A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

VEGETAÇÃO NATIVA NO PAMPA Eduardo de Mércio Figueira Condorelli Ivo Lessa

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "VEGETAÇÃO NATIVA NO PAMPA Eduardo de Mércio Figueira Condorelli Ivo Lessa"— Transcrição da apresentação:

1 VEGETAÇÃO NATIVA NO PAMPA Eduardo de Mércio Figueira Condorelli Ivo Lessa

2 Vegetação nativa em estágio primário ou secundário avançado de regeneração Decreto /10/2012 ÁREA DE REMANESCENTE DE VEGETAÇÃO NATIVA VEGETAÇÃO NATIVA e CAR

3 Vegetação nativa em estágio primário ou secundário avançado de regeneração Decreto /10/2012 ÁREA DE REMANESCENTE DE VEGETAÇÃO NATIVA VEGETAÇÃO NATIVA e CAR Art. 3º §4º As áreas degradas ou alteradas, conceituadas nos incisos V e VI do caput do art. 2º do Decreto nº 7.830, de 2012, serão consideradas áreas antropizadas para efeitos de cadastramento no CAR Decreto /5/2014

4 Vegetação nativa em estágio primário ou secundário avançado de regeneração Decreto /10/2012 ÁREA DE REMANESCENTE DE VEGETAÇÃO NATIVA VEGETAÇÃO NATIVA e CAR As áreas degradas ou alteradas de que tratam, respectivamente, os incisos V e VI do art. 2º de Decreto nº 7.830, de IN 2 5/5/2014 ÁREA ANTROPIZADA Área que se encontra alterada em função de impacto antrópico, sem capacidade de regeneração natural ÁREA DEGRADADA Área que após o impacto ainda mantém capacidade de regeneração natural Decreto /10/2012 ÁREA ALTERADA Art. 3º §4º As áreas degradas ou alteradas, conceituadas nos incisos V e VI do caput do art. 2º do Decreto nº 7.830, de 2012, serão consideradas áreas antropizadas para efeitos de cadastramento no CAR Decreto /5/2014

5 FAIXA DE DOMÍNIO BR 293

6

7 PROVÁVEL DISPONIBILIDADE DE VEGETAÇÃO NATIVA (BR293)

8

9 FAIXA DE DOMÍNIO BR 290

10

11 PROVÁVEL DISPONIBILIDADE DE VEGETAÇÃO NATIVA (BR290)

12

13 FAIXA DE DOMÍNIO BR 153

14 PIRATINI

15

16

17 PINHEIRO MACHADO

18

19

20 PIRATINI

21

22

23 Vegetação nativa em estágio primário ou secundário avançado de regeneração Decreto /10/2012 ÁREA DE REMANESCENTE DE VEGETAÇÃO NATIVA VEGETAÇÃO NATIVA e CAR As áreas degradas ou alteradas de que tratam, respectivamente, os incisos V e VI do art. 2º de Decreto nº 7.830, de IN 2 5/5/2014 ÁREA ANTROPIZADA Área que se encontra alterada em função de impacto antrópico, sem capacidade de regeneração natural ÁREA DEGRADADA Área que após o impacto ainda mantém capacidade de regeneração natural Decreto /10/2012 ÁREA ALTERADA Art. 3º §4º As áreas degradas ou alteradas, conceituadas nos incisos V e VI do caput do art. 2º do Decreto nº 7.830, de 2012, serão consideradas áreas antropizadas para efeitos de cadastramento no CAR Decreto /5/2014


Carregar ppt "VEGETAÇÃO NATIVA NO PAMPA Eduardo de Mércio Figueira Condorelli Ivo Lessa"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google