A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

Pós graduação FMU, São Paulo, Agosto de 2009 Professor: Rogério Campos 1 Corrida de Orientação.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "Pós graduação FMU, São Paulo, Agosto de 2009 Professor: Rogério Campos 1 Corrida de Orientação."— Transcrição da apresentação:

1 Pós graduação FMU, São Paulo, Agosto de 2009 Professor: Rogério Campos 1 Corrida de Orientação

2 ORIENTAÇÃO É UM ESPORTE EM QUE O PRATICANTE TEM QUE PASSAR POR PONTOS DE CONTROLE MAR- CADOS NO TERRENO NO MENOR TEMPO POSSÍVEL, COM AUXILIO DE UM MAPA E DE UMA BÚSSOLA.

3 No terreno, são marcados: A PARTIDA

4 Os Pontos de Controle 5

5 A Chegada.

6 PONTO DE CONTROLE O ponto de controle é um acidente da na- tureza ou artificial sinalizado por um prisma equipado com material para o atleta provar a sua passagem.

7 MAPA DE ORIENTAÇÃO O mapa de orientação é um mapa topográfico detalhado

8 Trilha Trilha de tráfego humano ou animais, permite velocidade de competição.

9 Cerca Transponível O espaço entre os fios permite a passagem do atleta ou altura < 1,5m.

10 Construções Indicadas pelo formato da planta horizontal.

11 Tronco e outros objetos especiais vegetais Representada por um X (verde)

12 Cupim e outros objetos especiais de altimetria Representação: X cor marrom.

13 Lago Representadas na forma de suas bordas (azul) Bordas pretas qdo intransponíveis.

14 Pouca visibilidade e arbustos fechados reduzem a velocidade em 10-50% da normal. Floresta Corrida Difícil.

15

16

17 PERCURSO DE ORIENTAÇÃO O percurso de orientação é constituído de triângulo de partida, pontos de controle, per- nadas e chega- da

18 H18/D m190m m

19 Pós graduação FMU, São Paulo, Agosto de 2009 Professor: Rogério Campos 19 Evolução da Corrida de Orientação

20 IOF países membros, países membros, 75 é o limite exigido pelo COI para as Olimpíadas

21 Pós graduação FMU, São Paulo, Agosto de 2009 Professor: Rogério Campos 21 Provas

22 ORIENTAÇÃO PEDESTRE Esta modalidade é disputada pelo competidor a pé nas distâncias sprint, média, longa e maratona.

23 Orientação pedestre

24 ORIENTAÇÃO DE PRECISÃO Esta modalidade é disputada por atletas especiais, enquadrados nas regras do Comitê Para-Olímpico

25 O primeiro Trail-O – World Championships: Suécia 2004

26 Precisão

27 ORIENTAÇÃO EM BICICLETA disputada pelo competidor usando uma bicicleta. O atleta tem que chegar nos controles com a bicicleta, pode cortar caminho mas não pode andar fora da trilha

28 Sobre Bicicletas

29 O primeiro MTBO - World Championships: França 2002

30 Orientação em E s q u i

31 ISSkiOM 2002

32 Micro orientação É um evento muito curto (2-3 minutos) com um número grande controles e uma escala muito grande (1:100)

33 Orientação a cavalo Inglaterra e na Hungria

34 Triathlon de orientação

35 Austrália Áustria República Checa Hungria Israel Itália ?

36 Corrida de orientação em Kayak

37 Corrida de Orientação Indoor (navio)

38 Corrida de Orientação Indoor

39 Orientação por celular

40 Pós graduação FMU, São Paulo, Agosto de 2009 Professor: Rogério Campos 40 Divisão das Categorias

41 H – Homens D – Mulheres Idade: inicia a partir dos 10 anos Dificuldade: N - B – A – E H 10 N D 10 N DIVISAO DAS CATEGORIAS

42 As faixas de idade: De 2 em 2 anos até 20 anos De 21 a 35 anos: H 21 E D 21A De 5 em 5 anos dos 35 a 90 anos D70B – H85B

43 Um desporto para toda a vida

44


Carregar ppt "Pós graduação FMU, São Paulo, Agosto de 2009 Professor: Rogério Campos 1 Corrida de Orientação."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google