A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Módulo Básico – Apostila 1 – Ensino 1. Conceito de Identidade  É o conjunto de caracteres próprios e exclusivos com os quais se podem diferenciar pessoas,

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Módulo Básico – Apostila 1 – Ensino 1. Conceito de Identidade  É o conjunto de caracteres próprios e exclusivos com os quais se podem diferenciar pessoas,"— Transcrição da apresentação:

1 Módulo Básico – Apostila 1 – Ensino 1

2 Conceito de Identidade  É o conjunto de caracteres próprios e exclusivos com os quais se podem diferenciar pessoas, animais, plantas e objetos inanimados uns dos outros, quer diante do conjunto das diversidades, quer ante seus semelhantes.

3 Identificando Pessoas... BIOLOGICAMENTE  Animal mamífero  Bípede  Vertebrado  Homeotermo  etc.

4 Identificando Pessoas... FILOSOFICAMENTE  Racional PSICOLOGICAMENTE  Emoções  Sentimentos  Vontade

5 Identificando Pessoas... SOCIALMENTE  Estatura  Cor dos olhos  Nome  Sobrenome  Gestos  Atitudes

6 Identificando Pessoas... TEOLOGICAMENTE  Possui uma alma  Criado por Deus

7 Qual a sua identidade?

8 O nascer da Identidade  O homem recebe sua identidade espiritual no Batismo Sacramental  Nosso Movimento recebe sua identidade com o batismo no Espírito Santo  É preciso receber o “nome de batismo”

9 O DNA da RCC Nome: Renovação Pentecostal ou Carismática Católica Identidade: 1. Batismo no Espírito Santo 2. Prática dos Carismas 3. Vida Comunitária

10 Nossa Identidade

11

12

13 Outros elementos  Aceitação de Jesus como Senhor e Salvador  Cultivo dos dons de santificação  Docilidade ao Espírito Santo  Engajamento pastoral  Amor a Nossa Senhora  Amor e zelo pelo Evangelho  Amor pela Igreja  Vivência sacramental  Conversão, etc.

14 1. Batismo no Espírito Santo  Essência de nossa espiritualidade  Duas dimensões: 1. Batismo Sacramental – realizado em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo 2. Batismo ou Efusão do Espírito Santo – graça posterior que promove uma renovação constante do sacramento

15 1. Batismo no Espírito Santo  João 7,37-38 – Rios de água viva  Batismo, do grego ΒΑΠΤΙΣΜΑ (baptisma)  Imersão, submersão, mergulho  Mt 3,11 – Jesus batiza no Espírito Santo  Significa mergulhar nos Rios de água viva do Espírito Santo!

16 1. Batismo no Espírito Santo  Efusão – derramar, entornar, verter  É o derramamento do Espírito Santo  Ambas as formas significam uma única realidade espiritual, que é a graça da plenitude do Espírito Santo, concedida a uma pessoa que crê em Jesus.

17 1. Batismo no Espírito Santo “A Igreja Primitiva utilizava o Batismo no Espírito Santo para a iniciação cristã. O emprego desta frase, hoje, para o despertar mais tardio da graça sacramental original não significa, de modo algum, um segundo Batismo” Comissão de Serviço Nacional da RCC dos EUA Documento Avivar a Chama

18 Fundamentos “Os pentecostais protestantes não inventaram o Batismo no Espírito. Mais exatamente, ele pertence à integridade da iniciação cristã testemunhada pelo Novo Testamento e pelos primeiros mestres pós-bíblicos da Igreja” Comissão de Serviço Nacional da RCC dos EUA Documento Avivar a Chama

19 Fundamentos “A Igreja de Jerusalém, como todas as outras, situa-se em uma sucessão carismática, uma história do Espírito iniciada com Moisés. O Espírito é uma nova espécie de água” São Cirilo de Jerusalém, citado pela Comissão de Serviço Nacional da RCC dos EUA Documento Avivar a Chama

20 Fundamentos “Ora, esta plenitude do Espírito não devia ser apenas a do Messias; devia ser comunicada a todo o povo messiânico. Por várias vezes Cristo prometeu esta efusão do Espírito (...). Repletos do Espírito Santo, os Apóstolos começam a proclamar "as maravilhas de Deus" (At 2,11), e Pedro começa a declarar que esta efusão do Espírito é o sinal dos tempos messiânicos.” Catecismo da Igreja Católica, n. 1287

21 Fundamentos “Tendo entrado uma vez por todas no santuário do céu, Jesus Cristo intercede sem cessar por nós como mediador que nos garante permanentemente a efusão do Espírito Santo.” Catecismo da Igreja Católica, n. 667

22 Finalidade  Jesus nos batiza no seu Espírito para ficarmos cheios dEle  A partir desta plenitude é que outros efeitos são gerados  Pleno – tradução insuficiente da palavra grega ΠΛΗΡΗΣ(pleres / pleró)  Significado dinâmico  Cheio derramando, como um copo cheio sob uma torneira aberta

23 Destinatários  Não somos merecedores dos méritos divinos, mas Deus nos dá Seu Espírito gratuitamente  Nm 11,29 – o desejo de Moisés  Joel 3,1-3 – o Espírito derramado sobre todo ser vivo  Lc 11,13 – a todos os que pedirem  O Espírito Santo é para todos, sem distinção alguma!

24 Condições  Basta pedir!  Quantas vezes?  Sempre que preciso for!  Até quando?  Até receber!  Como permanecer no Espírito?  Crer em Jesus, converter-se e recebê-lo  Cultivando a santidade que Ele nos dá

25 2. Prática dos Carismas  Mc 16, – os sinais  Afinal, somos carismáticos!  A manifestação dos carismas atesta o nosso batismo no Espírito Santo, acompanhado das manifestações dos sinais do Pentecostes prometidos por Jesus

26 3. Vida comunitária  A família Grupo de Oração  Comunidades de vida e aliança, fruto da Renovação Carismática Católica

27 Conclusão  O Batismo no Espírito Santo sempre esteve presente na Igreja  Está bem fundamentado no ensinamento da Igreja  É uma graça atual, para nossos dias  Milhares de pessoas o recebem dentro da Igreja Católica

28 E você, o que está esperando?


Carregar ppt "Módulo Básico – Apostila 1 – Ensino 1. Conceito de Identidade  É o conjunto de caracteres próprios e exclusivos com os quais se podem diferenciar pessoas,"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google