A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Objetivo: Entender a natureza, as mudanças, e as expectativas de Deus quanto ao trabalho do profeta Dessa forma, estaremos avançando um pouco mais na caminhada.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Objetivo: Entender a natureza, as mudanças, e as expectativas de Deus quanto ao trabalho do profeta Dessa forma, estaremos avançando um pouco mais na caminhada."— Transcrição da apresentação:

1 Objetivo: Entender a natureza, as mudanças, e as expectativas de Deus quanto ao trabalho do profeta Dessa forma, estaremos avançando um pouco mais na caminhada da interpretação dos profetas FACETEINTA UNIDADE 2 – O TRABALHO DO PROFETA

2 1. OS TERMOS DO TRABALHO DE UM PROFETA 2: AS MUDANÇAS OCORRIDAS AO LONGO DO TEMPO NO TRABALHO DO PROFETA 3:AS EXPECTATIVAS DO TRABALHO DE UM PROFETA CONTEÚDO

3 1. OS TERMOS PARA O TRABALHO DO PROFETA 1. OS TERMOS PARA O TRABALHO DO PROFETA

4   Quando a maioria dos cristãos ouve a palavra profeta, em que pensam?   Alguém que prediz o futuro   Um adivinho   Um cidadão meio louco 1. O TERMO PRIMÁRIO 1. OS TERMOS PARA O TRABALHO DO PROFETA

5 1.1. Termo primário 1.1. Termo primário É verdade que os profetas predizsseram o futuro? Sim! Porém o minístério deles era bem mais amplo do que isso! Nossa Tradução: Profetes Profetes (Septuaginta)

6 Prophetes É um termo que possui dois elementos: 1. PRO Predizer Falar de antemão Ou simplesmente: Proclamar algo 2. phetês FalarouEscrever 1.1. Termo primário 1.1. Termo primário

7 Um profeta pode ser alguém que prediz ou simplesmente alguém que proclama algo Os profetas do VT, na verdade fizeram as duas coisas. Eles falaram sobre o futuro, mas também falaram audazmente sobre os problemas dos seus dias Termo primário 1.1. Termo primário

8 O termos hebraico abn Nabi Esse termos era mais aomplo. Nabi – significa: uma pessoa chamada. É um termo muito flexível indicando que o profeta era alguém chamado por Deus. Eles eram pessoas separadas para serviços especiais Termo primário 1.1. Termo primário

9 dbe : ebed – Servo • Oficial ou agente da corte do rei – Daniel 9:6 • Foram chamados de servos porque falavam em nome de Deus. Representavam o trono celestial. had : roeh - vidente (I Samuel 9:9; 2 Sm 24.11) • Este termo aponta para uma experiência muito importante dos profetas. • Eles eram chamados de videntes por lhe havia sido dado o privilégio de ver os lugares celestiais. (2 Cr 18.18) • Eles escutavam a voz de Deus Além do termo principal temos ainda uma variedade de termos que são associados ao ofício de profeta 1.2. Variedade de termos 1.2. Variedade de termos

10 hzh : hozeh – vidente/adivinho •É um sinônimo de “roeh” (II Samuel 9:9) rmws : shomer • Um vigilante ou algúem que está de guarda – Ezequiel 3:17 • Ficava de olho nos inimigos • Avisa do perigo iminente aos filhos de Israel 1.2. Variedade de termos 1.2. Variedade de termos

11 kal m : malak 1. Recebiam mensagens de Deus e as levavam ao povo (Ageu 1.3); 2. Nao levavam suas próprias mensagens, mas as de Deus. mhla sa : ish elohim 1. Homem que provem de Deus 2. Recebiam proteção de Deus 3. Deus lhes dá uma autorização especial (2 Rs 1.12) Conclusão (do ponto) Os profetas eram muito mais do que o que a maioria das pessoas pensam; Entender isso, nos leva a entender melhor os profetas e, obviamente, seus escritos 1.2. Variedade de termos 1.2. Variedade de termos

12 Todos os trabalhos passam por mudanças. Essa é uma inalienával verdade. O trabalho de um profeta também passou por algumas mudanças ao longo do VT 2. AS MUDANÇAS NOS TRABALHOS DOS PROFETAS 2. AS MUDANÇAS NOS TRABALHOS DOS PROFETAS Monarquia E x í l i o Pré-MonárquicoPós- exílio 1000 aC. 586 aC. 538 aC.

13 2. AS MUDANÇAS NOS TRABALHOS DOS PROFETAS 2. AS MUDANÇAS NOS TRABALHOS DOS PROFETAS  2.1. PERÍODO PRÉ-MONARQUICO  Compreende os livros de Gn, Ex, Lv, Nm, Dt, Js, e Jz.  Havia pouco profetas (Há menos de 20 referências nesses livros)  Variedades de serviços relativamente informais. Labores temporais e situações específicas.  Variedade de pessoas – fazendo muitas coisas diferentes

14 2. AS MUDANÇAS NOS TRABALHOS DOS PROFETAS 2. AS MUDANÇAS NOS TRABALHOS DOS PROFETAS  2.2. PERÍODO MONARQUICO  Havia muitos profetas (Mais do que em qualquer outro tempo bíblico)  A profecia é mais formal – os profetas trabalham junto aos reis, assegurando que eles cumpram a lei de Moisés.  Perigos de reis corruptos – restrições de Moisés em Dt  Ex.: Natan – Davi Obede – Acaz Elias - Acabe

15 Restrições para o rei Tinha que ser escolhido por Deus Tinha que ser israelita Não podia adquirir grande quantidade de cavalos Não deveria permitir que o povo retornasse ao Egito Não devia ter muitas esposas Não devia acumular riquezas Tinha de escrever para ele uma cópia da lei; ler a lei todos os dia da sua vida; seguir cuidadosamente a lei; não deveria considerar-se melhor que seus irmãos. Deuteronomio 17:14-20

16 2. AS MUDANÇAS NOS TRABALHOS DOS PROFETAS 2. AS MUDANÇAS NOS TRABALHOS DOS PROFETAS  Nem todos os profeta entretanto, serviram na corte dos reis.  Mas, onde quer que estivessem responsabilizavam os reis pela quebra da lei de Moisés  Vemos, então, um aumento no número de profetas e também uma função mais formal.

