A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Grupo do Rio e Cúpula da América Latina e do Caribe - CALC Agora são CELAC Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos Vídeo JN início...

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Grupo do Rio e Cúpula da América Latina e do Caribe - CALC Agora são CELAC Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos Vídeo JN início..."— Transcrição da apresentação:

1

2 Grupo do Rio e Cúpula da América Latina e do Caribe - CALC Agora são CELAC Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos Vídeo JN início...

3

4 Grupo do Rio Nome correto => Mecanismo Permanente de Consulta e Concertação Política da América Latina e do Caribe Foi criado a partir do Grupo de Contadora, no Rio de Janeiro em 1986, por meio da Declaração do Rio de Janeiro.

5 O Grupo de Contadora foi criado por México, Panamá, Colômbia e Venezuela em 1983, contra a invasão dos EUA sobre Granada.

6 Granada conseguiu sua independência (x Inglaterra) em 1974 e em 1979 tornou-se marxista sob a liderança de Maurice Bishop com apoio cubano e soviético. Em 1983 Bishop foi fuzilado durante a invasão dos EUA sob o governo de Ronald Reagan.

7 Após o fuzilamento de Bishop formou-se o Grupo de Apoio à Contadora (Argentina, Brasil, Peru e Uruguai) e em 1986 deram origem ao Grupo do Rio, único fórum político exclusivamente latino-americano no continente.

8 Grupo do Rio Possui baixo grau de institucionalização que lhe permite grande flexibilidade de procedimentos. Constitui canal para a diplomacia presidencial entre os Estados membros e foro para concertação de posições latino-americanas e caribenhas em questões regionais e internacionais.

9 Surgiu como instrumento para a consolidação da democracia e a prática da concertação política, as quais, juntamente com a busca do desenvolvimento econômico e da justiça social e a conformação de uma visão regional comum permanecem como eixos prioritários de ação dos integrantes do Mecanismo. Funciona com base em reuniões de cúpulas anuais e suas decisões são adotadas por consenso.

10 23 de fevereiro, 2010 Cúpula em Cancún aprova novo bloco regional O bloco seria uma alternativa à Organização dos Estados Americanos (OEA) – o principal fórum das relações regionais nos últimos 50 anos.

11 A intenção dos participantes é que esta entidade, que deve estar em funcionamento para as cúpulas na Venezuela (2011) ou no Chile (2012), assuma o 'patrimônio' do Grupo do Rio e da Cúpula da América Latina e do Caribe (CALC).

12 Por isso, os presidentes dos países da América Latina e do Caribe aprovaram, nesta terça-feira em Cancún, no México, a criação de um novo bloco que represente todas as nações da região sem a participação do Canadá e dos EUA.

13 O organismo se chamaria, temporariamente, Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos e iniciaria suas atividades a partir de julho de 2011 – data da próxima Cúpula da América Latina e do Caribe em Caracas, na Venezuela.

14 Princípios O novo organismo foi aprovado pelos 30 chefes de Estado e de governo que participaram da Cúpula no México. Segundo o comunicado divulgado pelos líderes, o bloco terá entre seus princípios promover o respeito ao direito internacional, a igualdade dos Estados, evitar o uso de ameaça de força e trabalhar a favor do meio ambiente na região.

15 Além disso, o organismo deve promover a integração política da região assim como o diálogo com outros blocos. As regras de operação definitivas deverão ser adotadas no evento de Caracas, no próximo ano, ou na Cúpula que ocorrerá no Chile, em 2012.

16 A idéia é que o novo organismo reúna o Grupo do Rio e a Comunidade do Caribe (Caricom) e funcione em paralelo à OEA, órgão criticado em seu papel como guardião da democracia regional após seus esforços infrutíferos de reverter o golpe de Estado em Hondura.

17 A Argentina obteve apoio de líderes da América Latina e do Caribe a suas reclamações contra a exploração petrolífera do Reino Unido nas Ilhas Malvinas durante a cúpula do Grupo do Rio na segunda-feira. Vídeo G rio + Argentina...

18 O governo argentino reagiu nas últimas semanas após conhecer as intenções da empresa Desire Petroleum de iniciar a exploração de petróleo nas ilhas.

19 "É uma das mais grosseiras demonstrações do velho colonialismo unido ao novo, o neocolonialismo", disse o presidente venezuelano, Hugo Chávez, numa referência aos trabalhos da empresa britânica que, apesar das reclamações, iniciou na segunda-feira os trabalhos de exploração. Vídeo Entenda G.Malvinas...

20 Apesar do comportamento inglês, é bom saber que este não é um dos principais países em crise na Europa... ou na União Européia... Vídeo situação européia... Vídeo crítica Lula Onu...

21 Além de defender os direitos da Argentina sobre as ilhas Malvinas (Falkland), entre outras resoluções aprovadas na cúpula, destacam-se a declaração de solidariedade ao Haiti, a que pede fim ao embargo dos EUA sobre Cuba.

22 Durante o encerramento da reunião, o Chile assumiu a secretaria temporária do Grupo do Rio com o objetivo de transformar à CELAC-Comunidade de Estados Latino- americanos e Caribenhos em um fórum político fundamental da região, afirmou a presidente chilena, Michele Bachelet.

23 Vídeo J10 Novo Bloco ?


Carregar ppt "Grupo do Rio e Cúpula da América Latina e do Caribe - CALC Agora são CELAC Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos Vídeo JN início..."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google