A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

UNESP 30 anos de dedicação ao ensino, à pesquisa e à extensão universitária.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "UNESP 30 anos de dedicação ao ensino, à pesquisa e à extensão universitária."— Transcrição da apresentação:

1

2 UNESP 30 anos de dedicação ao ensino, à pesquisa e à extensão universitária.

3 Perfil da universidade

4 Campi Experimentais São Paulo São José dos Campos Guaratinguetá Botucatu Assis Bauru Marília Araçatuba São José do Rio Preto Ilha Solteira Rio Claro Araraquara Jaboticabal Franca Presidente Prudente São Vicente Registro Sorocaba Itapeva Ourinhos Dracena Tupã Rosana Unidades Universitárias Distribuição Geográfica da Unesp no Estado de São Paulo

5

6

7

8 CAMPUS EXPERIMENTAL DE ITAPEVA. São José dos Campos – FACULDADE DE ODONTOLOGIA UNESP EM NÚMEROS 32 FACULDADES DISTRIBUÍDAS EM 23 CIDADES PAULISTAS. 60 PROFISSÕES DE NÍVEL SUPERIOR 117 CURSOS DE GRADUAÇÃO 150 OPÇÕES DE CURSOS ORÇAMENTO DE 2007 : R$ 1,1 BI 190 CURSOS DE PÓS- GRADUAÇÃO. 88 CURSOS DE DOUTORADO. 102 CURSOS DE MESTRADO BOLSAS DE ESTUDO PARA ALUNOS CARENTES. 5 FAZENDAS EXPERIMENTAIS C/ ÁREAS SUPERIORES A HECTARES. 23 BIBLIOTECAS. 3 HOSPITAIS VETERINÁRIOS. 14 MORADIAS ESTUDANTIL. 12 RESTAURANTES UNIVERSITÁRIOS.

9 Alunos matriculados na graduação

10 Alunos matriculados na pós - graduação

11 Total de alunos matriculados na UNESP

12 Quadro de Docentes Ativos

13 Relação de docentes ativos /docentes aposentados

14 Quadro de Pessoal Técnico- Administrativo Ativo

15 Relação de técnico- administrativos ativos /téc. adm. aposentados

16 Número de cursos de graduação

17 Número de vagas no Vestibular

18 Número de inscritos no vestibular.

19 Financiamento da universidade.

20 Características do modelo de autonomia de gestão orçamentária e financeira das UEPs. 1)O modelo de autonomia financeira- o decreto estadual , de 02 de fev.1989, e a Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO). 2)Os índices de 8,4% do ICMS Líquido (1989/91), 9,0% (1992/94) e 9,57% ( ). 3)A UNESP : 1,94% (1989/91), 2,205% (1992/94) e 2,3447% ( ).

21 Participação (%) da UNESP na cota parte do ICM/ICMS

22 Participação das liberações financeiras sobre o ICM/ICMS Líquido. períodoUSPUNESPUNICAMPTOTAL 19803,841,501,476, ,371,781,437, ,001,661,316, ,741,741,236, ,081,491,365, ,271,431,416, ,871,411,716, ,292,032,259, ,221,782,068, /914,461,942,008, /944,7302,2052,0659, /20075,02952,34472,19589,57 Fonte: Secretaria da Fazenda/CAF e Cruesp. Os índices antes e depois da autonomia

23 O orçamento previsto para 2008.

24 PROPOSTA ORÇAMENTÁRIA – LOA 2008

25 A qualidade

26 Qualificação do corpo docente

27 Títulos outorgados de mestrado

28 Títulos outorgados de doutorado

29 Publicações da UNESP indexadas na base ISI Fonte: Qualis CAPES A;B;C-Internacional.

30 A gestão administrativa

31 A distribuição da verba de custeio (exceto pessoal)

32 Índice de Docentes, de Funcionários, de Alunos e de cursos de graduação. MATRIZ DE CUSTEIO

33 Índice de Produção Científica Índice de parâmetros físicos

34 Índice de carga horária

35 Índice de clínicas Resultado final

36 A composição da carreira docente e o sub- quadro dos funcionários

37 Corpo Docente

38 Funcionário Técnico- administrativo

39 Os órgãos colegiados da UNESP e a representatividade

40

41 Total = 79 membros

42

43 Total = 25 membros Total = 17 membros Total = 18 membros Total = 17 membros Total = 12 membros

44 Total = 27 membros

45 Representação docente por áreas do conhecimento CEPE = 8 docentes, sendo um de cada área (Ciências Exatas e da Terra, Ciências Biológicas, Engenharias, Ciências da Saúde, Ciências Agrárias, Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas e Lingüística, Letras e Artes). Câmara Central de Graduação, Câmara Central de Pós- Graduação e de Extensão vinculadas ao CEPE, também obedecem a mesma divisão. CADE ( Conselho de Administração ) = 8 docentes, sendo um de cada área (Ciências Exatas e da Terra, Ciências Biológicas, Engenharias, Ciências da Saúde, Ciências Agrárias, Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas e Lingüística, Letras e Artes).

