A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

O AGIR DO MCC DEFINIÇÃO E PRÁTICA. Ver Julgar Agir Avaliar Celebrar O método VJAAC.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "O AGIR DO MCC DEFINIÇÃO E PRÁTICA. Ver Julgar Agir Avaliar Celebrar O método VJAAC."— Transcrição da apresentação:

1 O AGIR DO MCC DEFINIÇÃO E PRÁTICA

2 Ver Julgar Agir Avaliar Celebrar O método VJAAC

3 VER = fotografia fiel da realidade: Fatos, causas e consequências

4 JULGAR = analisar a realidade fotografada pelo VER: Discernir certo e errado Descobrir obstáculos ao certo à luz dos critérios do Evangelho e dos Documentos da Igreja

5 AGIR = planejar ação para solucionar os problemas promover a evangelização dos ambientes de acordo com os critérios do JULGAR: o que deve ser feito? quem é que vai fazer? quando é que vai ser feito? como vai ser feito (com que recursos)?

6 Para isso necessitamos de Formação Escola Vivencial

7 O Método e o Jubileu GEN, GER, GED Pesquisa Nacional & ação prática fotografia do MCC do Brasil; analisá-la à luz da Palavra de Deus e dos Documentos da Igreja; dar-lhe novo impulso a partir de uma ação concreta.

8 DEFINIÇÃO síntese do VER e do JULGAR ação transformadora, no pós-cursilho

9 Agir Cristão inerente ao ser cristão Ser Sal, Fermento e Luz conformar o mundo ao Projeto de Deus e aos valores do seu Reino. Converter-se tornar-se discípulo missionário, anunciar a Boa Nova do Reino de Deus, para conversão integral de todos os homens.

10 Ação Transformadora do Cristão Leigo imperativa e urgente clamor por justiça e respeito aos direitos humanos é muito grande. ação transformadora = ação evangelizadora.

11 PRÁTICA Perigos a evitar: Ativismo Assistencialismo. Ação-serviço

12 Opções pastorais: Ação transformadora vai às causas, à raiz, questiona os sistemas; Igreja opção preferencial pelos pobres e pelos jovens = prática de Jesus: todos são filhos de Deus; o Reino de justiça foi anunciado aos pobres.

13 Instrumentos Compromisso e conversão vida toda conhecer o Reino aprofundar conhecimento, aumentar convicção, facilitar vivência. ação evangelizadora no pós-cursilho: dimensão pessoal ou individual dimensão comunitária MCC oferece: Evangelho, NCA, AM

14 Escola Vivencial discipulado escuta da Palavra de Deus atenção aos sinais dos tempos sacramentos momentos fortes de convivência e aprendizado; mais um clima do que uma organização... partilha do pão, da palavra e da doutrina indispensável para que haja Movimento

15 Pequenas Comunidades de Fé (núcleos): núcleo = centro, cerne, semente, essência, parte principal; Ambiente de ajuntamento de pessoas para comunidade; ambientais = desenvolver nos ambientes, constituídos por líderes insatisfeitos com a realidade. começar a partir de circunstâncias humanas e evoluir para atitudes cristãs, através da consciência crítica. método dos NCA = VJAAC

16 Assembléias mensais ou Ultréias Encontros mensais dos integrantes dos núcleos; Momento de partilha e convivência; Planejar presença nas realidades.

17 Reflexão revisão de conceitos e práticas olhar para dentro de nós mesmos olhar para dentro das estruturas do MCC perguntar: Onde estão essas comunidades? As que existem, estão sendo levadas a sério? Foram efetivamente assumidas pelos responsáveis do MCC?

18 Compromissos das AN, AR, AD – são cumpridos? Algumas causas: Impossível executar muitas tarefas de uma vez; Faltam orientações práticas para a ação evangelizadora; Planejar um AGIR para que outros executem...

19 Faltam: Compromisso; convicção de que evangelizar é essencial para o discípulo missionário; DAp compromisso de transformação da realidade segundo Jesus nos ensina.

20 o AGIR CRISTÃO, o AGIR do MCC, o AGIR do CURSILHISTA não pode e não deve cingir-se à boa vontade, às boas intenções ou a bons propósitos. AGIR sem COMPROMISSO = marcar passo, dar voltas no mesmo lugar

21 Compromisso Missionário levar sério evangelizar até os confins da terra fermentar de Evangelho os ambientes missão de batizados em nosso continente e em nosso país (DAp)

22 Reflitam e produzam propostas concretas sobre o compromisso missionário da AN de 2010: Formar comunidades de fé para a transformação dos ambientes. Priorizar os ambiente que mais necessitam de transformação (pré-cursilho).

23 Reflitam e produzam propostas concretas sobre o compromisso missionário da AN de 2010: Ampliar espaços para as pessoas relatarem Experiências de Evangelização ambiental (Revista Alavanca, Assembléias, etc.).

24 Reflitam e produzam propostas concretas sobre o compromisso missionário da AN de 2010: Inserir-se nas estruturas humanas já existentes na sociedade (Conselhos, Associações, Sindicatos, etc.) para nelas atuar a modo de fermento. Tornar o MCC mais conhecido, através da palavra e do testemunho.

25 Reflitam e produzam propostas concretas sobre o compromisso missionário da AN de 2010: Elaborar estratégias para a Evangelização Urbana a partir da pedagogia de Jesus para uma ação transformadora nas cidades.


Carregar ppt "O AGIR DO MCC DEFINIÇÃO E PRÁTICA. Ver Julgar Agir Avaliar Celebrar O método VJAAC."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google