A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Accindino Souza Andrade Santos, 1920 – 1996 Dino Caricaturista, Cartunista, Chargista, Desenhista, Ilustrador, Jornalista, Pintor, Publicitário, e Engenheiro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Accindino Souza Andrade Santos, 1920 – 1996 Dino Caricaturista, Cartunista, Chargista, Desenhista, Ilustrador, Jornalista, Pintor, Publicitário, e Engenheiro."— Transcrição da apresentação:

1 Accindino Souza Andrade Santos, 1920 – 1996 Dino Caricaturista, Cartunista, Chargista, Desenhista, Ilustrador, Jornalista, Pintor, Publicitário, e Engenheiro Agrônomo. 20

2 "Rejeito toda e qualquer especulação, toda doutrina, todo formalismo. A "charge" é a vontade de uma época traduzida em traço vivo, mutável, novo. Nem o ontem, nem o amanhã. Somente o hoje pode dar forma. Somente este tipo de desenho será criador. Recuso reconhecer problemas de estilo, mas, apenas problemas de execução; o estilo não é o objetivo do meu trabalho, mas apenas o resultado. Em essência, nosso trabalho é libertar a "charge" dos especuladores estéticos. Baseado na "obra aberta" de Humberto Eco, criei a "charge aberta", publicada em "A Tribuna" em 15 de outubro de 1968." 21

3 “SEM HUMOR, NINGUÉM VIVE...“ Dino 22

4 Dino nasceu em uma casa na Rua do Rosário, hoje João Pessoa em Santos. Das lembranças quando criança os blocos carnavalescos Sapecachoro e Lavaichoro. Estudou na escola primária "Paulo de Frontin" da Alfândega que usavam uniforme de marinheiro. Torcia pelo Santos Futebol Clube desde pequeno. Lembra quando mudaram para o macuco (Rua Manoel Tourinho 260). Saudades das matineés no D.Pedro. Estudou no ginásio José Bonifácio (associação instrutiva) curso fundamental. Dos carnavais adorava “Dona Dorothéa vamos furar aquela onda ?”, Guardou na memória o “Vá ao Miramar ainda mesmo que chova”. O Cinema na época utilizava a tela molhada pelo calor da projeção. Do macuco mudaram para a Av. Conselheiro Nébias 735. Foi para Piracicaba estudar. Ficou 8 anos entre o colégio preparatório e a Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiróz. Vai para São Paulo e trabalha no Horto Florestal. Vai trabalhar no jornal “O Governador”. Casa com Keka. Tem seu primeiro filho Francisco Eduardo, no Hospital dos Ingleses com o médico Dr. Valejo. Mudam para a Rua Oswaldo Cruz. Trabalha um período na Casa Netto de Automóveis, automóveis GM, na Washington Luiz. O proprietário, Orlando Monteiro Netto era tio da Keka. Compra sua primeira casa de Mário Covas (pai) na Rua Dagoberto de Gasgon. Vai com a família para Londrina, Paraná. Administrar uma fazenda e uma transportadora de café (Milbar). Morou na Rua Santos (ironia). Nasce Marcy sua segunda filha. Acontece uma das maiores geadas e perdem o café. Volta para Santos. Compra apartamento na Rua Firmino Barbosa. Monta a Cinex Propaganda, depois Sinex. Entra na REBRATEL. Conhece Victor Costa. Participa da televisão na Rádio Clube de Santos. 23

5 Continuam seus desenhos para A Tribuna. Faz a última página do Suplemento dominical. Cria a “Figura da Semana” no jornal. Entra de sócio no Clube XV e Tênis Clube. Faz suas Exposições. Novo endereço no apartamento da Rua Arthur Assis, edifício da Paz, esquina Rua da Paz onde tem seu primeiro estúdio organizado a um quarteirão da praia. Estrutura as agências de Classificados nos Bairros para o jornal A Tribuna. Futebol Campeão do Mundo. Santos sempre Santos. Seleção Campeã. Faz suas primeiras viagens para o exterior. Entra no Lions Clube. Santos começa a ficar insuportável nas temporadas. Muda para a Praia de Pernambuco. Balsa todo dia. Ir e vir para Santos. A casa ficava na Rua dos Coqueiros 477. Praia. Mar. Areia. Sol. Um novo estúdio só para êle. Fica amigo do Padre Domênico, Viola, Jaime Daige. Fins-de-semana com casa cheia. Cheia de Paulistanos. Amigos. Muito papo. Muita conversa. Muita vida. O cachorro Shoyo. Os Fittipaldis e Pelé em casa. Martinho da Vila encantando. Marcus Pereira, Sepp Bandereck, Roberto Duailibi, Geraldo Ferraz e Wega Nery, Maguy Imorberdorf, Murilo Felisberto, Mário e Deise Benvenutti, Ulli e Catarina, Armando e Hélia Clemente, Antanas Vaicekauskis, Múcio e Trajano Campos. De lá para o Morro do Maluf. Inauguram a Piaçaguera. Acaba aquele Guarujá. Outra era. Outra gente. Novamente São Paulo. Agitação. Sempre preferiu Santos. Estúdio em Santos. Apartamento de seus pais na Djalma Dutra. Perto dos amigos de novo. Aposentadoria. Nascem suas duas netas, Mariana e Andrea. Desenhos, Caricaturas, Quadros. Fim de semana sobe à São Paulo. Família. O gato Missoufi. Durante a semana desço para Santos. Desenhos, Caricaturas, Quadros. 24

