A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

RV 09 T/S1.1 Esses três anos antes de Pentecostes foram essenciais ou acidentais? Que relação existe entre aqueles três anos e a explosão de Pentecostes?

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "RV 09 T/S1.1 Esses três anos antes de Pentecostes foram essenciais ou acidentais? Que relação existe entre aqueles três anos e a explosão de Pentecostes?"— Transcrição da apresentação:

1 RV 09 T/S1.1 Esses três anos antes de Pentecostes foram essenciais ou acidentais? Que relação existe entre aqueles três anos e a explosão de Pentecostes? Será que uma igreja que cresce e se multiplica surge de uma hora para outra? O Pentecostes não foi um evento isolado. Os três anos anteriores foram vitais para o que haveria de acontecer depois de Pentecostes. Pentecostes está ligado àquela comunidade de discípulos, pequena e crescente: primeiro 12, depois 70, depois 120, depois 500 e Imagine essa situação! O Espírito Santo não veio em poder até que Jesus tivesse preparado a comunidade. A comunidade foi essencial para a obra do Espírito e aqueles três anos foram necessários para o desenvolvimento daquela comunidade. O que os discípulos precisavam aprender antes de estarem prontos para ser usados como parte da comunidade depois de Pentecostes? Eles precisavam aprender o seguinte: COMUNIDADE... Eles precisavam experimentar uma comunidade; aprender a lidar com o perdão mútuo; aprender a carregar as cargas uns dos outros; entrar em comunhão espiritual. PODER... Eles precisavam aprender a depender do poder de Deus e não apenas de si mesmos. A típica igreja de Jesus não vai funcionar apenas com o poder e habilidades humanas. Por isso, os líderes devem aprender a permitir que o seu poder espiritual dirija a igreja.

2 RV 09 T/S1.2 FÉ... Eles precisavam aprender a andar pela fé. Por diversas vezes a sua confiança e fé foram testadas além dos limites humanos. Mas foi necessário porque a comunidade não funcionaria sem esse tipo de fé. COMPROMISSO... Eles precisavam aprender a se comprometer com ele total e completamente. Não poderia haver outras condições e reservas se a sua igreja quisesse ser bem-sucedida. PRESENÇA VIVA DE CRISTO NELES... Eles precisavam aprender a respeito da presença viva de Cristo, mesmo depois de ele já não estar com eles fisicamente. VISÃO... Eles precisavam entender a visão do Reino espiritual de Deus sobre a terra e aprender que essa visão não era política nem física. UNIDADE... Eles precisavam experimentar o significado da unidade espiritual em Cristo. Essa unidade não devia estar baseada em crenças ou práticas comuns, mas em um Senhor comum. ESPÍRITO DE SERVO... Eles precisavam aprender a ser servos e a lavar os pés uns dos outros. Essa foi a última lição ensinada por Jesus a seus discípulos no Cenáculo. Os líderes somente vão aprender essa lição enquanto o movimento ainda for simples e pequeno. Jesus ensina essas mesmas lições essenciais em nossos dias se estivermos dispostos a andar com ele pelos seus estágios iniciais de crescimento. Será que deveríamos negli- genciar os estágios iniciais pelos quais Cristo nos ensina a ser a sua comunidade especial? Bill Beckham

3 RV 09 T/S2 “Cometeremos um grande erro se pensarmos que a encarnação terminou com a vida terrena de Jesus. A encarnação ainda continua. A vida de Jesus ainda se manifesta entre os homens, mas agora já não por meio de um corpo físico individual limitado a um lugar sobre a Terra, mas por intermédio de um corpo complexo e grande chamado igreja.” Ray Stedman, Body Life (Igreja, Corpo Vivo de Cristo), p. 37 “A igreja, portanto, quando vive no e pelo Espírito, não deve ser nada mais, nada menos, do que a extensão da vida de Jesus para o mundo inteiro em qualquer época.” Ray Stedman, Body Life (Igreja, Corpo Vivo de Cristo), p. 93 “A igreja não é uma organização humana que assinou o contrato de manter viva a memória de um grande homem, Jesus Cristo. Pelo contrário, a igreja é um organismo divino, misticamente moldado ao Cristo que vive e reina, e que continua a se revelar às pessoas que ele tem atraído para si mesmo.” Gregg Ocden, The new reformation (A Nova Reforma), p. 30

