A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IX SEMINÁRIO DE AVALIAÇÃO DO MERCADO DE DERIVADOS DE PETRÓLEO E BIOCOMBUSTÍVEIS Ano-Base 2013 Superintendência de Abastecimento 12 de março de 2014.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IX SEMINÁRIO DE AVALIAÇÃO DO MERCADO DE DERIVADOS DE PETRÓLEO E BIOCOMBUSTÍVEIS Ano-Base 2013 Superintendência de Abastecimento 12 de março de 2014."— Transcrição da apresentação:

1 IX SEMINÁRIO DE AVALIAÇÃO DO MERCADO DE DERIVADOS DE PETRÓLEO E BIOCOMBUSTÍVEIS Ano-Base 2013 Superintendência de Abastecimento 12 de março de 2014

2 SUMÁRIO Bloco I Mercado de Combustíveis 2013 Principais Atividades SAB 2013 Gasolina e Etanol QAV e GAV Óleo Diesel e Biodiesel GNV Bloco II Mercado de Combustíveis 2013 GLP Solventes Asfaltos Lubrificantes

3 Mercado de Combustíveis em 2013 Quantitativo de Agentes Resultados Gerais

4 Fornecedores 16 Refinarias de Petróleo 381 Usinas de Etanol 312 Importadores e Exportadores de Petróleo e Derivados 134 Produtores de Lubrificantes 173 Importadores de Lubrificantes 19 Rerrefinadores de Lubrificantes 64 Produtores de Biodiesel (AO) Distribuidores 214 Distribuidoras de Combustíveis Líquidos 28 Distribuidoras de Solventes 22 Distribuidoras de GLP 27 Distribuidoras de Asfaltos 4 Distribuidoras de Combustíveis de Aviação Revendedores 386 TRR Revendedores Varejistas de Combustíveis Líquidos ( Bandeira Branca) Revendedores de GLP 209 Revendedores de Aviação 33 Coletores de Lubrificantes Consumidores Pontos de Abastecimento (instalações) 37 Consumidores Solventes Quantitativo de Agentes Econômicos Dados referentes a dezembro de Total: agentes

5 Quantitativo de Agentes Econômicos Dados referentes a dezembro de 2013.

6 Distribuição de Combustíveis Líquidos Aumento de capacidade de armazenamento +5,3% +1,2% +9,8% - 0,6% +4,2% ( ,52 m3) (+8.921,13 m3) ( ,13 m3) (-8.854,51 m3) ( ,32 m3) Produto Capacidade Atual (m3) % (2013/2012) Óleo diesel ,66 3,6% Gasolina automotiva ,54 1,2% Etanol hidratado ,81 2,6% Óleo combustível ,68 -0,8% Etanol anidro ,00 2,3% Querosene de aviação ,05 0,0% Biodiesel ,84 13,3% Outros ,69 0,3% Fonte: SIMP, ANP 2013 AgenteQuantidade Distribuidoras novas +2 Distribuidoras canceladas -27 Total de distribuidoras214

7 Transportadores Revendedores Retalhistas (TRR) +5,8% + 16,1% 0% - 1,37% +4,7% (+ 340,00 m3) (+ 564,95 m3) (- 203,56 m3) (+ 675,03 m3) Produto Capacidade Atual (m3) % (2013/2012) Óleo diesel B ,46 +3,1% Fonte: SIMP, ANP 2013 AgenteQuantidade TRRs novos +8 TRRs cancelados -2 Total de TRRs386 Aumento de capacidade de armazenamento

8 Distribuidoras de GLP + 0,3% +3,9% +8,1% (+ 93,55 m3) ( ,79 m3) ( ,36 m3) +1,3% (+ 221,14 m3) Produto Capacidade Atual (m3) % (2013/2012) GLP ,90 +3,3% Fonte: SIMP, ANP % AgenteQuantidade Distribuidoras de GLP novos +1 Distribuidoras de GLP canceladas 0 Total de Distribuidoras de GLP22 Aumento de capacidade de armazenamento