6 auto-retrato em aquarela feito por Dino,

7 Desenho de Dino (assinado Accindino) em “O Governador”

8 Sinex Propaganda, Santos. Reformulação de nome e marca. Anos 80 Cinex Publicidade, a 2ª. agência de propaganda criada em Santos (a 1.a foi a Hugo Paiva publicidade). Anos

9 Ilustração de Dino, de seu apartamento na Ria Oswaldo Cruz em Santos, em 05 dezembro de Alguns detalhes: seu maço de cigarros Lincoln (“de ponta a ponta o melhor”...) e o isqueiro. Ao fundo o espelho retrata Dino desenhando. 28

10 ilustração de uma loira da época, assinado Dino, coleção do autor, provável anos

11 Charge com Antonio Ezequiel Feliciano da Silva, assinado Dino, coleção do autor. Provável anos

12 Caricatura de Dom Idílio José Soares, assinado Dino, provável anos 50. Fato curioso: Tendo o Bispo de Santos, Dom Idílio José Soares (3º. Bispo Diocesano de 1943 a 1966) sendo sucedido por Dom David Picão (4º. Bispo Diocesano de Santos assumiu em 13 dezembro de 1966, falecendo em 2009), Dino não perdeu a piada... “nada como depois de um bom idílio, um bom picão...” 31

13 Suplemento dominical de “A Tribuna”, desenhos de Dino,

14 Suplemento dominical de “A Tribuna”, desenhos de Dino,

15 Suplemento dominical de “A Tribuna”, desenhos de Dino,

16 Ilustrações de Dino, Arlequins, 1955 e

17 Capa do folheto da II Exposição de caricaturas de Dino, realizada em 1962, na Galeria Ipiranga, Gonzaga, Santos. 36

18 Convite do 1º. Salão Nacional de Charges Dino, realizada em 1996, no Sindicato do Comércio Varejista da Baixada Santista. 37

19 Convite do 2º. Salão Nacional de Charges Dino, realizada em 1997, no Sindicato do Comércio Varejista da Baixada Santista. 38

20 Convite do 3º. Salão Nacional de Charges Dino, realizada em 1998, no Sindicato do Comércio Varejista da Baixada Santista. 39

21 Foto do casamento de Dino com Keka, 1947 na igreja do Embaré, Santos. 40

22 Foto de Dino com seu filho Francisco Eduardo Del Rio Andrade (Chico Andrade) em Londrina, Paraná,

23 Foto de Dino com Mário Covas Jr., em Santos, anos

24 Foto de Dino com o fotógrafo Molina em seu estúdio, em Santos, provável anos

25 Foto de Dino com seu filho Francisco Eduardo Del Rio Andrade (Chico Andrade) Keka Andrade com sua filha Marcy no colo, em Santos, provável

26 Foto de Dino brincando de barbeiro com Roberto Mário Santini, diretor de A Tribuna, na sala da diretoria do jornal em Santos. Sem data. 45

27 Foto dos casais Roberto Mário Santini, diretor de A Tribuna e sua espôsa Regina Clemente Santini e Keka e Dino Andrade, em evento social de gala em Santos. Sem data. 46

28 Foto do casal Keka e Dino Andrade, fantasiados de “capitão e a Taça Jules Rimet” em baile carnavalesco do Clubeco de Santos. Provável carnaval de Foram premiados com o 1º. lugar em originalidade. 47

29 Foto do crítico de arte Geraldo Ferraz, grande amigo de Dino. Geraldo foi casado com Patrícia Galvão e posteriormente com a pintora Wega Nery. Foto sem data. 48

30 Foto da capa do Livro de`Patrícia Galvão (Pagú) de 1950, com a dedicatória para Dino e Keka. Sem data. 49

31 Artigo com Ziraldo publicado em 02/04/1982 em “A Tribuna” de Santos, comentando que o Dino é o campeão de permanência em um mesmo jornal. Dino ainda trabalharia por mais 25 anos no jornal. 50

32 Foto do engenheiro Silvio Fernandes Lopes, prefeito eleito de Santos de 1957 a 1961, 1965 a 1967 e de 1967 a Coleção de Dino. Sem data. 51

