A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PROF. POLYDORO ERNANI DE SÃO THIAGO - UFSC Prof. Francine Lima Gelbcke.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PROF. POLYDORO ERNANI DE SÃO THIAGO - UFSC Prof. Francine Lima Gelbcke."— Transcrição da apresentação:

1 HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PROF. POLYDORO ERNANI DE SÃO THIAGO - UFSC Prof. Francine Lima Gelbcke

2 HU - UFSC

3 Fundado em Tem 271 leitos, dos quais 43 desativados. Conta com leitos em diferentes especialidades, conta com emergência - porta aberta, com projeto de implantação do acolhimento com classificação de risco (ainda não implantado por falta de pessoal), com maternidade, neonatologia, entre outras. Realiza alta complexidade em cirurgia vascular, cirúrgia bariátrica, com projeto de implantação de transplantes de córnea, rim, fígado.

4 Dados do HU (ano base 2008) Dados do HU (ano base 2008) - Número de internações: Número de atendimentos ambulatoriais: Atendimentos na emergência: Número de cirurgias: Número de cirurgias ambulatoriais: 350

5 Enfermagem do HU Desde a implantação do HU, a Diretoria de Enfermagem foi estabelecida em nível de diretoria, juntamente com a Diretoria de Medicina, Diretoria Administrativa, Diretoria de Apoio Assistencial. A partir da década de 90, a DE e todas as chefias de divisão e serviço passam a ser eleitas por um colégio eleitoral composto pelos trabalhadores de enfermagem do HU, professores do Depto. de Enfermagem e alunos, isto em nível de diretoria, sendo que em função do nível hierárquico, o colégio eleitoral varia. Desde a implantação do HU, a Diretoria de Enfermagem foi estabelecida em nível de diretoria, juntamente com a Diretoria de Medicina, Diretoria Administrativa, Diretoria de Apoio Assistencial. A partir da década de 90, a DE e todas as chefias de divisão e serviço passam a ser eleitas por um colégio eleitoral composto pelos trabalhadores de enfermagem do HU, professores do Depto. de Enfermagem e alunos, isto em nível de diretoria, sendo que em função do nível hierárquico, o colégio eleitoral varia.

6 Estrutura – 4 divisões; 21 serviços, 01 Núcleo, além das comissões de assessoria – Comissão Permanente de Materiais de Assistência, Centro de Educação e Pesquisa em Enfermagem, Comissão de Ética em Enfermagem, Centro de Incentivo ao Aleitamento Materno. Estrutura – 4 divisões; 21 serviços, 01 Núcleo, além das comissões de assessoria – Comissão Permanente de Materiais de Assistência, Centro de Educação e Pesquisa em Enfermagem, Comissão de Ética em Enfermagem, Centro de Incentivo ao Aleitamento Materno. A DE tem atualmente 613 trabalhadores, dos quais 145 enfermeiros, 242 técnicos, 167 auxiliares e ainda 33 auxiliares de saúde, 09 instrumentadores cirúrgicos. A DE tem atualmente 613 trabalhadores, dos quais 145 enfermeiros, 242 técnicos, 167 auxiliares e ainda 33 auxiliares de saúde, 09 instrumentadores cirúrgicos. Conta com uma filosofia de enfermagem desde a implantação do HU, que foi atualizada recentemente quando da elaboração do planejamento estratégico, no qual salienta-se o cuidado ao ser humano em sua individualidade, a participação, solidariedade, respeito à diversidade. Conta com uma filosofia de enfermagem desde a implantação do HU, que foi atualizada recentemente quando da elaboração do planejamento estratégico, no qual salienta-se o cuidado ao ser humano em sua individualidade, a participação, solidariedade, respeito à diversidade.

7 A Diretoria de Enfermagem elaborou seu Planejamento Estratégico em 2004, atualizado em 2006 e agora novamente em processo de reavaliação, sendo estabelecida a missão da DE. MISSÃO - A Diretoria de Enfermagem do HU/UFSC tem finalidade diretiva e organizativa, visando gerir assistência de enfermagem de excelência, produzir conhecimento, formar e atualizar recursos humanos, utilizando os princípios científicos, humanísticos, éticos, valorizando o ser humano em sua multidimensionalidade, otimizando as relações interpessoais, bem como contemplando os princípios e a organização do Sistema Único de Saúde.

