A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Parasitismo Trabalho realizado por : Ophélie Baptista nº 23 Eduardo nº 8º B.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Parasitismo Trabalho realizado por : Ophélie Baptista nº 23 Eduardo nº 8º B."— Transcrição da apresentação:

1 Parasitismo Trabalho realizado por : Ophélie Baptista nº 23 Eduardo nº 8º B

2 O que é o Parasitismo ? •Associação de indivíduos em que, pelo menos durante uma parte da vida, um deles está fisiologicamente dependente de outro, o hospedeiro, do qual obtém alimento. •existe um efeito negativo sobre o desenvolvimento e a sobrevivência da espécie parasitada ao mesmo tempo que o parasita beneficia •Quanto à sua localização, os parasitas podem viver à superfície do hospedeiro, dizendo-se por isso ectoparasitas, ou no interior do hospedeiro, designando-se então por endoparasitas.

3 Ectoparasita s

4 São exemplo : •A carraça e o piolho

5 A Carraça As carraças podem estar no solo em zonas com vegetação, mas também em muros, etc., à espera de um hospedeiro. Quando se apercebem da passagem de um hospedeiro, dirigem-se para ele, vagueando pelo seu corpo até encontrar um local seguro, como o pescoço ou a cabeça, onde o ser atacado não o possa arrancar. Seguidamente introduzem o seu aparelho sugador na pele e, durante horas, alimenta-se do sangue do hospedeiro. Após a alimentação de sangue desprendem-se voluntariamente e caiem no solo para continuar o seu ciclo. Geralmente parasitam animais domésticos, silvestres e inclusive o Homem. O seu ciclo de vida é composto por quatro estádios: ovo, larva, ninfa e adulto. As fêmeas alimentam-se sempre de sangue, enquanto os machos raramente o fazem. O cruzamento entre o macho e a fêmea ocorre na superfície da pele do hospedeiro.

6 O Piolho Os piolhos habitam o cabelo ou pelagem do hospedeiro, onde se alimentam de sangue, resíduos da epiderme ou de penas e secrecções sebáceas. Cada espécie tem uma relação exclusiva com um determinado tipo de hospedeiro, o que significa que, por exemplo, um piolho de ave não afecta humanos e vice-versa. Podem transmitir doenças ao homem como, por exemplo, a febre tifóide Os ovos de piolho são conhecidos popularmente como lêndeas. Estes ovos costumam ficar grudados nas raízes, do cabelo, por exemplo.

7 Endoparasita

8 São exemplo : •a lombriga e a ténia.

9 A Lombriga A infecção para o ser humano ocorre por meio da ingestão dos ovos que estão na água ou em alimentos, principalmente nas verduras. Alimentam-se dos nutrientes e do oxigénio que há nas profundezas intestinais do hospedeiro. Provoca perturbações, tais como cólicas e distúrbios nervosos.

10 A ténia O hospedeiro das ténias é o porco, no caso da tênia solium e o boi no caso da tênia saginata. O homem torna-se hospedeiro definitivo do animal quando ingere carne de porco crua ou mal cozida. Pode ocorrer de o homem ingerir ovos de tênia ao invés de cisticercos. Nesse caso, o homem passa a ser hospedeiro intermediário. Quando os ovos sofrem maturação e se tornam cisticercos num organismo humano, podem causar deficiência visual, fraqueza muscular e/ou epilepsia, dependendo do local onde se alojam. Essa doença é chamada cisticercose e é mais grave que a teníase. No caso tênia saginata, cujo hospedeiro intermediário não é o porco mas o boi. O homem pode ser apenas hospedeiro definitivo, não intermediário como pode ocorrer com a tênia solium.


Carregar ppt "Parasitismo Trabalho realizado por : Ophélie Baptista nº 23 Eduardo nº 8º B."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google