A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Lição 12 21 de março de 2015. N capítulo 30 de Provérbios, Agur nos convida a ser humildes – evitando a soberba–, ao meditar em Deus e em suas obras.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Lição 12 21 de março de 2015. N capítulo 30 de Provérbios, Agur nos convida a ser humildes – evitando a soberba–, ao meditar em Deus e em suas obras."— Transcrição da apresentação:

1 Lição de março de 2015

2 N capítulo 30 de Provérbios, Agur nos convida a ser humildes – evitando a soberba–, ao meditar em Deus e em suas obras. 1.EVITAR LA SOBERBIA  Insensatez e orgulho (v. 32)  As ações do soberbo (v ) 2.COMO ADQUIRIR HUMILDADE  Olha para Deus (v. 3-6)  Pedir-lhe o necessário (v. 7-9)  Aprender da natureza (v , 24-28)

3 «Se procedeste loucamente, exaltando-te, e se planejaste o mal, leva a mão à boca» (Provérbios 30:32)

4 Provérbios 30:11-20 nos apresenta três ações desprezíveis, fruto da soberba. Também apresenta (as vezes de uma forma muito crua) os resultados de uma conduta tal. Maldizer aos pais «Há uma geração que amaldiçoa a seu pai, e que não bendiz a sua mãe… Os olhos que zombam do pai, ou desprezam a obediência à mãe, corvos do ribeiro os arrancarão e os filhotes da águia os comerão» (Provérbios 30:11, 17 NVI). Justificar o pecado «Há uma geração que é pura aos seus próprios olhos, mas que nunca foi lavada da sua imundícia… O caminho da mulher adúltera é assim: ela come, depois limpa a sua boca e diz: Não fiz nada de mal» (Proverbios 30:12, 20). Despreciar aos outros «Há uma geração cujos olhos são altivos, e as suas pálpebras são sempre levantadas. Há uma geração cujos dentes são espadas, e cujas queixadas são facas, para consumirem da terra os aflitos, e os necessitados dentre os homens.» (Prov. 30:13-14).

5 «Quem subiu ao céu e desceu? Quem encerrou os ventos nos seus punhos? Quem amarrou as águas numa roupa? Quem estabeleceu todas as extremidades da terra? Qual é o seu nome? E qual é o nome de seu filho, se é que o sabes??» (Provérbios 30:4) Qualquer motivo de orgulho se desvanece ao contemplar a obra de Deus, desde o vasto universo até o mundo microscópico. Ao olhar a grandeza de Deus, como se mostrou a Jó (Jó 38-39), não podemos dizer outra coisa além da expressada por Davi: «Que é o homem, para que tenhas dele memória, e o filho do homem, para que o visites?»(Salmos 8:4). Assim pode, ao estudar sua verdade revelada (a Bíblia), devemos fazê- lo com atitude humilde. Já que nossa compreensão, incluso das coisas mais simples da natureza, está coberta de nuvens e cheias de mistério, quem somos nós para desafiar a Palavra de Deus, até as coisas que nos deixam perplexos ou nos perturbam? Ao olhar a grandeza de Deus, como se mostrou a Jó (Jó 38-39), não podemos dizer outra coisa além da expressada por Davi: «Que é o homem, para que tenhas dele memória, e o filho do homem, para que o visites?»(Salmos 8:4). Assim pode, ao estudar sua verdade revelada (a Bíblia), devemos fazê- lo com atitude humilde. Já que nossa compreensão, incluso das coisas mais simples da natureza, está coberta de nuvens e cheias de mistério, quem somos nós para desafiar a Palavra de Deus, até as coisas que nos deixam perplexos ou nos perturbam?

6 «Duas coisas te pedi; não mas negues, antes que morra» (Provérbios 30:7) O que pediu Agur a Deus (v. 8)? 1.«Vaidade e palavra mentirosa aparta de mim» 2.«Não me dê pobreza nem riquezas; mantém- me com o pão necessário» Em primeiro lugar, pede a Deus que o aparte do orgulho e da mentira. Em segundo lugar, pede que lhe ajude dando-lhe tão só o sustento necessário. No versículo 9, nos dá a razão para este pedido: Se tenho demasiado, posso esquecer da minha necessidade de Deus. Se sou pobre, posso ser tentado a roubar, e assim pecar contra Deus. Jesus nos ensinou a pedir a Deus o necessário para viver: «O pão nosso de cada dia, dá-nos hoje» (Lucas 11:3)

7 O caminho da águia no céu O caminho da serpente na rocha O caminho do barco no alto mar O caminho do homem com uma virgem Que quatro coisas não compreendia Agur (Provérbios 30:19 ) e o que nos ensinam? Ao observar a natureza somos conscientes de nossa ignorância. Isto nos enche de humildade.

8 As formigas, animaizinhos de pouca força, mas que armazenam sua comida no verão. Os coelhos, animaizinhos sem poder, mas que constroem sua casa entre as rochas. Os gafanhotos, que não tem rei, mas que avançam em formação perfeita. As lagartixas, que se pegam com a mão, mas que habitam até nos palácios. O que podemos aprender dos pequenos animais (Provérbios 30:25-28 NVI)?

9 «Nas variadas cenas da Natureza há também lições de sabedoria divina, para todos os que aprenderam a ter comunhão com Deus. As páginas que se abriram em todo o fulgor aos olhares do primeiro par no Éden, apresentam hoje um esmaecimento. Caiu sobre a linda criação uma sombra E, todavia, para onde quer que nos volvamos, vemos traços da primitiva beleza; ouvimos, para onde quer que nos tornemos, a voz de Deus, e contemplamos-Lhe a obra das mãos.» E.G.W. (Conselhos para professores, pais e estudantes, pg. 54)


Carregar ppt "Lição 12 21 de março de 2015. N capítulo 30 de Provérbios, Agur nos convida a ser humildes – evitando a soberba–, ao meditar em Deus e em suas obras."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google