A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

MENU TEMAS MENU TEMAS. Diplomacia Os Sentimentos do Líder Os Sentimentos do Líder Relacionamento Líder x Membros Relacionamento Líder x Membros Solução.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "MENU TEMAS MENU TEMAS. Diplomacia Os Sentimentos do Líder Os Sentimentos do Líder Relacionamento Líder x Membros Relacionamento Líder x Membros Solução."— Transcrição da apresentação:

1 MENU TEMAS MENU TEMAS

2 Diplomacia Os Sentimentos do Líder Os Sentimentos do Líder Relacionamento Líder x Membros Relacionamento Líder x Membros Solução de Conflitos Solução de Conflitos Você Pode Suportar a Crítica Você Pode Suportar a Crítica Didática do Líder Didática do Líder Didática do Líder Didática do Líder de PG de PG Relacionamento Relacionamento Dicas de Sucesso Dicas de Sucesso Dicas de Sucesso Dicas de Sucesso

3 MENU TEMAS

4 O diálogo abaixo é verídico, e foi travado em outubro de1995 entre um navio da Marinha Norte Americana e as autoridades costeiras do Canadá, próximo ao litoral de Newfoundland. Os americanos começaram na maciota: -Favor alterar 15 graus para o norte para evitar colisão com nossa embarcação. Os canadenses responderam de pronto: - Recomendo mudar o SEU curso 15 graus para sul. O americano ficou enfurecido: - Aqui é o capitão de um navio da Marinha Americana. Repito, mude o SEU curso. Mas o canadense insistiu: - Não. Mude o SEU curso atual. O negócio começou a ficar feio. O capitão americano berrou ao microfone: - ESTE É O PORTA AVIÃO USS LINCOLN, O SEGUNDO MAIOR NAVIO DA FROTA AMERICANA NO ATLÂNTICO. ESTAMOS ACOMPANHADOS DE TRÊS DESTROYERS, TRÊS FRAGATAS E NUMEROSOS O NAVIOS DE SUPORTE. EU EXIJO QUE VOCÊS MUDEM SEU CURSO 15 GRAUS PARA NORTE, OU ENTÃO TOMAREMOS CONTRAMEDIDAS PARA GARANTIR A SEGURANÇA DO NAVIO. O canadense respondeu: - Aqui é um farol, câmbio! MENU TEMAS

5 Às vezes a nossa arrogância nos faz cegos... quantas vezes criticamos a ação de comportamento nas pessoas que vivem perto de nós quando na verdade nós é que precisamos mudar o nosso rumo. Veja primeiro o que não é diplomacia: 1.Mentir descaradamente para conseguir sair de situações complicadas. 2.Conseguir enganar a todos por um longo tempo. 3.Conseguir sempre convencer as pessoas de alguma coisa. 4.Ficar sempre em cima do muro, esperando para seguir o melhor lado. 5.Enrolar as pessoas com respostas ou situações que não reflitam a realidade. MENU TEMAS

6 Dificilmente conseguiria definir diplomacia, mesmo porque nunca fiz nenhum curso na área. Talvez, se quiser uma definição mais precisa, recomendo dá um pulo até o Itamaraty, em Brasília, e perguntar por lá. No entanto, quero arriscar a dar alguns palpites sobre o assunto. Tenho visto no decorrer de meu tempo de liderança, que as coisas podem andar melhor ou não, conforme a diplomacia que se usa. Sei que esta não é uma característica intrínseca em todas as pessoas. Muita gente precisa fazer muito esforço para conseguir um pouquinho de diplomacia. Alguns preferem resolver a coisa no tapa ou no grito. Há os que chegam a tal ponto e, às vezes, explodem verbalmente. Outros não explodem, mas não conseguem ter a cabeça no lugar na hora de resolver situações difíceis. Outros ainda não sabem usar direito as palavras. MENU TEMAS