9 Mercado de Combustíveis em 2013 Resultados Gerais Quantitativo de Agentes

10 Combustíveis – Vendas Internas Vendas de Distribuidoras declaradas via SIMP. Fonte GNV: Abegás

11 Combustíveis – Preços Médios ao Consumidor Preços nominais. Fonte: ANP/CDC

12 Combustíveis – Matriz de Consumo Veicular Percentuais calculados sobre volumes convertidos em toneladas equivalentes de petróleo (tep). Etanol Total: 14,1% Etanol Total: 12,7%

13 Principais Atividades SAB 2013 RegulamentaçõesRegulamentações Consolidação ODBTE GFLGFL Comércio Exterior

14 Regulamentações 7 Atos publicados (Resoluções) - n º 03 – Altera a Resolução ANP nº 34/07; - n º 04 – Altera a Resolução ANP nº 33/07; - n º 05 – Altera a Resolução ANP nº 67/07; - n º 29 – Altera a Resolução ANP nº 67/07; - n º 33 – Altera a Resolução ANP nº 15/05; - n º 41 – Autorização para o exercício da atividade de revenda varejista - n º 45 – Formação de estoques semanais médios de combustíveis A nova resolução para o exercício da atividade de distribuição de combustíveis líquidos encontra-se em fase final de elaboração.

15 Dar previsibilidade ao fornecimento de etanol anidro, por meio de contratos entre fornecedores e distribuidores Estimular a formação de estoques pelos fornecedores de etanol e distribuidores de combustíveis, a fim de garantir o suprimento no período de entressafra da cana Res. 67/11 Safra 2013/2014 (maio a dezembro) Market Share Nacional Distribuidoras em Regime de Contrato 7396,73% Distribuidoras em Compra Direta 59 3,11% Distribuidoras sem meta60,16% Total de Distribuidoras138100% OBJETIVOSOBJETIVOS Safra 2013/2014 Volume comercializado de gasolina C de maio a dezembro de m³ Volume de etanol anidro correspondente à comercialização de gasolina C realizada de maio a dezembro de m³ Meta de contratação (90% da comercialização de gasolina C realizada no ano civil de 2013) m³ Volume contratado para toda a safra 2013/ m³ Regulamentação Res. 67: Etanol – Distribuidor Acima da Meta

16 Dar previsibilidade ao fornecimento de etanol anidro, por meio de contratos entre fornecedores e distribuidores Estimular a formação de estoques pelos fornecedores de etanol e distribuidores de combustíveis, a fim de garantir o suprimento no período de entressafra da cana Res. 67/11 Safra 2013/2014 NºVolume (mil m³) Total de produtores com meta de contratação de etanol anidro no sistema264- Total de produtores que contrataram, em 2013, mais de 90% da comercialização de etanol realizada em Total de produtores sujeitos à meta de estoque de 25% da comercialização de 2012 no dia 31/01/ Total de produtores que não cumpriram a meta de estoque de 31/01/ (17,4%) Total de produtores que cumpriram a meta de estoque de 31/01/ (82,6%) OBJETIVOSOBJETIVOS Elevado Baixo Regulamentação Res. 67: Etanol – Produtor

17 Principais Atividades SAB 2013 Comércio Exterior RegulamentaçõesRegulamentações Consolidação ODBTE GFLGFL

18 Dados Quantitativos Empresas importadoras Empresas reguladas (autorizadas) NCM86 Licenças de Importação anuídas Licenças de Importação efetivadas Comércio Exterior Dados Fechamento de 2013 Volume por Produto Diesel ( mil m³) Gasolina (mil m³) Etanol (mil m³) GLP (mil tons) QAV (mil m³) Quantitativo de Agentes e de Transações Volume de Importação Líquida

19 Principais Atividades SAB 2013 Consolidação ODBTE RegulamentaçõesRegulamentações Comércio Exterior GFLGFL

20 Consolidação ODBTE Cobertura Obrigatória Cobertura Voluntária

21 Consolidação ODBTE Coberturas Obrigatória e Voluntária postos abrangidos pelas Res. 62/11 e 65/11 (contra em 2012) postos ofertando voluntariamente em 2013 (contra em 2012) municípios atendidos com S-10 em 2013 (contra em 2012)

