A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO FICHA DE IDENTIFICAÇÃO DE ESTABELECIMENTO Nome do estabelecimento: Escola Básica 2º e 3º ciclos João.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO FICHA DE IDENTIFICAÇÃO DE ESTABELECIMENTO Nome do estabelecimento: Escola Básica 2º e 3º ciclos João."— Transcrição da apresentação:

1 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO FICHA DE IDENTIFICAÇÃO DE ESTABELECIMENTO Nome do estabelecimento: Escola Básica 2º e 3º ciclos João Afonso de Aveiro Nome do agrupamento: Agrupamento de Escolas de Aveiro Morada: Rua das Pombas Aveiro Telefone: Fax: Distrito: AveiroConcelho: Aveiro

2 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Programa da semana

3 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Programa da semana

4 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Programa da semana

5 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Materiais de divulgação A divulgação da Semana da Leitura foi feita da seguinte forma: Envio a todos os Encarregados de Educação de um convite para participarem activamente na Semana da Leitura, tendo sido utilizado como referência o modelo sugerido pelo Plano Nacional de Leitura; Afixação do cartaz da Semana da Leitura, acompanhado do programa da semana na nossa Escola, em vários locais: no polivalente, na portaria, na sala dos professores (contemplando a inscrição das turmas nas diferentes actividades)e no Centro de Recursos; Colaboração de todos os Directores de Turma no envio de mensagens escritas aos Encarregados de Educação dos alunos da Escola, através da Caderneta do Aluno; Divulgação do Programa no site da Câmara Municipal de Aveiro.

6 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Outros materiais MARCADORES

7 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Actividades realizadas Actividade: Uma mãe, um pai, um avô vem para contar, ler… Participantes: 4 turmas do 5º ano e uma turma do 7º ano Convidados: Avós, pais, alunos Local: Biblioteca Escolar Dias: 6 e 8 de Março Breve descrição: Avós e pais vêm sem pressa: alguns para assistir, outros contam histórias, lêem poesia, conversam, brincam com os alunos, fazendo-os intervir activamente.

8 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Fotografias legendadas Contam -se histórias, lê-se poesia, ouve-se música…

9 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Actividades realizadas Actividade: Exposição de pintura A Rainha das Neves Participantes como visitantes: toda a comunidade educativa Autores: Alunos do 7º D, de Percurso Curricular Alternativo e Núcleo de Artes Plásticas Local: Biblioteca Escolar Dia: Ao longo de toda a semana da leitura e na semana seguinte. Breve descrição : O conto, A Rainha das Neves de Andersen, esteve na base de um projecto que foi desenvolvido na turma do 7º D, de Percurso Curricular Alternativo e no Núcleo de Artes Plásticas, no âmbito do enriquecimento curricular. Para a concretização do trabalho foram envolvidas as disciplinas de Língua Portuguesa, Educação Visual e Artes Plásticas. Deste projecto fizeram parte: actividades de leitura, interpretação, reconto, resumo e levantamento de valores; ilustração dos capítulos do conto, com aplicação de diferentes técnicas de pintura, dobragem e recorte de papel… O Núcleo de Artes Plásticas foi também envolvido no Projecto através da criação de pinturas temáticas relacionadas com o referido conto e inspiradas em obras de pintores românticos, observáveis em livros do espólio deste Centro de Recursos.

10 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Fotografias legendadas O momento musical, proporcionado por alunos do 6º A, abriu as actividades do dia do conto de Andersen com um brilho especial. Os Alunos tocaram várias peças com fundo de orquestra.

11 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Actividades realizadas Actividade: Momentos de leitura expressiva de um conto de Andersen Participantes: Professores, duas turmas do 6º Ano e alunos de currículo alternativo Convidados: Rosa Maria Mangerão, antiga professora da Escola João Afonso Local: Biblioteca Escolar Dia:9 de Março Breve descrição: Depois da música, a leitura expressiva do conto Rainha das Neves começou. Todos estavam preparados. A música havia convocado o silêncio e estimulado a sensibilidade. O ouvido estava disponível.

