A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

AGENTES INTERNOS: O VULCANISMO. AGENTES INTERNOS O VULCANISMO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "AGENTES INTERNOS: O VULCANISMO. AGENTES INTERNOS O VULCANISMO."— Transcrição da apresentação:

1 AGENTES INTERNOS: O VULCANISMO

2 AGENTES INTERNOS O VULCANISMO

3

4

5 Agentes externos do relevo: INTEMPERISMO  O termo intemperismo é aplicado às alterações físicas e químicas a que estão sujeitas as rochas na superfície da Terra.

6 Intemperismo Químico  Implica em transformações químicas dos minerais que compõem a rocha. O principal agente do intemperismo químico é a água. Os feldspatos e micas são transformados em argilas, ao passo que o quartzo permanece inalterado.

7 Intemperismo Físico ou Mecânico  Envolve processos que conduzem à desagregação da rocha, sem que haja necessariamente uma alteração química maior dos minerais constituintes. Os principais agentes do intemperismo físico são variação de temperatura, cristalização de sais, congelamento da água, atividades de seres vivos.

8  Observe o gráfico, que representa diferentes condições para o intemperismo. Com base no gráfico, avalie as afirmativas a seguir. I. O intemperismo físico predomina nas áreas onde a temperatura e a precipitação pluvial são baixas. II. Quanto menor a disponibilidade de água (precipitação pluvial), mais completo e mais intenso será o intemperismo químico. III. Temperatura e precipitação pluvial altas favorecem o intemperismo químico. Está(ão) correta(s): a) apenas I, b) apenas II c) apenas l e III. d) apenas II e III e) I, II a lII

9 AGENTES EXTERNOS OS VENTOS – CONSEQÜÊNCIAS DA CORROSÃO

10 AGENTES EXTERNOS OS VENTOS - CONSEQÜÊNCIAS DA ACUMULAÇÃO

11 AGENTES EXTERNOS AS CHUVAS – A AÇÃO PLUVIAL

12

13 VOÇOROCAMENTO NA PRAIA DE MORRO BRANCO-CE

14 A EROSÃO FLUVIAL  É a erosão provocada pela ação dos rios. Em seu curso, os rios escavam leitos formam vales, destroem e transportam rochas e sedimentos, depositando-os e produzindo novas feições de relevo, como, por exemplo as planícies e os deltas (depósitos de sedimentos na foz de um rio, que o levam a se dividir para desembocar). A desembocadura do rio por um só canal recebe o nome de estuário.

15 A EROSÃO FLUVIAL

16 AGENTES EXTERNOS: EROSÃO MARINHA

17 AGENTES EXTERNOS OS MARES – A AÇÃO MARINHA

18 AGENTES EXTERNOS: A AÇÃO MARINHA

19 AGENTES EXTERNOS AS GELEIRAS – A AÇÃO GLACIAL - EROSÃO

20 fiordes

21 Formas de Relevo •Planaltos: Ao contrário do que sugere o nome, é uma superfície irregular com altitude acima de 300 metros. É o produto da erosão sobre rochas cristalinas ou sedimentares. Pode ter morros, serras ou elevações íngremes de topo plano (chapadas). •Depressões: Superfície entre 100 e 500 metros de altitude com suave inclinação, formada por prolongados processos de erosão. É mais plana que o planalto. •Planícies: Superfície muito plana com no máximo 100 metros de altitude. É formada pelo acúmulo recente de sedimentos movimentados pelas águas do mar, de rios ou de lagos. Ocupa porção modesta no conjunto do relevo brasileiro.

22 FORMAS DE RELEVO: planaltos

23


Carregar ppt "AGENTES INTERNOS: O VULCANISMO. AGENTES INTERNOS O VULCANISMO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google