A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 ESCOLA ESTADUAL ANGELINA JAIME TEBET 3 FASE EJA- ENSINO FUNDAMENTAL DISCIPLINA CIÊNCIAS Profº: CARLOS ROBERTO DAS VIRGENS www.carlosrobertodasvirgens.wikispaces.com.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 ESCOLA ESTADUAL ANGELINA JAIME TEBET 3 FASE EJA- ENSINO FUNDAMENTAL DISCIPLINA CIÊNCIAS Profº: CARLOS ROBERTO DAS VIRGENS www.carlosrobertodasvirgens.wikispaces.com."— Transcrição da apresentação:

1 1 ESCOLA ESTADUAL ANGELINA JAIME TEBET 3 FASE EJA- ENSINO FUNDAMENTAL DISCIPLINA CIÊNCIAS Profº: CARLOS ROBERTO DAS VIRGENS IVINHEMA-MS

2 2 Vírus

3 3 Características Organismos microscópicos; Significa veneno; Não faz parte de nenhum grupo de seres vivos;

4 4 Infecção São parasitas intracelulares obrigatórios; Sem atividade quando fora da célula;

5 5 Viroses São doenças causadas por vírus, que apresentam manifestações bem diferentes;

6 6 AIDS O Vírus da AIDS.

7 7 Contágio Relações sexuais; Seringas ou material contaminado; Transfusões de sangue; De mãe para filho;

8 8 Sintomas Causa imunodeficiência; Aparições de infecções oportunistas; Sintomas: febre, fadiga, inchaço dos gânglios; Após anos a doença pode se complicar e levar a morte.

9 9 Tratamento Não existe vacina; Não existe cura, porém medicamentos que inibem a ação da enzimas; Formulação de novos medicamentos;

10 10 Sarampo Doença causada por vírus, febril que causa inflamação do sistema respiratório e manchas.

11 11 Contágio Secreções dos olhos, nariz e garganta; Espirro e tosse;

12 12

13 13 Sintomas e sinais Após 11 dias aparecem os sintomas, como: coriza, febre, dores; Manchas na boca e posteriormente no corpo;

14 14 Complicações Não é grave, porém podem aparecer complicações; Tratamento e Profilaxia Sintomático; Vacinas;

15 15 Rubéola Doença begnina, que acometem tanto crianças como adultos; O contágio é direto por via respiratória ou sangue materno;

16 16 Sintomas Incubação de 14 a 21 dias; Dor de cabeça, Mal estar, febre e etc. Após esses sintomas surgem as manchas;

17 17 Tratamento Geralmente não é grave; Grave: contágio congênito com mal formações; Tratamento com repouso (ação do sistema imune);

18 18 Dengue Natural do Brasil; Transmissão: picada da fêmea do Aedes aegypti contaminada; Difícil diagnóstico, somente exame de sangue;

19 19 Sintomas Febre alta; Dores no corpo; Erupções avermelhadas; Hemorragias nos casos graves;

20 20 Prevenção

21 21 Febre Amarela Mais acentuada em alguns estados: MG, TO e GO; Após contágio: Febre, dores, irritação, pulso baixo, enjôo; Pessoa amarelada; Complicações no fígado, rins e hemorragias;

22 22 Febre amarela urbana- transmitita pelo mosquito Aedes aegypti; Febre amarela silvestre- Mosquito Haemagogus;

23 23 Prevenção Não tem tratamento, só repouso; Combate ao mosquito; Vacinas a parti dos 6 anos;

24 24 Hepatite Inflamação no fígado; Pode ser viral ou tóxica;

25 25 Hepatites virais Hepatite A- Contaminação água e alimentos, menos grave; Hepatite B-Contaminação sangue, via sexual e de mãe para filho, mais grave; Hepatite C- Transfusões de sangue ou uso de drogas injetáveis; Grave; Hepatite D- Aparece somente junto com a B, na Amazônia; Hepatite E- Endêmica da Ásia;

26 26 Características Variação de 2 a 6 semanas; Alguns sintomas: Mal estar, fadiga, febre, dor no fígado, urina escura, pele e olhos amarelados;

27 27 Prevenção Lava as mão após usar o banheiro; Cuidado com seringas; Evitar contato sexual com contaminados; Vacinação contra a hepatite B-grupo de risco;

28 28 Herpes

29 29 Herpes A transmissão do vírus se faz preferentemente por contato direto pessoa – pessoa, mesmo que não haja lesão ativa. A infecção através de objetos pode existir, mas é menos comum. Preveção: Evitar o contato com lesões evidentes. Identificar as causas que desencadeiam os surtos recorrentes para evitá-los incluindo a indicação de cesariana para mulheres com herpes genital. O uso protetor solar reduz a incidência de herpes relacionado à exposição solar.

30 30 Caxumba

31 31 CAXUMBA caracteriza pela infecção de uma ou mais glândula salivares mais comumente a parótida. É doença altamente contagiante, de transmissão preferentemente respiratória,. Os vírus se propagam por contato direto, gotículas aéreas (espirro ou tosse), objetos contaminados por saliva e provavelmente urina. O homem é o único hospedeiro natural. O vírus atravessa a placenta, não há relatos de malformação pelo vírus, mas é causa de abortamento espontâneo no primeiro trimestre da gravidez. O período de incubação (do contato até os primeiros sintomas) varia de 2 a 3 semanas.

32 32 Poliomelite

33 33 Poliomelite é uma doença infecto-contagiosa viral, conhecida como paralisia infantil, transmitida facilmente por contato direto via fecal-oral. é caracterizada por deformação nos membros com atrofiamento dos músculos, pois o Poliovírus se multiplica no sistema nervoso central. A vacinação é a forma mais eficiente de prevenir a doença uma vez que não existe tratamento específico.

34 34 Raiva

35 35 Varíola

36 36 VARÍOLA Contágio: O contágio é direto ou, muito mais freqüentemente, indireto, por roupas, utensílios e objetos contaminados por um doente. Sintomas: É característica da doença a formação de pústulas grandes e numerosas que deixam marcas ou cicatrizes depois que as crostas caem. Controle: Erradicada no Brasil, essa doença tem como profilaxia a aplicação de vírus vivos atenuados, por via subcutânea.

37 37 OBRIGADO!!


Carregar ppt "1 ESCOLA ESTADUAL ANGELINA JAIME TEBET 3 FASE EJA- ENSINO FUNDAMENTAL DISCIPLINA CIÊNCIAS Profº: CARLOS ROBERTO DAS VIRGENS www.carlosrobertodasvirgens.wikispaces.com."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google