33 Quadro em pastel, feito por Dino, sem data, do Sr. Nascimento diretor de “A Tribuna”. 52

34 Quadro a óleo, feito por Dino, do Sr. Giusfredo Santini diretor de “A Tribuna”. Datado de

35 Quadro pintado a óleo por Dino de Roberto Mário Santini, diretor do jornal A Tribuna. Datado de

36 Foto (da esquerda para a direita) Pepito (José Fornos Rodrigues, Pelé, Dom Domenico Rangoni e Dino. Praia de Pernambuco, Guarujá, anos 80. A fotografia original foi autografada por Pelé (Amigo Dino, você não existe, um abraço Edson-Pelé) e por Dom Domenico (Ao Rei das “charges” Dino). 55

37 Foto (da esquerda para a direita) Dino Andrade, Emerson Fittipaldi, Viola e Wilsão Fittipaldi (Barão). Sem data. 56

38 Foto (apresentação de Emerson para Pelé) almoço de Bodas de Prata de Keka e Dino na praia de Pernambuco, Guarujá Foto Dino em pé e sentados Emerson Fittipaldi e Pelé.Foto Wilson e Dino em pé e sentados Emerson Fittipaldi e Pelé. 57

39 Foto (em pé) Russa, esposa de Martinho e Dino. Sentados Emerson Fittipaldi com Martinália no colo, Keka e Martinho da Vila. Praia de Pernambuco, Guarujá

40 Foto Maria Helena Fittipaldi, Emerson Fittipaldi e Dino, na frente da caricatura de Emerson em Lausanne, Suiça. Em

41 Foto Dino sendo entrevistado em Santos por ocasião do lançamento do livro “A figura gigantesca e presente de um mineiro” e Pelé. Em

42 Foto do estúdio de Dino em Santos, Rua Djalma Dutra, Gonzaga

43 “Charge” de Paulo Caruso, caricaturando Dino com Collor de Mello

44 quadros de Dino 63

45 Quadro a óleo de Dino (vendido). Caçador

46 Quadro a óleo de Dino, coleção Chico Andrade. Tourada

47 Quadro a óleo de Dino coleção Chico Andrade. A Ceia Brasileira

48 Quadro a óleo de Dino coleção Keka Andrade. Madona e o gato

49 Quadro a óleo de Dino coleção Keka Andrade. Fausto de Goethe

50 Quadro a óleo de Dino (doado para a Pinacoteca Benedito Calixto, Santos)

51 70

52 71

53 Quadro a óleo de Dino coleção Keka Andrade. Dino Picassiano

54 Quadro a óleo de Dino coleção Keka Andrade. Keka Picassiana

55 Quadros a óleo de Dino em uma série de humor com os clássicos. Todos vendidos. 1.Flamengus 2.Cornélius 3.Duque de la Rosquita 4.Modigliani 5.Cornelius II 6.Rolex 7.Madona de Disney 74

56 desenhos mais antigos 75

57 Charge de Dino, que várias vezes assinou Nody (inversão do nome Dino e nome de seu querido primo da Bahia). Sem data. 76

58 Getúlio Vargas Chateaubriand 77

59 78

60 caricaturas de Santistas por Dino 79

61 José Gomes La Scala Oswaldo Justo Lincoln Feliciano Dom Idílio José Soares 80

62 Saulo Ramos Athié Jorge Coury Mário Covas Jr. Gastone Righi Telma de Souza 81

63 cartoons de Dino 82

64 83

65 Dino muitas vezes, redesenhava suas próprias idéias, em busca do enquadramento mais correto, de um impacto maior da idéia, da simplicidade pela idéia. 84

66 85

67 86

68 87

69 88

70 89

71 90

72 charges de Dino 91

73 92

74 93

75 Dino também recebia ameaças com suas publicações. Acima uma das que o autor guardou. Nem por isso deixou de publicar suas idéias, sua visão dos fatos. 94

76 Algumas “charges” mereceram elogios dos mais variados. Essa sobre o “apartheid” na África, Geraldo Ferraz escreveu violento artigo publicado no dia seguinte em A Tribuna. 95

77 CHARGE ABERTA Essa era a “charge aberta” que Dino criou, em 1968, inspirado na obra de Humberto Eco. O exemplo aqui mostrado é claro. Muitos leitores participavam mandando suas sugestões preenchendo o “baloom” em branco. 96

78 tempos de censura 97

79 98 Censura, anos 60.

