A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ASSEMBLEIA REGIONAL do MCC 2011 A Pastoral Urbana no DAp A Pedagogia de Jesus.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ASSEMBLEIA REGIONAL do MCC 2011 A Pastoral Urbana no DAp A Pedagogia de Jesus."— Transcrição da apresentação:

1 ASSEMBLEIA REGIONAL do MCC 2011 A Pastoral Urbana no DAp A Pedagogia de Jesus

2 Assembleia Regional 2011 LEMA: Que todos juntos nos encontremos na mesma fé (Ef. 4, 13) TEMA: Peregrinando rumo ao Jubileu – Ano do Agir

3 Assembleia Regional 2011 Ano do AGIR: 1º - Conhecer a realidade para a ação 2º - Proporcionar o seguimento a Cristo AGIR – Terceira fase do Tríduo preparatório para o Jubileu de Ouro do MCC

4 Assembleia Regional 2011 Conhecer a realidade para a ação: A Sociedade em Estado de Mudança TRANSFORMAÇÕES Econômicas Sociais Políticas Culturais

5 Assembleia Regional 2011 As transformações: Tornam-se mais expressivas com a modernização Refletem na vivência religiosa

6 Assembleia Regional 2011 Vivemos uma mudança de época, e seu nível mais profundo é o cultural. Dissolve-se a concepção integral do ser humano, sua relação com o mundo e com Deus; aqui está precisamente o grande erro das tendências dominantes do último século... Quem exclui Deus de seu horizonte, falsifica o conceito da realidade e só pode terminar em caminhos equivocados e com receitas destrutivas. DAp 44

7 Assembleia Regional 2011 Somos Chamados a: Ser Fermento, Sal e Luz; Ser PROTAGONISTA na Igreja e na sociedade; Viver o Carisma do MCC Nos AMBIENTES MUNDO.

8 Assembleia Regional 2011 Diante das diversas transformações que estamos presenciando nos nosso s ambientes: - sociedade individualista; - mídia que nos estimula com ilusões, com realidades distantes do mundo; - desorientação espiritual ; - deficiência na vida coletiva (relações com os demais); - a busca do prazer (hedonismo), entre diversas outras situações desumanas que estamos vivenciando...

9 Assembleia Regional 2011 Diante de todas essas situações que estamos vivenciando, QUAL O COMPROMISSO MISSIONÁRIO QUE O MCC VEM INSISTINDO PARA RESPONDER À CONVOCAÇÃO DE JESUS CRISTO QUE NOS ORDENOU EVANGELIZAR ATÉ OS CONFINS DA TERRA ? FERMENTAR DE EVANGELHO OS AMBIENTES

10 Assembleia Regional 2011 Assembleia Nacional de 2010 nos orienta a refletirmos e produzirmos propostas concretas – COMPROMISSO MISSIONÁRIO: 1. Formar comunidades de fé para transformação dos ambientes. 2. Priorizar os ambientes que mais precisam de transformação (Pré-cursilho). 3. Ampliar espaços para as pessoas relatarem experiências de Evangelização ambiental.

11 Assembleia Regional 2011 COMPROMISSO MISSIONÁRIO: 4. Inserir-se nas estruturas humanas já existentes na sociedade (Conselhos, Associações, Sindicatos, etc.). 5. Tornar o MCC mais conhecido, através da palavra e do testemunho. 6. Elaborar estratégias de Evangelização Urbana a partir da pedagogia de Jesus para uma ação transformadora na Cidade.

12 Assembleia Regional 2011 Para o Movimento de Cursilhos, que caminha para o Jubileu com o intuito de promover seu Relançamento, este é o momento de afirmar seu caráter peregrino criando um espírito missionário

13 Assembleia Regional 2011 Duas conclusões fundamentais da Assembléia Nacional 2010: Eixo: FORMAÇÃO INTEGRAL (Oferecer formação integral – inteligência, coração, fé e maturidade na fé alinhada com as estratégias de evangelização urbana) Eixo: COMPROMISSO MISSIONÁRIO (Elaborar estratégias para evangelização urbana a partir da pedagogia de Jesus para uma ação transformadora nas cidades).

