A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Unidade I Introdução ao Processamento de Dados. Conceitos Básicos • Computador: máquina composta por circuitos e dispositivos eletrônicos e eletromecânicos.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Unidade I Introdução ao Processamento de Dados. Conceitos Básicos • Computador: máquina composta por circuitos e dispositivos eletrônicos e eletromecânicos."— Transcrição da apresentação:

1 Unidade I Introdução ao Processamento de Dados

2 Conceitos Básicos • Computador: máquina composta por circuitos e dispositivos eletrônicos e eletromecânicos capaz de coletar (entrada), armazenar, manipular e fornecer resultados (saída) para um ou mais objetivos. • Função Principal: resolver problemas através da execução de instruções fornecidas. • Processamento de Dados (Data Processing): realização de um conjunto de atividades ordenadas com o objetivo de se obter um resultado útil.

3 Conceitos Básicos Processamento Entrada (input) Dados Saída (output) Informações (resultados) Ex: cálculo da área de um quadrado.

4 Conceitos Básicos • Processamento Eletrônico de Dados (PED): • Consiste em uma especificidade do proces- samento de dados, que visa oferecer soluções melhores que as “tradicionais” para o problema de obtenção de informações. • Processamento auxiliado por computador. • Informática = Informação Automática

5 Software X Hardware • Software soft: leve, intangível; ware: mercadoria • Parte lógica de um sistema de computação; • Idéias e instruções formalizadas em uma determinada linguagem; • É constituído por um programa ou conjunto de programas.

6 Software X Hardware • Hardware hard: duro, sólido; ware: mercadoria • Parte física, visível de um computador. Computador = Hardware + Software (física) (lógica)

7 Software X Hardware Instalando Software: O Windows fornece um maneira rápida de configurar novos programas em seu computador.

8 Software X Hardware Para instalar programas: Clique no botão “Iniciar” aponte para Configurações e, depois, para o Painel de Controle. Clique duas vezes em Adicionar/ Remover Programas. Siga as instruções apresentadas na tela.

9 Software X Hardware Instalando Hardware O Windows pode ajudá-lo a configurar o novo hardware (uma placa de som, por exemplo) em seu sistema.

10 Software X Hardware Para instalar hardware: Clique no botão “Iniciar”, aponte para Configurações e, depois clique no Painel de Controle. Clique duas vezes em Adicionar Novo Hardware. Siga as instruções apresentadas na tela.

11 Dados Históricos - Evolução tecnológica • Primeira Geração - válvulas ( ) • Máquinas grandes com alto consumo de energia, dispositivos de E/S primitivos (programação através da comutação de chaves no console). Ex: ENIAC • Segunda Geração - transistores ( ) • Os computadores desta geração eram baseados em transistores e, portanto, menores, com menor consumo de energia, mais rápidos e confiáveis em relação aos computadores da geração anterior. Ex: IBM 1401.

12 Dados Históricos - Evolução tecnológica • Terceira Geração - Circuitos integrados ( ) • Circuitos integrados: integração de diversos transis- tores em uma pastilha de silício. • Máquinas mais confiáveis, de tamanho menor e de menor custo. Exemplo: IBM • Quarta Geração - Circuitos VLSI/ULSI PC´s ( ) • Os computadores apresentaram uma grande minituarização e aumento de velocidade • Geração dos microcomputadores pessoais e supercomputadores. Ex: Pentium.

13 Ciclo Básico de Funcionamento do Computador: Dispositivo de Entrada Dispositivo de Saída MEMÓRIA Processador UCP

14 Ciclo Básico de Funcionamento do Computador: UCP (Unidade Central de Processamentos) Gabinete: com capacidade para um acondicionamento frontal de Drive 4Slim 5 1/4, dois Drives Slim 3 1/2, uma unidade Cd-Rom, mais acondicionamento para, no mínimo, duas unidades de interno Disco Rígido Slim 3 1/2

15 Ciclo Básico de Funcionamento do Computador: UCP (Unidade Central de Processamentos) Fonte de alimentação: interna ATX, para com entrada padrão 110v por e 220v comutável chave mínima de acesso externo, potência de compatibilidade 300 watts e com gerenciamento energia de ; APM do Windows 98.

16 Ciclo Básico de Funcionamento do Computador: Placa principal (mother-board): com dispositivo Plug&"Play", acompanhada microprocessador INTEL PENTIUM III Freqüência de clock interno de 450 Mhz com barramento de I/O de 100 MHz Dispositivo de dissipação de calor acoplado ao microprocessador com ventilador tipo “FAN"/ "COOLER"

17 Ciclo Básico de Funcionamento do Computador: No barramento da placa principal existem slots de I/O do tipo ISA, PCI e VESA, utilizável para expansão futura de novos componente, do tipo placa de FAX/MODEM, placa de SOM, etc. Cache Memória de, 512 no mínimo, Kbytes.