12 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Actividades realizadas Actividade: Escrita criativa Participantes: Alunos de uma turma do 5º ano Local: Biblioteca Escolar Dia:9 de Março Breve descrição: A elaboração dos recortes foi concebida por nós, também, como ponto de partida para a elaboração de texto escrito a produzir em contextos futuros. Contudo, verificámos que uma turma, após a sessão de recorte, havia regressado à biblioteca. Os alunos, cada um na sua mesa, trabalhava no maior silêncio e grande concentração. Uma vez que essa actividade não estava agendada, surpreendidas, perguntámos à professora o que se passava. Soubemos então que a turma estava já a elaborar os seus próprios contos. É que a professora curricular estava a faltar e nada lhes tinha parecido melhor do que poder dar corpo à escrita, logo ali, naquela aula de substituição. Pelo clima de trabalho observado, concluímos que a experiência vivida tinha feito real sentido para aqueles alunos e para a sua professora de Português.

13 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Actividades realizadas Actividade: sessão de leitura de poemas e contos Participantes: Alunos do 6º ano Convidados: Academia dos Saberes Local: Biblioteca Escolar Dia:7 de Março Breve descrição: A Academia dos Saberes, instituição da cidade constituída maioritariamente por professores aposentados, veio colaborar connosco. Foi muito bem representada pela escritora, Rosinda de Oliveira, antiga professora de Português desta escola e pela professora Maria Manuel Julião, professora de português e Inglês, ainda em exercício.

14 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Actividades realizadas Actividade: Hora do Conto Participantes: Professores, duas turmas do 8º Ano e alunos de currículo alternativo Convidados: Contadora de histórias, Marta Condesso da Fábrica Ciência Viva Local: Biblioteca Escolar Dia:8 de Março Breve descrição: A Marta chegou sob o signo da fantasia. Trouxe histórias da tradição oral e contos dos livros. Começou num inesperado galego, prosseguiu em Português e não acabou sem nos ter surpreendido com o sotaque moçambicano. Cada história envolvia mais e mais os ouvintes. Terminada a hora do conto, os alunos permaneciam colados às suas cadeiras, a saborearem ainda aquele momento, entre o maravilhado e o perplexo.

15 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Fotografias legendadas Para além dos livros, a Marta trouxe alguns objectos especiais, subtis adereços das histórias. A Marta, contadora de histórias, leva os alunos a intervir activamente.

16 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Actividades realizadas Actividade: Conversa à volta dos livros Participantes: Uma turma do 6º ano Convidados: A turma C do 6º ano Local: Biblioteca Escolar Dia:7 de Março Breve descrição: Para a conversa à volta dos livros, os alunos improvisaram um ambiente de café, o que os ajudou a descontrair e a comunicar.

17 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Actividades realizadas Actividade: Sessão na Biblioteca Municipal Participantes: Alunos, Pais, Professores… Convidados: Alunos da Escolas do Concelho de Aveiro e Grupo Poético Local: Biblioteca Municipal Dia:8 de Março Breve descrição: Alunos da Escola participaram na actividade lendo textos, da sua autoria, vencedores de um concurso literário dinamizado pelo CRE da nossa escola, no âmbito da comemoração dos 150 anos de comboios em Portugal.

18 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Actividades realizadas Actividade: Comemoração do Dia Internacional da Mulher Participantes: Professores e Funcionários da escola Convidados: Professora Ermelinda Alves Local: Sala dos Professores e Secretaria Dia:8 de Março Breve descrição: Animação pela leitura de textos que celebram a Mulher.