80 Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco

81 100

82 Marechal Humberto de Alencar Castelo Branco Marechal Artur da Costa e Silva

83 Marechal Artur da Costa e Silva

84 caricaturas políticos nacionais por Dino 103

85 104

86 Jânio da Silva Quadros 105

87 Erundina Fernando Henrique Cardoso 106

88 Aureliano Chaves Afonso Arinos

89 Itamar Franco Leonel Brizola

90 Fernando Afonso Collor de Mello 109

91 Mário Covas Jr. 110

92 Antônio Delfim Netto Enéas Ferreira Carneiro 111

93 Juscelino Kubitschek Luiz Inácio da Silva (Lula) 112

94 Paulo Salim Maluf 113

95 Ulysses Guimarães Sarney 114

96 esportes por Dino 115

97 Antigo exemplar do “Semanário Esportivo” de Santos, onde Dino publicava uma página (à seguir). 116

98 117

99 Henrique Costa Mecking (Mequinho) Pelé 118

100 Dr. Sócrates Carlos Alberto Tôrres 119

101 Parreira Lazaroni Mike Tyson Ayrton Senna 120

102 121

103 122

104 Hortência Alfonso Dario Pereyra Waldemar Carabina 123

105 Primeira caricatura de Pelé no mundo, 1957 primeira caricatura de Ayrton Senna no mundo. Programa Clube dos Esportistas de Silvio Luiz

106 125

107 Heleno de Freitas no único treino que fez pelo Santos F.C. ao lado de Dino que era diretor do Santos F.C. Após esse treino, Heleno foi para o Rio onde acabou internado e veio a falecer. 126

108 Pelé e Dino em tarde de autógrafos no salão nobre da Vila Belmiro, Santos. Lançamento do livro “A figura gigantesca e presente de um Mineiro”. capa quebra-cabeças 127

109 128

110 frango torcedor 129

111 130

112 artistas e personalidades por Dino 131

113 Agnaldo Rayol Ziraldo Paulo Caruso Abelardo Barbosa (Chacrinha) 132

114 Clodovil Wilsão Fittipaldi (Barão) Cid Moreira Chico Xavier 133

115 Danuza Leão Regina Casé Fernanda Montenegro Glória Pires Débora Duarte Beth Goulart 134

116 Jô Soares 135

117 Fábio Jr. Milton Nascimento Tim Maia 136

118 Roberto Carlos 137

119 Erasmo Carlos Nara Leão Wanderléa Vinícius de Moraes Wilson Simonal Ronnie Von Roberto Carlos 138

120 Geraldo Ferraz Patrícia Galvão 139

121 Andy Warhol Woody Allen Michael Jackson 140

122 prêmios conquistados por Dino 141

123 Grande Prêmio Editorial do 5º. Salão Internacional de Caricaturas de Montreal, Canadá, com o tema “O Homem e o seu Mundo”. Dino retratou a morte dando de comer a um Árabe e a um Judeu. Prêmio de US$100. Em conjunto com o jornal “The Montreal Star”

124 Troféu “Ufficio Stampa Fiat 1969” do 22º. Salone Internazionale Dell’Omorismo, Bordighera, Riviera, Itália. Entregue por Cesare Perfetto, da “Comuna Dell Turismo” local. Publicado em A Tribuna, em 11 de Janeiro

125 Prêmio HORSA – Hotéis Reunidos S.A. dona do Hotel Nacional do Rio de Janeiro, para incentivo do Turismo Sul- Americano, por ocasião da inauguração do Hotel. Ganhou uma semana de hospedagem com família. Nunca foi aproveitada

126 Prêmio 145

127 Grande Prêmio CHARGE no 1º. Salão de Jornalistas do Estado de São Paulo

128 Prêmio Internacional do 2º. Salão Mundial de CARTOON em Skopje, Iugoslávia com o jornal “Ostem”. Prêmio Especial - Placa de “Ostem”. Ganhou 5 dias em Skopje e Ohrid. Não foi

129 148

130 149

131 os últimos desenhos de Dino 150

132 Erundina, 1996 Delfim Netto, 1996 Ministro Motta,

133 Pitta e Maluf,

134 FXPAndrade, Dino e Fedra As três gerações, avô, filho e neto, de artistas santistas, que antes de mais nada, adoraram e adoram a terra em que nasceram. Esta apresentação tem o intuito de preservar a memória de meu pai e de meu avô, que merecem uma atenção maior de santistas como eu, antes que o tempo (inexorável) apague essas imagens. Que fique o registro que hoje estou finalmente conseguindo fazer, para que as próximas gerações tenham um fonte de referência. Em nome de minha mãe e meu, agradeço a todos que incentivaram essa realização. São Paulo, dezembro 2011 Francisco Eduardo Del Rio Andrade Chico Andrade Fedra 153


Carregar ppt "Accindino Souza Andrade Santos, 1920 – 1996 Dino Caricaturista, Cartunista, Chargista, Desenhista, Ilustrador, Jornalista, Pintor, Publicitário, e Engenheiro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google