22 Óleo Diesel de Baixo Teor de Enxofre S-10

23 Principais Atividades SAB 2013 GFLGFL Consolidação ODBTE RegulamentaçõesRegulamentações Comércio Exterior

24 GFL – Objetivos e Ações Grupo de Avaliação dos Fluxos Logísticos de Produção, Transporte e Armazenagem de Combustíveis e Biocombustíveis. Resolução de estoques publicada no final de 2013 – Resolução 45/13 Fornecimento de subsídios à SEP sobre as licitações dos portos Aproximação com agentes envolvidos em toda a cadeia de combustíveis Ações e Desdobramentos Avaliar a atual infraestrutura logística de combustíveis fósseis e biocombustíveis no país e propor e implementar ações, em curto, médio e longo prazos, com foco na garantia do abastecimento Fornecer subsídios técnicos para a formulação de diretrizes energéticas Objetivos

25 Ciclo Otto GasolinaGasolina EtanolEtanol Ciclo Otto (total) QAV e GAV

26 Gasolina – Vendas Internas Gasolina C Etanol Anidro Gasolina A mil m³ Aumento de 4,2%

27 Gasolina – Market Share

28 Gasolina – Regime de Aquisição Conforme Portaria 72/00

29 Gasolina – Evolução de Preços Preços nominais de gasolina C. Fontes: ANP, Cepea-Esalq (etanol anidro)

30 Gasolina – Dependência Externa

31 Gasolina – Comércio Exterior Fonte: Secex/MDIC ▲ 172% ▼ 23,5%

32 Ciclo Otto EtanolEtanol GasolinaGasolina Ciclo Otto (total) QAV e GAV

33 Frota de Veículos Veículos Gasolina ▼ 31,0% Veículos Leves ▼ 2,3% Veículos Flex-Fuel ▲ 0,2% Fonte: Anfavea

34 Etanol Hidratado – Histórico de Vendas ▲ 9,52%

35 Etanol Hidratado – Market Share

36 Etanol Hidratado – Preços ao Produtor Fonte: Cepea-Esalq - Preços sem frete, sem tributos, em R$ de dez/13, corrigidos pelo IPCA.

37 Etanol Hidratado – Evolução de Preços Preços nominais de etanol hidratado. Fontes: ANP, Cepea-Esalq.

38 Etanol – Comércio Exterior Fonte: Secex/MDIC ▼ 0,36% ▼ 76,22%

39 Ciclo Otto Ciclo Otto (total) GasolinaGasolina EtanolEtanol QAV e GAV

40 Etanol x Gasolina – Evolução Vendas Internas

41 Ciclo Otto – Market Share Participações calculadas sobre a soma dos volumes vendidos de gasolina C e etanol hidratado.

42 Ciclo Otto – Vendas Internas por Segmento (m³) * Consumidor Final: refere-se aos Pontos de Abastecimento (PAs) **

43 QAV e GAV GasolinaGasolina EtanolEtanol Ciclo Otto (total)

44 Mercado de Aviação Comercial Fonte: ANAC* PASSAGEIROS QUILÔMETROS TRANSPORTADOS PAGOS. Aviação Comercial ▲ 2,3%

45 GAV – Vendas Internas GAV ▲ 1,3%

46 QAV – Vendas Internas QAV ▼ 0,9% QAV ▼ 0,9% 191 revendedores (2013)

47 QAV – Vendas Internas Mensais e Preços

48 QAV – Market Share QAVQAV GAVGAV Distribuidora BR61,5%59,7% Raízen35,2%34,4% Air BP3,4%5,9% Distribuidora BR54,7%54,9% Raízen30,7%29,9% Air BP12,3%8,4% Gran Petro2,3%6,8%

49 Ciclo Diesel DieselDiesel BiodieselBiodiesel

50 Óleo Diesel – Vendas Internas por Segmento Vendas totais das distribuidoras no respectivo ano.

