRÓXIMO NA SUA CONVERSÃO E POR CONSEQUÊNCIA NA SUA AÇÃO TRANSFORMADORA NO AMBIENTE. TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS

18 TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS

19


Carregar ppt "TÉCNICAS DE ELABORAÇÃO E APRESENTAÇÃO DE MENSAGENS."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google