18 Ciclo Básico de Funcionamento do Computador: Memória principal (RAM) de no mínimo 128 Mbytes padrão SyncDram ECC DIMM 168 pinos, 100 MHz, instalada na placa principal, com tempo de acesso igual ou inferior a 10 ns (dez nanossegundos) Possibilidade de expansão de memória RAM para, no mínimo, 768 Mbytes na placa principal Interface Paralela, padrão CENTRONICS bidirecional com conector DB25 fêmea,

19 Ciclo Básico de Funcionamento do Computador: Interface Serial bidirecional, com conector DB 25 fêmea, utilizada para impressão e comunicação com outros dispositivos de I/O Controladora de disco acoplada à placa principal ("On Board"), com capacidade para controlar quatro unidades de disco rígido/CDRom e duas unidades de disco flexível

20 Dispositivos de Entrada/Saída

21 Teclado: Padrão ENHANCED, alfanumérico, com caracteres da língua portuguesa em conformidade com a ABNT (layout BRASILEIRO-ABNT) Bloco de teclas numéricas, em separado, à direita Conjunto de teclas para movimentação do cursor, em separado, situado entre o bloco alfanumérico e numérico Total de, no mínimo, 102 teclas, com pelo menos 12 (doze) teclas de função

22 Dispositivos de Entrada/Saída Monitor de vídeo Compatível com padrão Super-VGA Resolução de, no mínimo, 1600 x 1200 pontos no modo gráfico com, no mínimo, 256 cores simultâneas, em modo não-entrelaçado Formatação mínima de 24 linhas x 80 colunas, para o modo texto

23 Dispositivos de Entrada/Saída Monitor de vídeo Tela plana anti-reflexiva Fonte própria de alimentação, interna, com seleção automática de voltagem (90v - 240v) Controles externo-frontais de ajuste de contraste, brilho, altura, largura e posição da tela Compatível com "Energy Saving" e tecnologia "Plug&Play

24 Dispositivos de Entrada/Saída Mouse Existem diversos mouses no mercado. Os mais conhecidos são Logitech e Microsoft Mouse Resolução mínima por hardware é de 280 dpi e por software é de 400 dpi Possui duas ou mais teclas de função utilizáveis

25 Dispositivos de Entrada/Saída Mouse Possui sensor de movimento do tipo ótico (Optical Rotary Encoder) Possui bola metálica com revestimento em silicone Todo o dispositivo deve vir acompanhado de drive (software) próprio para instalação, de acordo com o sistema operacional utilizado

26 Dispositivos de Entrada/Saída Escanner Função: Reproduzir/digitalizar fotos e imagens, para serem manipuladas pelo usuário.

27 Dispositivos de Entrada/Saída Impressora Função: Imprimir documentos dos usuários; Tipos: Laser, matricial, jato de tinta, cera, etc.

28 Armazenamento de dados

29 Unidade de Disco Flexível de 3 ½ polegadas Possui meia altura do tipo slim, embutida na unidade principal Compatível com disquete de alta densidade (1.44Mbytes) Geralmente é configurada como unidade “A”

30 Armazenamento de dados Unidade de Disco Rígido Possui meia altura do tipo slim, embutida na unidade principal Pode ser do tipo IDE ou SCSI Possui controladora Ultra DMA para conectar com a placa mãe

31 Armazenamento de dados Unidade de Disco Rígido Possui tempo máximo de comunicação (seek) de 10ms ou menos Geralmente é configurada como unidade “C ou D”, depende das partições configuradas Possui velocidade de operação de no mínimo RPM

32 Representação das Informações

33 Redes de Computadores • Rede é uma maneira de conectar computadores para que estes possam se comunicar e compartilhar recursos e dados.

34 VÍRUS E CUIDADOS Vírus Eletrônico de Computador Um vírus eletrônico é um programa ou fragmento de programa que se instala em uma máquina sem que o usuário perceba, e nela começa a reproduzir-se (gerar cópias de si mesmo). A forma de "contágio" mais comum é via disquete ou via internet. Existem vários aplicativos para procurá-los e retirá-los do seu computador, como o ViruScan, o MSAV, o NAV, e o FPROT, mas o melhor mesmo é evitá-los.

35 VÍRUS E CUIDADOS Como evitá-los Não utilize programas piratas (sem licença de uso) Faça sempre cópias de segurança (backup) de seus arquivos, pois assim você terá como recuperá-los em caso de ataque de vírus ou de danos ao disco

36 VÍRUS E CUIDADOS Como evitá-los Controle seu sistema quanto ao seu uso por pessoas estranhas ou não autorizadas Atualize sua vacina, sempre existir uma nova versão Geralmente são lançadas novas vacinas mensalmente. Use um bom Anti-Vírus sempre que possível

37 VÍRUS E CUIDADOS Atualize suas vascinas Os principais sites para atualizar as vacinas de seu anti- virus são:


Carregar ppt "Unidade I Introdução ao Processamento de Dados. Conceitos Básicos • Computador: máquina composta por circuitos e dispositivos eletrônicos e eletromecânicos."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google