51 Óleo Diesel – Vendas Internas por Segmento Vendas totais das distribuidoras no respectivo ano. Abertura das Revendas Varejistas entre Postos Vinculados e Bandeira Branca

52 Volume (mil m³) % Distribuidoras em Regime de Contrato ,145% Distribuidoras em Regime de quota ,855% Total de Distribuidoras ,00% Market Share Nacional de diesel Número de distribuidoras Regime Diesel – Regime de Aquisição Conforme Portaria 72/00

53 TRR – Market Share

54 Óleo Diesel – Market Share

55 Óleo Diesel – Evolução dos Preços Preços nominais de óleo diesel B. Fonte: ANP.

56 Óleo Diesel – Dependência Externa

57 Ciclo Diesel BiodieselBiodiesel DieselDiesel

58 Market Share – Biodiesel Produtor Granol14,2%11,8%12,5% Petrobras Bioc.8,4%11,3% Caramuru8,9%9,9%8,7% Oleoplan8,6%8,8%8,0% Bianchini 6,7% Bsbios - Marialva3,1%3,9%4,9% Cargill 4,6% Camera3,6%6,3%4,4% ADM5,7%5,8%4,4% Olfar4,6%4,7%3,7% JBS3,9%3,2%3,6% Fiagril4,6%4,5%3,0% Bsbios - Passo Fundo4,3%4,9%3,0% Outras30,0%24,7%21,1% Fonte: ANP.

59 Volume de Entregas – Biodiesel 6 leilões em 2013 Volumes arrematados: mil m³ mil m ³ Volumes arrematados: mil m³ mil m ³ Capacidade Nominal Anual (mil m³) Fonte: ANP, ABIOVE.

60 Evolução de Preços – Biodiesel Fonte: ANP.

61 GNV GNVGNV

62 GNV – Vendas Internas Fonte: ABEGÁS

63 GNV – Frota Fonte: ABEGÁS

64 GNV – Frota Fonte: ABEGÁS

65 INTERVALO

66 IX SEMINÁRIO DE AVALIAÇÃO DO MERCADO DE DERIVADOS DE PETRÓLEO E BIOCOMBUSTÍVEIS Ano-Base 2013 Superintendência de Abastecimento 12 de março de 2014

67 SUMÁRIO Bloco I Mercado de Combustíveis 2013 Principais Atividades SAB 2013 Gasolina e Etanol QAV e GAV Óleo Diesel e Biodiesel GNV Bloco II Mercado de Combustíveis 2013 GLP Solventes Asfaltos Lubrificantes

68 Combustíveis – Vendas Internas Vendas de Distribuidoras declaradas via SIMP. Fonte GNV: Abegás

69 GLPGLP AsfaltosAsfaltos SolventesSolventes LubrificantesLubrificantes

70 GLP – Vendas Internas GLP ▲ 2,7% GLP ▲ 2,7% Outros ▲ 5,9% Outros ▲ 5,9% P13 ▲ 1,5% P13 ▲ 1,5% Total

71 GLP – Dependência Externa

72 GLP (Total) – Market Share Distribuidora GRUPO ULTRA23,4%23,0% LIQUIGÁS22,6%22,7% GRUPO SUPERGASBRAS21,0%21,1% GRUPO NACIONAL19,0%18,9% COPAGAZ7,8%8,0% GRUPO CONSIGAZ2,7%2,9% FOGAS1,9% SERVGAS0,7% AMAZONGAS0,7% PEDIGÁS0,1% OUTRAS0,1%

73 GLP (P13 e Outros) – Market Share P13P13 OutrosOutros Distribuidora LIQUIGÁS24,0%24,1% GRUPO NACIONAL22,5%22,2% GRUPO SUPERGASBRAS20,1%20,5% GRUPO ULTRA19,9%19,6% COPAGAZ8,1%8,2% FOGAS2,1% GRUPO CONSIGAZ1,7%1,9% AMAZONGAS0,8% SERVGAS0,9%0,8% OUTRAS0,0% Distribuidora GRUPO ULTRA32,5%31,6% GRUPO SUPERGASBRAS23,1%22,8% LIQUIGÁS19,2%19,3% GRUPO NACIONAL10,0%10,8% COPAGAZ7,1%7,5% GRUPO CONSIGAZ5,2%5,4% FOGAS1,2% SERVGAS0,5% AMAZONGAS0,4% PEDIGÁS0,4% OUTRAS0,3%0,4%

