A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

CONSEQÜÊNCIAS DO ACIDENTE DO TRABALHO Profª. Bianca Di Luccia O Engenheiro de Segurança tem que antecipar o fato. Mais de 60% de todas as catástrofes acontecem.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "CONSEQÜÊNCIAS DO ACIDENTE DO TRABALHO Profª. Bianca Di Luccia O Engenheiro de Segurança tem que antecipar o fato. Mais de 60% de todas as catástrofes acontecem."— Transcrição da apresentação:

1 CONSEQÜÊNCIAS DO ACIDENTE DO TRABALHO Profª. Bianca Di Luccia O Engenheiro de Segurança tem que antecipar o fato. Mais de 60% de todas as catástrofes acontecem no ambiente de trabalho.

2 Prevenção x Correção Saúde e Segurança Segurança Ocupacional Higiene Ocupacional Segurança e Medicina do Trabalho Higiene, Segurança e Medicina do Trabalho Saúde Ocupacional Vigilância Segurança Patrimonial Segurança e Saúde do Trabalhador

3 1)EFEITOS SOBRE O HOMEM Tais aspectos referem-se às conseqüências ou efeitos decorrentes do acidente do trabalho Esquematicamente, podemos representar os efeitos do Acidente do Trabalho sobre o elemento humano, como segue: EFEITOS 1. MORTE2. INCAPACIDADE 2.1. TEMPORÁRIA2.2. PERMANENTE TOTAL2.1.2 PARCIAL

4 a)MORTE: é o fim da vida animal ou vegetal (vide Dicionário Aurélio, p. 947). Extinto o homem, extinta sua vida, seu trabalho e emprego. b)INCAPACIDADE: é a impossibilidade para se realizar determinadas tarefas. b1)Incapacidade Temporária Total (ITT): é a incapacidade do trabalhador realizar, por certo espaço de tempo, quaisquer trabalhos. b2)Incapacidade Permanente Total (IPT): é a incapacidade do trabalhador realizar, por toda a vida, quaisquer trabalhos. b3)Incapacidade Temporária Parcial (ITP): é a redução, por certo espaço de tempo, de capacidade para o trabalho. b4)Incapacidade Permanente Parcial (IPP): é a redução, por toda a vida, da capacidade de trabalho. 2)INTERPRETAÇÃO DOS EFEITOS

5 Independentemente do tipo de efeito sobre o homem, nada paga as dores, o sofrimento e a angústia do trabalhador, até a sua volta ao serviço, pois aposentar-se por incapacidade nunca será a vontade que norteia.

6 subemprego 1)Abatimento moral marginalidade vícios maiores cuidados 2)Dor física maior suscetibilidade outras doenças perda de privilégios 3)Replanejamento familiar complementação da renda 3)CONSEQÜÊNCIAS SOBRE O ACIDENTADO E SUA FAMÍLIA

7 Todos nós, que compomos a sociedade brasileira, sofremos indiretamente as conseqüências do acidentado do trabalho sofrido por um trabalhador, por mais longínqua que seja a localização de sua empresa. Senão vejamos: A)Diminuição da força ativa e produtiva da nação B)Aumento dos dependentes da Previdência Social C)Diminuição das arrecadações previdenciárias D)Aumento de Impostos e Taxas E)Diminuição da qualidade de atendimento previdenciário F)Aumento do custo final do produto 4)EFEITOS SOBRE A SOCIEDADE

8 Analisa-se aqui, os efeitos que recaem sobre a própria empresa onde ocorreu o acidente, do ponto de vista de sua economia. Inúmeros fatores interferem com o aspecto econômico da empresa, tais como: 1)Tempo para o atendimento do acidentado; 2)Paralisação de todo pessoal ligado direta ou indiretamente com o acidente e com o acidentado; 3)Custo do material danificado ou de seu trabalho; 4)Queda da produção; 5)Piora na qualidade do produto final; 6)Atraso nas entregas; 7)Realização de horas extras; 8)Eventual suspensão de contrato: material imobilizado; 9)Substituição temporária ou definitiva do acidentado; 10)Imagem negativa perante o público e a autoridade. 5)EFEITOS ECONÔMICOS

9 Heinrich, em 1931, efetuou uma pesquisa que revelou a proporção 4:1 entre os custos segurados (diretos) e não segurados (indiretos) de um acidente. Esse valor, muito difundido e repetido, foi obtido para a média indústria americana e não era seu propósito usá-lo, em todos os casos, como estimativa do custo de acidente. Sabe-se que essa relação pode variar desde 2,3:1 até 10:1, o que apenas evidência a necessidade da realização de estudos específicos. 6)ESTUDO ESTATÍSTICO DE HEINRICH

10 Naquela mesma época, Heinrich introduziu pela primeira vez a filosofia de acidentes com danos à propriedade (acidentes sem lesão) em relação aos acidentes com lesão incapacitante. Sua investigação apresentou como resultado: LESÃO INCAPACITANTE ___________ 1 LESÕES NÃO INCAPACITANTES _________ 29 ACIDENTES SEM LESÃO ___________ 300 Isto quer dizer que, para uma lesão incapacitante havia 29 lesões menores e 300 acidentes sem lesão.

11 Em 1996, Frank Bird Jr. Baseou sua teoria de Controle de Danos a partir de uma análise de acidentes ocorridos numa empresa metalúrgica americana (Lukens Steel Company) durante um período de mais de 7 anos, chegando à seguinte proporção: Lesão incapacitante __________________1 Lesões não incapacitantes ____________100 Acidentes com danos à propriedade_____500 Ou seja, para cada lesão incapacitante havia 100 lesões menores e 500 acidentes com danos à propriedade 7)ESTUDO ESTATÍSTICO BIRD

12 Em 1969, Frank Bird Jr. e seu companheiro, John Fletcher, realizaram estudos na Insurance Company of North America envolvendo cerca de casos de acidentes registrados em 297 empresas norte- americanas, culminando com o chamado Controle Total de Perdas hoje aplicado nas empresas com o nome de Prevenção Total de Perdas. As conclusões a que ambos chegaram podem ser esboçadas segundo o esquema abaixo: Grave ou Incapacitante _________________1 Leves ou sem afastamento ______________10 Danos materiais ou a propriedade ________30 Incidentes ou quase-acidentes ou sustos __600 8)ESTUDO ESTATÍSTICO DE BIRD E FLETCHER

13 De acordo com esse estudo, conclui-se que para cada 600 situações potenciais de acidente (incidente ou sustos) 1 torna-se grave ou fatal; 10 provocam lesões aos trabalhadores. Daí cabe a observação de que toda a atenção deve ser dada às condições potenciais de acidentes que são como avisos de que, se não forem removidas a tempo, poderão provocar prejuízos materiais ou pessoa, de conseqüências imprevisíveis.


Carregar ppt "CONSEQÜÊNCIAS DO ACIDENTE DO TRABALHO Profª. Bianca Di Luccia O Engenheiro de Segurança tem que antecipar o fato. Mais de 60% de todas as catástrofes acontecem."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google