8 Plano de ação do Planejamento estratégico elencou as seguintes questões estratégicas: Estimular a produção de conhecimento; Estimular a educação continuada como possibilidade de crescimento pessoal e profissional; Continuar com um Método assistencial de enfermagem; Instrumentalizar os trabalhadores de enfermagem para a participação na Emissão de Parecer Técnico dos Materiais de Assistência de Enfermagem; Rever, atualizar e implementar a padronização de normas assistencias; administrativas; Filosofia e Regimento; Construir um programa de capacitação permanente para as gerentes. Plano de ação do Planejamento estratégico elencou as seguintes questões estratégicas: Estimular a produção de conhecimento; Estimular a educação continuada como possibilidade de crescimento pessoal e profissional; Continuar com um Método assistencial de enfermagem; Instrumentalizar os trabalhadores de enfermagem para a participação na Emissão de Parecer Técnico dos Materiais de Assistência de Enfermagem; Rever, atualizar e implementar a padronização de normas assistencias; administrativas; Filosofia e Regimento; Construir um programa de capacitação permanente para as gerentes.

9 Desde a sua fundação enfermagem realiza a sistematização da assistência, tendo como base a teoria de Wanda de Aguiar Horta. O único grupo de trabalho a apresentar à CIHUSC – Comissão de IImplantação do Hospital Universitário de Santa Catarina – uma proposta de modelo de prontuário a ser implantado do Hospital Universitário foi o Grupo de Enfermagem. Desde a sua fundação enfermagem realiza a sistematização da assistência, tendo como base a teoria de Wanda de Aguiar Horta. O único grupo de trabalho a apresentar à CIHUSC – Comissão de IImplantação do Hospital Universitário de Santa Catarina – uma proposta de modelo de prontuário a ser implantado do Hospital Universitário foi o Grupo de Enfermagem. Este grupo, coordenado pela Professora Lidvina Horr, constituiu vários sub - grupos de trabalho. O sub – grupo encarregado de estudar e apresentar sugestões sobre o prontuário foi composto pelas Professoras Rosita Saupe. Maria Tereza Leopardi da Rosa e Mercedes Trentini. Este grupo, coordenado pela Professora Lidvina Horr, constituiu vários sub - grupos de trabalho. O sub – grupo encarregado de estudar e apresentar sugestões sobre o prontuário foi composto pelas Professoras Rosita Saupe. Maria Tereza Leopardi da Rosa e Mercedes Trentini.

10 A SAE foi implantada tendo como referencial teórico a teoria das necessidades humanas básicas de Wanda de Aguiar. O método, apesar de ter sido implantado desde o início da abertura (Maio/1980), foi escrito primeira vez em setembro de 1981 e tem sido estudado e discutido com os enfermeiros do Hospital Universitário em muitas oportunidades. A SAE foi implantada tendo como referencial teórico a teoria das necessidades humanas básicas de Wanda de Aguiar. O método, apesar de ter sido implantado desde o início da abertura (Maio/1980), foi escrito primeira vez em setembro de 1981 e tem sido estudado e discutido com os enfermeiros do Hospital Universitário em muitas oportunidades. Atualmente passa por uma discussão, tendo sido implementada pesquisa acerca da SAE visando subsidiar a DE no que se refere à atualização da Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE). Atualmente passa por uma discussão, tendo sido implementada pesquisa acerca da SAE visando subsidiar a DE no que se refere à atualização da Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE).

11 PROBLEMAS ATUAIS: GESTÃO DE PESSOAS - absenteísmo; dificuldade de reposição de pessoal – aposentadorias/ demissões; readaptação/remanejamento de pessoal com incapacidade física; impossibilidade de realocar trabalhadores que se graduam; concursos não repõem a necessidade de pessoal; jornada de trabalho – luta pelas 30 horas. GESTÃO DE MATERIAIS DE ASSISTÊNCIA: racionalização dos materiais nas unidades; armazenamento inadequado e falta de controle; falta de emissão de parecer técnico.

12 GESTÃO DE RECURSOS FINANCEIROS: não tem recursos próprios, participação na tomada de decisão dos investimentos junto à Direção Geral. GESTAO DE INFORMAÇÃO: dificuldade relacionada à informação decorrente da cultura organizacional, informatização deficitária e limitação dos trabalhadores no uso da informática.


Carregar ppt "HOSPITAL UNIVERSITÁRIO PROF. POLYDORO ERNANI DE SÃO THIAGO - UFSC Prof. Francine Lima Gelbcke."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google