A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Plano de Recursos Hídricos da Bacia do rio Piranhas-Açu Cenários e Demandas Hídricas 12 de novembro de 2013.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Plano de Recursos Hídricos da Bacia do rio Piranhas-Açu Cenários e Demandas Hídricas 12 de novembro de 2013."— Transcrição da apresentação:

1 Plano de Recursos Hídricos da Bacia do rio Piranhas-Açu Cenários e Demandas Hídricas 12 de novembro de 2013

2 C ENÁRIOS Forças motrizes e previsões macroeconômicas Projeções demográficas, econômicas, sociais e políticas Áreas críticas e conflitos de uso Balanço hídrico qualitativo e quantitativo Tranposição das águas do rio São Francisco Planos: PB, RN e PNRH Potencialidades

3 Cenários do Plano Cenário Tendencial: as demandas crescem conforme tendências dos últimos 10 anos. As obras de ampliação da infraestrutura hídrica previstas são implantadas. A gestão de recursos hídricos não avança significativamente; Cenário Crítico: as demandas crescem como no cenário tendencial, mas as obras de infraestrutura não são executadas nos prazos. A gestão de recursos hídricos não avança; Cenário Normativo: as demandas crescem, mas com aumento da eficiência no uso da água. As obras de infraestrtura necessárias à bacia são implementadas. A gestão de recursos hídricos avança de forma expressiva com a aplicação dos instrumentos.

4 Horizontes do Plano Ano Situação atual; Ano Curto prazo; Ano Médio prazo; Ano Longo prazo.

5 Premissas dos Cenários Variável Cenário Tendencial Cenário Normativo (do Plano) Cenário Crítico Oferta Hídrica Com transposição do São Francisco em 2017 Com transposição do São Francisco em 2017 Com transposição do São Francisco em 2022 Implementação das obras (adutoras e ETAs) previstas (PAC e Estados) Implementação de obras (adutoras e ETAs) no cenário tendencial e não estão previstas, mas consideradas necessárias Implementação das obras (adutoras e ETAs) previstas (PAC e Estados) em prazo mais longo Demanda Hídrica Sem racionalização do uso da água Considera as tendências de evolução dos últimos 10 anos Racionalização do uso da água no abastecimento humano, na indústria e na irrigação Considera as tendências dos últimos 10 anos Sem racionalização do uso da água Considera as tendências de evolução dos últimos 10 anos

6 Cenários Tendencial e Crítico DemandaPeríodo Taxas de Crescimento UrbanaRural Abastecimento Humano ,1%-0,9% ,7%-0,6% ,4%-0,4% Criação Animal ,6% 2 Indústria ,6% 3 Irrigação ,4% 4 Aquicultura Estável Outros Usos Estável 1 - Projeção populacional pela metodologia adotada pelo IBGE; 2 - IBGE – Pesquisa Pecuária Municipal; 3 - IBGE – Pesquisa Industrial Anual – Empresa; 4 - IBGE – Evolução área colhida na bacia.

7 Ano Demanda Hídricas (l/s) Abastecim. Humano Criação Animal IndústriaIrrigaçãoAquicultura Outros Usos Total ,05609,30657, , , , ,28763,00784, , , , ,52955,00935, , , , , , , , , , Demandas Cenários Tendencial e Crítico

8 Demandas por UPH Cenários Tendencial e Crítico

9

10 Cenário Normativo DemandaPeríodo Taxas de Crescimento UrbanaRural Abastecimento Humano ,1%-0,9% ,7%-0,6% ,4%-0,4% Criação Animal ,6% 2 Indústria ,6% 3 Irrigação ,4% 4 Aquicultura Estável Outros Usos Estável 1 - Projeção populacional pela metodologia adotada pelo IBGE; 2 - IBGE – Pesquisa Pecuária Municipal; 3 - IBGE – Pesquisa Industrial Anual – Empresa; 4 - IBGE – Evolução área colhida na bacia.

11 Cenário Normativo Eficiência no uso da água Abastecimento humano: as perdas nos sistemas de abastecimento urbano são reduzidas para 35%; Irrigação: a lâmina média utilizada na irrigação passa de 0,5 para 0,4 L/s/há; Indústria: o aumento da eficiência e do reuso da água resultam na redução da demanda em 10%.