7 Diplomacia é o uso sábio das palavras. Uma palavra que se diz de forma errônea, ou na hora inadequada, pode arruinar toda uma situação. Certa vez, participando de uma reunião de líderes, um assunto bastante complexo estava sendo tratado. O presidente conduzia o assunto muito diplomaticamente. Depois de um momento inicial de tensão, as coisas foram caminhando para um equilíbrio. Neste momento, um dos participantes da reunião levantou-se e deu uma palavra tão solta sobre o assunto, que acabou servindo como ofensa para os outros participantes. Daí para frente, tudo se complicou de novo. MENU TEMAS

8 Às vezes, as pessoas estão bem intencionadas ao dizer alguma coisa, mas, na hora de falar, sai tudo errado. A diplomacia é uma arte. É preciso saber falar o tempo certo de dizer alguma coisa e, muito mais do que isso, é preciso dizer da forma certa. A situação mais complexa em que já me vi envolvido até hoje, foi um questionamento que recebi em público. Participava de uma reunião do conselho de uma Organização que dirigi e fui questionado publicamente. Um líder de outra Organização, que estava presente, escreveu sobre um projeto que estávamos desenvolvendo e que contrariava interesses deles. Em vez de me procurarem para uma conversa, resolveram levar a briga para o conselho administrativo. MENU TEMAS

9 Após a leitura da carta que questionava o projeto, o presidente me passou a palavra para falar sobre o assunto. Fui pego de surpresa, não tinha nada a falar, e estava tremendamente irado naquela hora. Lembrei-me então do texto bíblico que diz: Se você em alguma coisa contra o seu irmão, vai primeiro e fala a ele (Mt. 5:23,24). MENU TEMAS

10 Mesmo sem querer expressar meu pensamento, mas induzido a oferecer uma posição sobre o assunto, levantei-me e disse: -Não fui procurado pelo irmão que assinou a carta. A Bíblia manda primeiro procurar o seu irmão. Se não der certo, leve duas ou três pessoas para uma nova conversa. Se ainda não der certo, aí então leve o assunto para uma assembléia. Ninguém me procurou para uma conversa. Só me manifesto sobre o assunto depois que o princípio bíblico for cumprido. MENU TEMAS

11 Depois que falei estas palavras, todos se aquietaram e ninguém mais falou sobre o assunto. A forma como coloquei minhas palavras não deram margem a isso, e ainda acabei fazendo uma tremenda exortação àquelas pessoas. Todos continuaram meus amigos, pois não estavam cumprindo princípios bíblicos para suas vidas, e os alertei a respeito. Diplomacia não é simplesmente saber usar as palavras, mas sim, pedir a Deus palavras de sabedoria para situações difíceis em que estamos envolvidos. Além disso, a diplomacia é também a arte de saber negociar, de reunir opostos. MENU TEMAS

12 Não é só no Oriente Médio que se necessita de diplomatas para negociar a paz. Às vezes muitos líderes precisam fazer isto na igreja ou em suas organizações. Em determinadas circunstâncias os líderes também são envolvidos em situações tão embaraçosas, que só a diplomacia pode fazer com que se saiam bem. MENU TEMAS

13 Diplomacia é: 1.Usar sabiamente as palavras. 2.Conseguir reunir e administrar interesses diversos, evitando sempre o conflito. 3.Falar ou se omitir nas horas certas, sem pecar pela omissão. 4.Ser juiz na hora de um conflito difícil, não tomando posição de favoritismo, mesmo que isso signifique contrariar alguém. 5.Saber dizer a verdade, sem ofender ou irritar quem está ouvindo. 6.Transmitir segurança e equilíbrio naquilo que está fazendo ou dizendo. MENU TEMAS

14 7.O ponto de vista da diplomacia não é somente falar, mas conseguir resolver. Você pode falar muito, da forma certa, na hora certa, mas não conseguir nada. Conheço pessoas que são extremamente diplomáticas, mas não têm capacidade para resolver os problemas. A diplomacia ali o uso correto da palavra com a capacidade de resolver as coisas. A diplomacia na liderança espiritual só pode ser exercitada plenamente quando associada à sabedoria divina. Diplomacia é o tipo de coisa que pode levar um líder ao topo ou ao fundo do poço. MENU TEMAS

15 MENU TEMAS

16 Nenhum líder é de ferro. Não sou psicólogo, mas gosto dessa área. Se fosse escrever tudo que gostaria, talvez iria fugir do objetivo deste guia que é oferecer coisas bem práticas e objetivas aos líderes. Assim, registro neste capítulo apenas alguns sentimentos. MENU TEMAS

