A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Curso de Preparação de Palestrantes Espíritas -FEDF - - TURMA MAIO/2011 3º Encontro.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Curso de Preparação de Palestrantes Espíritas -FEDF - - TURMA MAIO/2011 3º Encontro."— Transcrição da apresentação:

1 Curso de Preparação de Palestrantes Espíritas -FEDF - - TURMA MAIO/2011 3º Encontro

2 Atividades a Serem Desenvolvidas – Abertura: Texto, Prece e Exercícios de Respiração e de Entonação de Voz; – Revisão do Conteúdo; – Conceito e perfil do palestrante espírita II; – Intervalo; – Exercício (leitura, discussão e preparo de respostas) e apresentação das respostas; – Encerramento em grupo: mensagem de reflexão, avaliação e prece;

3 Exercício de Respiração (1) (5 minutos) Pulmão Diafragma

4 Exercício de Entonação de Voz (2) (5 minutos) - Precisa-se de 2 Voluntários: 1 homem; e 1 mulher.

5 Exercício de Entonação de Voz Variar as inflexões das frases seguintes, de acordo com o sentimento sugerido: Orgulho Quem manda aqui sou eu! Humildade Quem sou eu ao seu lado... Revolta Isto não fica assim! Cólera Saia da minha frente! Reflexão Vamos ponderar... Excitação Vamos depressa!

6 Exercício de Entonação de Voz Variar as inflexões das frases seguintes, de acordo com o sentimento sugerido: Calma Tem tempo, já vou... Aversão Não suporto esse cheiro. Castigo O senhor está preso! Perdão Por essa vez, vai em paz. Alvoroço Incêndio! Fujam rápido! TranquilidadeÉ boato...

7 Exercício de Entonação de Voz Variar as inflexões das frases seguintes, de acordo com o sentimento sugerido: DesejoQuero morrer na minha terra... Renúncia Partirei em paz. Angústia O médico não chega!... Alívio Graças a Deus... Respeito Receba as minhas homenagens Desprezo Você não sabe o que diz...

8 Exercício de Entonação de Voz Variar as inflexões das frases seguintes, de acordo com o sentimento sugerido: Amor Como te quero, amor! Ódio Maldito sejas pelo ideal perdido Alegria Como estou contente! Tristeza Que coração magoado... Comando Silêncio!

9 Exercício de Entonação de Voz Variar as inflexões das frases seguintes, de acordo com o sentimento sugerido: Pedido Por favor, silêncio... Admiração Que maravilha! Horror Que cena deprimente. Remorso Como lastimo o mal que fiz... Inconsciência O que está feito, está feito. Espanto Onde é que você andou?

10 REVISÃO DE CONTEÚDO 2º ENCONTRO (20 Minutos) (André, Fernanda, Maurício e Waldehir)

11 Conceito de Palestrante (1) – Expositor; – Orador; – Conferencista; – Comunicador; – Professor; – Profissional; – Falador; – Eu & você.

12 Perfil de um bom Palestrante (1) – Simpático; – Determinado; – Convincente; – Agradável; – Incentivador; – Carismático;

13 Dimensões da Comunicação (1) – Espiritual; – Emocional; – Intelectual;

14 Dimensões da Comunicação (2) ESPIRITUAL - A mais importante delas; - Revela a maneira de cada um se expressar; - Mostra a essência do ser nos mais variados contextos da vida; - É a forma pelo qual somos percebidos e reconhecidos pelas outras pessoas; - Revela nosso caráter, nossos valores, nossa autenticidade e a nobreza da alma.

15 Dimensões da Comunicação (2) ESPIRITUAL - Indica que direcionamento damos a nossa vida, como realizamos nossas escolhas e desempenhamos nossos papéis; - É a dimensão que fala da nossa sensibilidade para agir no mundo; - Ensina a perceber melhor as necessidades e interesses dos ouvintes e mantê-los receptivos ao que está proferindo.

16 Dimensões da Comunicação (3) EMOCIONAL - Comunicação que estabelecemos conosco mesmos (Intrapessoal); Diálogo interior; - Identifica as várias percepções que as pessoas têm de si mesmas; - Um palestrante também passa para as pessoas as próprias impressões e/ou os conceitos das coisas. - Falar em público é um ato de responsabilidade: tanto pelo que se fala, quanto pelo que se transmite do que se é e se pensa de nosso semelhante.