17 2. AS MUDANÇAS NOS TRABALHOS DOS PROFETAS 2. AS MUDANÇAS NOS TRABALHOS DOS PROFETAS  2.3. PERÍODO EXÍLICO  Período em que Jerusalém foi destruida pelos babilônios e o povo deportado para Babilônia  Houve uma diminuição no número de profetas. Os mais conhecidos são Jeremias e Daniel.  Dissolução do reinado de Israel  Serviço diverso – explicando o exílio e instruindo o povo sobre o regresso à terra.  Se não tivermos em mente cada contexto vamos interpretar erroneamente os profetas.

18 2. AS MUDANÇAS NOS TRABALHOS DOS PROFETAS 2. AS MUDANÇAS NOS TRABALHOS DOS PROFETAS  2.4. PERÍODO PÓS-EXÍLICO  Houve um desejo de ver a monarquia restaurada. Retorno a Judá  Número de profetas relativamente igual ao período anterior. Os mais importantes desse período são: Ageu, Zacarias e Malaquias.  Ofício mais formal  Quando exploramos as palavras de algum profeta sempre devemos saber o período em que estava.

19 3. EXPECTATIVA QUANTO AO TRABALHO DOS PROFETAS 3. EXPECTATIVA QUANTO AO TRABALHO DOS PROFETAS O QUE SE ESPERAVA DE UM PROFETA? QUE EXPECTATIVAS SE TINHA QUANTO AO SEU TRABALHO?  1. Modelos populares de expectativas;  2. Modelos do pacto que a Bíblia visa nos dá como norma de expectativa TEMOS DUAS EXPECTATIVAS QUANTO A ISSO:

20 3. EXPECTATIVA QUANTO AO TRABALHO DOS PROFETAS 3. EXPECTATIVA QUANTO AO TRABALHO DOS PROFETAS  3.1. MODELO POPULAR DE EXPECTATIVA  Consideram os profetas como médiuns e que entregam respostas a perguntas pessoais. Ex.: Deus quer que eu case com fulano (a)?  Temos de admitir que as vezes isso acontece, mas não é a principal tarefa do profeta do AT  Adivinhos – Eram pessoas que prediziam o futuro. Quando alguém queria saber o que ia suceder no futuro, ia ao profeta para saber  Também era verdade. Mas, temos de tomar o cuidado de não achar que a predição era o centro da profecia.

21 3. EXPECTATIVA QUANTO AO TRABALHO DOS PROFETAS 3. EXPECTATIVA QUANTO AO TRABALHO DOS PROFETAS  3.2. MODELO DO PACTO  O pacto é um tema central na Bíblia  Descobertas Arqueológicas - Os descobrimentos nos ajudam a entender melhor o pacto  Tratados políticos do mundo antigo.  1. Tratados de igualdade – Acordo entre impérios;  2. Tratados Soberano-Vassalo – acordo entre um mais forte e um mais fraco, onde o primeiro estabelece as regras, e promete segurança e proteção, ou se descumprisse a regra seria invadido.

22 Pacto entre iguais Egito Assíria Pacto entre Soberanos e Vassalos Canaán

23 3. EXPECTATIVA QUANTO AO TRABALHO DOS PROFETAS 3. EXPECTATIVA QUANTO AO TRABALHO DOS PROFETAS  3.2. MODELO DO PACTO (continuação)  Havia um aspecto importante: o papel importante que os soberanos davam aos emissários.  Os emissários cuidavam para que os estados vassalos lembrassem e obedecessem aos acordos feitos. Eles eram fiscais do tratado do pacto.  Esse papel proporcionou o modelo para os profetas do AT.  Elogiavam Israel por cumprir o pacto e advertiam quando descumpriam.

24 3. EXPECTATIVA QUANTO AO TRABALHO DOS PROFETAS 3. EXPECTATIVA QUANTO AO TRABALHO DOS PROFETAS  UM EXEMPLO DE REPRESENTANTE: Isaías 6  Vs. 1-5 – Ele é chamado a ver o trono de Deus. E consequentemente levar a sério o seu pecado e o do povo;  Vs. 6-7 – Recebe perdão e purificação  Vs – Recebe comissionamento para falar contra os violadores do pacto.  Essa era a principal tarefa do profeta.

25 3. EXPECTATIVA QUANTO AO TRABALHO DOS PROFETAS 3. EXPECTATIVA QUANTO AO TRABALHO DOS PROFETAS  Os profetas eram emissários do grande Soberano à nação vassala, Israel.  Eles proclamavam o desejo de Deus e fizeram cumprir o seu pacto.


Carregar ppt "Objetivo: Entender a natureza, as mudanças, e as expectativas de Deus quanto ao trabalho do profeta Dessa forma, estaremos avançando um pouco mais na caminhada."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google