A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Tecido Conjuntivo Profa Dra Flávia Thomaz Verechia Pereira Unesp - Dracena.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Tecido Conjuntivo Profa Dra Flávia Thomaz Verechia Pereira Unesp - Dracena."— Transcrição da apresentação:

1 Tecido Conjuntivo Profa Dra Flávia Thomaz Verechia Pereira Unesp - Dracena

2 Variedades de Tecido Conjuntivo Propriamente dito (frouxo, denso modelado e não modelado) Com propriedades especiais (tecido elástico, reticular, adiposo, mielóide, linfóide, mucoso) Tecido cartilaginoso Tecido ósseo Sangue (alguns autores)

3 Tecido Conjuntivo células separadas por muito material extracelular menor densidade celular vários tipos de células vasos sangüíneos, linfáticos, nervoso Características Histológicas:

4 sustentação e conexão de outros tecidos / órgãos preenchimento de espaços transporte / nutrição defesa reparação sustentação e conexão de outros tecidos / órgãos preenchimento de espaços transporte / nutrição defesa reparação FUNÇÕES

5 C é lulas que compõem o tecido conjuntivo Fibroblastos Macrófagos Plasmócitos Mastócitos Leucócitos Adipócito Substâncias intercelulares Fibras (colágenas, elásticas e reticulares) Substância fundamental amorfa (SFA) Plasma intersticial

6 Tecido Conjuntivo Principal constituinte: matriz extracelular Prote í nas fibrosas + substância fundamental (SF) SF: complexo viscoso altamente hidrof í lico de macromol é culas aniônicas Principal constituinte: matriz extracelular Prote í nas fibrosas + substância fundamental (SF) SF: complexo viscoso altamente hidrof í lico de macromol é culas aniônicas

7 Fibroblastos Sintetizam colágeno São alongados e os núcleos também REG e Golgi desenvolvidos Fibrócitos (velhos)

8

9 Macr ó fagos Núcleos grandes (forma de rim) Fagocitárias Apresentadoras de antígeno Se originam dos monócitos do sangue

10 Plasm ó citos Núcleo excêntrico (deslocado) REG desenvolvido Originados dos linfócitos B Produzem Anticorpos (Acs)

11 Mast ó citos Elípticas Núcleo central Grânulos de histamina e heparina (vasodilatadora e anticoagulante) – aparece em casos alérgicos

12 Mon ó citos -Polimorfonuclear (PNM); função de fagocitose, principalmente de bact é rias

13 Leuc ó citos Linfócitos T e B

14 Eosin ó filos É um PMN Contém grânulos de enzimas (lisossomos) e histaminase Fagocitam o complexo Ag-Ac Aparecem em processos alérgicos e parasitários

15 Neutr ó filos -PMN; função de fagocitose, principalmente de bact é rias

16 Bas ó filos -Núcleo redondo e grânulos no citoplasma de heparina e histamina

17 Adip ó citos núcleo

18 Fibras do Tecido Conjuntivo COLÁGENAS tipo I - fibras e feixes tendões, pele, ossos tipo II - fibrilas cartilagens tipo III - fibras - reticulares órgãos epiteliais - fígado, rins, glândulas endócrinas hematopoéticos - baço, linfonodos, medula óssea modificação de forma e volume – útero tipo IV - lâmina basal não agregam COLÁGENAS tipo I - fibras e feixes tendões, pele, ossos tipo II - fibrilas cartilagens tipo III - fibras - reticulares órgãos epiteliais - fígado, rins, glândulas endócrinas hematopoéticos - baço, linfonodos, medula óssea modificação de forma e volume – útero tipo IV - lâmina basal não agregam

19 Elásticas Cedem e retornam à forma anterior Artérias, pulmões, ligamentos, orelha Cedem e retornam à forma anterior Artérias, pulmões, ligamentos, orelha

20 colágeno elastina fibras reticulares fibras elásticas fibras colágenas

21 Substância Fundamental Amorfa (SFA) gel hidratado preenchendo os espaços veículo passagem de células e moléculas barreira a microorganismos proteoglicanas glicosaminoglicanas + proteínas compressibilidade glicoproteínas adesivas fibronectina laminina líquido tissular gel hidratado preenchendo os espaços veículo passagem de células e moléculas barreira a microorganismos proteoglicanas glicosaminoglicanas + proteínas compressibilidade glicoproteínas adesivas fibronectina laminina líquido tissular

22 SFA São poliânions e atraem á gua que se ligam à s GAGs formando mol é culas hidratadas (com á gua ligada) Á gua de solvata ç ão: turgidez à matriz São poliânions e atraem á gua que se ligam à s GAGs formando mol é culas hidratadas (com á gua ligada) Á gua de solvata ç ão: turgidez à matriz

23 Plasma Intersticial É a á gua restante livre das mol é culas de GAGs

24

25 Tecido conjuntivos propriamente ditos Existe um equil í brio entre o n ú mero de c é lulas e a quantidade de fibras e SFA Locais : apoio a epitélios, entre fibras musculares, nervosas, ao redor de vasos, dentro de órgãos Existe um equil í brio entre o n ú mero de c é lulas e a quantidade de fibras e SFA Locais : apoio a epitélios, entre fibras musculares, nervosas, ao redor de vasos, dentro de órgãos 1) Tecido Conjuntivo Frouxo

26

27 2) Tecido Conjuntivo Denso Predominância de fibras col á genas que podem se dispor de duas maneiras: Paralelamente – formando o tecido conjuntivo denso modelado (tendões) Entrecruzadas – formando o tecido conjuntivo denso não modelado (derme, c á psula dos ó rgãos) Predominância de fibras col á genas que podem se dispor de duas maneiras: Paralelamente – formando o tecido conjuntivo denso modelado (tendões) Entrecruzadas – formando o tecido conjuntivo denso não modelado (derme, c á psula dos ó rgãos)

28 Tec. conj. denso não-modelado Ex. Derme da pele Tec. conj. denso modelado Ex. Tendão

29 Tecido conjuntivos com propriedades especiais Predominância das fibras el á sticas Locais : art é rias de grande calibre e ligamentos intervertebrais Predominância das fibras el á sticas Locais : art é rias de grande calibre e ligamentos intervertebrais 1) Tecido conjuntivo elástico

30

31 2) Tecido Conjuntivo Reticular Predominam as fibras reticulares Local: ó rgãos hemocitopoi é ticos, gl. adrenal Predominam as fibras reticulares Local: ó rgãos hemocitopoi é ticos, gl. adrenal

32

33 Córtex da Glândula Adrenal

34 3) Tecido Conjuntivo Mucoso H á o predom í nio de SFA Local: Polpa dent á ria (dentes jovens) e no cordão umbilical (neste é chamado de gel é ia de Warton) H á o predom í nio de SFA Local: Polpa dent á ria (dentes jovens) e no cordão umbilical (neste é chamado de gel é ia de Warton)

35 Tec. conj. mucoso- Geléia de Warton (entre os vasos sgs. do cordão umbilical) CORDÃOUMBILICAL

36 Linfócitos Macrófago Adipócitos Plasmócito Capilar Fibra elástica Fibra colágena Neutrófilo Monócito Mastócito Fibroblasto Nervo RESUMÃO FOTOGRÁFICO!!!

37


Carregar ppt "Tecido Conjuntivo Profa Dra Flávia Thomaz Verechia Pereira Unesp - Dracena."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google