A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

FUNÇÃO DE PRODUÇÃO DO FEIJOEIRO EM RELAÇÃO À ÁGUA APLICADA APÓS FASE VEGETATIVA, CONDUZIDO NA REGIÃO NOROESTE CAPIXABA. O feijoeiro é considerado uma planta.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "FUNÇÃO DE PRODUÇÃO DO FEIJOEIRO EM RELAÇÃO À ÁGUA APLICADA APÓS FASE VEGETATIVA, CONDUZIDO NA REGIÃO NOROESTE CAPIXABA. O feijoeiro é considerado uma planta."— Transcrição da apresentação:

1 FUNÇÃO DE PRODUÇÃO DO FEIJOEIRO EM RELAÇÃO À ÁGUA APLICADA APÓS FASE VEGETATIVA, CONDUZIDO NA REGIÃO NOROESTE CAPIXABA. O feijoeiro é considerado uma planta sensível ao estresse hídrico, principalmente em virtude da baixa capacidade de recuperação após a deficiência hídrica e sistema radicular pouco desenvolvido (GUIMARÃES, 1996). Estudos realizados em outras culturas tem demonstrado que, em lavouras de alto nível de manejo, os produtores podem assegurar elevados rendimentos, aplicando-se água somente no período crítico da cultura. Como no Estado são raros os trabalhos sobre a influência das condições hídricas na produtividade do feijão, informações que enfatizam as exigências hídricas da cultura em relação à sua fisiologia são de extrema importância para o produtor, no manejo da cultura. ULIANA, Estevão Morgan 1 ; POSSE, Robson Prucoli 2 ; OLIVEIRA, Evandro Chaves 2 ; POSSE, Sheila Cristina Prucoli 3, VALANI, Rafaela da Silva 1 ; AMBROZIM, Clodoaldo Spadeto 1 ; FURTADO, Janaina Goulart 1 ; BOTELHO, Felipe Neres 1 ; LIMA, Thales Alves Dutra 1 ; SILVA, Vitor Bastos Pereira 1 ; PINHEIRO, Marcus André Braindo 1, SALES, Ramom Amaro 1; ASSIS, Marcelo Oscar Zocca 1 ; SOARES, Bruno Magalhães 1 (1)Bolsista de Iniciação Científica, Graduandos em Engenharia Agronômica, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (2) Prof. D.Sc., Instituto Federal do Espírito Santo-IFES, Campus Itapina, Colatina-ES (3)Pesq. D.Sc., INCAPER, Linhares- ES INTRODUÇÃO Determinar a função de produção em relação à quantidade total de água aplicada, irrigação e precipitação, após fase vegetativa para quatro variedades de feijão na região Noroeste Capixaba, bem como, a estimativa da lâmina total de água correspondente à máxima produção, visando fornecer informações básicas para possibilitar um manejo adequado de irrigação, de forma a subsidiar o seu planejamento e sua exploração racional. OBJETIVOS METODOLOGIA A Figura 1 apresenta a precipitação diária, evapotranspiração e a lâmina de irrigação aplicada durante o ciclo outono-inverno da cultura do feijoeiro em Colatina-ES. Em análise realizada na Figura 2 foi possível observar que na produtividade houve um variação de produtividade de 1.443,83 Kg ha -1 a 2.158,69 Kg ha -1 no Majestoso, 399,98 Kg ha -1 a 772,57 Kg ha -1 pontal, 762,37 Kg ha -1 a 2.010,19 Kg ha -1 no Campeiro, 876,34 Kg ha -1 a 2329,55 Kg ha -1 no Valente, assim sendo analisado produtividade abaixo do esperado nos quatros cultivares comparando os dados desta pesquisa aos dados da CONAB (2012), que determina que em áreas irrigadas a produtividade alcança kg/ha. RESULTADOS E ANÁLISE DE RESULTADOS REFERÊNCIAS FIGURAS E TABELA AGRADECIMENTOS E FINANCIAMENTOS O experimento de campo foi conduzido na área experimental do IFES, Campus Itapina. Foram avaliados quatro variedades de feijão: Majestoso, Pontal, Campeiro e Valente. Cada variedade ocupou um quarto da área experimental, delimitada por carreadores de dois metros de largura separados em equiângulos de 90 o. Figura 1: Precipitação diária acumulada, evapotranspiração diária da cultura e a lâmina de irrigação, durante o ciclo da cultura. CONAB – Compania Nacional de Abastecimento. Acompanhamento da Safra Brasileira de Grãos 2011/12 – Sexto Levantamento – Março/2012. Brasília: CONAB, FRIZZONE, J.A. Funções de resposta das culturas à irrigação. Piracicaba: Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiróz”, Universidade de São Paulo p. DENÍCULI, W., COSTA, E. F., SOARES, A. A., BRAGA, M. V. N. Utilização do sistema fonte pontual na aplicação de cinco lâminas de irrigação e da fertirrigação em trigo. Engenharia na Agricultura. AEAGRI-MG/DEA/UFV, v.2, n.20, p.1-16, DIDONET, A. D.; SILVA, S. C. Elementos climáticos e produtividade do feijoeiro.Informe Agropecuário, Belo Horizonte, v. 25, n. 223., p.13-19, A máxima produtividade em função da lâmina total de água aplicada foi realizado de acordo com FRIZZONE (1993), conforme descrito na Equação: Y = a + bW + cW 2, Y(w)=produtividade de grãos; w= lâmina de água; e a1, b1 e c1 são os coeficientes da equação de regressão. Figura 1 – Diagrama esquemático da área experimental com as quatro cultivares de feijão Ao IFES e ao Progrupos pela concessão da bolsa e ao Incaper pela parceria e apoio na execução dos trabalhos. Figura 2: Rendimento de grãos e componentes de rendimento do feijoeiro do cultivar Campeiro e Majestoso, Valente e Pontal, cultivados na região Noroeste Capixaba, Colatina- ES.2012


Carregar ppt "FUNÇÃO DE PRODUÇÃO DO FEIJOEIRO EM RELAÇÃO À ÁGUA APLICADA APÓS FASE VEGETATIVA, CONDUZIDO NA REGIÃO NOROESTE CAPIXABA. O feijoeiro é considerado uma planta."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google