A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Oração do Terço. O que é orar? Orar é falar com Deus, nosso Pai celestial, para O louvar, dar-Lhe graças e pedir-lhe perdão e toda a espécie de bens.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Oração do Terço. O que é orar? Orar é falar com Deus, nosso Pai celestial, para O louvar, dar-Lhe graças e pedir-lhe perdão e toda a espécie de bens."— Transcrição da apresentação:

1 Oração do Terço

2 O que é orar? Orar é falar com Deus, nosso Pai celestial, para O louvar, dar-Lhe graças e pedir-lhe perdão e toda a espécie de bens. Temos obrigação de orar? Temos obrigação de orar, porque Deus é o Nosso Senhor e Nosso Pai, porque Jesus Cristo o manda, e porque a oração é o meio ordinário de alcançar a graça e os outros benefícios de Deus.. Qual é a oração mais excelente? A oração mais excelente é o Pai Nosso que nos ensinou o próprio Jesus Cristo. Doutrina Cristã

3 Ano C - XV Domingo do tempo Comum

4 Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. R. Ámen! A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do pai e a comunhão do espírito santo estejam convosco. R:Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo. Irmãos, para celebrar dignamente os santos mistérios reconheçamos que somos pecadores (momento de silêncio)

5 Confessemos os nossos pecados: Confesso a Deus Todo-Poderoso e a vós, irmãos, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, actos e omissões, (batendo no peito) por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos Anjos e Santos, e a vós, irmãos, que rogueis por mim a Deus, Nosso Senhor. Deus Todo-Poderoso tenha compaixão de nós perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.Ámen!

6 Senhor, tende piedade de nós. Cristo, tende piedade de nós. Senhor, tende piedade de nós.

7 Glória a Deus nas alturas, e paz na terra aos homens por Ele amados. Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória.

8 Senhor Jesus Cristo, Filho Unigénito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai: Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós; Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica; Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós. Só Vós sois o Santo; só Vós, o Senhor;

9 Só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo; com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Ámen

10 Senhor nosso Deus, que mostrais aos errantes a luz da vossa verdade para poderem voltar ao bom caminho, concedei a quantos se declaram cristãos que, rejeitando tudo o que é indigno deste nome, sigam fielmente as exigências da sua fé. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

11 Deut 30, 10-14

12 LEITURA I Deut 30, Leitura do Livro do Deuteronómio Moisés falou ao povo, dizendo: «Escutarás a voz do Senhor teu Deus, cumprindo os seus preceitos e mandamentos que estão escritos no Livro da Lei, e converter-te-ás ao Senhor teu Deus com todo o teu coração e com toda a tua alma. Este mandamento que hoje te imponho não está acima das tuas forças nem fora do teu alcance.

13 LEITURA I Deut 30, Não está no céu, para que precises de dizer: Quem irá por nós subir ao céu, para no-lo buscar e fazer ouvir, a fim de o pormos em prática?. Não está para além dos mares, para que precises de dizer: Quem irá por nós transpor os mares, para no-lo buscar e fazer ouvir, a fim de o pormos em prática?.

14 LEITURA I Deut 30, Esta palavra está perto de ti, está na tua boca e no teu coração, para que a possas pôr em prática». Palavra do Senhor. Graças a Deus

15

16 Salmo SALMO RESPONSORIAL Salmo 68 (69), ab.37 (R. cf. 33) REFRÃO: Procurai, pobres, o Senhor e encontrareis a vida.

17 Col 1, 15-20

18 LEITURA II Col 1, Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Colossenses Cristo Jesus é a imagem de Deus invisível, o Primogénito de toda a criatura; porque nEle foram criadas todas as coisas no céu e na terra, visíveis e invisíveis, Tronos e Dominações, Principados e Potestades: por Ele e para Ele tudo foi criado.

19 LEITURA II Col 1, Ele é anterior a todas as coisas e nEle tudo subsiste. Ele é a cabeça da Igreja, que é o seu corpo. Ele é o Princípio, o Primogénito de entre os mortos; em tudo Ele tem o primeiro lugar. Aprouve a Deus que nEle residisse toda a plenitude e por Ele fossem reconciliadas consigo todas as coisas,

20 LEITURA II Col 1, estabelecendo a paz, pelo sangue da sua cruz, com todas as criaturas na terra e nos céus. Palavra do Senhor. Graças a Deus

21 Aclamação ALELUIA ALELUIA A-LELUIA ( BIS ) As vossas palavras, Senhor, são espírito e vida: Vós tendes palavras de vida eterna