19 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Actividades realizadas Actividade: Feira do Livro Participantes: Toda a comunidade educativa Convidados: Um livreiro da cidade Local: Biblioteca Escolar – Zona da Ludoteca Dia:8 e 9 de Março e ainda 12 de Março Breve descrição: Ao longo dos dias de Feira do Livro, situada no átrio da B.E./C.R., os alunos tocaram, pegaram, folhearam, compraram… No final da Feira, o livreiro foi peremptório: em relação a anos anteriores, aumentou muito o número de visitantes, aumentou o número de vendas, tendo considerado a Feira um sucesso.

20 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Trabalhos dos alunos A Turma aprende a técnica dos recortes à Andersen com a Lena e o André.

21 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Trabalhos dos alunos No âmbito da escrita criativa, a partir dos recortes à Andersen Os óculos extra-especiais Era uma vez uns óculos extra-especiais. Chamavam-se extra- especiais porque tinham vários poderes mágicos como, por exemplo,ser possível ver um micróbio a Km de distância, ver o futuro e dar a oportunidade de voar… Margarida, 5º J A borboleta mágica Era uma vez uma menina muito bonita, de cabelos louros e olhos azulados. Essa menina chamava-se Mariana. Mariana vivia numa cidade enorme e bela. Um dia resolveu passear num campo. Enquanto caminhava, no meio das árvores, ouviu um barulho estranho, parecido com magia. Encontrou uns arbustos, afastou-os e espreitou. Tal não foi o seu espanto ao ver uma borboleta muito bela, com cores muito bonitas. Era, de facto, a mais bonita que Mariana tinha visto. Era a borboleta quem deitava a magia… Joana, 5º J A aranha Aracnúdia Era uma vez uma aranha chamada Aracnúdia que vivia em Cidnex, junto da sua mãe. Elas tinham muitas dificuldades financeiras. Um dia, a aranha foi à farmácia… Verónica, 5º J

22 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Trabalhos dos alunos Durante a Semana da Leitura deu-se início a uma partilha de leituras efectuadas pelos alunos. Os alunos do 5ºI divulgaram as suas experiências, tendo-se assumido como promotores do livro e da leitura.

23 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Outras fotografias Reprodução de recortes feitos pela mão de Andersen enriqueceram a exposição e serviram de inspiração aos alunos.

24 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Outras fotografias Exposição de Pintura A Rainha das Neves

25 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Outras fotografias Outros momentos de leitura

