A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Catequese com Adultos 2012-2013 02-02-2013. Catequese com Adultos 2012-2013 02-02-2013.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Catequese com Adultos 2012-2013 02-02-2013. Catequese com Adultos 2012-2013 02-02-2013."— Transcrição da apresentação:

1 Catequese com Adultos

2 Catequese com Adultos

3 Catequese com Adultos A vida de oração  Quando se deve orar?  Desde os tempos mais remotos, os cristãos oram de manhã, às refeições e à noite. Quem não ora regularmente deixará de orar em pouco tempo.  Quem ama uma pessoa e não lhe dá, durante todo o dia, um único sinal do seu amor, não a ama a sério.  O mesmo acontece com Deus. Quem realmente O busca dá-Lhe sinais constantes do seu desejo de proximidade e amizade.

4 Catequese com Adultos A vida de oração  Quando se deve orar?  De manhã, levanta-se e oferece o seu dia a Deus, pede a Sua bênção e solicita a Sua presença para todos os encontros e necessidades do dia. Dá-Lhe graças, sobretudo por ocasião das refeições. E, no fim do dia, coloca-Lhe tudo nas mãos, pede-Lhe perdão e paz para si e para os outros.

5 Catequese com Adultos A vida de oração  Há diversas formas de orar?  Sim, há a oração vocal, a lectio divina e a contemplação. As três formas de oração pressupõem a concentração do coração.

6 Catequese com Adultos A vida de oração  O que é a oração vocal?  Orar é, antes de tudo, elevar o coração a Deus. Não obstante, o próprio Jesus ensinou a orar com palavras. No Pai Nosso, Ele deixou-nos, como Seu testamento e modelo, a oração vocal perfeita.

7 Catequese com Adultos A vida de oração  O que é a oração vocal?  Na oração, não devemos ter simplesmente pensamentos piedosos. Devemos também “exprimir” o que vai no nosso coração, apresentando-o a Deus como lamentação, pedido, louvor ou agradecimento.  Com frequência, são as grandes orações vocais – os salmos e os cânticos da Sagrada Escritura, o Pai Nosso, a Ave-Maria – que nos levam aos verdadeiros conteúdos da oração livre e íntima.

8 Catequese com Adultos A vida de oração  Qual é a essência da lectio divina?  A essência da lectio divina é uma busca orante que emana de um texto ou de uma imagem sagrada e implica uma pesquisa sobre a vontade, os sinais e a presença de Deus.

9 Catequese com Adultos A vida de oração  O que é a contemplação?  É amor, silêncio, escuta, presença diante de Deus.  Para a contemplação são necessários tempo, determinação e, sobretudo, um coração puro.  A contemplação é também frequentemente designada por “oração íntima” ou “oração do coração”.

10 Catequese com Adultos A vida de oração  O que procura um cristão atingir com a meditação?  Na meditação, o cristão procura a tranquilidade, para fazer a experiência da proximidade de Deus e encontrar paz na Sua presença. Ele espera sentir a Sua presença como um imerecido dom da graça; portanto, ele não a acolhe como um produto garantido de uma determinada técnica meditativa.

11 Catequese com Adultos A vida de oração  Por que motivo a oração é por vezes uma luta?  Os mestres espirituais de todos os tempos descreveram o crescimento na fé e no amor a Deus como uma luta na qual se decidem a vida e a morte. O local da batalha é o interior do ser humano. A arma do cristão é a oração. Podemos ser vencidos pelo nosso egoísmo, podemos perder-nos com ninharias – ou ganhar Deus.

12 Catequese com Adultos A vida de oração  Por que motivo a oração é por vezes uma luta?  É necessário também lutar contra o Tentador, que tudo empreende para desviar o ser humano da entrega a Deus.  Se Deus não quisesse que O encontrássemos na oração, não ganharíamos a batalha.

13 Catequese com Adultos A vida de oração  É a oração uma forma de monólogo?  Distintivo da oração é precisamente o facto de que transitamos de um “eu” para um “Tu”, da referência a si mesmo para uma abertura radical.  Quem realmente ora faz a experiência de que Deus fala – e que frequentemente diz algo diferente do que desejávamos e esperávamos.

14 Catequese com Adultos A vida de oração  O que significa termos a experiência de que a oração não resulta?  A oração não procura sucessos evidentes, mas a vontade e a proximidade de Deus.  Quem ora deve deixar Deus totalmente livre para falar quando Ele quer, para realizar o que Ele quer, e para Se dar como Ele quer.

15 Catequese com Adultos A vida de oração  O que significa não sentir nada na oração ou até sentir uma aversão à oração?  Qualquer pessoa que ora tem experiências como a distracção na oração, o sentimento de vazio interior, a aridez e mesmo a aversão à oração. Perseverar na fidelidade é já oração.

16 Catequese com Adultos A vida de oração  Será a oração uma fuga da realidade?  Quem ora não foge da realidade, mas abre os olhos para toda a realidade. Do próprio Deus, todo-poderoso, recebe a força de perseverar na realidade.  Orar é como ir a uma estação de serviço onde o combustível é gratuito para toda a longa estrada e onde até se encontram desafios radicais para a viagem.

17 Catequese com Adultos A vida de oração  Será a oração uma fuga da realidade?  A oração não leva para fora da realidade, mas introduz profundamente nela.  Orar não rouba tempo, mas duplica o tempo restante, enchendo-o de sentido a partir do seu interior.

18 Catequese com Adultos Oração

19 Catequese com Adultos Compromisso  Rezar pelas pessoas que estão sós domingosegundaterçaquartaquintasextasábado “Quando a tua oração se torna árida e rotineira, não desistas. A terra árida anseia pela chuva.”

20 Catequese com Adultos


Carregar ppt "Catequese com Adultos 2012-2013 02-02-2013. Catequese com Adultos 2012-2013 02-02-2013."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google