A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

IBMEC CEMEC CEMEC CENTRO DE ESTUDOS DE MERCADO DE CAPITAIS MERCADO DE CAPITAIS Casa das Garças Casa das Garças Rio de Janeiro 22/02/2010 C.A. Rocca.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "IBMEC CEMEC CEMEC CENTRO DE ESTUDOS DE MERCADO DE CAPITAIS MERCADO DE CAPITAIS Casa das Garças Casa das Garças Rio de Janeiro 22/02/2010 C.A. Rocca."— Transcrição da apresentação:

1 IBMEC CEMEC CEMEC CENTRO DE ESTUDOS DE MERCADO DE CAPITAIS MERCADO DE CAPITAIS Casa das Garças Casa das Garças Rio de Janeiro 22/02/2010 C.A. Rocca

2 INDICE 1. CEMEC : objetivos, projeto 2. Modelo de contas financeiras - base conceitual _ validade e limitações 3. Mobilização da poupança Financiamento da economia Impacto da crise: alguns resultados preliminares 2Versão preliminar Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

3 1. CEMEC: objetivos e modelo operacional objetivos e modelo operacional

4 CEMEC INSTITUTO IBMEC sociedade sem fins lucrativos criada em 1970 sociedade sem fins lucrativos criada em 1970 entidades setor privado e do setor publico entidades setor privado e do setor publico promover desenvolvimento do mercado de capitais promover desenvolvimento do mercado de capitais CEMEC- Centro de Estudos de Mercado de Capitais entidade de natureza técnica do IBMEC, criada em 2008 entidade de natureza técnica do IBMEC, criada em 2008 conveniada com ANDIMA e FIPECAFI conveniada com ANDIMA e FIPECAFI promover e divulgar estudos para avaliar e acompanhar o desempenho do mercado de capitais brasileiro. promover e divulgar estudos para avaliar e acompanhar o desempenho do mercado de capitais brasileiro.

5 CEMEC - Resultados esperados: informar opinião pública papel do mercado de capitais e sua missão de mobilizar recursos, financiar a economia informar opinião pública papel do mercado de capitais e sua missão de mobilizar recursos, financiar a economia contribuir para o aumento de eficiência operacional e econômica do mercado de capitais: maior transparência; informações claras e confiáveis: contribuir para o aumento de eficiência operacional e econômica do mercado de capitais: maior transparência; informações claras e confiáveis: promover transparência e debate públicos sobre o desempenho do mercado de capitais promover transparência e debate públicos sobre o desempenho do mercado de capitais realizar e estimular a produção de estudos e pesquisas no meio acadêmico e entidades profissionais realizar e estimular a produção de estudos e pesquisas no meio acadêmico e entidades profissionais cooperar para a atualização do Plano Diretor do Mercado de Capitais cooperar para a atualização do Plano Diretor do Mercado de Capitais

6 CEMEC: Atividades 2009 Estudos e Relatórios Seminários CEMEC de mercado de capitais Divulgação

7 PROJETO : AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO DO MERCADO DE CAPITAIS Atividade do mercado de capitais: instrumentos, veículos e mercados; comparações internacionais Atividade do mercado de capitais: instrumentos, veículos e mercados; comparações internacionais Funcionalidade I: participação do mercado de capitais na mobilização de poupança e no financiamento da economia Funcionalidade I: participação do mercado de capitais na mobilização de poupança e no financiamento da economia Funcionalidade II: eficiência econômica e operacional; alocação de recursos; spreads, custos de capital; avaliação e gestão de riscos Funcionalidade II: eficiência econômica e operacional; alocação de recursos; spreads, custos de capital; avaliação e gestão de riscos Fatores de desempenho do mercado: cenário macro-econômico e ambiente institucional Fatores de desempenho do mercado: cenário macro-econômico e ambiente institucional Tópicos especiais: temas de interesse Tópicos especiais: temas de interesse