17 DEVERES DOS LÍDERES: 1.Todo líder deve sentir o que todo mundo sente. O dia que você não conseguir isto estará isolado e fora da realidade. 2. Todo líder deve chorar, mesmo que seja com a cabeça enfiada no travesseiro, durante toda uma noite, para amanhecer com a garganta doendo e ardida. 3.Todo líder deve aprender algumas palavrinhas mágicas como: obrigado, parabéns, feliz aniversário, muito bom. Ainda não aprendi bem todas elas, mas estou me esforçando. MENU TEMAS

18 4.Todo líder deve orar diariamente pedindo humildade, honra, sabedoria, discernimento, tudo para a glória de Deus. Isto já estou conseguindo fazer há alguns anos. 5.Todo líder deve dormir pelo menos uma noite em uma favela, para sentir o que aquelas pessoas sentem e tornar os seus sentimentos mais sensíveis. 6.Todo líder deve ter uma mente tão pura que não consiga sequer pensar um palavrão e, muito menos, expressar seu sentimento, falando-o. MENU TEMAS

19 7.Todo líder deve sentir a perda de um liderado seu como tendo perdido parte do seu próprio corpo. 8.Todo líder deve dar um soco na mesa, se possível com a porta fechada e somente com os seus assistentes mais próximos por perto. 9. Todo líder deve expressar seus sentimentos aos seus liderados para lhes mostrar que também é de carne e osso. 10. Todo líder deve pensar nos mais fracos na hora de expressar seus sentimentos. MENU TEMAS

20 O QUE O LÍDER NÃO DEVE SER E FAZER 1.Nenhum líder deve ser hipócrita. Oro todos os dias para que o Senhor me livre disto. 2.Nenhum líder deve mentir. Peço ao Senhor que me mostre a cilada antes que caia nela. MENU TEMAS

21 3.Nenhum líder deve ser maledicente. Peço ao Senhor em dobro que me mostre esta armadilha, antes que eu caia nela. 4.Nenhum líder deve permitir que seus sentimentos o traiam. 5.Nenhum líder deve esconder sentimentos procurando aparentar o que não é. MENU TEMAS

22 Conclusão: É complicado, mas o que estou tentando dizer é que por meio da expressão dos seus sentimentos você não vai explodir, e ao mesmo tempo, se explodir, deve faze-lo pensando até que ponto seus liderados podem suportar. MENU TEMAS

23 MENU TEMAS

24 A maior necessidade do mundo é de bons relacionamentos. E também é a chave para o crescimento da Igreja e do Pequeno Grupo. A Bíblia nos diz: Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros(João 13:35). Com amor, o coração se abre para aprender os ensinos divinos: Necessitais conquistar-lhes a afeição se quereis imprimir-lhes no coração as verdades religiosas. (Fundamentos da Educação, pág.68). MENU TEMAS

25 Num bom relacionamento as pessoas se conhecem de verdade. Assim, no Pequeno Grupo precisamos nos conhecer uns aos outros. O líder precisa familiarizar-se com os seus membros, dedicar tempo para demonstrar amor e consideração por eles individualmente. Os líderes devem aproximar-se do coração dos alunos, com tato, simpatia, paciente e determinado esforço, a fim de interessar cada estudante relativamente à salvação de sua alma.(CSES, pág.114). Um relacionamento real não se limita a um encontro por semana. MENU TEMAS

26 Será importante, então, o líder demonstrar interesse pelos membros do seu PG telefonando durante a semana para saber como vão ou, então, visitando-lhes, estabelecendo um vínculo de amizade sincera e criando o interesse nos alunos de participarem no Pequeno Grupo. Será importante, então, o líder demonstrar interesse pelos membros do seu PG telefonando durante a semana para saber como vão ou, então, visitando-lhes, estabelecendo um vínculo de amizade sincera e criando o interesse nos alunos de participarem no Pequeno Grupo. A eles vos unireis em amorável simpatia, visitando-os em seu lar. E, ao conversar com eles a respeito de sua experiência nas coisas de Deus, haveis de conhecer-lhes a verdadeira condição e nos braços da fé, os levareis ao trono do Pai. (CSES, pág. 76). MENU TEMAS