4 RV 09 T/S3 Amar a Jesus Permitir que Jesus me ame Permitir que Jesus ame os outros por meio de mim Focaliza em Cristo Focaliza nos outros SÓ ENTÃO: Focaliza em mim Bill Beckham

5 RV 09 T/S4 Bill Beckham Segundo Encontro: Seu poder edificador Que obra poderosa Cristo deseja realizar em minha vida agora mesmo? Terceiro Encontro: Seu propósito ministerial O que ele deseja fazer por meio de mim nesta semana para ministrar aos outros? Sua presença viva O que há de singular nesta reunião? Primeiro Encontro:

6 RV 09 T/S5.1 Por que estamos aqui e o que é singular e diferente em nossa reunião? e diferente em nossa reunião? Estamos aqui para ter comunhão com o Cristo que está em nosso meio! A célula pode se utilizar dos seguintes recursos como parte do tempo de descobertas criativas:. Estudo bíblico. Estudo aprofundado das doutrinas cristãs. Discussão a respeito de necessidades e princípios espirituais. Discussão do sermão do pastor. Atividades visando fortalecer a comunhão da igreja. Subdivisões em grupos de dois ou três. Treinamento especial

7 RV 09 T/S5.2 Qual é a dor ou necessidade que Cristo deseja curar ou tocar em minha vida agora mesmo? Cristo quer edificar e ministrar a cada um de nós para que vivamos juntos em unidade e amor! Bill Beckham Como Cristo deseja ministrar por meu intermédio e do grupo nesta semana? Cristo deseja usar a minha vida para que ele possa tocar certas pessoas que estão perdidas e feridas!

8 RV 09 T/S6 Ken Medema, Word, The Blessing, Smalley & Trent PARA DENTRO EM DIREÇÃO A CRISTO AO REDOR DO CÍRCULO NA COMUNIDADE PARA CIMA EM DIREÇÃO A DEUS EM LOUVOR DE DEUS EM REVELAÇÃO DENTRO DO CORPO EM EDIFICAÇÃO PARA FORA AO MUNDO MULTIPLICAÇÃO CONTÍNUA TESTEMUNHO MINISTÉRIO

9 RV 09 T/S7 Jack Taylor, The Word of God in Power (A palavra de Deus em poder), p. 47

10 RV 09 T/S8 Twyla Brickman “A cada um, porém, é dada a ‘ MANIFESTAÇÃO’ do Espírito, visando o bem comum. Pelo Espírito, para um é dada a PALAVRA DE SABEDORIA; a outro, pelo mesmo Espírito, a PALAVRA DE CONHECIMENTO; a outro, FÉ, pelo mesmo Espírito; a outro é dada a FÉ pelo mesmo espírito; a outro, dons de curar, pelo único Espírito; a outro, poder para operar MILAGRES; a outro, PROFECIA; a outro, DISCERNIMENTO DE ESPÍRITOS; a outro, VARIEDADE DE LÍNGUAS; e ainda a outro, INTERPRETAÇÃO DE LÍNGUAS. Todas essas coisas, porém, são realizadas pelo mesmo e único Espírito, e ele as distribui individualmente, a cada um, como quer. 1 Co (NVI)

11 RV 09 T/S9 FALADA, PROFESSADA E PREGADA COM PODER. ELA É A PALAVRA-DE-DEUS-EM-NÓS QUE PRODUZIU O NOSSO NASCIMENTO ESPIRITUAL E HABITA EM NÓS PARA VIVERMOS A VIDA DE CRISTO. Jack Taylor, The Word of God with power (A palavra de Deus com poder), p. 41

12 RV 09 T/S10 RECEBENDO ENTREGANDO INTERPRETANDO APLICANDO É NECESSÁRIO SABEDORIA EM CADA ESTÁGIO. O ERRO PODE ACONTECER EM TODOS OS ESTÁGIOS. A CÉLULA DEVE SER UM LUGAR DE ENCORAJAMENTO, APOIO, PERDÃO E AMOR, ONDE TODOS NÓS PODEMOS TENTAR, ERRAR, LEVANTAR E TENTAR NOVAMENTE, ENQUANTO APRENDEMOS A PRATICAR OS DONS COMO UMA CRIANÇA APRENDE A ANDAR!! Twyla Brickman

