A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RELEVO. PRINCIPAIS FORMAS DE RELEVO Montanhas Planaltos Depressões Planícies.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RELEVO. PRINCIPAIS FORMAS DE RELEVO Montanhas Planaltos Depressões Planícies."— Transcrição da apresentação:

1 RELEVO

2 PRINCIPAIS FORMAS DE RELEVO Montanhas Planaltos Depressões Planícies

3

4

5 Falésias cuestas

6

7 Importância de se estudar o relevo Na agricultura, é fundamental conhecer o relevo da área cultivada – no caso de terreno inclinado, de encosta, é necessário fazer curvas de nível

8 Construção de estradas Construção de casas e edifícios

9 Quais as unidade de relevo desse perfil?

10 CORDILHEIRA DO HIMALAIA

11

12 Monte Everest – 8.848m Até o final de 2001, pessoas conseguiram alcançar o topo, e delas 172 não retornaram da aventura. Muitas morreram de hipotermia. 2001

13 CORDILHEIRA DOS ANDES

14 MONTE ACONCÁGUA – m

15 MONTE KILEMANJARO – 5.891m

16

17 A DINÂMICA DO RELEVO O relevo - conjunto de formas da superfície da Terra, - resultante da atuação de duas forças: Internas – aquelas que se originam no interior da Litosfera - vulcões, terremotos, movimentação das placas tectônicas tectonismo (dobras e falhas) Externas – aquelas que se originam na própria superfície terrestre, como o clima, água na forma líquida (chuva, rios, mares, pela água sólida (geleiras), pelo vento e pelos seres vivos.

18 INTEMPERISMO E EROSÃO O QUE É INTEMPERISMO ? Trata-se de um conjunto de fenômenos que leva à decomposição das rochas e pode ser de dois tipos: físico e químico. INTEMPERISMO FÍSICO – provocado principalmente pela variação da temperatura, que ocorre em um mesmo dia ou no transcorrer do ano. Orifícios de ouriço do mar Ex: temperaturas elevadas ocasionam a dilatação dos minerais que formam as rochas enquanto as baixas temperaturas provocam a contração desses minerais – com os passar do tempo, isso pode fazer com que as rochas sofram fraturas e se fragmentem

19 Ação desagregadora de raízes

20 Outro ex: congelamento da água nas fendas do interior das rochas. Quando chove, a água penetra nas rochas e, em períodos de frio intenso, ela se congela lá dentro. Como o gelo ocupa mais espaço do que a água, as fendas da rocha vão sofrer alargamento

21 INTEMPERISMO QUÍMICO – consiste na decomposição da rocha causada principalmente pela ação da água ao dissolver os minerais solúveis que a compõem EX: a água das chuvas penetra nas rochas, dissolvendo certos minerais que fazem parte da composição delas. Com o tempo, as rochas vão se decompondo ou se desagregando.

22 O QUE É EROSÃO? Consiste na remoção de materiais de um lugar ( por exemplo, de uma encosta) pela ação da água, do vento e de outros fenômenos que os transportará para uma área vizinha.

23 QUAIS SÃO OS AGENTES EXTERNOS QUE FORMAM O RELEVO? Os principais são: a água, o gelo, o vento e os seres vivos

24 A ÁGUA A água é um agente externo que modifica o relevo de diversas formas: precipitação(chuvas, neve), rios, mares e geleiras. Pelas chuvas: Nas áreas onde a vegetação foi retirada e o solo se encontra, portanto, desprotegido, as chuvas e enxurradas podem abrir canais profundos, chamados voçorocas

25 pela ação dos rios. Os primeiros sulcos formados pelo deslizamento das águas vão sendo aprofundados e alargados pelos rios. Assim, costumamos dizer que cada rio constrói o seu próprio vale. Os rios nascem nas porções mais elevadas de um terreno e correm para as áreas mais baixas – em seu curso os rios constroem planícies fluviais, também conhecidas como planícies aluviais Os rios também transportam material orgânico – o que explica a elevada fertilidade natural dos solos aluviais, situados nas planícies construídas pelos rios (ex: rio Nilo – para os egípcios, rio Tigre e Eufrates – para os mesopotâmios)

26

27 Pelas águas do oceânicas As águas oceânicas agem sobre o relevo no ponto de contato entre os continentes e os mares ou oceanos, ou seja, no encontro entre terra e água, ocasionando erosão ou fragmentação. A erosão marinha dá origem às falésias

28 Falésias são formas de relevo litorâneo abruptas, isto é, íngremes. São elevados paredões que se formam a medida que as águas oceânicas começam a escavar a terra Falésia de torre grande – Rio Grande do Sul

29 Praias e restingas – são resultantes da ação das águas oceânicas PRAIS – resultam da acumulação da areia transportada pelo mar ou pelos rios

30 RESTINGAS – são faixas estreitas de areia que se projetam a partir de uma curvatura no litoral

31 As geleiras Grandes massas de gelo que ocorrem nas áreas onde a queda e o acúmulo de neve superam o degelo ( descongelamento) Atualmente, as geleiras se limitam às regiões polares e às montanhas mais elevadas do planeta. Nas chamadas épocas de glaciações, já cobriram a maior parte da terra Há dois tipos de geleiras: as continentais e as geleiras de montanha

32 GELEIRAS CONTINENTAIS Localizam-se nas zonas polares, principalmente Antártida Na zona polar Norte, a ilha da Groelândia tem 99% da sua superfície constituída por geleiras que chegam a atingir até 2 Km de espessura Na Antártida, as geleiras cobrem cerca de 12% de Km ² e têm entre 3 e 4 Km de espessura ICEBERGS – quando fragmentos de geleiras se desprendem e caem no mar

33 GELEIRAS DE MONTANHAS Existem nos vales de cadeias montanhosas de altitude elevada, onde a neve se acumula

34 A AÇÃO DOS VENTOS SOBRE O RELEVO Vento – pode ser definido como o ar em movimento Ele realiza o trabalho de erosão ao transportar materiais que desgastam ou agridem as rochas, atuando principalmente nas regiões desérticas. A ação dos ventos sobre o relevo é conhecida como erosão eólica A erosão eólica dá origem à novas formas de relevo – esculpem arcos naturais ou formam desertos pedregosos

35

36 DUNAS E OS LOESSES Resultantes de um processo de sedimentação provocado pela ação do vento, que produz o acúmulo de sedimentos ou detritos em determinada área.

37 DUNAS Se formam em regiões desérticas ou ao longo de grandes lagos e litorais de climas temperado e tropical. Resultam do acúmulo de partículas de areia depositadas pelo vento, quando este encontra um obstáculo na sua trajetória ( uma rocha, por exemplo) – litoral brasileiro

38 LOESSES Depósito de sedimentos muito fino, de cor amarelada, provavelmente constituídos por partículas de areia oriundas de geleiras e transportadas pelo vento. – forma um solo amarelado

39

40 OS SERES VIVOS EO RELEVO

41

42

43

44


Carregar ppt "RELEVO. PRINCIPAIS FORMAS DE RELEVO Montanhas Planaltos Depressões Planícies."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google