12 Demandas Cenário Normativo Ano Demanda Hídricas (l/s) Abastecimen to Humano Criação Animal IndústriaIrrigaçãoAquicultura Outros Usos Total ,05609,30657, , , , , ,05763,00784, , , , , ,61955,00898, , , , , , , , , , , ,23

13 Demandas por UPH Cenário Normativo

14

15 Cenários Tendencial/Crítico e Normativo

16 Slides de Apoio

17 CENÁRIOS TENDENCIAL E CRÍTICO

18 ABASTECIMENTO HUMANO

19

20

21 Taxas de crescimento Período Taxas de crescimento UrbanaRural ,1%-0,9% ,7%-0,6% ,4%-0,4% Fonte: IBGE

22 Projeção da População UPH UrbanaRuralTotal Paraú Pataxó Médio Piranhas Potiguar Bacias Difusas do Baixo Piranhas Seridó Espinharas Piancó Alto Piranhas Peixe Médio piranhas paraibano/ Potiguar Médio Piranhas Paraibano Total

23 Demandas Hídricas Abastecimento Humano UF Demanda Hídrica Urbana (l/s)Demanda Hídrica Rural (l/s) PB 1552,011780,891845,641935,48360,64333,76321,39304,22 RN 889,471619,071647,961661,01138,92134,55132,54129,75 Total 2441,483399,963493,603596,49499,57468,31453,93433,97 UF Demanda Hídrica Total (l/s) Total2941,053868,283947,524030,46

24 Abastecimento Humano UPH Demanda Hídrica Urbana (l/s)Demanda Hídrica Rural (l/s) Paraú 34,59164,35165,62167,385,745,004,664,18 Pataxó 76,10124,54127,19129,0920,5821,0921,3221,64 Médio Piranhas Potiguar 102,67241,43243,41243,3226,8225,1224,3423,25 Bacias Difusas do Baixo Piranhas 195,02572,01579,93590,9032,6335,1336,2837,88 Seridó 574,78618,09636,23638,9877,4071,8169,2365,66 Espinharas 320,95434,91448,98468,5235,3532,9031,7730,21 Piancó 367,40400,15415,22436,14117,93105,2199,3691,24 Alto Piranhas 162,61178,46185,76195,8940,7137,9236,6434,85 Peixe 307,12331,50342,72358,2981,9879,6278,5477,03 Médio Piranhas Paraibano/Potiguar 110,90121,98127,01134,0018,0316,2315,4114,26 Médio Piranhas Paraibano 189,35212,54221,53233,9942,4038,2836,3933,76 Total2441,483399,963493,603596,49499,57468,31453,93433,97

25 PECUÁRIA

26 Taxa de crescimento pecuária Evolução do Rebanho Bovino ( ) na Bacia do Rio Piranhas-Açu Fonte: IBGE - Pesquisa Pecuária Municipal Taxa de crescimento do rebanho bovino da bacia para o período 2001 – 2011 produziu uma taxa de crescimento anual de 4,6%

27

28 Evolução do rebanho Espécie de Animal Bovino Bubalino Equino Asinino Muar Suíno Caprino Ovino Galos, frangas, frangos e pintos Galinhas Codornas Coelhos0000 Total

29 Demandas Hídricas UPH Demandas Hídricas (l/s) PARAÚ9,612,015,023,5 PATAXÓ22,328,035,054,9 MÉDIO PIRANHAS POTIGUAR41,051,364,3100,7 BACIAS DIFUSAS DO BAIXO PIRANHAS27,935,043,868,6 SERIDÓ158,7198,7248,7389,9 ESPINHARAS50,363,078,8123,5 PIANCÓ129,0161,5202,1316,8 ALTO PIRANHAS35,144,055,086,3 PEIXE46,758,473,2114,7 MÉDIO PIRANHAS PARAIBANO/POTIGUAR37,046,358,090,9 MÉDIO PIRANHAS PARAIBANO51,764,881,1127,1 Total609,30762,83955,031496,93 Criação Animal UF Demanda Hídrica Pecuária (l/s) PB370,72464,13581,08910,79 RN238,58298,70373,96586,15 Total609,31762,83955,031496,93

