A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

TEMPERATURA RETAL DAS RAÇAS BOER E ANGLO- NUBIANA NO PERÍODO SECO E CHUVOSO EM TIMON-MA Luís Madeira Martins Júnior *, Amilton Paulo Raposo Costa**, Daniele.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "TEMPERATURA RETAL DAS RAÇAS BOER E ANGLO- NUBIANA NO PERÍODO SECO E CHUVOSO EM TIMON-MA Luís Madeira Martins Júnior *, Amilton Paulo Raposo Costa**, Daniele."— Transcrição da apresentação:

1 TEMPERATURA RETAL DAS RAÇAS BOER E ANGLO- NUBIANA NO PERÍODO SECO E CHUVOSO EM TIMON-MA Luís Madeira Martins Júnior *, Amilton Paulo Raposo Costa**, Daniele Maria Ribeiro Azevedo ***, José Elivalto Guimarães Campelo ***, Silvéria Regina de Sousa Lira**, João Batista Lopes *** *Mestrando em Ciência Animal **Departamento de Morfofisiologia-CCA-UFPI *** Departamento de Zootecnia –CCA-UFPI Luís Madeira Martins Júnior *, Amilton Paulo Raposo Costa**, Daniele Maria Ribeiro Azevedo ***, José Elivalto Guimarães Campelo ***, Silvéria Regina de Sousa Lira**, João Batista Lopes *** *Mestrando em Ciência Animal **Departamento de Morfofisiologia-CCA-UFPI *** Departamento de Zootecnia –CCA-UFPI O desempenho produtivo dos animais domésticos depende da interação de fatores ambientais e genéticos. Os caprinos são animais homeotérmicos e mantêm a temperatura corporal na faixa de 38,5 a 39,7°C. A homeotermia é mantida igualando a soma da quantidade de calor produzida no metabolismo e o calor ambiente, com o fluxo de calor dissipado do animal. Na região meio-norte do Brasil, o clima é quente com grande insolação e umidade variável. As raças caprinas Boer e Anglo-nubiana são atualmente as preferidas pelos criadores, sendo que a Boer teve sua introdução mais recente na região. No entanto, não há dados disponíveis a respeito do comportamento dessas raças quanto à manutenção da temperatura corporal nas condições climáticas da região. Por isso, faz-se necessário a avaliação de suas adaptabilidades às condições climáticas. INTRODUÇÃO

2 Comparar a adaptabilidade de caprinos das raças Boer e Anglo-nubiana, frente às condições climáticas prevalentes nesta região, através da avaliação da temperatura retal em diferentes horários do dia e estações do ano. O experimento foi conduzido na fazenda Santa Isabel, município de Timon-MA, no período de outubro de 2002 a maio de Foram utilizados caprinos machos raça Boer (n=7) e da raça Anglo-Nubiana (n=7), clinicamente saudáveis, da mesma faixa etária e submetidos às mesmas condições de manejo, A temperatura retal foi avaliada, com o uso de termômetro clínico digital, nos horários de 7-8, 10-11, 14-15, e 20-21h, sendo quatro vezes no período seco (outubro/novembro) e quatro vezes no período chuvoso (fevereiro/março), com os animais à sombra. Nos mesmos dias e horários foram avaliadas a temperatura ambiente e a umidade relativa do ar, utilizando termohigrômetro. Os dados foram analisados pelo teste de Kruskal-Wallis. MATERIAL E MÉTODOS OBJETIVOS

3 Gráfico 1- Médias das temperaturas retais das raças Boer e Anglo-nubiana nas estações seca e chuvosa em Timon – MA. Temperatura retal BoerAngloBoerAnglo RESULTADOS Período ChuvosoPeríodo Seco

4 SecoChuvoso ChuvosoSeco Temperatura ambiente°C Umidade relativa % Gráfico 2- Médias das temperaturas ambiente e umidades relativas do ar nas estações seca e chuvosa e m Timon – MA. RESULTADOS

5 A análise estatística demonstra que a raça Boer teve temperatura retal significativamente menor, tanto no período chuvoso quanto no período seco, indicando que esta raça tem maior capacidade de suportar temperaturas ambiente altas, sem elevar sua temperatura corporal. E consequentemente maior adaptabilidade ao clima quente. CONCLUSÕES

6 MEDEIROS, L. F. D.; SCHERER, P.O.; VIEIRA, D. H.; SOUSA, J. C. D. de Temperatura corporal em diferentes raças e idades de caprinos criados no rio de janeiro. In: REUN. SOC. BRAS. ZOOT., 35, 1998, Botucatu,SP. Anais...Botucatu: SBZ, p a. MEDEIROS, L. F. D.; QUINTANILHA, J. R.; SCHERER, P. O.; VIEIRA, D. H. Reações fisiológicas de caprinos de diferentes raças mantidos à sombra, ao sol e em ambiente parcialmente sombreado. In: REUN. SOC. BRAS. ZOOT., 35, 1998, Botucatu,SP. Anais...Botucatu: SBZ, p c. MULLER, P. B. Bioclimatologia aplicada aos animais domésticos. 2ª ed. Porto Alegre, Sulina, p ARRUDA, F. de A. V; FIGUEIREDO, E. A. P.; PANT, K. P.Variação da temperatura corporal de caprinos e ovinos sem lã em sobral. Pesq. Agropec. Bras., v.19, p b. CAPES Universidade Federal do Piauí APOIO FINANCEIRO REFERÊNCIAS


Carregar ppt "TEMPERATURA RETAL DAS RAÇAS BOER E ANGLO- NUBIANA NO PERÍODO SECO E CHUVOSO EM TIMON-MA Luís Madeira Martins Júnior *, Amilton Paulo Raposo Costa**, Daniele."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google