A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Lição 8 21 de fevereiro de 2015. A igualdade dos homens (Provérbios 20:9, 12) O teste da vida (Provérbios 20:6) A espera em Deus (Provérbios 20:17, 20-

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Lição 8 21 de fevereiro de 2015. A igualdade dos homens (Provérbios 20:9, 12) O teste da vida (Provérbios 20:6) A espera em Deus (Provérbios 20:17, 20-"— Transcrição da apresentação:

1 Lição 8 21 de fevereiro de 2015

2 A igualdade dos homens (Provérbios 20:9, 12) O teste da vida (Provérbios 20:6) A espera em Deus (Provérbios 20:17, ; 21:5-6) A misericórdia (Provérbios 21:13; 22:16) A educação correta (Provérbios 22:6, 8, 15) As palavras de sabedoria contidas em Provérbios 20, 21 e 22:1-16 nos indicam os parâmetros que devem reger nossa vida cotidiana:

3 Em que aspecto primordial somos todos iguais? «Os ouvidos que ouvem e os olhos que vêem foram feitos pelo Senhor» (Provérbios 20:12) «Todos os homens são criados iguais» (Tomas Jefferson, Declaração de independência, 4 de julho de 1776). A pesar das diferenças de raça, tamanho ou gênero, todos nós somos iguais, pois todos fomos criado por Deus (Atos 17:26). Em que outro aspecto somos também iguais? «Quem poderá dizer: "Purifiquei o coração; estou livre do meu pecado?» (Provérbios 20:9) O pecado é um câncer que nos afeta a todos (Romanos 3:23) Isto nos faz iguais também na necessidade de um Salvador que nos redima de nosso pecado. Mas aqui está a diferença: somente aquele que aceita a Jesus como seu Salvador será criado de novo para vida eterna (2Co. 5:17)

4 Ser louvado por um ato bom que realizes está bem; mas e o resto dos atos de tua vida?, te podem louvar por eles? Não é um ato único e sensacional de amor ou sacrifício o que demostrará a elevada qualidade de nossas relações, mas a larga e constante série de pequenas ações que realizamos cada dia, paciente e regularmente. Devo ser eu que devo dizer aos outros quão bom eu sou? Ao contrário, «Que um outro te louve, e não a tua própria boca, o estranho, e não tu mesmo» (Provérbios 27:2).

5 «Oh! quantos aguardam a oportunidade de realizar alguma grande obra de abnegação, mas estão passando por alto a pequena prova diária que Deus dá para experimentá-los. São as pequenas coisas da vida que desenvolvem o espírito dos homens e mulheres e determinam o caráter. Essas bagatelas não podem ser negligenciadas, estando o homem ainda preparado para suportar as severas provas, quando incidirem sobre ele.» E.G.W. (Este dia com Deus, 15 de maio)

6 «Suave é ao homem o pão da mentira, mas depois a sua boca se encherá de cascalho» (Provérbios 20:17 NVI)

7 «O que amaldiçoa seu pai ou sua mãe, apagar-se-á a sua lâmpada em negras trevas. A herança que no princípio é adquirida às pressas, no fim não será abençoada. » (Provérbios 20:20-21) São teus pais ricos e estás desejando que morram para receber tua herança? Este é só um exemplo que Salomão apresenta para meditarmos no que o insensato faz para obter bens depressa (de forma fraudulenta),assim de nenhuma maneira podem ser abençoados. Confiemos em Deus para que Ele nos dê o que necessitamos no momento que considere oportuno. A HERANÇA «Não digas: Vingar-me- ei do mal; espera pelo Senhor, e ele te livrará.» (Provérbios 20:22) Quando necessitamos que se faça justiça pelo agravo que se tenha cometido contra nós; quando clamamos por vingança… confiemos em Deus; Ele nos vingará. Embora confiando nEle, somos convidados a ser misericordiosos com o ofensor. Desta forma, «brasas amontoarás sobre sua cabeça» (Prov. 25:22). Talvez, no processo, salvarás a teu inimigo, vencendo o mal com o bem (Rom. 12:21). A VINGANÇA

8

9 «Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele. » (Provérbios 22:6) «Por vossa maneira de agir com os pequeninos podeis, mediante a graça de Cristo, moldar seu carácter para a vida eterna» (E.G.W., Lar Adventista, pg. 274) «O que semear a perversidade segará males; e com a vara da sua própria indignação será extinto» (Provérbios 22:8) Aquilo que deixamos para a posteridade é também parte dos parâmetros que devem reger nossa vida cotidiana. Salomão compara a educação com a semeadura. Aquilo que plantamos em nossos filhos, amigos ou vizinhos, dará seu fruto a seu tempo; seja para bem ou para o mal.

10 «À medida que a semente espalhada produz uma colheita, e esta por sua vez é semeada, a seara se multiplica. Essa lei é também verdadeira em relação com as pessoas. Cada ato, cada palavra é uma semente que produzirá fruto. Cada ato de meditada bondade, de obediência ou de renúncia, se reproduzirá em outros, e por eles ainda em terceiros. Do mesmo modo cada ato de inveja, malícia ou dissensão, é uma semente que brotará em “raiz de amargura” (Hebreus 12:15), pela qual muitos serão contaminados. E quanto maior número envenenarão os “muitos”! Assim a sementeira do bem e do mal prossegue para o tempo e a eternidade.» E.G.W. (Parábolas de Jesus, pg. 39)


Carregar ppt "Lição 8 21 de fevereiro de 2015. A igualdade dos homens (Provérbios 20:9, 12) O teste da vida (Provérbios 20:6) A espera em Deus (Provérbios 20:17, 20-"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google