30 IRRIGAÇÃO

31

32 Taxa de crescimento anual de 3,4%, apesar de algumas quedas nos valores ao longo dos 10 anos analisados

33 Demandas Hídricas UPH Demandas Hídricas (l/s) PARAÚ 394,71466,53566,79822,57 PATAXÓ 3718,174394,735319,267680,90 MÉDIO PIRANHAS POTIGUAR 644,57761,851047,981759,07 BACIAS DIFUSAS DO BAIXO PIRANHAS 3044,823598,864312,966143,85 SERIDÓ 4884,295773,036829,929554,44 ESPINHARAS 549,06648,97780,261116,45 PIANCÓ 2702,323194,034043,206184,44 ALTO PIRANHAS 2721,243216,393972,835892,51 PEIXE 4782,505652,726954, ,61 MÉDIO PIRANHAS PARAIBANO/POTIGUAR 1309,521547,801832,482566,12 MÉDIO PIRANHAS PARAIBANO 2441,412885,643467,734958,54 Total 27192, , , ,48 Irrigação UF Demanda Hídrica Pecuária (l/s) PB 13971, , , ,29 RN 13221, , , ,03 Total 27192, , , ,33

34 INDÚSTRIA

35 Taxa de crescimento Fonte: IBGE - Pesquisa Industrial Anual - Empresa Evolução do número de empregados na indústria nos Estados da Paraíba e Rio Grande do Norte alcançou 3,6% ao ano (representativa do período 2007 a 2011). UF/Ano Taxa PB ,7% RN ,7% Total ,6%

36 Demandas Hídricas UPH Demandas Hídricas (l/s) PARAÚ 10,1012,0514,3820,48 PATAXÓ 37,1144,2952,8575,28 MÉDIO PIRANHAS POTIGUAR 37,9645,3054,0777,01 BACIAS DIFUSAS DO BAIXO PIRANHAS 65,8078,5393,72133,48 SERIDÓ 267,11318,78380,45541,87 ESPINHARAS 69,7283,2099,30141,43 PIANCÓ 18,6222,2326,5237,78 ALTO PIRANHAS 18,6322,2326,5337,79 PEIXE 47,0656,1767,0395,47 MÉDIO PIRANHAS PARAIBANO/POTIGUAR 56,1567,0279,98113,91 MÉDIO PIRANHAS PARAIBANO 28,7834,3540,9958,38 Total 657,04784,14935,821332,88 Indústria UF Demanda Hídrica Pecuária (l/s) PB198,67237,09282,96403,01 RN458,38547,04652,86929,86 Total657,04784,14935,821332,87

37 AQUICULTURA E OUTROS USOS

38 Taxa de crescimento

39 Demandas Hídricas UPH Demandas Hídricas (l/s) AquiculturaOutros Usos 2012, 2017, 2022 e 2032 Paraú0,00 Pataxó44,810,00 Médio Piranhas Potiguar37, ,08 Bacias Difusas do Baixo Piranhas8.367,298,18 Seridó3,990,87 Espinharas0,541,98 Piancó1.139,860,00 Alto Piranhas18,150,57 Peixe16,3823,24 Médio Piranhas Paraibano/Potiguar0,00 Médio Piranhas Paraibano112,850,00 Total9.741, ,93 Aquicultura e outros usos: considerou-se a mesma demanda hídrica apresentada na etapa Diagnóstico (RP-03 – Capítulo 10 – Demandas Hídricas) para compor o cenário de demandas hídricas projetadas.

40 Resumo Cenário Tendencial Ano Demanda Hídricas (l/s) Abastecimento Humano Criação AnimalIndústriaIrrigaçãoAquiculturaOutros UsosTotal ,05609,30657, , , , , ,28763,00784, , , , , ,52955,00935, , , , , , , , , , , ,71

41 Resumo Cenário Tendencial UPH Demandas Hídricas Totais (l/s) Paraú177,53657,17763, ,25 Pataxó4.858, , , ,46 Médio Piranhas Potiguar1.722, , , ,90 Bacias Difusas do Baixo Piranhas , , , ,68 Seridó5.955, , , ,44 Espinharas1.029, , , ,23 Piancó4.832, , , ,30 Alto Piranhas4.658, , , ,61 Peixe3.444, , , ,34 Médio Piranhas Paraibano/Potiguar 1.639, , , ,77 Médio Piranhas Paraibano2.873, , , ,93 Total42.375, , , ,91

42 Resumo Cenário Tendencial

43

44 CENÁRIO NORMATIVO

45 Resumo Cenário Normativo OfertaDemandaPeríodoTaxas de crescimento UrbanaRural Transposição das águas do Rio São Francisco; Implementação de obras (adutoras, ETAs e barragens) necessárias. Abastecimento humano ,1%-0,9% ,7%-0,6% ,4%-0,4% Criação animal ,6% 2 Indústria ,6% 3 Irrigação ,4% 4 Aquicultura ,5% Outros usos estável 1 Projeção populacional pela metodologia adotada pelo IBGE; 2 IBGE – Pesquisa Pecuária Municipal; 3 IBGE – Pesquisa Industrial Anual – Empresa; 4 IBGE – Evolução área colhida na bacia;