27 O líder deve ter em mente que ele tem a oportunidade de aproximar- se muito mais dos membros de seu PG do que o pastor de sua congregação. Ele se encontra em posição de relacionar-se com eles, de guia-los mais de perto no estudo da Bíblia e ajudá-los em sua relação com Cristo. Ao tomar a iniciativa, o líder, também, estará dando o exemplo e incentivo para que todos os membros façam o mesmo e com isso todos passarão a se conhecer melhor e desenvolver uma boa amizade. MENU TEMAS

28 1.O PG deve ter no máximo 12 membros. Com um grupo pequeno é possível dar atenção e carinho a todos criando, assim, um ambiente apropriado para o estudo da palavra de Deus com a participação de todos. 2.Cumprimente a cada membro individualmente, chamando-o pelo nome. Faz bem às pessoas serem tratadas pelo seu próprio nome. Se for possível faça um comentário pessoal sobre cada membro: George, como vai sua esposa?, Como foi a viagem, Marcos? Ficamos felizes pelo seu retorno. Suzana fez aniversário esta semana. Parabéns, Suzana! Esses comentários incentivam a comunhão uns com os outros e demonstram o interesse do líder pelo seu membro. SUGESTÕES PARA DESENVOLVER UM BOM RELACIONAMENTO LÍDER X MEMBROS MENU TEMAS

29 3.Dê especial atenção às pessoas tímidas e retraídas. Ajude-as a se sentirem confiantes para participar. Nunca force a participação delas ou faça perguntas diretas que possam deixa-las constrangidas. 4.Identifique cada visitante do seu PG, cumprimente-o calorosamente. Apresente-o ao PG. Faça o que for possível, juntamente com do PG, para que o visitante se sinta bem. Deixe sempre um membro do PG de sobreaviso para levar o visitante para o almoço. MENU TEMAS

30 6.Visite os lares dos membros de seu PG. Nestas visitas o líder tem condições de conhecer melhor as necessidades dos membros do PG.. È bom estar atento para o caso de algum dos membros estar passando por necessidade material extrema. Com discrição procure atender a necessidade do membro. Converse sobre coisas espirituais e ore com eles. Não esqueça de dizer como é bom tê-los no PG. Isso motivará cada vez mais os membros do PG a participarem. 5.Prepare uma lista com o nome, endereço, telefone e data de aniversário de todos os membros do PG. Cada membro deve ter uma lista desta para que possa se comunicar durante a semana, desenvolvendo, assim, laços de amizade. MENU TEMAS

31 8.Se algum membro do Pequeno Grupo ficar doente ou hospitalizado; Visite-o ou lhe mande um cartão desejando-lhe rápida recuperação e dizendo o quanto o pequeno grupo está sentindo falta dele. Incentive os demais membros a fazerem o mesmo. 7.Todo membro ausente deve ser visitado por alguém durante a semana; Se você não puder faze-lo encarregue alguém para realizar este trabalho. Incentive a todos os membros presentes para que telefonem para ele dizendo o quanto sentiram sua falta. MENU TEMAS

32 9.Lembre-se de orar com o seu Pequeno Grupo. Organize os pedidos e distribua-os no Pequeno Grupo. Podem orar pelos ausentes, pelas visitas, por todos os membros e também pelos projetos do Pequeno Grupo. Estabeleça duplas de oração intercessória. MENU TEMAS

33 11.Na medida do possível convide alguns membros para almoçarem em sua casa. Não os mesmos sempre, mas um pouco de cada vez até que todos tenham sido convidados. Isto conquistará o coração dos membros do seu Pequeno Grupo. 10.Promova encontros sociais com o Pequeno Grupo: Após o culto da sábado reúnam-se para um almoço (junta-panelas); promova um encontro de pôr-do-sol na casa de um dos membros, numa sexta-feira; realize um piquenique no domingo, ou um passeio. Tudo isso ajuda os membros a se conhecerem melhor e formar um vínculo de amizade. MENU TEMAS