13 RV 09 T/S11 Quando uma visão ou profecia é dada publicamente, todos os que a ouvem imediatamente formam uma opinião. Para manter a saúde do corpo, essas opiniões devem ser negadas ou confirmadas! ( 1 Co ) POR ISSO: VISÕES E PROFECIAS DADAS EM PARTICULAR DEVEM SER JULGADAS PARTICULARMENTE e VISÕES E PROFECIAS DADAS EM PÚBLICO DEVEM SER JULGADAS EM PÚBLICO “Não atrapalhem a ação do Espírito Santo. Não desprezem as profecias. Examinem tudo, Fiquem com o que é bom e evitem todo tipo de mal.” 1 Ts OS LÍDERES DEVEM TESTAR OS DONS PARA QUE NÃO APAGUEMOS O ESPÍRITO NEM VENHAMOS A DESPREZAR OS DONS! Twyla Brickman

14 RV 09 T/S12 Salmo QUANDO DEUS FALA HOJE, ELE NORMALMENTE O FAZ POR INTERMÉDIO DO SEU LIVRO SANTO. QUANDO DEUS FALA A NÓS A RESPEITO DE COISAS QUE NÃO ESTÃO NA BÍBLIA, ELA SE TORNA UM GUIA E UMA SEGURANÇA PARA AVALIAR O QUE OUVIMOS PARA NOS PROTEGER CONTRA DESVIOS E “NAUFRÁGIOS”... DEUS É COERENTE, O QUE SIGNIFICA QUE ELE JAMAIS VIOLA UMA REVELAÇÃO ANTERIOR COM UMA REVELAÇÃO POSTERIOR. POR CAUSA DE SUA COERÊNCIA NÃO PRECISAMOS TEMER A SUA CAPACIDADE DE PERMANECER COERENTE E DE LIDAR COM AS TENTATIVAS FRAUDULENTAS DE QUESTIONAR A AUTORIDADE DA SUA PALAVRA... PELA BÍBLIA E PELO ESPÍRITO EU SOU GUARDADO CONTRA PALAVRAS FALSAS E FÚTEIS. Jack Taylor, The Word of God with Power (A palavra de Deus com poder)

15 RV 09 T/S13 APLICAÇÃO EMOCIONAL Suposição:Aquilo que nos faz sentir bem deve ser espiritual, por isso faça qualquer coisa que produza a sensação de liberdade. Emocionalize os dons. APLICAÇÃO EXPERIMENTAL Suposição: Aquilo que funcionou anteriormente serve como fórmula para nós hoje! Copie os dons. APLICAÇÃO NEGATIVA Suposição: A maioria dos dons espirituais acabou com o fechamento do Cânon em 297 AD. Negue os dons. APLICAÇÃO MANIPULATIVA Suposição: Os fins justificam os meios: utilize os dons espirituais para provar o poder de Deus. Abuse dos dons. APLICAÇÃO BÍBLICA Suposição: Entre na presença de Cristo e ele concederá dons espirituais. Exercite os dons intensamente. Bill Beckham

16 RV 09 T/S14 “Quem fala em línguas estranhas fala a Deus e não às pessoas, pois ninguém o entende. Pelo poder do Espírito Santo ele diz verdades secretas. Porém quem anuncia a mensagem de Deus fala para as pessoas, ajudando-as e dando-lhes coragem e consolo. Quem fala em línguas estranhas ajuda somente a si mesmo, mas quem anuncia a mensagem de Deus ajuda a igreja toda” (1 Co 14:2-4). “Que tudo seja feito para o crescimento espiritual da igreja” (1 Co 14.26). “Por isso, já que vocês estão com tanta vontade de ter os dons do Espírito, procurem acima de tudo ter os dons que fazem com que a igreja cresça espiritualmente” (1 Co 14.12).


Carregar ppt "RV 09 T/S1.1 Esses três anos antes de Pentecostes foram essenciais ou acidentais? Que relação existe entre aqueles três anos e a explosão de Pentecostes?"

Apresentações semelhantes


Anúncios Google