A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Prof.Me. José Francisco Fonzar. Limite : - Praticamente todos os da cavidade torácica.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Prof.Me. José Francisco Fonzar. Limite : - Praticamente todos os da cavidade torácica."— Transcrição da apresentação:

1 Prof.Me. José Francisco Fonzar

2 Limite : - Praticamente todos os da cavidade torácica.

3

4 Carnívoros Limites - Margem caudal do pulmão - linha A XI espaço intercostal - A – linha paralela ao dorso, que passa pela tuberosidade coxal. - linha B X espaço intercostal - B – linha paralela ao dorso, que passa pela tuberosidade isquiática. - linha C VIII espaço intercostal - C – linha que passa pelo ombro, paralelo a espinha da escapula. - Linha tangente à espinha da escapula (cranial) - Margem ventral da coluna vertebral (dorsal) - Articulações costocondrais (ventral)

5

6

7

8

9 Cavalo Limites - Margem caudal do pulmão - Linha A XV espaço intercostal à esquerda - XII espaço intercostal à direita - Linha B XIV espaço intercostal - Linha C X espaço intercostal A – linha,para dorso que passa pela tuberosidade coxal. B – linha que passa pela tuberosidade isquiática. C – linha que passa pelo ombro, paralelo a espinha da escapula.

10 de

11 d e

12 Bovino (Campo de percussão duplo) Limites - Margem caudal do pulmão: - Linha A X – XI espaço intercostal à esquerda. - IX – X espaço intercostal à direita. - Linha B não utilizável. - Linha C VIII espaço intercostal. - Margem caudodorsal do úmero (cranial). - Linha horizontal que passa pela margem dorsal da escapula. (dorsal) - Linha horizontal que passa a três dedos do plano mediano no nível do ventre, V espaço intercostal (ventral)

13 A – linha que passa pela tuberosidade coxal. B – linha que passa pela tuberosidade isquiatica. C – linha que passa pelo ombro, paralelo a espinha da escapula. d e

14 d e

15 Resistente Elástico Flácido

16 Resistente A respiração predominante é abdominal, no caso dos bovinos. - As costelas são longas, largas e pouco arqueadas. - As cartilagens costais curtas, largas e resistentes. - A angulação costo-condral pouco pronunciada. - Os músculos intercostais pouco carnosos. - O diafragma e músculos abdominais responsáveis pela modificação da luz torácica.

17

18

19 Respiração predominante = Abdominal

20 Elástico - A respiração predominante é toraco-abdominal, no caso dos eqüinos. - As costelas são finas, mais curtas e mais arqueadas. - As cartilagens costais mais longas, finas e menos resistentes. - A angulação costo-condral bem pronunciada. - Os músculos intercostais carnosos. - O diafragma e músculos abdominais auxiliam na modificação da luz torácica (na expansão da caixa)

21

22

23 Respiração predominante = tóraco-abdominal

24 Flácido - A respiração é toraco-abdominal, no caso dos carnivoros. - As costelas são mais finas, curvas e muito arqueadas. - As cartilagens costais longas, delgadas e pouco resistente. - Os músculos intercostais totalmente carnosos. - A angulação condro-costal muito pronunciada. - O diafragma e músculos abdominais auxiliam na modificação da luz torácica.

25

26

27

28 Diafragma - Músculo inspiratório por excelência. - Encontra-se na abertura caudal do tórax, delimita a cavidade torácica. - Na inspiração ele se desloca caudalmente a sua posição de repouso. Ação dos músculos do tórax

29

30 Ação dos músculos do tórax inspiração

31 Músculos Intercostais Externos - Situam-se os espaços intercostais na porção superior do gradil costal, próximo às vértebras ausentes nos espaços entre as cartilagens costais. - São músculos inspiradores. Ação dos músculos do tórax

32 Músculos Intercostais Externos Inspiradores Ação dos músculos do tórax

33 inspiração

34 Músculos Intercostais Internos - Situam-se os espaços intercostais, porem, na porção inferior do gradil costal, preenche os espaços entre as cartilagens costais. - São músculos expiradores. Ação dos músculos do tórax

35 Músculos intercostais Internos Expiradores Ação dos músculos do tórax costelas

36 expiração

37 Músculo Transverso do Tórax - Recobre o esterno e as cartilagens costais. - Auxilia na expiração

38 expiração Músculo Transverso do Tórax

39

40

41 BOM FIM DE SEMANA!


Carregar ppt "Prof.Me. José Francisco Fonzar. Limite : - Praticamente todos os da cavidade torácica."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google