34 MENU TEMAS

35 Objetivo: Ensinar aos líderes como se portar com pessoas de difícil relacionamento. Texto: Mateus 18:19-20 (ler) A igreja é formada por pessoas de todos os tipos, com uma diversidade cultural bem grande, além da formação social e psicológica de várias perfis. MENU TEMAS

36 Pregamos o evangelho e estas pessoas vem para a igreja. Como lidar com estes temperamentos? Como ajudar em momentos de crise? Como líderes precisamos entender que Jesus ama a cada pessoa e sabe do potencial que possuem quando estão em suas mãos. Lidar com líderes de igreja, membros e interessados, nos desafia a tentar compreender cada vez mais as pessoas, buscando habilidade para ajuda-las nos momentos de crise. MENU TEMAS

37 A seguir, veja algumas dicas práticas de como solucionar conflitos: 1.Não se irrite Quando precisar lidar com um irmão(ã) ou líder exaltado(a), sua primeira preocupação deve ser ficar frio e manter o controle da situação. Se permitir que o irmão(ã) da igreja em questão faça com que você se irrite, estará fazendo exatamente o seu jogo: talvez ele queira que você fique nervoso. Não se descontrole. MENU TEMAS

38 Você não poderá lidar com pessoas em conflito, se não conseguir de distanciar da situação e encara-la objetivamente. Uma dica é tomar algumas notas. Isso não só ajudará a afastar sua mente da emoção do momento, como as anotações lhe fornecerão um subsídio para suas respostas e contribuirão para você chegar a uma solução do problema real. 2.Seja objetivo. Uma maneira de não se descontrolar é olhar objetivamente a situação. Concentre-se nos dados em si e não e não na maneira como lhe são apresentados. MENU TEMAS

39 Mas não ignore a falta de atenção pode deixar a pessoa mais confusa ou irritar mais. Não discorde nem exponha seu próprio ponto de vista. Diga apenas: Deixe-me resumir o que você disse. Pelo que eu entendi, você acha que Ouça e deixe que a pessoa fale. Às vezes a melhor coisa é deixar a pessoa desabafar, dizer o que pensa. Mas se desejam brigar, poucos conseguem sustentar uma discussão falando sozinho. Um sujeito que discute irritado acaba precisando de combustível para sua irritação. MENU TEMAS

40 Se, no meio da explosão de ira de uma pessoa, você percebe que ela está certa em alguns pontos, espere até ela se acalmar; então admita seu erro, peça desculpas e diga o que irá fazer para corrigi-lo. Você se surpreenderá com os resultados. 4.Se você estiver errado, admita. O cristianismo deve estar acima de tudo. Se você está errado, admita. Talvez por isso os outros sintam-se tão desarmados quando alguém o faz. O cristianismo deve estar acima de tudo. Se você está errado, admita. Talvez por isso os outros sintam-se tão desarmados quando alguém o faz. MENU TEMAS

41 Deixe que a pessoa perceba que você entende como ela está se sentindo. Ao se colocar no lugar do interlocutor, seu único objetivo é estabelecer um ponto comum a fim de resolver o problema, portanto, não sensacionalize. 5.Identifique-se com quem fala. Tente compreender o que a pessoa está sentindo, lembrando o que você sentiu em situações semelhantes. Freqüentemente, uma pessoa irritada sente-se frustrada e se dá conta de que perdeu o controle da situação. MENU TEMAS

42 Se por acaso, concordar com ela em certos pontos, diga isso. Essa atitude é muito importante, principalmente se está lidando com uma pessoa que acredita saber todas as coisas. Qualquer dúvida poderá ser aproveitada por quem deseja conflito. Seja firme. 6.Mantenha uma postura firme. Ao lidar com uma pessoa fora de controle, não precisa suportar tudo heroicamente. Você pode falar o seu ponto de vista e deve faze-lo. Mas tenha cuidado para não discutir com a pessoa ou criticá-la. Por exemplo: Sei que você acha que poderíamos... mas no momento não é possível... MENU TEMAS