46 ABASTECIMENTO HUMANO

47 Taxas de crescimento Período Taxas de crescimento UrbanaRural ,1%-0,9% ,7%-0,6% ,4%-0,4% Fonte: IBGE

48 Projeção da População UPH UrbanaRuralTotal Paraú Pataxó Médio Piranhas Potiguar Bacias Difusas do Baixo Piranhas Seridó Espinharas Piancó Alto Piranhas Peixe Médio piranhas paraibano/ Potiguar Médio Piranhas Paraibano Total

49 Demandas per capita – cenário normativo Extratos da população (nº de habitantes) Per capitas (l/hab/dia) PerdasTotal (per capita+perdas) 0 a % a % a % a %277 Acima de %308 Redução das perdas de 40% (cenário tendencial) para 35%

50 Demandas Hídricas Abastecimento Humano UF Demanda Hídrica Urbana (l/s)Demanda Hídrica Rural (l/s) PB 1.552, , , ,90360,64333,76321,39304,22 RN 889, , , ,38138,92134,55132,58130,10 Total 2.441, , , ,28499,57468,31453,97434,32 UF Demanda Hídrica Total (l/s) Total 2.941, , , ,60

51 Abastecimento Humano UPH Demanda Hídrica Urbana (l/s)Demanda Hídrica Rural (l/s) Paraú 34,59161,47162,65164,275,745,004,704,48 Pataxó 76,10118,14120,59123,9720,5821,0921,3221,64 Médio Piranhas Potiguar 102,67233,09234,92237,4526,8225,1224,3423,26 Bacias Difusas do Baixo Piranhas 195,02553,23560,45572,8132,6335,1336,2837,88 Seridó 574,78570,14586,87610,0877,4071,8169,2365,70 Espinharas 320,95401,39414,38432,4135,3532,9031,7730,21 Piancó 367,40368,29382,17401,43117,93105,2199,3691,24 Alto Piranhas 162,61161,70168,34177,5740,7137,9236,6434,85 Peixe 307,12298,49308,62322,6981,9879,6278,5477,03 Médio Piranhas Paraibano/Potiguar 110,90112,44117,08123,5218,0316,2315,4114,26 Médio Piranhas Paraibano 189,35195,35203,62215,0942,4038,2836,3933,76 Total 2.441, , , ,28499,57468,31453,97434,32

52 PECUÁRIA

53 Pecuária Demandas do Cenário Normativo iguais às demandas do Cenário Tendencial

54 Demandas Hídricas - Normativo UPH Demandas Hídricas (l/s) PARAÚ9,612,015,023,5 PATAXÓ22,328,035,054,9 MÉDIO PIRANHAS POTIGUAR41,051,364,3100,7 BACIAS DIFUSAS DO BAIXO PIRANHAS27,935,043,868,6 SERIDÓ158,7198,7248,7389,9 ESPINHARAS50,363,078,8123,5 PIANCÓ129,0161,5202,1316,8 ALTO PIRANHAS35,144,055,086,3 PEIXE46,758,473,2114,7 MÉDIO PIRANHAS PARAIBANO/POTIGUAR37,046,358,090,9 MÉDIO PIRANHAS PARAIBANO51,764,881,1127,1 Total609,30762,83955,031496,93 Criação Animal UF Demanda Hídrica Pecuária (l/s) PB370,72464,13581,08910,79 RN238,58298,70373,96586,15 Total609,31762,83955,031496,93

55 IRRIGAÇÃO

56 Taxa de crescimento anual de 3,4%, apesar de algumas quedas nos valores ao longo dos 10 anos analisados + racionalização do uso da água com a ampliação do uso de métodos mais eficientes de irrigação, resultando numa lâmina específica de irrigação de 0,40 l/s.ha

