A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TRABALHO E SEGURIDADE ADRIANA ALVES OUTUBRO - 2009 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DISCIPLINA SOCIOLOGIA DO TRABALHO.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TRABALHO E SEGURIDADE ADRIANA ALVES OUTUBRO - 2009 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DISCIPLINA SOCIOLOGIA DO TRABALHO."— Transcrição da apresentação:

1 TRABALHO E SEGURIDADE ADRIANA ALVES OUTUBRO CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DISCIPLINA SOCIOLOGIA DO TRABALHO

2 TRABALHO – POLITICA PUBLICA Proteção Social – ações compensatórias para impossibitados de prover o seu sustento através do trabalho, de cobertura de riscos do trabalho nos casos de doenças, acidentes, invalidez e desemprego temporário e manutenção da renda do trabalho, seja por motivo de velhice, morte, suspensão definitiva ou temporária da atividade laboral.

3 TRABALHO ASSALARIADO X INTERVENÇÃO DO ESTADO Estado – regulação jurídicas das condições e relações de trabalho dando origem a chamada legislação trabalhista; desdobramentos, proteção social e/ou seguridade social Publicização do privado – intervenção do Estado nos contratos nos contratos de compra e venda da força de trabalho, nas condições de trabalho, na súde e na segurança social dos trabalhadores, por meio da legislação trabalhista, acidentária, sanitária e securitária

4 Brasil – Constituição 1988 Previdência – restrita aos trabalhadores contribuintes Saúde – universalizada Assistência – seletiva Lógica – contrato e seguro

5 SEGURIDADE SOCIAL Gênese: Proteção ao trabalhador Inspiração – Alemanha – Governo de Bismark – acesso condicionado a contribuição anterior Início dos anos 20 do século XX surgimento da legislação acidentária, sanitária e da lei Eloy Chaves que criou as caixas de aposentadorias e pensões; Anos 30 do século XX regulação do Estado sobre o trabalho com a criação dos IAPs; Legislação sindical Consolidação da CLT Criação do SESC, SENAC, SENAI (reprodução ampliada da força de trabalho)

6 SEGURIDADE SOCIAL Gênese: Anos 40 do século XX Welfare State – financiamento público da economia capitalista, financiou parte dos custos da reprodução da força de trabalho,viabilizando a estabilização política da sociedade salarial e a socialização dos custos do trabalho. Promoveu a universalização da cobertura dos benefícios sociais, ampliou o conceito de proteção e atribuiu-lhes o estatuto de um direito social. Pela garantia da seguridade e da legislação social a gestão social transita da esfera do contrato de trabalho (empresa e trabalhador) para a do contrato social (relação estado x sociedade), questão que afeta as esferas públicas e políticas.

7 SEGURIDADE SOCIAL GESTÃO ESTATAL GESTÃO ESTATAL Incidência organização do mercado de trabalho, reprodução ampliada da força de trabalho e regulação das normas de produção e consumo. Direta Através das suas instituições Indiretas Praticas privadas lucrativas ou não.

8 SEGURIDADE SOCIAL Anos 80 do século XX Seguridade social – garantida na constituição Contribuição prévia e o valor do benefício é proporcional a contribuição efetuada; Anos 90 do século XX Prescrições neoliberais e reformas voltadas para o desmonte dos recém instituídos direitos sociais. a produção flexível requer a liberdade do mercado e a abolição de parte dos controles do Estado sobre o uso capitalista da força de trabalho (em outros termos, a supressão dos direitos e garantias sociais dos trabalhadores)

9 Discussão /reflexão Trabalhadores a margem do mercado de trabalho ficam em situação de ausência de direitos do trabalho e recorrem a assistência social Efetivação de direitos mediante efetivação do trabalho Rompimento dessa lógica: Garantia de direitos com base nas necessidades sociais que não sejam condicionadas a uma contribuição prévia Direito complementar que contribui para a redução das desigualdades não sendo incompatível com o trabalho e não deve substituir este (Brasil situação contrária – programas de transferência de renda tem caráter substitutivo ao trabalho)

10 Tendências na atualidade/Desmonte na Previdência social Abertura na legislação para implantação de previdências privadas; Reforço da lógica de seguro – redução do valor do benefício; ampliação do tempo de trabalho e contribuição; Fusão da Receita Federal e Previdenciária Desvinculação do valor do benefício do salário mínimo Fragilização do espaço de participação – conselhos Orçamento – estabilidade das fontes de recursos

11 INVESTIMENTOS 1994 PLANFOR - Plano nacional de formação profissional com recursos do FAT fundo de amparo ao trabalhador Políticas de emprego e renda


Carregar ppt "TRABALHO E SEGURIDADE ADRIANA ALVES OUTUBRO - 2009 CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA DISCIPLINA SOCIOLOGIA DO TRABALHO."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google