A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

1 Aula 8 : Sinalização Semafórica Prof: Michelly Gonçalves Fernandes Vitória 2007.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "1 Aula 8 : Sinalização Semafórica Prof: Michelly Gonçalves Fernandes Vitória 2007."— Transcrição da apresentação:

1 1 Aula 8 : Sinalização Semafórica Prof: Michelly Gonçalves Fernandes Vitória 2007

2 2 Sinalização Vertical Definição Subsistema da sinalização viária que se compõe de luzes acionadas alternada ou intermitentemente por meio de sistemas eletrônico/ elétrico.

3 3 Sinalização Semafórica - Advertência Composta por uma ou duas luzes amarelas, intermitentes. Exemplo: Avenida Pedro Nolasco na vila Rubim

4 4 Sinalização Semafórica - Regulamentação Seqüência de cores: Pedestre – vermelho, verde, vermelho piscante, vermelho. Veicular – vermelho, verde, amarelo, vermelho.

5 5 Sinalização Semafórica FORMATO DAS LUZES Quadrado Redondo

6 6 Sinalização Semafórica - Cores VEÍCULOS VERMELHOAMARELOVERDE

7 7 Sinalização Semafórica - Cores PEDESTRES VERMELHO INTERMITENTE VERDE VERMELHO

8 8 Sinalização Semafórica - Definições Foco Semafórico Grupo Focal

9 9 Sinalização Semafórica- Definições A B C D Na figura estão representados 3 dos vários movimentos veiculares: origem em A e destino em B, C e D São três aproximações: seções 1, 2 e 3EF E e F são exemplos de movimentos conflitantes ponto de conflito

10 10 Sinalização Semafórica - Definições Representa ç ão Gr á fica para o Diagrama de Est á gios verde (permissão para passar): vermelho (parar e aguardar): Movimento Pedestre verde (permissão para passar): vermelho (parar e aguardar): Movimento Veicular

11 11 Sinalização Semafórica - Definições Exemplo de diagrama de estágios Rua Pizza Rua Sardella Estágio A Estágio B

12 12 Sinalização Semafórica - Definições Rua Pizza Rua Ravioli Exemplo de grupos semafóricos: o grupo G1 é para a aproximação da R. Pizza (3 movimentos veiculares) e o G2 para R. Ravioli (esta, com 4 movimentos) estágio A estágio B G1 G2 G2

13 13 Sinalização Semafórica - Definições ENTREVERDES Período entre o final do verde de um estágio e o início do verde do estágio subseqüente. ENTREVERDES = Ta + Tvs Onde: Ta – tempo de amarelo; Tvs – tempo de vermelho de segurança.

14 14 Sinalização Semafórica - Definições Tempo de Amarelo Velocidade máxima regulamentada (Km/h) Tempo de amarelo calculado (s) Tempo de amarelo arredondado (s) < 402, , , , ,975

15 15 Sinalização Semafórica - Definições TEMPO DE VERMELHO É o tempo necessário para o veículo que cruzou a retenção saia da zona de conflito, tendo iniciado a travessia do cruzamento no final do amarelo.

16 16 Sinalização Semafórica - Definições TEMPO DE VERMELHO Tvs = [(L+C)/V] - t f Onde: Tvs = tempo de vermelho de segurança (s); L = Largura do cruzamento, incluindo a faixa de pedestre anterior (m); C = comprimento do veículo (m); V = Velocidade do veículo; t f = tempo de reação dos motoristas (s).

17 17 Sinalização Semafórica - Definições Plano semafórico – Temporização da programação semafórica. Ciclo - Soma dos tempos dos estágios e entreverdes de um plano semafórico. Programação semafórica – Estabelecimento das seqüência (ou seqüências) de estágios e dos entreverdes para operação de um semáforo.

18 18 Sinalização Semafórica - Definições Representação esquemática de um ciclo de aproximação Representação de um ciclo para uma aproximação (Rua Pizza), com 19 s de verde, 3 s de amarelo e 28 s de vermelho. Neste caso, o tempo do ciclo é de 50 s Unidade=s

19 19 Sinalização Semafórica - Definições Representação gráfica – plano, programação e ciclo semafórico, em diagrama de barras (exemplo) Rua Pizza (G1) R. Sardella (G2) GRUPOS SEMAFÓRICOS ESTÁGIOS Estágio 1Estágio (s) 1 ciclo semafórico

20 20 Sinalização Semafórica Elaborar o diagrama de barras para o seguinte caso: tempo de ciclo = 160 s tempo de verde de A = 58 s tempo de verde de B = 26 s tempo de verde de C = 64 s tempos de amarelo = 4 s três estágios (A, B e C não simultâneos) Representação gráfica – diagrama de barras (exercício-exemplo)

21 21 Sinalização Semafórica Representação gráfica – diagrama de barras (exercício-exemplo): resolução Como não são simultâneos, temos um diagrama com 3 estágios (tempos em segundos) A B C

22 22 Sinalização Semafórica - Controladores Eletrônicos Eletromecânicos

23 23 Sinalização Semafórica – Controladores CONTROLADORES SEMAFÓRICOS MODOS DE OPERAÇÃO Isolado; Em rede; Centralizado: isolado/ em rede; Local; Manual; Semi-atuado; Atuado.

24 24 Sinalização Semafórica - Materiais COLUNAS SEMAFÓRICAS Instalação AéreaInstalação subterrânea Vantagem: Mais rápida e menor custo Desvantagem: Maior manutenção a longo prazo, mais exposta a ações externas, necessidade de postes extras para a fiação Vantagem: Menor manutenção, não polui visualmente, maior facilidade de executar emendas. Desvantagem: Custo inicial elevado.

25 25 Sinalização Semafórica - Materiais GRUPOS FOCAIS Convencional A Led Vantagem: Custo inicial menor Desvantagem: Uso de lâmpadas incandescentes, Vida útil curta Vantagem: Consumo cerca de 100 vezes menor, Menor manutenção

26 26 Sinalização Semafórica – Arranjo Físico Ruas de mão única Ruas de mão dupla

27 27 Sinalização Semafórica – Arranjo Físico Depois do cruzamento Vantagens Mantêm o motorista informado mesmo depois da passagem da faixa de retenção; Padrão na maior parte das cidades brasileiras; Melhor visibilidade para os primeiros da fila; Racionalidade no uso da coluna e dos grupos focais.

28 28 Sinalização Semafórica – Arranjo Físico Depois do cruzamento Desvantagens Visibilidade é reduzida pela maior distância entre os grupos focais e a linha de retenção; Permite, na maioria dos casos que o motorista se baseiem nas cores dos outros movimentos, comportamento que pode ser gerador de acidentes ;


Carregar ppt "1 Aula 8 : Sinalização Semafórica Prof: Michelly Gonçalves Fernandes Vitória 2007."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google