14 Assembleia Regional 2011 Duas perguntas 1. Porque estudar a Pastoral Urbana numa Assembléia Nacional do MCC? 2. Que corrente pedagógica seguir para tornar mais eficaz para o homem e a mulher de hoje o anúncio da Boa Nova do Reino? Respostas – Iluminações 1. À luz do Documento de Aparecida 2. À luz do tema explanado, estudado e refletido durante a AN 2010

15 Assembleia Regional 2011 A Pastoral Urbana no Documento de Aparecida O contexto - Capítulo X do DAp (nºs ). Na 3ª.Parte, A VIDA DE JESUS CRISTO PARA NOSSOS POVOS. Aplicação concreta de todo o DAp à realidade... Comunicar a vida de Jesus Cristo aos nossos povos. Aplicação do lema da Conferência de Aparecida: Discípulos missionários de Jesus Cristo para que nEle nossos povos tenham vida. Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida (Jo 14,6).

16 Assembleia Regional 2011 O texto A) Situa o cristão de hoje na grande cidade B) Analisa as realidades da Cidade, suas transformações, a convivência entre os diferentes níveis. C) Aborda a presença da Igreja na Cidades ao lembrar que a Igreja em seu início se formou nas grandes cidades de seu tempo e se serviu delas para se propagar.

17 Assembleia Regional 2011 D) Refere-se a novas experiências da Igreja como renovação das paróquias, setorização, novos ministérios, novas associações, grupos, comunidades e movimentos E) Menciona atitudes de medo em relação à pastoral urbana... F) Projeta um olhar de fé sobre as realidades da cidade, descobrindo nela a presença de Deus.

18 Assembleia Regional 2011 Algumas PROPOSTAS para uma nova pastoral urbana – nº 517 do DAp: Entre elas eis algumas mais importantes para o MCC: a) Responda aos grandes desafios da crescente urbanização. b) Seja capaz de atender às variadas e complexas categorias sociais, econômicas, políticas e culturais: pobres, classe média e elites. c) Desenvolva uma espiritualidade da gratidão, da misericórdia, da solidariedade fraterna, atitudes próprias de quem ama desinteressadamente e sem pedir recompensa.

19 Assembleia Regional 2011 d) Abra-se a novas experiências, estilos e linguagens que possam encarnar o Evangelho na cidade. f) Aposte mais intensamente na experiência de comunidades ambientais, integradas em nível supra- paroquial e diocesano. h) Difunda a Palavra de Deus, anuncie-a com alegria e ousadia e realize a formação dos leigos de tal modo que possam responder as grandes perguntas e aspirações de hoje e se inseriram nos diferentes ambientes, estruturas e centros de decisão da vida urbana.

20 Assembleia Regional 2011 Algumas RECOMENDAÇÕES para uma nova pastoral urbana( nº 518 do DAp): Para que os habitantes dos centros urbanos e de suas periferias, cristãos ou não cristãos possam encontrar em Cristo a plenitude de vida, sentimos a urgência de que os agentes de pastoral, enquanto discípulos e missionários se esforcem em desenvolver: a) Um estilo pastoral adequado à realidade urbana com atenção especial a linguagem, às estruturas e práticas pastorais assim como aos horários. b) Um plano de pastoral orgânico e articulado.

21 Assembleia Regional 2011 d) Um processo de iniciação cristã e de formação permanente que retroalimente a fé dos discípulos do Senhor integrando o conhecimento, o sentimento e o comportamento; f) Uma atenção especializada aos leigos em suas diferentes categorias: profissionais, empresariais e trabalhadores; h) Estratégias para chegar aos lugares fechados das cidades como grandes aglomerados de casas, condomínios, prédios residenciais ou nas favelas;

22 Assembleia Regional 2011 i) Uma presença profética que saiba levantar a voz em relação a questões de valores e princípios do Reino de Deus, ainda que contradiga todas as opiniões, provoque ataques e se fique só no anúncio... j) Uma maior presença nos centros de decisão da cidade, tanto nas estruturas administrativas como nas organizações comunitárias, profissionais e de todo tipo de associação para velar pelo bem comum e promover os valores do Reino;

23 Assembleia Regional 2011 k) A formação e acompanhamento de leigos e leigas que, influindo nos centros de opinião, organizem-se entre si e possam ser assessores para toda a ação social; l) Uma pastoral que leve em consideração a beleza no anúncio da Palavra e nas diversas iniciativas, ajudando a descobrir a plena beleza que é Deus; n) Uma descentralização dos serviços eclesiais de modo que sejam muito mais os agentes de pastoral que se integrem a esta missão, levando em consideração as categorias profissionais.

24 Assembleia Regional 2011 O MCC e a Pastoral Urbana Descobrir os compromissos pastorais do MCC com as propostas e recomendações do DAp. já citadas acima ad litteram. Atentos para a definição do MCC, enfatizando o seu carisma e sublinhando sua ação evangelizadora nos níveis pessoal e eclesial: O Movimento de Cursilhos é um movimento de Igreja que, mediante um método próprio, possibilita a vivência do fundamental cristão, ajudando a descobrir e a realizar a vocação pessoal, respeitando-a, visando a criar núcleos de cristãos que fermentem de Evangelho os ambientes.