26 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Comentários finais Duas actividades em análise A Exposição de Pintura A Rainha das Neves foi, sem duvida, uma mais-valia da Semana de Leitura. Constituiu um evento que valeu por si próprio, tão belas eram as ilustrações e tão peculiares as técnicas utilizadas pelos seus autores. Para além de ter atraído inúmeros visitantes, a exposição foi mote e motor de um conjunto rico de actividades. Na sequência das sessões de leitura expressiva do conto A Rainha das Neves, feita pela antiga professora desta Escola, Rosa Maria Mangerão, destacamos aspectos particulares de duas actividades que ocorreram. Sessões de recorte à Andersen: esta actividade, apesar de enquadrada por professores, teve como monitores alguns alunos do 7º D, turma de percurso curricular alternativo. Estes alunos assumiram o seu papel com grande convicção, responsabilidade e saber-fazer técnico. Foram escutados com interesse e seriedade pelas turmas aprendentes da técnica do recorte. Consideramos que quer a ilustração, quer o recorte, podem ter sido outras portas de entrada para a leitura dos contos de Andersen. Para além disto, atendendo à especificidade dos alunos monitores, gostámos de lhes ter criado esta oportunidade de promoção aos olhos dos colegas da Escola, sabendo das repercussões positivas desta vivência no seu futuro escolar e social. Terminada a semana, continuam a vir ao Centro de Recursos para espreitar, no computador, os registos fotográficos da sua participação, com manifesta alegria. A sessão Conversa à volta dos livros revelou-se interessante e fecunda. Organizada pelos alunos do 6º C, os autores da iniciativa revelaram uma óptima capacidade de comunicação sobre as suas escolhas em matéria de leitura. Em 1º lugar, foi interessante porque, para além da oportunidade criada pelo exercício da sua autonomia, os alunos puderam ver valorizados pelos outros os seus saberes sobre livros e os seus hábitos de leitura. Em 2º lugar, e não menos importante, produziu uma autêntica movida na biblioteca. De facto, após a sessão, registou-se uma enorme movimentação no centro de recursos, com um afluxo invulgar de pedidos de livros, procura nos ficheiros e nas estantes, tendo-se verificado um grande número de requisições para leitura domiciliária. O prazer e a auto-estima dos pequenos autores-actores eram evidentes. No final repetiam para quem os quisesse ouvir Pusemos uma turma inteira a ler! Pusemos uma turma inteira a ler! Oxalá! Uma coisa é certa: os alunos revelaram um enorme poder na promoção de hábitos de leitura. A notícia deste acontecimento espalhou-se na escola. Quem tinha assistido comentava… Sabemos que, neste momento, há já pedidos de vários professores para que a experiência se repita, com os mesmos autores, para outras turmas em actividades culturais da escola. Sabemos também, através da professora de Português, que a turma está a conceber novos projectos para a dinamização da sessão da biblioteca de turma. Na forja está a ideia de uma parceria inter - turmas para a apresentação mútua de livros, socialização das leituras realizadas e das análises produzidas. Participantes imprevistos. Tivemos em quase todas as sessões a participação de alunos de currículo alternativo, alguns deles com graves problemas comportamentais. Vinham convidados e acompanhados pelos seus professores de apoio. Apesar de ter havido, em alguns casos, uma certa rejeição inicial, face à estranheza da actividade e à dificuldade de integração em grupos diferentes dos seus, o que se observou foi que estes alunos ficaram sempre até ao fim, revelaram-se atentos não tendo evidenciado qualquer comportamento negativo.

27 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Comentários finais Pensar sobre o vivido Conseguimos alterar para melhor os hábitos de leitura dos alunos envolvidos? Conseguimos o despertar efectivo do prazer de ler? Sabemos bem quanto estas mudanças são difíceis e morosas. Sabemos quanto é preciso recomeçar e insistir apesar das dificuldades. Uma coisa é certa: os livros saíram do seu silêncio e dinamizaram a escola. A B. E. / C.R. esteve bastante animada, habitada que foi por pequenos e grandes leitores. Entre os indicadores de avaliação do papel da Semana da Leitura no desenvolvimento dos hábitos de leitura e no prazer de ler dos alunos, destacamos um dado que só aparentemente parece ser irrelevante. Encerrada a semana, a todo o momento há algum aluno que entra e pergunta: Quando é que há mais?, Quando é que isto se repete? Para além do valor específico da semana para a promoção da leitura, pensamos que através dela também contribuímos para a realização de outras intenções que fazem parte do Projecto Educativo do Agrupamento, nomeadamente: A Escola deve centrar-se nos alunos, propiciando um ambiente adequado ao seu desenvolvimento pessoal e social e à realização de aprendizagens de qualidade, incorporando princípios de equidade, de diferenciação e de excelência. A relação Escola - Família – Comunidade é fonte de vitalidade da Escola devendo a cooperação ser considerada uma mais – valia no desenvolvimento da qualidade educativa.

28 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Sugestões A equipa responsável pela dinamização da Semana da Leitura entende que, práticas como as vividas naquela semana devem ocorrer também ao longo do ano, pois o prazer da leitura e o reconhecimento da sua importância só serão interiorizados se fizerem parte de uma dinâmica continuada e diversificada.