8 RESULTADOS PRELIMINARES FUNCIONALIDADE I Objetivo: medir participação dos instrumentos e veículos do mercado de capitais na mobilização de poupança e financiamento da economia Desafios: - Brasil não dispõe da matriz de fluxos de - Brasil não dispõe da matriz de fluxos de fundos fundos - Sistema bancário: dados do Banco Central - Sistema bancário: dados do Banco Central - Mercado de capitais: dados dispersos em - Mercado de capitais: dados dispersos em várias entidades publicas e privadas; várias entidades publicas e privadas; divergência de conceitos; difícil eliminar divergência de conceitos; difícil eliminar dupla contagem dupla contagem

9 MODELO OPERACIONAL 2009 IBMEC: Coordenação Base conceitual ANDIMA: Apoio financeiro Suporte técnico FIPECAFI: Apoio técnico Equipe Infra estrutura operacional

10 PROGRAMAÇÃO 2010 Apoio: Associados Especiais IBMEC Comitê de Supervisão do CEMEC Atividades Complementação da base de dados Relatórios Análise de desempenho II Conceitos e indicadores Seminários CEMEC de mercado de capitais

11 2. MODELO DE CONTAS FINANCEIRAS 11Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

12 MODELO DE CONTAS FINANCEIRAS TABELA 01 Base Conceitual FONTESNATUREZAVEÍCULOS INTERMEDIAÇÃO INSTRUMENTOSUSOS 1.FAMILIAS/ONGS 2. EMPRESAS NÃO FINANCEIRAS 3.GOVERNO 4. SETOR EXTERNO POUPANÇA VOLUNTÁRIA POUPANÇA COMPULSÓRI A POUPANÇA EXTERNA INVESTIDORES INSTITUCIONAIS Quotas de fundos de investimento, participação em planos de previdência complementar, apólices de seguros MERCADO FINANCEIRO Corretoras, Bolsas, Mercado de balcão BANCOS Depósitos à vista, a prazo, poupança, repasses de fundos de poupança compulsória; recursos captados no mercado internacional AÇÕES TITULOS DE DÍVIDA PUBLICA TITULOS DE DÍVIDA PRIVADA EMPRES TIMOS E FINANCIA MENTOS BONDS & NOTES DERIVA TIVOS 1.FAMILIAS 2.EMPRESAS NÃO FINANCEI RAS 3.GOVERNO 4. SETOR EXTERNO 12Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

13 Tabela 02 - Veículos e Instrumentos de Poupança Financeira - Saldos Ativos(1) Invest. não financeiros (2) Bancos (3) Soma 1. Poupança VoluntáriaX ---X 1.1 Investidores Institucionais (1)X ---X 1.2 Ativos financeiros fora dos investidores institucionais XXX Instrumentos do Mercado de CapitaisXXX a) AçõesXXX b) Títulos de Dívida PrivadaXXX Depósitos BancáriosX----X Títulos da Dívida PúblicaXXX 2. Poupança Compulsória FAT, FGTS, PIS/PASEP outros fundos ----X 3. TotalXXX 13 (1) Fundos de pensão (EPCs), Previdência Aberta (EAPCs), Fundos de Investimento, Cias de Seguros Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

14 Tabela 02 - Veículos e Instrumentos de Poupança Financeira - Saldos Observações 1. Ativos: alternativas de investimento financeiro doméstico para investidores não financeiros 2. Omissões: ativos emitidos por empresas de capital fechado; ativos mantidos no exterior 3. Nesse modelo é essencial separar ativos financeiros de posse de bancos 4. Bancos tem outros ativos e passivos financeiros 14Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