74 GLP – Dados Regionalizados do Consumo RegiãoTotalP13Outros Centro-Oeste8,09%8,17%7,91% Nordeste22,88%28,12%10,09% Norte6,03%7,22%3,10% Sudeste45,52%41,70%54,87% Sul17,47%14,79%24,03% 100,00%

75 GLP – Dados Regionalizados do Consumo RegiãoTotal Centro-Oeste8,09% Nordeste22,88% Norte6,03% Sudeste45,52% Sul17,47% Total geral100,00% RegiãoP13 Centro-Oeste8,17% Nordeste28,12% Norte7,22% Sudeste41,70% Sul14,79% Total geral100,00% RegiãoOutros Centro-Oeste7,91% Nordeste10,09% Norte3,10% Sudeste54,87% Sul24,03% Total geral100,00% 1) O consumo de GLP P13 nas regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste é maior do que o consumo de outros Ps e Granel. 2) O efeito inverso ocorre nas regiões Sudeste e Sul. 3) Isso se explica pelo uso do GLP a granel na indústria e pela presença do gás natural em substituição ao P13 nos grandes centros urbanos. Conclusões:

76 GLP – Evolução de Preços Preços nominais de gás liquefeito de petróleo. Fonte: ANP. Preço Médio (R$/kg) Var % Produtor (P13)* 1,04 0,0% Distribuidor (P13) 2,27 2,311,7% Revendedor (P13) 3,02 3,174,7% Produtor (Outros)* 1,51 0,0% * Sem ICMS

77 AsfaltosAsfaltos GLPGLP SolventesSolventes LubrificantesLubrificantes

78 Asfaltos – CAP e ADP

79 Asfaltos – Market Share CAP Participações calculadas a partir das compras de asfalto declaradas pelas distribuidoras via SIMP. CAPCAP

80 Asfaltos – Market Share ADP Participações calculadas a partir das compras de asfalto declaradas pelas distribuidoras via SIMP. ADPADP

81 SolventesSolventes GLPGLP AsfaltosAsfaltos LubrificantesLubrificantes

82 Solventes m³ProduçãoVendas InternasExportaçãoImportaçãoConsumo Próprio % 12,5%2,7%70,9%-100,0%3,7% Mil m³

83 Distribuidora BR31,5%42,9% IQ28,5%20,0% BANDEIRANTE12,1%10,2% CARBONO5,7%6,2% BRENNTAG4,6%3,1% HOENKA2,1%2,7% ARUJÁ2,3%2,2% AROMAT3,2%2,0% BEST0,4%1,9% VERQUÍMICA2,5%1,7% OUTRAS7,1%7,2% Solventes – Market Share

84 LubrificantesLubrificantes GLPGLP AsfaltosAsfaltos SolventesSolventes

85 Lubrificantes – Produção

86 Lubrificantes – Vendas Óleo Acabado 1,383 1, ,5 1 1, Comercialização de Óleo Lubrificante Acabado (milhões m³)

87 Metas estabelecidas pela Portaria Interministerial nº 59/12 Lubrificantes – Coleta CENTRO- OESTE 9,0% NORTE 5,7% NORDESTE 11,0% SUDESTE 53,6% SUL 20,6% Participação Regional 2013 (m³)

88 Lubrificantes – Rerrefino

89 OBRIGADO Florival Carvalho Aurélio Amaral Rubens Freitas e equipe da Superintendência de Abastecimento - SAB Elaboração: Análise de Mercado - SAB


Carregar ppt "IX SEMINÁRIO DE AVALIAÇÃO DO MERCADO DE DERIVADOS DE PETRÓLEO E BIOCOMBUSTÍVEIS Ano-Base 2013 Superintendência de Abastecimento 12 de março de 2014."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google