22 Lc 10, «Quem é o meu próximo?»

23 EVANGELHO Lc 10, O Senhor esteja convosco, Ele está no meio de Nós. Evangelho se nosso Senhor Jesus Cristo Segundo S. Lucas Gloria a Vós, Senhor

24 EVANGELHO Lc 10, Naquele tempo, levantou-se um doutor da lei e perguntou a Jesus para O experimentar: «Mestre, que hei-de fazer para receber como herança a vida eterna?». Jesus disse-lhe: «Que está escrito na Lei? Como lês tu?». Ele respondeu: «Amarás o Senhor teu Deus com todo o teu coração e com toda a tua alma, com todas as tuas forças e com todo o teu entendimento;

25 EVANGELHO Lc 10, e ao próximo como a ti mesmo». Disse-lhe Jesus: «Respondeste bem. Faz isso e viverás». Mas ele, querendo justificar-se, perguntou a Jesus: «E quem é o meu próximo?». Jesus, tomando a palavra, disse: «Um homem descia de Jerusalém para Jericó e caiu nas mãos dos salteadores. Roubaram-lhe tudo o que levava, espancaram-no e foram-se embora, deixando-o meio- morto.

26 EVANGELHO Lc 10, Por coincidência, descia pelo mesmo caminho um sacerdote; viu-o e passou adiante. Do mesmo modo, um levita que vinha por aquele lugar, viu-o e passou também adiante. Mas um samaritano, que ia de viagem, passou junto dele e, ao vê-lo, encheu-se de compaixão.

27 EVANGELHO Lc 10, Aproximou-se, ligou-lhe as feridas deitando azeite e vinho, colocou-o sobre a sua própria montada, levou-o para uma estalagem e cuidou dele. No dia seguinte, tirou duas moedas, deu-as ao estalajadeiro e disse: Trata bem dele; e o que gastares a mais eu to pagarei quando voltar. Qual destes três te parece ter sido o próximo daquele homem que caiu nas mãos dos salteadores?».

28 EVANGELHO Lc 10, O doutor da lei respondeu: «O que teve compaixão dele». Disse-lhe Jesus: Então vai e faz o mesmo». Palavra da salvação. Gloria a Vós, Senhor.

29

30 A distância entre as duas cidades, Jerusalém e Jericó, é de 27 kms. Esta distância devia ser percorrida num só dia, a pé ou em caravana, antes do anoitecer. Encontramos um homem ferido:- quem é ele? bom ou mau; amigo ou inimigo; o que teria ido fazer a Jerusalém, oferecer sacrifícios ou roubar? O homem ferido precisava de ajuda de alguém:- judeu ou samaritano, sacerdote ou leigo, homem ou mulher, bom ou mau.

31 O sacerdote e o levita vinham de Jerusalém, onde certamente participaram em liturgias solenes por uma semana, esta era a duração do serviço, com o Senhor. Não sentem compaixão para com o necessitado, o que significa que a religião perdeu o valor. A seguir ao sacerdote e ao levita Jesus não apresenta um judeu leigo, mas um samaritano - um inimigo dos judeus. Perante um homem que se encontra em necessidade, o samaritano já não segue a cabeça, mas o coração

32 Perante um homem que se encontra em necessidade, o samaritano já não segue a cabeça, mas o coração. Enquanto um homem não está morto, há muitas coisas para fazer. O Bom Samaritano arriscou a sua vida porque o ladrão poderia estar ainda por perto ou poderia estar a fingir que estava ferido para apanhar uma vítima rica. Prestou-lhe os primeiros socorros,

33 fá-lo montar no seu burro, levou-o para uma estalagem próxima, arranjou-lhe comida e alojamento e pagou ainda dois denários, o que era suficiente para pagar o quarto e a comida durante mais de três semanas. Assegurou também ao estalajadeiro que pagaria mais dinheiro se isso fosse necessário. Na parábola do Bom Samaritano, Jesus fala de três filosofias de vida.

34 O que é teu é meu; tomá-lo-ei á força é a filosofia do ladrão. O que é meu é meu; não o vou partilhar com ninguém é a filosofia do sacerdote judeu e do levita. A filosofia do Bom Samaritano era o que é meu é teu. Devo partilhá-lo contigo. Não precisamos ir procurar o irmão necessitado; são as circunstâncias que fazem com que o encontremos.