15 TABELA 03-Mobilização de Poupança Financeira Instrumentos e Segmentos de Investidores Carteiras de Ativos Financeiros Domésticos Saldos Ativos (1) Inv. Institucionais (2) Inv. Estrangeiros. (3) Outros não bancos (4) Soma 1. Poupança Voluntária 1.1 Instrumentos do Mercado de Capitais XXXX a)Ações XXXX b) Títulos de Dívida Privada XXXX 1.2 Depósitos Bancários XXXX 1.3 Títulos da Dívida Pública XXXX 2. Poupança compulsória FAT, FGTS, PIS/PASEP outros fundos X 3. Total XXXX 15Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

16 TABELA 04 - FINANCIAMENTO DE ENTIDADES NÃO FINANCEIRAS Mercado doméstico - Saldos Instrumentos Financeiros (1) Cap. Aberto (2) Cap. Fechad o (3) 1+2 (4) P.Fisica. Setor. Public o Total 1.Setor Privado 1.1 Instrumentos do Mercado de Capitais X XXX----X a) AçõesX X(1)X---- X b) Títulos da Dívida PrivadaX X(1)XX (2)----X 1.2. Crédito BancárioXXXX----X 2. Setor Público 2.1 Dívida Pública fora do sistema bancário XX 2.2 Sistema Bancário XX a) Títulos da Dívida Pública XX b) Crédito Bancário XX 3. TotalXXXXXX (1)Cessão de direitos creditórios; FIPs (2)Empréstimos e financiamentos a participantes de fundos de pensão 16Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

17 TABELA 05 - FINANCIAMENTO DE ENTIDADES NÃO FINANCEIRAS Mercado Doméstico – Saldos Operações da Dívida Instrumentos Financeiros (1) Cap. Aberto (2) Cap. Fechad o (3) 1+2 (4) P.Fisica. Setor. Public o Total SETORES 1.Setor Privado 1.1 Pessoa Jurídica XXX-----X a)Títulos de Dívida PrivadaX X(1)X X b) Crédito BancárioXX(1)X---- X 1.2 Pessoa Física X (2)---X a) Títulos de Dívida X (2)---X b) Crédito Bancário X---X 2. Setor Público XX 2.1.Títulos da Dívida Pública XX 2.2.Crédito Bancário TOTALXXXXXX (1)Cessão de direitos creditórios; FIPs (2)Empréstimos e financiamentos a participantes de fundos de pensão 17Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

18 TABELA 06 - FINANCIAMENTO DE ENTIDADES NÃO FINANCEIRAS Mercado Internacional – Saldos INSTRUMENTOS FINANCEIROS (1) Cap. Aberto (2) Cap. Fechad o (3) 1+2 Setor. Publ. Total 1.Setor PrivadoXXX---X 1.1.Títulos de Dívida (bonds & notes)XXX----X 1.2 Crédito BancárioXXX 2.Setor Público 2.1.Títulos de Dívida Pública XX 2.2. Crédito Bancário XX 3. Total XX 18Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

19 TABELA 07 – EXIGÍVEL FINANCEIRO DE PESSOA JURÍDICA NÃO FINANCEIRA (OPERAÇÕES DE DÍVIDA NOS MERCADOS DOMÉSTICO E INTERNACIONAL) Saldos INSTRUMENTOS FINANCEIROS (1) Cap. Aberto (2) Cap. Fechado (3) Mercado DomésticoXXX 1.1. Merc. Capitais – Títulos de Dívida.XXX a) DebênturesX----X b) Notas PromissóriasX-----X c) Outros TítulosXXX 1.2 Crédito BancárioXXX a) Recursos LivresXXX b) Recursos DirecionadosXXX - BNDESXXX - RuralXXX 2.Mercado Internacional XXX 2.1 Títulos de Dívida (Bonds & notes) XXX 2.2 Crédito Bancário XXX 3. Total 19Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

20 Modelo Básico de Contas Financeiras 1. Validade: a) Incompleto mas consistente b) Útil para consolidar dados de varias fontes c) Não é modelo integrado: não cruza mobilização e financiamento; requer modelo completo d) Versão atual: ainda agregada 20Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

