A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Dra Janine Gomes Cassiano Terapeuta Ocupacional Docente do DTO UFMG III Conferencia Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Dra Janine Gomes Cassiano Terapeuta Ocupacional Docente do DTO UFMG III Conferencia Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa."— Transcrição da apresentação:

1 Dra Janine Gomes Cassiano Terapeuta Ocupacional Docente do DTO UFMG III Conferencia Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa

2  Todas as pessoas nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotadas de razão e consciência e devem agir em relação umas às outras com espírito de fraternidade.

3  Significado de Dignidade  s.f. Qualidade de quem é digno; nobreza; respeitabilidade.  Cada coisa tem o seu valor; ser humano, porém tem dignidade“ (Kant)”(Kant)”

4  Significado de Digno  adj. Merecedor: digno de elogios. Apropriado, conforme: filho digno do pai. Honesto, honrado: um homem muito digno.

5  A dignidade se baseia no reconhecimento da pessoa como ser digno de respeito.dignidade  É uma necessidade emocional que todos nós temos de reconhecimento público de se ter feito bem as coisas, em relação a autoridades, amigos, círculo familiar, social, entre outros.

6  A dignidade pessoal e a honra não podem ser protegidas por outros. Devem ser zeladas pelo indivíduo em particular.  Quando alguém compreende que é contrário à sua dignidade de homem obedecer a leis injustas, nenhuma tirania pode escravizá-lo.

7 “Conserve a sua dignidade; conserve a sua integridade. Ninguém pode menosprezá-lo, a não ser você”. integridade

8  O envelhecimento diz respeito diretamente à própria afirmação dos direitos humanos fundamentais.  Atente-se para o fato de que a velhice significa o próprio direito que cada ser humano tem de viver muito, mas, certamente, viver com dignidade. Paulo R. Ramos

9  Efeito de envelhecer com honra,reconhecimento e respeito  Quem envelhece com dignidade

10  A juventude é a época de se estudar sabedoria; a velhice é a época de a praticar. Jean Jacques Rousseau Jean Jacques Rousseau

11

12 Igualdade e Fraternidade; Dignidade Humana; Liberdade; Justiça e Segurança; Proteção Legal dos Direitos; Paz e Solidariedade Universal; Estado Democrático; Direitos Sociais e Individuais; Bem-estar.

13 No artigo 30, ela estabelece como objetivos: Construir uma sociedade livre, justa e solidária; Garantir o desenvolvimento nacional; Erradicar a pobreza e a marginalização; Reduzir as desigualdades sociais e regionais; Promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

14

15  Art A família, a sociedade e o Estado têm o dever de amparar as pessoas idosas, assegurando sua participação na comunidade, defendendo sua dignidade e bem-estar e garantindo- lhes o direito à vida.  § 1º - Os programas de amparo aos idosos serão executados preferencialmente em seus lares.  § 2º - Aos maiores de 65 anos é garantida a gratuidade dos transportes coletivos urbanos

16 EstadoSociedadeFamília

17 Desenvolvimento Relacionamento Conhecimento Pessoal Social Eu e o outro Coletividade Aprendizado experiências

18

19 Família Almeida Família Cassiano Família Ferreira Família Santos Família Silva

20  Estado é a forma democrática pela qual e submissa à lei de defender os interesses do povo.  O povo brasileiro decidiu que nossa forma de governo é republicana, que nosso sistema de governo é presidencialista e que a forma de nosso Estado é federativa.

21 O Poder Executivo deve praticar atos de chefia de Estado, executa a lei. O Poder Legislativo deve criar e aprimorar as leis. O Poder Judiciário deve julgar, defendendo o cumprimento das leis.

22 No entanto, nenhum desses poderes é soberano. Isto porque o poder popular é uno e indivisível.  O povo, único titular legítimo do Estado, apenas atribui competências para cada poder, que devem ser exercidas com eficiência e dentro dos parâmetros ético jurídicos.

23  a Constituição de 1988, também chamada de "Constituição Cidadã" por ser o texto constitucional mais democrático que o País já possuiu, consagrou um contexto favorável à participação dos cidadãos nos processos de tomada das decisões políticas essenciais ao bem-estar da população.

24  Participação do cidadão na gestão pública, na fiscalização, no monitoramento e no controle das ações da Administração Pública.  Trata-se de importante mecanismo de prevenção da corrupção e de fortalecimento da cidadania.

25

26  A cidadania política é o conjunto de direitos e deveres ao qual um indivíduo está sujeito em relação à sociedade em que vive. Designa a participação do povo no exercício do poder político, no direito de escolher seus representantes.  O exercício implica de um lado a existência de um processo eleitoral autêntico e por outro de governantes que de fato governem, o que supõe a presença de um Parlamento forte na tomada das decisões nacionais. Leia mais em: BRASIL/pagina1.html#ixzz1VCT5NigRhttp://www.webartigos.com/articles/44884/1/A-CIDADANIA-NO- BRASIL/pagina1.html#ixzz1VCT5NigR

27 Estado Sociedade Família

28  Jesus fez muitos milagres  Ressuscitou Lazaro – Tirai a pedra  Multiplicou o pão – quanto temos?

29

30  Se viver muito com dignidade é um direito de todo ser humano, já que significa a própria garantia do direito à vida, o Estado precisa desenvolver e disponibilizar às pessoas envelhecidas toda uma rede de serviços capaz de assegurar a todas essas pessoas os seus direitos básicos, como, por exemplo, saúde, transporte, lazer, ausência de violência tanto no espaço familiar como no espaço público. P.R.Ramos

31  A rede da qual se está falando deve ser formada, nos municípios maiores, por  Promotoria do Idoso,  Vara do Idoso,  Defensoria do idoso,  Conselho de Direitos do Idoso,  atendimento domiciliar ao idoso,  residência temporária para idosos vítimas de violência, Paulo R. Ramos

32  Centro-dia para atendimento de idosos que necessitam de atendimento diário especializado e continuo,  oficina abrigada de trabalho para que o idoso complemente a sua renda,  casas-lares, Paulo R. Ramos

33  capacitação de cuidadores de idosos e conselheiros,  reserva de leitos em hospitais gerais,  atendimento especializados nos consultórios dos hospitais públicos, os quais devem possuir médicos geriatras. Paulo R. Ramos

34  A interlocução entre todos esses órgãos e instituições torna-se essencial para a garantia dos direitos dos direitos dos idosos, bem como para inserção nos orçamentos dos recursos necessários para o atendimento das demandas das pessoas idosas. Paulo R. Ramos

35  Possível apenas se os idosos estiverem comprometidos com a sua dignidade.

36 “ Que possamos celebrar (...) o início de uma cultura de respeito à cidadania, capaz de implementar, de forma plena e ampla, a absoluta prevalência à dignidade humana.” (Flávia Piovesan)

37 Obrigada!


Carregar ppt "Dra Janine Gomes Cassiano Terapeuta Ocupacional Docente do DTO UFMG III Conferencia Estadual dos Direitos da Pessoa Idosa."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google