43 Peça sugestões. Esta pessoas podem trazer o problema, mas podem sugerir soluções. Se você não concorda com a solução proposta, apresente uma alternativa. 7.Leve a pessoa em conflito a se concentrar na solução do problema. O objetivo do líder é a solução do problema. Enquanto você tenta resolver o problema, faça com que a outra pessoa também se concentre nesse objetivo. Faça com que confirme que há um problema e precisa ser solucionado. MENU TEMAS

44 9.Marque outro dia Se sentir que está perdendo o controle da situação, ou ficando pouco à vontade por alguma razão, simplesmente acabe com a discussão observando: Acho que poderíamos continuar essa conversa mais tarde, ou não acho que este seja o momento de discutirmos a esse respeito. 8.Sempre vá acompanhado Especialmente se for do sexo oposto. Isto ajudará a evitar transtornos e o(a) protegerá. MENU TEMAS

45 Conclusão: Defina com a igreja em que pontos podemos melhorar, em termos de relacionamento e solução de conflitos. 10.Busque a fonte de poder Ore em silêncio enquanto ouve a pessoa, ore também no início se for possível, e no fim. Cristo vai ajuda-lo de uma maneira extraordinária a ajudar pessoas em conflito e com dificuldades de relacionamento. MENU TEMAS

46 MENU TEMAS

47 "Não julgueis, para que não sejais julgados. Porque com o juízo com que julgares sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós" (Mt.7:1 e 3). MENU TEMAS Se você é um líder de valor, prepare-se para ser criticado. Você não pode agradar a todos durante todo tempo. Algumas críticas serão diretas, faladas em um espírito de bondade. Este tipo vos ajuda. Freqüentemente, contudo, observações desagradáveis serão ditas pelas nossas costas e possivelmente serão prejudiciais.

48 "Nada é mais fácil do que criticar destrutivamente" disse um autor desconhecido. "Não se necessita de talento, nem abnegação, nem inteligência, nem caráter para se dedicar aos negócios dos murmuradores. Jesus, que era um homem - Deus, também foi alvo de severo criticismo. "Veio o Filho do Homem, comendo e bebendo, e dizem: Eis aí um homem comilão e beberrão, amigo de publicanos e de pecadores" (Mt. 11:19). MENU TEMAS

49 O testemunho de Cristo sobre João Batista foi: "Entre os que de mulher tem nascido, não apareceu alguém maior do que João Batista" (Mt. 11:11). Todos os que entraram em contato com João Batista falaram de sua vida virtuosa? Certamente que não. "Tem demônio" (Mt. 11:18), escarneciam alguns críticos. Agora, se o perfeito Jesus, e o quase perfeito João tiveram que suportar a crítica, você e eu não podemos nunca escapar. Portanto, como líderes cristãos devemos saber como enfrentar a crítica. Enfrentemo-la. Mas, como? MENU TEMAS

50 Lembremo-nos que, um pouco de crítica é bom para nós. Você conhece que espécie. Por exemplo, quando nossa esposa diz que pregamos demais ou, em voz demasiado alta, ou muito baixa, ou a mensagem não está adequada, fazemos bem em ouvir tais sugestões. 1.Não a Descarte Tão Apressadamente Algumas vezes a crítica se origina de uma fonte amável. Pode originar-se com indivíduos que não nos querem bem. MENU TEMAS

51 3.Considere a Fonte Sempre é bom considerar a fonte da crítica que se lhe faz. Algumas vezes as pessoas criticam porque elas mesmas têm alguma coisa a ocultar. "Os próprios pensamentos malignos dos homens, algumas vezes se tornam em critérios pelos quais julgam os outros" (Sabbath School Lesson Quartely, Nº 236, 1954, p. 14). 2.Aprenda com Ela Quando você é objeto de criticismo, ouça e aprenda dos seus detratores. MENU TEMAS

52 4.Não se Deixe Perturbar George Moor disse certa vez que os partos devia ter a "paciência de um burro, a mansidão de um cordeiro, e a pele de um rinoceronte". Uma elevada ordem! O salmista diz a mesma coisa numa linguagem mais bonita: "Grande paz tem os que amam a Tua lei; para eles não há tropeço" (Sal. 119:165). A crítica machuca. A crítica ofende. A crítica irrita. A crítica contribui para o desenvolvimento de úlceras. Mas o Filho de Deus - o líder cristão - tem acesso a uma Fonte de Fortaleza que suaviza a dor, ameniza a ofensa, acalma a ira e impede as úlceras. Essa Fonte é Cristo. MENU TEMAS