29 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Mensagens dos alunos ao PNL Toda a gente da turma gostou e eu também. E não gosto muito de ler. Nem sei como gostei Jessica, 7º A Acho que a sessão de leitura dada pelo meu avô foi interessante porque, para além de ser meu avô, gostei dos poemas sobre a guerra, o amor(…). Adorava vê-lo de novo a ler (…). Para isso, tem que haver mais semanas da leitura. Ricardo, 7º A Eu achei a sessão com o avô do Ricardo muito interessante. Falou connosco sobre o prazer que é a leitura e dramatizou muito bem os poemas. Despertou em mim um interesse pela poesia. Joana, 7º A Achei isto tudo fantástico. A Marta é uma excelente contadora de histórias. Carlos, 8º A A história Rainha das Neves é muito, muito bonita e foi muito divertido estar a ouvi-la, com os meus colegas. Espero que se repita a semana da leitura. Adorei! Foi um Máximo! Mónica, 5º J Gostámos muito de ter participado nas ilustrações do conto de Andersen e também de ter ajudado os meninos a fazer recortes que são umas actividades engraçadas. Ana, Lena e André, 7º D Gostei de partilhar, com a minha mãe, os meus colegas e a minha professora, este pequeno momento de leitura. Guilherme, 5º E Achei muito interessante porque despertou em mim a vontade de ler. Ana Carvalho, 6ºC Achei a semana da leitura muito interessante porque fiz um teatro com a minha turma. Alexandre, 6º C Eu não gostei! Eu adorei! Catarina, 5º F Gostei da apresentação, das imagens, das pessoas e dos capítulos do livro que ouvimos ler. Marcos, 6º D

30 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Mensagens dos docentes ao PNL É com iniciativas destas, em que a qualidade e o afecto estão presentes, que a Escola continua sempre viva e actuante. Obrigada a todos e parabéns. E os pais… que voltem sempre! Professora Maria de Jesus Espantástico – como diria Mia Couto. Adorei. Muito obrigada. Professora Ermelinda A exposição está magnífica. Beijos para os artistas. Professora Emília Ler e/ou ouvir ler pode ser sinónimo de sonho, conhecimento, aventura… Ler e/ou ouvir ler permite desenvolver a imaginação, enriquecer o vocabulário, melhorar a expressão oral e escrita. Daí, a importância, o cuidado, o interesse e o carinho manifestado na organização da Semana da Leitura, na nossa Escola, pelas professoras responsáveis pelo Centro de Recursos. Professora Maria Manuel Foi uma semana motivante quer para alunos, quer para professores. Professora Edite Nunca houve tanta afluência à Feira do Livro como este ano. Professora Isabel Esta semana motivou-os bastante para a leitura na sala de aula e em casa. Professora Isabel

31 ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO Mensagens das famílias ao PNL Sobre a iniciativa, o que se me oferece é que é importante a vários níveis, sendo que o da promoção do sonho a partir da escrita não é,seguramente, o menor. Parabéns e …repitam. Nós vamos continuar por aqui. Representante dos Pais e Enc. Educ.do 5º D Foi um contacto interessante com os(as) jovens alunos(as).(…) mostraram-se interessados pelos poemas que lhes apresentei, quer lidos ou ditos, e fiquei com a impressão (para não dizer a certeza) de que os conhecimentos de que deram mostras, lhes darão um futuro risonho. (…) Parabéns. Parabéns aos Professores(as) também. Amílcar Mendes, avô do Ricardo Gostei imenso de me terem dado a oportunidade de partilhar uma leitura com os alunos da turma do meu filho. Bem hajam todos pelo facto de terem aderido à iniciativa: também é aprender, conviver e estar! Parabéns! Maria da Luz, mãe do Picá Gostei de muito desta iniciativa. Penso que é importante que os alunos vejam que os seus pais e a escola estão em sintonia. Mãe do Ricardo


Carregar ppt "ESCOLA E. B. 2º E 3º CICLOS JOÃO AFONSO DE AVEIRO FICHA DE IDENTIFICAÇÃO DE ESTABELECIMENTO Nome do estabelecimento: Escola Básica 2º e 3º ciclos João."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google