17 Dimensões da Comunicação (3) EMOCIONAL - Nós irradiamos pela fala, gestos, postura nosso estado interior. - A comunicação interpessoal é a capacidade para lidarmos com as pessoas; - Quando somos flexíveis, prestamos mais atenção ao que o outro nos fala, entendendo-o melhor; - Nossa percepção fica aguçada e processa mais eficazmente o que o outro nos transmite.

18 Dimensões da Comunicação (4) INTELECTUAL - É desenvolvida pelo esforço diário; - Não desistência ante os obstáculos e as dificuldades enfrentados; - Todo indivíduo imbuído de boa vontade e disposição pode tornar-se um palestrante; - É necessário que se prepare adequadamente para sua exposição; - É importante o planejamento de cada etapa do trabalho;

19 Dimensões da Comunicação (4) INTELECTUAL - Há vários tipos de apresentação; - Possibilita a análise do público-alvo e do ambiente onde ocorrerá o evento; - Objetivos a serem alcançados; - Tempo destinado à apresentação; - Pesquisas/Referencias Bibliográficas; - Utilização de recursos audiovisuais.

20 Dimensões da Comunicação – Corporal (15 Minutos) – Vocal (15 Minutos)

21 Dimensões da Comunicação CORPORAL -. O corpo revela se há congruência entre a expressão corporal e o que se fala. A voz, a palavra, a aparência e a expressão corporal são responsáveis pela transmissão agradável da mensagem ao público.

22 Dimensões da Comunicação CORPORAL -. Visão de Albert Mehrabian sobre a transmissão da mensagem do palestrante para os ouvintes

23 Dimensões da Comunicação CORPORAL -. -Relaciona-se com o estado corporal - Idade; - Sexo; - Aparência - 1º cartão de visita; - Cuidados; - Estado de espírito; etc.

24 Dimensões da Comunicação CORPORAL -. -Relaciona-se com nossa comunicabilidade. É a comunicação por meio dos: - Gestos; - Do olhar; - Da expressão facial.

25 Dimensões da Comunicação CORPORAL Gestos - Poderosos meios de comunicação. - Revelam a emoção ou o estado de ânimo em que nos encontramos. - O Palestrante deve aprender a gesticular adequadamente dando emoção às palavras e evitando gestos inconvenientes.

26 Dimensões da Comunicação CORPORAL O orador ao falar em público deve evitar : Mãos cruzadas na frente do corpo; Mãos atrás do corpo; Mãos no bolso; Mãos na cintura; Mãos segurando um objeto qualquer; Coçar-se; Apoiar-se na mesa ou no microfone; etc.

27 Dimensões da Comunicação CORPORAL O que fazer então? Adotar uma postura básica e neutra; Deixe os braços soltos ao lado do corpo, onde os gestos nascem e morrem, naturalmente; Isso não significa ficar retesado, em posição rígida, ou falar o tempo todo dessa maneira.

28 Dimensões da Comunicação CORPORAL Olhar - Cria conexão com a platéia. - Com ele, o orador colhe informações da audiência; - É por meio do olhar que adentramos no mundo interior das pessoas e somos capazes de influenciá-las;

29 Dimensões da Comunicação CORPORAL Expressão Facial - E um dos recursos valiosos do qual o palestrante deve lançar mão durante a sua fala; - É o modo especial de externar emoções, enriquecendo a expressão da palavra, reforçando-a.

30 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO - Faça gestos representando as seguintes ações ou ideias Força;

31 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO - Faça gestos representando as seguintes ações ou ideias Deixar para lá;

32 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO - Faça gestos representando as seguintes ações ou ideias Firmeza;

33 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO - Faça gestos representando as seguintes ações ou ideias Rejeitar;

34 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO - Faça gestos representando as seguintes ações ou ideias Liberdade;

35 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO - Faça gestos representando as seguintes ações ou ideias Deus;

36 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO - Faça gestos representando as seguintes ações ou ideias Dúvida;

37 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO – Para Casa Faça gestos representando as seguintes ações ou ideias Força; Descer; Afirmar; Deixar para lá; Não me interessa; Firmeza;

38 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO – Para Casa Faça gestos representando as seguintes ações ou ideias Integridade; Rejeitar; Todos nós; Um, dois, três; Adiar; Liberdade;

