A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Quando se ama alguém, tem-se sempre tempo para essa pessoa. E se ela não vem ter connosco, nós esperamos. O verbo esperar torna-se tão imperativo como.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Quando se ama alguém, tem-se sempre tempo para essa pessoa. E se ela não vem ter connosco, nós esperamos. O verbo esperar torna-se tão imperativo como."— Transcrição da apresentação:

1 Quando se ama alguém, tem-se sempre tempo para essa pessoa. E se ela não vem ter connosco, nós esperamos. O verbo esperar torna-se tão imperativo como o verbo respirar. A vida transforma-se numa estação de comboios e o vento anuncia-nos a chegada antes do alcance do olhar. O amor na espera ensina-nos a ver o futuro, a desejá-lo, a organizar tudo para que ele seja possível. É mais fácil esperar do que desistir. É mais fácil desejar do que esquecer. É mais fácil sonhar do que perder. E para quem vive a sonhar, é muito mais fácil viver. in Diário da tua Ausência Margarida Rebelo Pinto

2  Filha de Jaime de Lemos Rebelo Pinto e de sua mulher Helena Maria Firmino Cansado Valente (29 de Agosto de 1937), Margarida Rebelo Pinto licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas na Universidade Clássica de Lisboa e iniciou a actividade de jornalista em várias publicações como: O Independente, Se7e, Marie Claire e Diário de Notícias. Enquanto escritora, escreveu seis romances, quatro livros de crónicas, um livro para crianças e uma biografia.  Actualmente, as suas obras encontram-se traduzidas na Espanha, Brasil, Países Baixos, Bélgica, Alemanha e Lituânia.  Paralelamente à escrita, Margarida dedicou-se também ao cinema, sendo a autora do telefilme da SIC Um Passeio no Parque e, mais recentemente, às peças de teatro.  É divorciada de Pablo Feron e mãe de Lourenço Rebelo Pinto Feron, nascido a 17 de Outubro de É prima em segundo grau de Catarina Wallenstein e prima em quarto grau de Pedro Granger.

3  Sei Lá  Herman Superstar (Biografia de Herman José)  Não há Coincidências  As Crónicas da Margarida  Alma de Pássaro  Artista de Circo  I'm in Love With a Pop Star  Nazarenas e Matrioskas  Pessoas como Nós  Diário da Tua Ausência  Vou Contar-te um Segredo  A Rapariga que Perdeu o Coração  Gugui, o Dragão Azul  Português Suave  Onde Reside o Amor  O Dia em Que Te Esqueci  A Minha Casa é o Teu Coração  Minha Querida Inês  O Amor é Outra Coisa

4 Prémio Literário Fnac, para Sei lá

5

6 Margarida Rebelo de Pinto  “As mulheres gostam de pensar que podem mudar os homens e, às vezes, até conseguem, mas essas mudanças só resultam se, de facto, os homens quiserem mudar; porque se o tentarem fazer só para agradar, tais alterações resultam em efeito «boomerang»: mais tarde ou mais cedo, eles regressam à sua verdadeira essência. E quanto mais tarde, pior."  "Depois dos 40 já ninguém corre atrás de ninguém, já ninguém se mata por nada, já ninguém no seu perfeito juízo embarca em sonhos impossíveis de realizar. E, por isso, tudo se torna mais simples."

7  Margarida Rebelo Pinto parte de histórias do dia-a-dia, episódios banais da vida em casal, peripécias em que muitos leitores se vão reconhecer para fazer um tributo aos sentimentos que iluminam a vida a dois.  Por isso, este não é apenas um livro sobre o amor. É também um livro sobre mágoas e expectativas frustradas, desilusões e recomeços. Nas relações, não há culpados ou inocentes, bons ou maus, justos ou pecadores.  O amor tem muitas caras e formas variáveis, tanto pode ser fiel quanto traiçoeiro, fugaz quanto eterno, sereno quanto inquietante. Mas no fundo todos queremos amar e ser amados, todos desejamos ter sorte no eterno jogo do dar e do receber atenção, carinho e afecto, escreve Margarida Rebelo Pinto. “Há sempre uma primeira vez para tudo na vida e com o amor verdadeiro é sempre a primeira vez. E ainda bem, conclui a escritora no prefácio do livro.”

8 kEk36k


Carregar ppt "Quando se ama alguém, tem-se sempre tempo para essa pessoa. E se ela não vem ter connosco, nós esperamos. O verbo esperar torna-se tão imperativo como."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google