A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Carla Martins e Helena Ribeiro OBERVAÇÃO DA REDE GEODÉSICA DE 2ª ORDEM COM GPS OBERVAÇÃO DA REDE GEODÉSICA DE 2ª ORDEM COM GPS Aveiro 5-6 de Dezembro de.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Carla Martins e Helena Ribeiro OBERVAÇÃO DA REDE GEODÉSICA DE 2ª ORDEM COM GPS OBERVAÇÃO DA REDE GEODÉSICA DE 2ª ORDEM COM GPS Aveiro 5-6 de Dezembro de."— Transcrição da apresentação:

1 Carla Martins e Helena Ribeiro OBERVAÇÃO DA REDE GEODÉSICA DE 2ª ORDEM COM GPS OBERVAÇÃO DA REDE GEODÉSICA DE 2ª ORDEM COM GPS Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002 III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA

2 Características da Rede n Observações de campo iniciadas em 1998 ä 4 receptores GPS de dupla frequência ä 4 vértices por sessão, 2 de 1ª ordem e 2 de 2ª ordem ä Sessões de 2 horas ä Posicionamento estático ä Intervalo de recepção de dados a 15 segundos ä Máscara de elevação a 10 graus ä 370 vértices geodésicos de 2ª ordem observados Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002 III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA

3 Características da Rede n Critérios para a selecção dos VG de 2ª Ordem   Perto de sedes de concelho para apoio à cartografia local;   Bons acessos;   Distribuição uniforme;   Adensamento junto à fronteira e à costa. Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002 III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA

4 Observação da Rede Geodésica Nacional de 2ª Ordem Estacionamento no VG Monsanto-TF8 Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002 III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA

5 Processamento com GeoGenius Processamento com GeoGenius n Sistema de referência base utilizado - WGS84 n Inserção de ficheiros sessão a sessão no processamento n Parâmetros de configuração do processamento –Elevação mínima de 10 graus –Preferência - código P –Intervalo de processamento de 15 segundos –Tipo de órbita - transmitida –Frequência L1/L2 –Satélite de referência GPS - automático Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002 III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA

6 As Fases do Processamento As Fases do Processamento n Processamento linha a linha n Varrimento das linhas base n Correcções aos dados de campo e aos centros de fase das antenas n Tipo de altura usada Vertical Verdadeira Ambiguidades fixas - Linhas verdes Ambiguidades fixas - Linhas verdes Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002 III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA

7 Condicionantes dos Vectores GPS Condicionantes dos Vectores GPS n Quando há erros grosseiros provocados pelos utilizadores dos receptores: –na medição incorrecta da altura das antenas; –no nome errado das estações; –erros na centragem da antena; –escasso tempo de observação em situação de existência de poucos satélites. n Quando não há condições ideais de aquisição de dados: –alto PDOP; –existência de multitrajecto; –muitos satélites a baixa altitude; –muitos saltos de ciclo; –tempo insuficiente de observação. Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002 III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA

8 Resultados do Processamento Resultados do Processamento Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002 III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA Vectores Processados Vectores Processados 1093 Vectores Activos Vectores Activos 1015 Vectores Desactivados Vectores Desactivados 78 Soluções Fixas Soluções Fixas 1015

9 Resultados do Processamento Resultados do Processamento Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002 III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA L1 a amarelo - 36% Lc a laranja - 64% Ln e Lw - sem significado

10 Resultados do Processamento Resultados do Processamento Valor Máx em Planimetria 4,8 mm Valor Máx em Altimetria Valor Máx em Altimetria 8,5 mm Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002 III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA

11 IBERIA95-Base da Rede n Projecto IBERIA95 – –Observação de 8 a 12 de Maio de 1995 – –Cooperação entre IGNE e o ex-IPCC – –A rede consiste em 38 estações (27 espanholas e 11continentais) n n Objectivos – –Densificação regional do European Terrestrial Reference Frame 1989 (ETRS89) – –Melhoria da precisão das coordenadas dos pontos pertencentes à rede EUREF89 estabelecendo uma rede tridimensional de alta precisão III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002

12 Estratégia de Cálculo n Efemérides de Precisão e Parâmetros de Rotação Terrestres do IGS n Foram usadas Estações Permanentes GPS com coordenadas ITRF96 transformadas para a época (época de observação) com as respectivas velocidades em ITRF96 n Calcularam-se as coordenadas dos pontos IBERIA em ITRF96 para a época com o software Bernese GPS V. 4.0 n Posteriormente aplicou-se uma transformação de coordenadas para obter o ETRS89 de acordo com os parâmetros de transformação do IERS (Boucher, Altamimi). Referencial de Ordem Zero para o ITRF96 III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002

13 Ajustamento da Rede Ajustamento da Rede Ajustamento de Rede de 1ª Ordem IBERIA95 ä 11 pontos fixos da campanha IBERIA95 IP01-Santa Luzia; IP02-Leixões-TGGS; IP03-Lagoaça-Pilar Astronómico; IP04-Caramulo; IP05-Monsanto-TF8; IP06-Melriça-TF4; IP07-Cascais-TGGS; IP08-Lisboa; IP10- Poldra; IP11-Lagos-TGGS; IP12-Cabeça. Ajustamento de Rede de 2ª Ordem ä54 pontos fixos da Rede de 1ª Ordem äITRF96 e ETRS89 Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002 III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA

14 Rede de 2ªOrdem Rede de 2ªOrdem VG a azul-98/99 VG a verde-2001 VG a roxo-2002 Rede actual-40% Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002 III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA

15 Ajustamento da Rede Ajustamento da Rede Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002 III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA

16 Análise dos Resultados Finais n Resultados Finais HOs valores das elipses de confiança a 95% são os seguintes: Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002 III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA H 73% entre os 4 e os 5 cm H 11% abaixo destes valores H 16% acima destes valores

17 Análise ao Programa Análise ao Programa n A nível do Processamento com o GeoGenius H Maior rapidez de processamento H As operações de tratamento são referidas a cada satélite individualmente n A nível do Ajustamento com o GeoGenius H Permite apenas utilizar uma das seguintes opções Matriz de variâncias/covariâncias do processamento Matriz de variâncias/covariâncias do processamento Os valores do desvio padrão e dos ppm pré- Os valores do desvio padrão e dos ppm pré- -definidos pelo utilizador -definidos pelo utilizador Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002 III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA

18 Conclusões H Obtiveram-se coordenadas geocêntricas ITRF96 e ETRS89 com os respectivos Desvios Padrões, por ex. o melhor e pior VG do ajustamento Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002 III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA

19 Conclusões H Possibilitando uma boa integração entre a rede clássica e as modernas técnicas de posicionamento (GPS, GLONASS, GALILEO,…) H Coordenadas base para o ajustamento da rede de 3ª ordem H A revisão dos nossos Data (DtLx e Dt73) ???? Aveiro 5-6 de Dezembro de 2002 III CONFERÊNCIA NACIONAL DE CARTOGRAFIA E GEODESIA


Carregar ppt "Carla Martins e Helena Ribeiro OBERVAÇÃO DA REDE GEODÉSICA DE 2ª ORDEM COM GPS OBERVAÇÃO DA REDE GEODÉSICA DE 2ª ORDEM COM GPS Aveiro 5-6 de Dezembro de."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google