A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

A Infelicidade Real...Não é aquilo que Os homens supõem.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "A Infelicidade Real...Não é aquilo que Os homens supõem."— Transcrição da apresentação:

1

2

3 A Infelicidade Real...Não é aquilo que Os homens supõem.

4 ...Os homens vêm a infelicidade na miséria, na fome, no credor ameaçador, na morte dos entes queridos, na traição, na nudez. A Infelicidade Real Sim. É infelicidade para aqueles que não vêm senão o presente.

5 A Infelicidade Real...a verdadeira infelicidade está nas consequências de uma coisa. Ex.: um acontecimento feliz para o momento, mas que tem consequências funestas para o futuro é em realidade mais infelicidade que felicidade.

6 A Infelicidade Real Os maus dos dois casos relatados por Pe. Germano eram felizes cometendo atrocidades e satisfazendo suas vontades momentâneas sem se importarem com o futuro. Isto na verdade é infelicidade.

7 O Pe. Germano vivenciava todo tipo de perseguição, sofrimento e dores, mas não desistia de suas lutas e aceitava o sofrimento como purificação para entrar na vida futura. Isto é felicidade. A Infelicidade Real

8 “...para julgar uma coisa é preciso ver- lhes as consequências. 5 A Infelicidade Real...para apreciar o que realmente é feliz ou infeliz é preciso se transportar alem desta vida.

9 A Infelicidade Real Tudo o que se chama infelicidade, segunda sua curta visão, cessa com a vida e encontra sua compensação na vida futura.

10 A Infelicidade Real...a infelicidade é a alegria, é o prazer, é a fama, é a agitação vã, é a louca satisfação da vaidade, que fazem calar a consciência, que comprimem a ação do pensamento, que atordoam o homem sobre seu futuro. A infelicidade é o ópio do esquecimento que reclamais ardentemente.

11 FIM DOS ESTUDOS DE HOJE

12


Carregar ppt "A Infelicidade Real...Não é aquilo que Os homens supõem."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google