21 Modelo Básico de Contas Financeiras Dados a serem obtidos versão 03: a) Ativos financeiros privados nas instituições financeiras – série mensal a) Ativos financeiros privados nas instituições financeiras – série mensal b) Divida externa do setor privado- serie mensal b) Divida externa do setor privado- serie mensal c) Fundos de poupança compulsória; c) Fundos de poupança compulsória; - carteira de FGTS/FAT/PIS/PASEP - carteira de FGTS/FAT/PIS/PASEP d) Carteira de BNDESPAR e) Carteira de EAPCs 21Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

22 3. MOBILIZAÇÃO DA POUPANÇA Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

23 MOBILIZAÇÃO DE POUPANÇA CARTEIRA CONSOLIDADA Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC GR Á FICO 01.1

24 MOBILIZAÇÃO DE POUPANÇA - CARTEIRA CONSOLIDADA – Mesmo excluindo saldo de ações, estoque ativos financeiros/PIB: 70,2% - dez/ ,2% - dez/ ,5% - dez/ Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

25 MOBILIZAÇÃO DA POUPANÇA CARTEIRA CONSOLIDADA Veiculos (institucionais)e instrumentos do mercado de capitais: 85% do aumento do saldo de ativos financeiros/PIB: Veiculos (institucionais)e instrumentos do mercado de capitais: 85% do aumento do saldo de ativos financeiros/PIB: Merc. Capitais65,5 94,7+29,2 pp Outros36,4% 41,5 +5,1 pp Total101,9% 136,2+34,3 pp 25Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

26 MOBILIZAÇÃO DA POUPANÇA VEÍCULOS E INSTRUMENTOS Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC GR Á FICO 03

27 MOBILIZAÇÃO DA POUPANÇA Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC GR Á FICO 02

28 MOBILIZAÇÃO DA POUPANÇA GR Á FICO 05 28Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

29 MOBILIZAÇÃO DA POUPANÇA GRÁFICO 06 GRÁFICO 06 29Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

30 MOBILIZAÇÃO DA POUPANÇA Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC GRÁFICO 07

31 MOBILIZAÇÃO DA POUPANÇA Composição da carteira consolidada de ativos financeiros domésticos – Poupança Voluntária – % PIB 31Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC GRÁFICO 01.2 GRÁFICO 01.2

32 MOBILIZAÇÃO DA POUPANÇA GRÁFICO 04 32Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

33 MOBILIZAÇÃO DA POUPANÇA Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

34 4. Financiamento da economia

35 FINANCIAMENTO DA ECONOMIA Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC GRÁFICO 08

36 FINANCIAMENTO DA ECONOMIA Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC GRÁFICO 08a

37 FINANCIAMENTO DA ECONOMIA Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC GRÁFICO 09a

38 FINANCIAMENTO DA ECONOMIA Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC GRÁFICO 10d

39 FINANCIAMENTO DA ECONOMIA Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC GRÁFICO 10b

40 FINANCIAMENTO DA ECONOMIA Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC GRÁFICO 12

41 5. IMPACTO DA CRISE: 5. IMPACTO DA CRISE: ALGUNS RESULTADOS PRELIMINARES ALGUNS RESULTADOS PRELIMINARES

42 CARTEIRA CONSOLIDADA: SALDOS Em relação ao PIB, depósitos a prazo ganham espaço e representam quase 20% do PIB (10% em 12/2004) Em relação ao PIB, depósitos a prazo ganham espaço e representam quase 20% do PIB (10% em 12/2004)

43 CARTEIRA CONSOLIDADA: FLUXOS Captação Líquida de depósitos a prazo tem forte aumento desde início de 2008 Captação Líquida de depósitos a prazo tem forte aumento desde início de 2008

44 ALTERNATIVAS DE APLICAÇÃO: FLUXOS Captação líquida dos fundos de investimento sofreu forte retração a partir de meados de 2008 Captação líquida dos fundos de investimento sofreu forte retração a partir de meados de 2008

