A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Crise e Desemprego Charge desempregado Embraer. OBAMA+PEDE+SACRIFICIOS+E+COBRA+RESPONSABILIDADE.html.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Crise e Desemprego Charge desempregado Embraer. OBAMA+PEDE+SACRIFICIOS+E+COBRA+RESPONSABILIDADE.html."— Transcrição da apresentação:

1 Crise e Desemprego Charge desempregado Embraer

2 OBAMA+PEDE+SACRIFICIOS+E+COBRA+RESPONSABILIDADE.html 24fev2009 foi o 1º. discurso de Obama no Congresso dos EUA. Destaques: "Vamos nos reconstruir, vamos nos recuperar, e os EUA vão emergir mais fortes do que antes. Três grandes "nós" que os EUA precisam desfazer para o início da reestruturação econômica: a dependência excessiva do petróleo, os custos crescentes da rede de saúde pública e a queda de qualidade do sistema de ensino e o DESEMPREGO.

3 A grande oportunidade de Obama Robert Kuttner 19fev2009 A história entregou a Obama a maior crise econômica desde Roosevelt. Como em 1933 a crise é resultado direto da ideologia do livre mercado e da desregulamentação conservadora (Bush). Surge então a oportunidade do pensamento progressista nos EUA para permitir o surgimento de uma sociedade mais igualitária e segura. No entanto, esta oportunidade significa também um risco enorme de fracasso, que significaria a volta do Partido Republicano e da ideologia conservadora.

4 A grande preocupação dos conservadores é o grau de intervenção estatal que poderia abalar o liberalismo.

5 Liberalismo é baseado nas idéias de Adam Smith "Ao buscar seu próprio interesse, o indivíduo freqüentemente promove o interesse da sociedade de maneira mais eficiente do que quando realmente tem a intenção de promovê-lo. Seria a "mão invisível do mercado", fundamental para a doutrina do liberalismo contida em sua obra "A Riqueza das Nações(1776)"

6 Segundo Smith, o jogo econômico era regido pela lei da oferta e da procura. Dentro dessa lógica, ninguém - particularmente o Estado - deve interferir no mercado, onde vigora uma competição, em que os mais capazes obterão melhores resultados.

7 Esse modelo de capitalismo foi até 1860 quando ocorreu a Segunda Revolução Industrial. Nessa fase o capitalismo industrial se transformou em capitalismo financeiro, quando empresas e bancos se uniram, para obterem maiores lucros. Isso gerou a formação de grandes empresas multinacionais.

8 No entanto, tal capitalismo acabou gerando as I e II Guerras Mundiais, além da crise de Esse último acarretou uma revisão do modelo capitalista liberal, a partir da qual passou- se a considerar a necessidade de o Estado também intervir na economia para evitar ou controlar crises.

9 Destaca-se então o pensamento de John Maynard Keynes, defendendo a intervenção do Estado na economia, mas não para destruir o Capitalismo. Ele defendia o papel regulatório do Estado na economia, através de medidas de política monetária e fiscal, para diminuir os efeitos adversos dos ciclos econômicos - recessão, depressão e booms econômicos.

10 Porém, a partir da década de 1970, o capitalismo financeiro iniciou a terceira Revolução Industrial, decorrente da era da Informática e da popularização da Internet, nos anos de Tais fatos, aliados a queda do regime comunista soviético em 1989, estabeleceram a chamada Nova Ordem Mundial capitalista, cujas principais características são a globalização e o Neoliberalismo.

11 Tal doutrina econômica defende a absoluta liberdade de mercado e uma restrição à intervenção estatal sobre a economia, só devendo esta ocorrer em setores imprescindíveis e ainda assim num grau mínimo. Isso até o ano passado...

12 A moda agora é Neo Keynesianismo, Economia Social de Mercado ou Desenvolvimentismo = política econômica baseada no crescimento da produção industrial e da infra- estrutura, com participação ativa do estado, como base da economia e o conseqüente aumento do consumo.

13 busca um meio termo entre o socialismo e o capitalismo, ou seja, é uma economia mista e objetiva manter simultaneamente altos índices de crescimento econômico, baixa inflação, baixo desemprego, boas condições de trabalho, seguridade social, e serviços públicos mediante a aplicação controlada da intervenção estatal.

14 Entre as medidas anteriores a que mais amedronta de forma imediata, internamente(crise governos), além de poder gerar desastrosas conseqüências externas (protecionismos, disputas e até guerras) é o DESEMPREGO Ver vídeo:

15 É bom saber... Desemprego estrutural: causado por insuficiência da procura de bens e de serviços e insuficiência de investimento em torno da combinação de fatores produtivos desfavoráveis. É mais comum em países desenvolvidos devido à grande mecanização das indústrias, reduzindo os postos de trabalho. Desemprego conjuntural resulta da variação cíclica da vida econômica, isto é, das épocas de expansão ou "boom" e das épocas de recessão da economia. Charge fatores crise conjuntural


Carregar ppt "Crise e Desemprego Charge desempregado Embraer. OBAMA+PEDE+SACRIFICIOS+E+COBRA+RESPONSABILIDADE.html."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google