A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Flores noturnas Flores noturnas Autora: Lady Foppa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Flores noturnas Flores noturnas Autora: Lady Foppa."— Transcrição da apresentação:

1

2 Flores noturnas Flores noturnas Autora: Lady Foppa

3 Você chegou além das curvas do arco-íris e encontrou me liberta a espera do teu tempo. Despertou meu rio adormecido e fez jorrar cascatas de desejos escondidas na alma Fez soar os clarins, os canhões e os tambores, mas trouxe nas mãos o inevitável adeus. Você chegou além das curvas do arco-íris e encontrou me liberta a espera do teu tempo. Despertou meu rio adormecido e fez jorrar cascatas de desejos escondidas na alma Fez soar os clarins, os canhões e os tambores, mas trouxe nas mãos o inevitável adeus.

4 Depois partiu e deixou uma estrela sonâmbula derramando uma tênue luz sobre a cama solitária, onde outrora ardeu a febre emocional da volúpia e foi palco acetinado de doces desvarios perfumados por Angélicas encabuladas, diante da profusão de sentimentos. Depois partiu e deixou uma estrela sonâmbula derramando uma tênue luz sobre a cama solitária, onde outrora ardeu a febre emocional da volúpia e foi palco acetinado de doces desvarios perfumados por Angélicas encabuladas, diante da profusão de sentimentos.

5 Na sombria mudez das horas que seguem sem você, tento ressuscitar o conforto das lembranças impregnadas no travesseiro que manteve teu cheiro, mas não o teu gosto, e vejo a inutilidade do espelho, que não foi capaz de reter a imagem do teu riso. Na sombria mudez das horas que seguem sem você, tento ressuscitar o conforto das lembranças impregnadas no travesseiro que manteve teu cheiro, mas não o teu gosto, e vejo a inutilidade do espelho, que não foi capaz de reter a imagem do teu riso.

6 Sobrevivo na solidão povoada de vozes e adornada de imagens que agora são apenas minhas. Contemplo as flores noturnas que morrerão aos primeiros raios de sol sem terem sido admiradas por você, sorvo a última gota de vinho, sem brindar a nós! Sobrevivo na solidão povoada de vozes e adornada de imagens que agora são apenas minhas. Contemplo as flores noturnas que morrerão aos primeiros raios de sol sem terem sido admiradas por você, sorvo a última gota de vinho, sem brindar a nós!

7 Este teu partir necessário apagou na lousa do tempo meus versos e minha alegria. Na fronteira da indecisão eu não separo o que foi e o que ainda poderá vir a ser, Porque meu amor, sem garantias a certeza fenece e permanece apenas o talvez..... Este teu partir necessário apagou na lousa do tempo meus versos e minha alegria. Na fronteira da indecisão eu não separo o que foi e o que ainda poderá vir a ser, Porque meu amor, sem garantias a certeza fenece e permanece apenas o talvez.....

8 Música: Aurora *Ernesto Cortazar* Formatação: Dorival Campanelle SAIR


Carregar ppt "Flores noturnas Flores noturnas Autora: Lady Foppa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google