25 Assembleia Regional 2011 Tripla dimensão do carisma: pessoal (conversão, vivência do fundamental cristão) eclesial-evangelizadora (fermentar de Evangelho os ambientes). carisma missionário –que deve adaptar-se às realidades eclesiais e pastorais, tendo olhos abertos para ver os sinais dos tempos pelos quais Deus fala hoje, aqui e agora.

26 Assembleia Regional 2011 O MCC e a prática da Pedagogia de Jesus na sua ação evangelizadora A Escola dos discípulos missionários: A ESCOLA DE JESUS METOLOGIA DA ESCOLA: Seguir a PEDAGOGIA DE JESUS.

27 Assembleia Regional 2011 Itinerário da pedagogia de Jesus com um ponto de partida e outros sete passos Ponto de partida - vai direto à missão de Jesus: Completou-se o tempo, e o Reino de Deus está próximo. Convertei-vos e crede na Boa-Nova (Mc 1,15).

28 Assembleia Regional 2011 No Pré-cursilho: seleção dos candidatos mais sensíveis à mensagem No Cursilho: que mudem sua mentalidade e que possam criar uma mentalidade de mudança: conversão sincera e radical No Pós-cursilho: trabalhar a formação integral... acompanhamento na volta à Casa do Pai... fermentação evangélica dos ambientes

29 Assembleia Regional 2011 Os sete passos da pedagogia de Jesus ( Mc 1, ) 1. Congregar pessoas (Mc 1, 16-20) – formar grupo, criar comunidade, reunir pessoas Despertar a consciência (Mc 1, 27) – Jesus ensinava com quem tem autoridade / testemunho de vida Expulsar o mal (Mc 1, 21-26) – Jesus expulsa o mal, o pecado / conversão mais que pessoal, conversão comunitária...

30 Assembleia Regional 2011 Os sete passos da pedagogia de Jesus ( Mc 1, ) 4. Restaurar e salvar a vida do povo para o serviço (Mc 1,29-31) – Jesus primeiro dá a vida, alivia o sofrimento. A pessoa curada trabalha para salvar a vida do povo / conscientização dos cidadãos quanto ao bem comum na Cidade. 5. Permanecer unido na oração (Mc 1, 13) – nas decisões de Jesus, Ele passava a noite em oração / necessidade de oração no mundo e sociedade contraditória e desafiante (hoje).

31 Assembleia Regional Manter a consciência da missão (Mc 1, 14-19) – Jesus escolhe os doze para continuidade à missão do anúncio do Reino / estrutura do MCC em comunhão com o Plano Pastoral da Diocese 7. Libertar e reintegrar os marginalizados (Mc 1, ) – Jesus acolhe a todos com carinho, perdoa com misericórdia, promete o Reino aos pecadores / MCC ajudar outras organizações da Igreja para inserção de tantos excluídos nos caminhos da dignidade humana e no resgate de seus direitos fundamentais.

32 Assembleia Regional 2011 Tríduo para o Jubileu de Ouro do MCC – ano do AGIR

33 Assembleia Regional 2011 Compromissos assumidos na Assembleia Regional 2011 Quanto a EXPERIÊNCIA PESSOAL DE FÉ será vivenciar o seguimento de Jesus Cristo inseridos em pequenas comunidades. Quanto a VIVÊNCIA COMUNITÁRIA será formar grupos (pequenas comunidades) e buscar inserir os novos cursilhistas. Ser líderes comprometidos com a comunidade e com o movimento

34 Assembleia Regional 2011 Quanto a FORMAÇÃO BÍBLICO TEOLÓGICA devemos fomentar a atuação das escolas vivenciais intensificando estudo bíblico, social e doutrinal, formar novos mensageiros. Quanto ao COMPROMISSO MISSIONÁRIO devemos atuar individual e coletivamente à luz do evangelho nos ambientes que necessitam de transformação, denunciando tudo aquilo que se opõe ao Plano de Deus. Atuar em campanhas de combate à fome. Atuar firmemente na missão de evangelização buscando a recuperação e inclusão dos GEDs onde o MCC está adormecido.


Carregar ppt "ASSEMBLEIA REGIONAL do MCC 2011 A Pastoral Urbana no DAp A Pedagogia de Jesus."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google