46 O modelo não- departamental das unidades experimentais

47 ALTERAÇÃO ESTATUTÁRIA PROPOSTA APROVADA PELO CONSELHO UNIVERSITÁRIO, EM SESSÃO DE 27/04/2006, PARA A REGULARIZAÇÃO DAS UNIDADES DIFERENCIADAS E DO CÂMPUS DO LITORAL PAULISTA/SÃO VICENTE REDAÇÃO VIGENTEREDAÇÃO PROPOSTA Artigo 4º - A Unesp é constituída de Unidades Universitárias e Unidades Complementares integradas em Câmpus Universitários. Artigo 4º - A Unesp é constituída de Unidades Universitárias e Unidades Complementares, integradas em Câmpus Universitários, e Unidades integradas em Câmpus Experimentais. Artigo 104 – (Proposta de renumeração para Artigo 104A)INCLUSÃO Artigo 104 – O Conselho Universitário poderá criar, por meio de resoluções específicas, com a aprovação de dois terços de seus membros em exercício, Câmpus Experimentais, em caráter transitório, para o desenvolvimento de atividades de ensino, pesquisa e extensão. § 1º - Os Câmpus Experimentais constituirão unidades acadêmico-administrativas com estruturas e respectivas normas definidas pelo CADE. § 2º - Compete ao CEPE estabelecer as normas de organização das atividades de ensino, pesquisa e extensão universitária dos Câmpus Experimentais. Artigo 104 – Na criação ou no eventual desdobramento de Unidades Universitárias, as Unidades resultantes deverão atender, no mínimo, aos seguintes requisitos: I – nível de atividade técnica e científica, definido por linhas de pesquisa, no campo do conhecimento abrangido pela futura Unidade; II – cinqüenta docentes; III- vinte e cinco docentes portadores, no mínimo, do título de Doutor; IV – cinco docentes portadores, no mínimo, do título de Livre-Docente; V - dois Professores Titulares; VI – setenta por cento dos docentes em dedicação integral à docência e à pesquisa. Artigo 104A – Na criação ou no eventual desdobramento de Unidades Universitárias, as Unidades resultantes deverão atender, no mínimo, aos seguintes requisitos: I – nível de atividade técnica e científica, definido por linhas de pesquisa, no campo do conhecimento abrangido pela futura Unidade; II – cinqüenta docentes; III- vinte e cinco docentes portadores, no mínimo, do título de Doutor; IV – cinco docentes portadores, no mínimo, do título de Livre- Docente; V - dois Professores Titulares; VI - setenta por cento dos docentes em dedicação integral à docência e à pesquisa.

48 Dispõe sobre a Estrutura Administrativa e Subquadro dos Campi Experimentais da UNESP. O REITOR DA UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO, tendo em vista o deliberado pelo: Conselho de Administração e Desenvolvimento, em sessão de 7/12/05 - Despacho nº 133/05- CADE/SG; Conselho Universitário, em sessão de 16/2/06 - Despacho nº 7/06-CO/SG e, em sessão de 27/4/06, que aprovou a alteração do artigo 114 do Estatuto da UNESP, passando as Unidades Diferenciadas a se denominar Campi Experimentais; e com fundamento na alínea f, do inciso II, do art. 28, combinado com o § 2° do art. 37, ambos do Estatuto da Unesp, baixa a seguinte RESOLUÇÃO: Artigo 1° - As estruturas administrativas dos Campi Experimentais da UNESP, abaixo relacionadas, ficam diretamente subordinadas a Coordenadoria Executiva: I – Seção Técnica de Apoio Acadêmico; II – Seção Técnica de Apoio Administrativo; e III – Coordenadoria de Curso; Artigo 2° - Às unidades administrativas acima mencionadas, cabem as atribuições e competências estabelecidas na legislação em vigor, a saber: I – Seção Técnica de Apoio Acadêmico: graduação, pós-graduação, técnicas acadêmicas, biblioteca e documentação; II – Seção Técnica de Apoio Administrativo: recursos humanos, finanças, contabilidade, materiais, comunicações, transportes e informática; e III – Coordenadoria de Curso – atribuições técnico e administrativas de ensino.


Carregar ppt "UNESP 30 anos de dedicação ao ensino, à pesquisa e à extensão universitária."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google