35 A estrada de Jerusalém para Jericó passa pelas nossas casas, pela nossa paróquia, e pelo nosso local de trabalho. A estrada está em qualquer lugar em que as pessoas são roubadas da sua dignidade, dos seus bens materiais, da sua vida espiritual, ou do seu valor como seres humanos. Podemos encontrar a esposa, os filhos, ou um parente estendido, ferido por palavras duras,

36 deficiência física ou mental ou ainda por necessidades espirituais. Somos chamados a ser o Bom Samaritano. O homem que abandonou a cidade de Deus Jerusalém e foi para a terra dos pagãos Jericó foi brutalmente atacado ficando quase a morrer. Muitas das nossas crianças morrem espiritualmente porque os pais não os trazem à Igreja para participarem na Missa.

37 Muitos dos nossos jovens cometem suicídios da família quando se divorciam e transformam a vida da mulher e dos filhos numa vida sem sentido e cheia de lágrimas. Muitos dos nossos irmãos e irmãs vivem como mortos porque não têm nada que dê alegria às suas vidas. Esta parábola era um convite aos judeus para amar os samaritanos, e aos samaritanos para amar os judeus.

38 Façamos o ódio desaparecer e que o amor de Cristo reine na Terra. Que Deus nos converta em Bons Samaritanos para aqueles que precisam de nós. Assim Seja.

39

40

41 Creio em um só Deus, Pai todo-poderoso, Criador do céu e da terra De todas as coisas visíveis e invisíveis. Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigénito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, Luz da Luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro; Gerado, não criado, consubstancial ao Pai. Por Ele todas as coisas foram feitas. E por nós, homens, e para nossa salvação desceu dos céus (Faz-se inclinação)

42 E encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria. e Se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras; e subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai. De novo há-de vir em sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim.

43 Creio no Espírito Santo. Senhor que dá a vida, e procede do Pai e do Filho; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: Ele que falou pelos Profetas. Creio na Igreja una, santa, católica e apostólica. Professo um só batismo Para remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos, e vida do mundo que há-de vir. Ámen.

44

45 Caríssimos irmãos e irmãs: Alarguemos os horizontes da nossa oração a todos os filhos de Deus e a todos os homens que procuram respostas para as suas dúvidas e peçamos fervorosamente: Escutai, Senhor, a oração do vosso povo Pelas Igrejas do Oriente e do Ocidente, para que descubram a plenitude do amor de Deus e sejam fiéis à missão que Jesus lhe confiou, oremos ao Senhor Escutai, Senhor, a oração do vosso povo

46 Pelos que não creem em Deus, para que, pela retidão e sinceridade das suas vidas, cheguem ao conhecimento do Senhor que os ama, oremos ao Senhor Escutai, Senhor, a oração do vosso povo Pelos que são roubados, espancados e maltratados, e por todas as pessoas feridas em acidentes, par que encontrem um bom samaritano no seu caminho, oremos ao Senhor Escutai, Senhor, a oração do vosso povo

47 Pelos homens e mulheres agonizantes, para que, unidos à paixão redentora de Cristo, cheguem purificados diante de Deus, oremos ao Senhor Escutai, Senhor, a oração do vosso povo Por nós mesmos que celebramos Eucaristia, para que o Senhor nos dê a graça de O procurar e de cantarmos eternamente os seus louvores, oremos ao Senhor Escutai, Senhor, a oração do vosso povo

48 Senhor, Pai Santo, dai-nos a graça de cumprir os mandamentos que imprimistes no coração humano e não deixeis que jamais nos esqueçamos de ver em cada homem o nosso próximo, Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo. Amem.

49

50 Orai, Irmãos para que o meu e vosso sacrifício seja aceite por Deus Pai todo-poderoso. Todos: receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para honra e glória do seu nome, para nosso bem e de toda a santa Igreja

51 (Todos a pé) ORAÇÃO SOBRE AS OBLATAS Olhai, Senhor, para os dons da vossa Igreja em oração e concedei aos fiéis que os vão receber na graça de crescerem na santidade. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

52 V. O Senhor esteja convosco. R. Ele está no meio de nós. V. Corações ao alto. R. O nosso coração está em Deus. V. Dêmos graças ao Senhor nosso Deus. R. É nosso dever, é nossa salvação.

53 Vós criastes os elementos do mundo, estabelecendo o curso dos tempos e as estações do ano; formastes o homem à vossa imagem e semelhança e lhe confiastes as maravilhas do universo, para que, em vosso nome, domine sobre todas as criaturas e Vos glorifique sem cessar pela grandeza das vossas obras, por Cristo, nosso Senhor.

54 Por Ele, com todos os coros dos Anjos proclamamos a vossa glória, Cantando numa só voz.

55

56 Sac. Vós, Senhor, sois verdadeiramente santo, sois a fonte de toda a santidade. Reunidos na vossa presença, em comunhão com toda a igreja, ao celebrarmos o dia santíssimo em que o Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho Unigénito, colocou à direita da vossa glória a nossa frágil natureza humana unida á sua divindade, humildemente vos suplicamos: Santifiquei estes dons, derramando sobre eles o Vosso Espírito, de modo a que se convertam para nós, o Corpo e Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo.