39 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO – Para Casa Faça gestos representando as seguintes ações ou ideias Retidão; Empurrar; Deus; Todos vocês; Determinação; Detalhe;

40 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO - Faça gestos representando as seguintes ações ou ideias Dúvida; Coerência; Ritmo constante; Antipatia;

41 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO - Sentado numa posição confortável, relaxe e imagine-se um grande ator. De preferência, faça o exercício na frente de um espelho. Logo abaixo você terá algumas sensações para exercitar sua expressividade facial vamos reproduzi-las

42 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO - Expressividade Facial Alegria;

43 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO - Expressividade Facial Tristeza;

44 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO - Expressividade Facial Medo;

45 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO - Expressividade Facial Raiva

46 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO - Expressividade Facial Ansiedade ou apreensão;

47 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO – Para Casa Expressividade Facial Alegria; Tristeza; Malícia; Traquinagem; Medo; Espanto; Surpresa;

48 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO – Para Casa Expressividade Facial Raiva Cansaço Paz interior Reprovação Tentativa de se recordar de algo Dor Ansiedade ou apreensão;

49 Dimensões da Comunicação VOCAL -. Dicção : A dicção é a pronúncia dos sons das palavras. A deficiência na dicção é quase sempre provocada por negligência. É costume quase generalizado omitir os R e os S no final das palavras. Um exercício útil para melhorar a dicção é fazer leitura em voz alta.

50 Dimensões da Comunicação VOCAL -. Ênfase É a energia da fala, a vitalidade das palavras faladas. A colocação correta da sílaba tônica é o primeiro passo na ênfase, porque a força e a vida das palavras estão na sua tônica. Assim como a palavra tem a sua sílaba tônica, em uma frase existem palavras que exigem maior ênfase ao serem enunciadas.

51 Dimensões da Comunicação VOCAL -. Entonação  É a música da linguagem. Cada palavra tem a sua entonação certa, sugerida pelo seu significado. A variedade melódica da entonação tem por finalidade facilitar a compreensão. Pronúncia  É a articulação que dá claridade e nitidez à palavra. A boa articulação faz ressaltar todas as qualidades da voz. Elementos fundamentais: vogais + consoantes + sílabas.

52 Dimensões da Comunicação VOCAL -. Ritmo Cada orador e cada assunto terão sua velocidade própria, dependerão da capacidade de respiração, da emoção, da clareza da pronúncia e da mensagem transmitida.

53 Dimensões da Comunicação VOCAL -. Altura e Intensidade - É preciso exercitar e variar a intensidade da voz: forte ou fraca. - A voz precisa encontrar a altura adequada – aguda ou grave – para não irritar os ouvintes. - A voz é o veículo fundamental no transporte da mensagem e que, portanto, requer cuidado para não prejudicar a comunicação.

54 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO TRAVA LÍNGUA -. 1) Em cima daquele morro tem uma arara loura. A arara loura fala. Fala, arara loura!

55 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO TRAVA LÍNGUA -. 2) O tigre estraga o trigo, tire o tigre do trigal

56 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO TRAVA LÍNGUA -. 3) Um tigre, dois tigres, três tigres me intrigam.

57 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO TRAVA LÍNGUA -. 4) A aranha arranha o jarro. O jarro arranha a aranha.

58 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO TRAVA LÍNGUA -. 5) O pinto pia, a pipa pinga. Quanto mais o pinto pia mais a pipa pinga.

59 Dimensões da Comunicação EXERCÍCIO TRAVA LÍNGUA -. 6) O peito do pé de Pedro é preto. É preto o peito do pé de Pedro.

60 Curso de Preparação de Palestrantes Espíritas INTERVALO (10 Minutos) APÓS O INTERVALO, DIRIJAMO- NOS ÀS SALAS DE 1 A 4

61 Recomendações de leituras para 4º Encontro – Texto - Como falar em público sem desencarnar de medo; Capítulo 5 da Apostila da FEB

62 Autoavaliação – Como eu estou me preparando durante a semana para o nosso curso? Estou lendo os textos sugeridos?

63 Desafio para uso do Blog Cada participante deve ter pelo menos uma participação no Blog durante a semana...


Carregar ppt "Curso de Preparação de Palestrantes Espíritas -FEDF - - TURMA MAIO/2011 3º Encontro."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google