45 ALTERNATIVAS DE APLICAÇÃO: FLUXOS As maiores saídas foram observadas no segmento de renda fixa As maiores saídas foram observadas no segmento de renda fixa

46 ALTERNATIVAS DE APLICAÇÃO: FLUXOS As maiores saídas foram observadas no segmento de renda fixa As maiores saídas foram observadas no segmento de renda fixa

47 INVESTIDORES INSTITUCIONAIS FLUXOS: FLUXOS:

48 PESSOAS JURÍDICAS NÃO FINANCEIRAS FLUXOS: FLUXOS:

49 PESSOAS FÍSICAS FLUXOS: FLUXOS:

50 INVESTIDORES ESTRANGEIROS FLUXOS: FLUXOS:

51 INVESTIDORES ESTRANGEIROS Participação dos estrangeiros no total de negócios na Bovespa: Participação dos estrangeiros no total de negócios na Bovespa:

52 INVESTIDORES ESTRANGEIROS Correlação com o Ibovespa: Correlação com o Ibovespa:

53 5. 2 FINANCIAMENTO DA ECONOMIA

54 Exigível Financeiro Total: Setor Público e Privado 54 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC Abril/2008 OBS: Setor privado composto por pessoas físicas e jurídicas

55 55 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC Exigível Financeiro Total: Setor Público e Privado

56 Taxas de Crescimento do Exigível Financeiro Total (Anual) 56 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

57 Taxas de Crescimento do Exigível Financeiro Total (Trimestral) 57 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

58 Variação do Saldos total do Exigível Financeiro 58 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

59 Taxas de Crescimento do Exigível Financeiro P.Física x P.Jurídica (Trimestral) 59 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

60 Exigível financeiro das empresas Valores Nominais 60 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

61 Exigível financeiro das empresas % PIB 61 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

62 Exigível financeiro de empresas Variação Anual de Saldos 62 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

63 Exigível financeiro de empresas Variação Anual de Saldos – Câmbio Travado em Final de Período 63 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

64 Exigível financeiro das empresas Variação Trimestral de Saldos - Câmbio Travado em Final de Período 64 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC

65 65 Exigível das empresas Detalhamento de Operações com Moeda Estrangeira (com câmbio travado em final de período e em US$) Exigível das empresas Detalhamento de Operações com Moeda Estrangeira (com câmbio travado em final de período e em US$) 06/ /2009: repasse : (–) 18,5%; merc. Internacional (+)3,8%

66 66 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC Fluxo de Operações: Mercado Doméstico

67 67 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC Fluxo de Operações: Mercado Internacional (acumulado em 3 meses) Empr é stimos banc á rios das empresas não financeiras no exterior (em US$ milhões)

68 68 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC Mercado Doméstico e Internacional (%PIB)

69 69 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC Mercado Doméstico e Internacional (%FBCF)

70 70 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC Exigível financeiro das empresas Análise por Componentes: Op. de Crédito - IF Publica x Privada Junho/2008 Junho/2009

71 71 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC Exigível financeiro das empresas Análise por Componentes: Op. de Crédito - IF Publica x Privada – Taxa de Variação Anual (%)

72 72 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC Exigível financeiro das empresas Análise por Componentes: Op. de Crédito - IF Publica x Privada – Taxa de Variação Trimestral (%)

73 73 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC Exigível financeiro das empresas Análise por Componentes: Cias Abertas x Fechadas

74 74 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC Exigível financeiro das empresas Análise por Componentes: Cias Abertas x Fechadas – Taxa Variação Anual

75 75 Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC Exigível financeiro das empresas Análise por Componentes: Cias Abertas

76 Obrigado 76Versão preliminar - Material de uso exclusivo da equipe CEMEC


Carregar ppt "IBMEC CEMEC CEMEC CENTRO DE ESTUDOS DE MERCADO DE CAPITAIS MERCADO DE CAPITAIS Casa das Garças Casa das Garças Rio de Janeiro 22/02/2010 C.A. Rocca."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google