57 (Todos ajoelham) Na hora em que Ele se entregava, para voluntariamente sofrer a morte, tomou o pão e, dando graças, partiu-o e deu-o aos seus discípulo, dizendo: Tomai, todos, e comei: isto é o meu Corpo que será entregue por vós.

58 De igual modo, no fim da Ceia, tomou o cálice e, dando graças, deu-o aos seus discípulos, dizendo: Tomai, todos, e bebei: este é o cálice do meu Sangue o Sangue da nova e eterna aliança, que será derramado por vós e por todos, para remissão dos pecados. Fazei isto em memoria de mim.

59 Mistério da Fé! Todos: Anunciamos, Senhor, a vossa morte, proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus!

60 Sac. Celebrando agora, Senhor, o memorial da morte e ressurreição de vosso Filho nós Vos oferecemos o pão da vida e o cálice da salvação e Vos damos graças porque nos admitistes à vossa presença para Vos servir nestes santos mistérios. Humildemente Vos suplicamos que, participando no Corpo e Sangue de Cristo, sejamos reunidos, pelo Espírito Santo, num só corpo. Lembrai-Vos, Senhor, da vossa Igreja, dispersa por toda a terra, e tornai-a perfeita na caridade em comunhão com o Papa Francisco,

61 e o nosso o nosso Patriarca Manuel, os bispos auxiliares e todos aqueles que estão ao serviço do vosso povo. Lembrai-Vos também dos nossos irmãos que adormeceram na esperança da ressurreição, e de todos aqueles que na vossa misericórdia partiram deste mundo: admiti-os na luz da vossa presença. Tende misericórdia de nós, Senhor, e dai-nos a graça de participar na vida eterna, com a Virgem Maria, Mãe de Deus, São José seu esposo, os bem-aventurados Apóstolos e todos os Santos que desde o princípio do mundo viveram na vossa amizade, para cantarmos os vossos louvores, por Jesus Cristo, vosso Filho.

62 Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a Vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória agora e para sempre… TodosÁmen.

63

64 Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o Vosso nome. Venha a nós o Vosso Reino. Seja feita a Vossa vontade, assim na Terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos daí hoje. Perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido. E não nos deixei cair em tentação, mas livrai-nos do mal.

65 Sac. Livrai-nos de todo o mal, Senhor, e dai ao mundo a paz em nossos dias, para que, ajudados pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e de toda a perturbação, enquanto esperamos a vinda gloriosa de Jesus Cristo nosso Salvador. Todos: Vosso é o reino e o poder e a glória para sempre.

66 Sac. Senhor Jesus Cristo, que dissestes aos vossos Apóstolos. Deixo-vos a paz, dou-vos a minha paz: não olheis aos nossos pecados mas à fé da vossa Igreja e dai-lhe a união e a paz, segundo a vossa vontade. Vós que sois Deus com o Pai na unidade do Espírito Santo. A paz do Senhor esteja sempre convosco. Todos: O amor de Cristo nos uniu. Sac. Saudai-vos na paz de Cristo.

67

68 CORDEIRO DE DEUS QUE TIRAIS O PECADO DO MUNDO TENDE PIEDADE NÓS CORDEIRO DE DEUS QUE TIRAIS O PECADO DO MUNDO DAI-NOS A PAZ

69 Sac. Felizes os convidados para a Ceia do Senhor. Eis o Cordeiro de Deus, que tira os pecados do mundo. Todos: Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo

70

71

72 ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO Senhor, que nos alimentais à vossa mesa santa, humildemente Vos suplicamos: sempre que celebramos estes mistérios, aumentai em nós os frutos da salvação. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

73

74 Sac. O Senhor esteja convosco. Todos:Ele está no meio de nós. Sac. Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai, Filho e Espírito Santo. Todos:Ámen. Sac. Ide em paz e o Senhor vos acompanhe. Todos:Graças a Deus.

75

76 Ficha técnica : Eucaristia Celebrada por : Fr. Jacob Puthiyaparampil Realização : A. Alberto Sousa Imagens recolhidas : Via Google Projeção disponível : www. mcccastanheira. blogsp ot. pt www. mcccastanheira


Carregar ppt "Oração do Terço. O que é orar? Orar é falar com Deus, nosso Pai celestial, para O louvar, dar-Lhe graças e pedir-lhe perdão e toda a espécie de bens."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google