A apresentação está carregando. Por favor, espere

A apresentação está carregando. Por favor, espere

HB.07.  Turbulências:  Chegada de Napoleão ao comando da França  Consolidação do capitalismo  Burguesia no poder  Ideias liberais.

Apresentações semelhantes


Apresentação em tema: "HB.07.  Turbulências:  Chegada de Napoleão ao comando da França  Consolidação do capitalismo  Burguesia no poder  Ideias liberais."— Transcrição da apresentação:

1 HB.07

2  Turbulências:  Chegada de Napoleão ao comando da França  Consolidação do capitalismo  Burguesia no poder  Ideias liberais

3  Nobreza arcaica  Manutenção do monopólio comercial nas colônias  Príncipe regente: d. João

4  D. João não adere  Tratado de Fontainebleau  Transferência da nobreza portuguesa para a colônia em 22 de janeiro de 1808

5

6  Abertura dos portos Brasileiros  Libertação do monopólio português  Rompimento do pacto colonial  Alvará de Primeiro de Abril

7  Instalação da família real no Rio de Janeiro  Fundação do Banco do Brasil (1808)  Distribuição de títulos de nobreza

8

9  Patrocinou a vinda da Missão Artística Francesa  Criou o Museu Nacional, a Biblioteca Real, a Escola Real de Artes e o Observatório Astronômico.  Vários cursos foram criados (agricultura, cirurgia, química, desenho técnico, etc) nos estados da Bahia e Rio de Janeiro.

10

11

12

13

14

15

16  Tratado de Comércio e Navegação (1810)  Taxa de importação: 16%  Tratado de Aliança e Amizade (1810)  Abolição do tráfico de escravos

17  Esfacelamento do império napoleônico  Futuro das fronteiras Europeias  Brasil elevado a Reino Unido a Portugal  D. João garantiu:  Participação em Viena  Controlar movimentos emancipacionistas

18  Ocupação de Caiena, capital da Guiana Francesa (1809)  Invasão do Uruguai (1816):  Região da Cisplatina incorporada ao Brasil

19  Aumento dos impostos  Situação econômica do Nordeste agravada  Março de 1817 – separar o Brasil de Portugal  Classe média, alguns grupos populares e das elites locais.

20  Chegou a constituir um governo local  Chegou a Sergipe, Alagoas, Paraíba e Rio Grande do Norte.  Maior de 1817 – governo sufoca brutalmente a revolta.

21

22  Descontentamento da população  Governo opressor  Crise econômica

23  Elaboração de uma Constituição  Recuperação da economia  Regresso de d. João VI à Europa  Retorno do Brasil à condição de colônia.  Caráter contraditório

24  Grupo conservador: persistência da abertura dos portos manutenção dos vínculos com o estado  Grupo liberal: rompimento definitivo com Portugal e a formação de um Estado soberano.

25  26 de abril de 1821 – retorno de d. João VI para Portugal  D. Pedro fica no Brasil como regente  Tentativa de recolonizar o Brasil  Regente apoiado pelos brasileiros

26

27  Governo português exige o retorno de D. Pedro à Portugal  9 de janeiro de 1822 – Dia do Fico  16 de janeiro 1822 – Novo ministro José Bonifácio de Andrada e Silva (Ministério do Reino e Estrangeiros)  Decreto do cumpra-se (Maio-1822)

28  13 de maio de 1822– Defensor Perpétuo do Brasil  Junho de 1822 – convocada a Assembleia Constituinte:  Elaboração da primeira Constituição Brasileira  7 de setembro de 1822 – D. Pedro oficializa a emancipação política do Brasil  1 de dezembro de 1822 – D. Pedro coroada imperador do Brasil

29

30  Estrutura socioeconômica preservada  Escravidão  Latifúndio

31


Carregar ppt "HB.07.  Turbulências:  Chegada de Napoleão ao comando da França  Consolidação do capitalismo  Burguesia no poder  Ideias liberais."

Apresentações semelhantes


Anúncios Google