57 Demandas Hídricas - Normativo UPH Demandas Hídricas (l/s) PARAÚ394,71373,22453,43658,05 PATAXÓ3.718, , , ,72 MÉDIO PIRANHAS POTIGUAR644,57609,48838, ,13 BACIAS DIFUSAS DO BAIXO PIRANHAS 3.044, , , ,08 SERIDÓ4.884, , , ,55 ESPINHARAS549,06519,18624,21893,16 PIANCÓ2.702, , , ,64 ALTO PIRANHAS2.721, , , ,01 PEIXE4.782, , , ,09 MÉDIO PIRANHAS PARAIBANO/POTIGUAR 1.309, , , ,24 MÉDIO PIRANHAS PARAIBANO2.441, , , ,83 Total27.192, , , ,50 Irrigação UF Demanda Hídrica Pecuária (l/s) PB , , , ,14 RN , , , ,23 Total , , , ,37

58 INDÚSTRIA

59 Taxa de crescimento Fonte: IBGE - Pesquisa Industrial Anual - Empresa Evolução do número de empregados na indústria na PB e RN alcançou 3,6% ao ano (representativa do período 2007 a 2011). + implementação de tecnologias de conservação e reúso de água por parte das industrias, refletirá numa redução na demanda hídrica em torno de 10% (para médio e longo prazo) UF/Ano Taxa PB ,7% RN ,7% Total ,6%

60 Demandas Hídricas - Normativo UPH Demandas Hídricas (l/s) PARAÚ 10,10 12,0513,8118,48 PATAXÓ 37,11 44,2950,7467,93 MÉDIO PIRANHAS POTIGUAR 37,96 45,3051,9069,49 BACIAS DIFUSAS DO BAIXO PIRANHAS 65,80 78,5389,97120,45 SERIDÓ 267,11 318,78365,23488,98 ESPINHARAS 69,72 83,2095,32127,62 PIANCÓ 18,62 22,2325,4634,09 ALTO PIRANHAS 18,63 22,2325,4734,10 PEIXE 47,06 56,1764,3586,15 MÉDIO PIRANHAS PARAIBANO/POTIGUAR 56,15 67,0276,78102,79 MÉDIO PIRANHAS PARAIBANO 28,78 34,3539,3552,69 Total 657,04 784,14898, ,79 Indústria UF Demanda Hídrica Pecuária (l/s) PB198,67 237,09271,64363,68 RN458,38 547,04626,75839,11 Total657,04 784,14898, ,79

61 AQUICULTURA E OUTROS USOS

62 Demandas Hídricas - Normativo Aquicultura: no cenário normativo admite-se a recuperação do setor da aquicultura a uma taxa de crescimento de 0,5% a.a. em função da limitada disponibilidade hídrica na bacia. Outros usos consuntivos - estável

63 Demandas Hídricas - Normativo Aquicultura UF Demanda Hídrica Aquicultura (l/s) PB 1.288,801321, , ,991 RN 8.452,278665, , ,879 Total 9.741, , , ,87 UPH Demandas Hídricas (l/s) Aquicultura Paraú0,00 Pataxó44,8145,9447,1049,51 Médio Piranhas Potiguar 37,1938,1339,1041,10 Bacias Difusas do Baixo Piranhas 8.367, , , ,99 Seridó3,994,094,194,41 Espinharas0,540,560,570,60 Piancó1.139, , , ,43 Alto Piranhas18,1518,6119,0820,06 Peixe16,3816,8017,2218,10 Médio Piranhas Paraibano/Potiguar 0,00 Médio Piranhas Paraibano 112,85115,70118,62124,69 Total9.741, , , ,87

64 Resumo Cenário Normativo Ano Demanda Hídricas (l/s) Abasteciment o Humano Criação Animal IndústriaIrrigaçãoAquicultura Outros Usos Total ,05609,30657, , , , , ,05763,00784, , , , , ,61955,00898, , , , , , , , , , , ,23

65 Resumo Cenário Normativo UPH Demandas Hídricas Totais (l/s) Paraú 177,53563,74649,54868,49 Pataxó 4.858, , , ,67 Médio Piranhas Potiguar 1.722, , , ,20 Bacias Difusas do Baixo Piranhas , , , ,99 Seridó 5.955, , , ,45 Espinharas 1.029, , , ,48 Piancó 4.832, , , ,62 Alto Piranhas 4.658, , , ,45 Peixe 3.444, , , ,00 Médio Piranhas Paraibano/Potiguar 1.639, , , ,71 Médio Piranhas Paraibano 2.873, , , ,16 Total , , , ,23

66 Resumo Cenário Normativo

67

68

69 Comparação Cenários Tendencial e Normativo

70 (83) Obrigado!


Carregar ppt "Plano de Recursos Hídricos da Bacia do rio Piranhas-Açu Cenários e Demandas Hídricas 12 de novembro de 2013."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google