A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Estrutura das palavras Observe: meninomeninosmenininhos As palavras podem ser decompostas em partes menores. Observe: menin o menin o s menin inh o s.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Estrutura das palavras Observe: meninomeninosmenininhos As palavras podem ser decompostas em partes menores. Observe: menin o menin o s menin inh o s."— Transcrição da apresentação:

1

2 Estrutura das palavras

3 Observe: meninomeninosmenininhos As palavras podem ser decompostas em partes menores. Observe: menin o menin o s menin inh o s Cada uma dessas partes é chamada de morfema ou unidade significativa, porque são as menores formas de significado.

4 Morfemas São as unidades mínimas de caráter significativo, capazes de se articularem para constituir a palavra. Repare em algumas dessas unidades mórficas destacáveis: noiv - aris -otrabalh - ar noiv – inh – a ris – onh - otrabalh - ador noiv - adoris - adatrabalh - adeira

5 Estrutura das palavras Os elementos mórficos (morfemas) da estrutura das palavras são: radical, desinência, afixos, vogal temática e tema Radical É o elemento principal da palavra, a base de seu significado. Noivado  radical noiv- risonha  radical ris- trabalhar  radical trabalh- Os radicais são elementos comuns às palavras da mesma família etimológica (da mesma origem).

6 Palavras cognatas Chamam-se cognatas as palavras que conservam o mesmo radical. olh -osacud - ir olh - adosacud -ida olh - eirosacud - idona ca - olh - osacud - idela Cuidado com os falsos cognatos - palavras semelhantes em sua forma gráfica, mas que diferem quanto ao significado.

7 Desinência É o elemento que se acrescenta ao radical para indicar flexão. A de- sinência pode ser: nominal (gênero e número) ou verbal (modo- temporal - quando indica o modo e o tempo dos verbos e número- pessoal quando indica a pessoa e o número). gatas radical desinência nominal de gênero desinência nominal de número

8 fôssemos radical desinência modo-temporal desinência número-pessoal

9 Desinências a) Desinências nominais – informam o gênero e o número dos nomes. Ex.: garot - a - s feminino plural b) Desinências verbais – informam o modo, o tempo, o número e a pessoa dos verbos. Ex.: junt – á – sse - mos Desinência modo-temporal Desinência número-pessoal

10 Desinências modo-temporais Desinências Modo-temporais ModoTempoConjugaçã o DesinênciasExemplos IndicativoPret. imperfeito1ª -va, -veCantavas, cantáveis Pret. imperfeito2ª e 3ª -ia, -ieDevias, devíeis Pret. mais-q-perfeitotodas -ra, re (átono)Cantara, deverêis Fut. do presentetodas-ra,- re (tônico)Cantará, deveremos Fut. do pretéritotodas -ria, -rieCantaria, partirieis Subjuntiv o Presente 1 1ª-eCantemos, canteis Presente2ª e 3ª-aDevas, devais Pret. imperfeitotodas-sseCantasses, devêssemos Futuro 2 todas-rCantares, devermos Imperativ o Negativo 1 1ª-eNão cantem, não canteis Negativo2ª e 3ª-aNão devas, não partamos InfinitivoPessoaltodas-rCantarem, partirdes

11 Desinências número-pessoais NúmeroPessoaPresente do Indicativ o Pretérito perfeito do indicativ o Futuro do presente do Indicativ o Futuro do Subjuntiv o Infinitiv o Pessoas Outros tempos Singular 1ª-o-i --- 2ª-s-ste-s-es -s 3ª-u---- Plural 1ª-mos 2ª-is-stes-is-des -is 3ª-m-ram-ão-em -m

12 Afixos São os elementos significativos secundários, juntados ao radical para formar palavras novas. Quando o afixo vem antes do radical, chama-se prefixo e, quando vem depois, sufixo. res- pingosobre-viver prefixo feliz - mentecharut - aria sufixo

13 Vogal temática e Tema Vogal temática é a vogal que sucede o radical dos verbos ou dos nomes. Em verbos, indica a conjugação a que eles pertencem. -a – que indica a 1ª conjugação: junt a mos -e – que indica a 2ª conjugação: bat e ndo -i – que indica a 3ª conjugação: sent i a Tema é o radical acrescido da vogal temática, isto é, pronto para receber as desinências. Ex.: beb+e = bebe (tema)

14 Vogal e consoante de ligação É a vogal ou a consoante cuja função é unicamente ligar dois morfemas. Trata-se de elementos sem significação própria que apenas facilitam a pronúncia das palavras. Ex.: cha l eira gas ô metrocafé t eira

15 Bibliografia Cunha, Celso. Nova gramática do português contemporâneo / Celso Cunha e Luis F Lindle Cintra. Rio de Janeiro: Nova Fronteira. Sacconi, Luiz Antônio Nossa Gramática: Teoria e Prática – NGTP/Luiz Antônio Sacconi. – 18. ed. reform. e atual. – São Paulo: Atual, Cipro Neto, Pasquale Gramática da Língua Portuguesa / Pasquale e Ulisses. – São Paulo: Scipione, 1998.


Carregar ppt "Estrutura das palavras Observe: meninomeninosmenininhos As palavras podem ser decompostas em partes menores. Observe: menin o menin o s menin inh o s."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google