53 5.Receba-a Com Bondade Esta é a maneira como a Bíblia enfrenta o criticismo. Não advertiu o apóstolo Paulo aos romanos a que agissem com bondade para com os acusadores - "Fazendo isto, amontoarás brasas vivas sobre a sua cabeça? E não os aconselhou mais ainda para "vencer o mal com o bem"? (Rom. 12:19 e 20).

54 Detende-vos sobre as boas qualidades daqueles com quem estais associados, e olhai o menos possível para seus erros e fraquezas. Quando sois tentados a queixar-vos do que alguém disse ou fez, louvai alguma coisa na vida ou caráter dessa pessoa" (A Ciência do Bom Viver, p. 491). 6.Fale Bem do Seu Crítico Mas, pense sobre isso uma segunda vez. Isto foi o que Jesus ensinou e fez. "Orai pelos que vos perseguem" (Mt. 5:44), disse o Salvador no Sermão do Monte. "Cultivai o hábito de falar bem do próximo", aconselha a mensageira do Senhor. "

55 7.Ore Por Aquele Que o Critica Jesus sabia qual era o método eficaz para tratar com Seus perseguidores. Orava por eles (Lc. 23:34). Aconselha-nos a fazer o mesmo (Mt. 5:44). O poder de Deus tem transformado mais de um crítico em sólido defensor. Na próxima vez que for criticado pelas pessoas, lembre- se de orar por elas.

56 8.Não Deixe que o Detenha O grande filósofo alemão Goethe, uma vez disse: Uma pessoa não se pode proteger nem se defender da crítica. Deve continuar agindo a despeito dela, e a crítica desaparecerá gradualmente". Escreveu um colunista de reputação nacional: "Aquele que deseja êxito não deve temer a crítica. O medo à crítica é o beijo da morte no romance da realização" ("Dear Abbey" Asheville (N.C.) Citzen, Sept. 11, 1964). Não deixe que a crítica o detenha. Os líderes têm que agir a despeito dos conselhos espinhosos que vêm ao seu encontro.

57 10. Entregue-se nas Mãos de Deus Depois de tudo "Deus julgará" (Rom. 2:16). Naturalmente, como um líder cristão devo preocupar-me com as atitudes daqueles que me cercam; mas, enfim, como disse Paulo: " Pois quem me julga é o Senhor" (I Cor. 4:4). A nossa mais cobiçada recompensa deveria ser: "Muito bem, servo bom e fiel, entra no gozo do teu Senhor" (Mat. 25:21). Quando honestamente e com oração temos feito nosso melhor, podemos deixar o resto com Deus. 9.Esqueça-a Foi Abraham Lincoln que disse uma vez: "Se tentara ler, quanto mais contestar, todo o criticismo feito e todos os ataques dirigidos contra mim, este gabinete estaria fechado para todos os demais negócios".

58 Conclusão: Não se Deixe Cair em Armadilhas "Olhei para meu irmão", escreve Bolton Hall, " com o microscópio da crítica, e disse: 'Quão áspero é meu irmão'. Olhei-o com o telescópio do desprezo, e disse: 'Quão pequeno é meu irmão! ' Então olhei no espelho da verdade e disse: 'como parece comigo o meu irmão!'" Enquanto procuramos enfrentar com êxito a crítica, não vamos cair nós mesmos na armadilha do diabo e criticarmos os que estão ao nosso redor. Escreve a mensageira do Senhor: "Os trabalhadores ativos não têm tempo de se ocupar com as faltas do próximo. As cascas das faltas e fraquezas dos outros não fornecem alimento para nossa vida" (A Ciência do Bom Viver, p. 492). MENU TEMAS


Carregar ppt "MENU TEMAS MENU TEMAS. Diplomacia Os Sentimentos do Líder Os Sentimentos do Líder Relacionamento Líder x Membros Relacionamento Líder x Membros Solução."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google